No princípio criou Deus os céus e a Terra


Para onde foi toda a água do Dilúvio?
Maio 17, 2008, 6:43 am
Filed under: Convicções / Fé, Multimédia

Resumo da palestra de Adaúto Lourenço, licenciado em Física pela Bob Jones University e Mestre em Física Nuclear pela Clemson University, sobre o tema: Para onde terá ido toda a água do Dilúvio?

[Youtube=http://youtube.com/watch?v=7lJ7B1EBmjA]

[Youtube=http://youtube.com/watch?v=v6dM4l8UgiY]

[Youtube=http://youtube.com/watch?v=uVw5IN2dYnY]

Ver também: De onde veio toda a água do Dilúvio?

Advertisements

25 comentários so far
Deixe um comentário

Epá,ó artista. Para começar a cadeia montanhosa no fundo do oceano foi descoberta bem antes dos satélites: http://en.wikipedia.org/wiki/Mid_atlantic_ridge.

Só isto basta para mostrar como esse senhor é desonesto e está só a debitar um grande conjunto de mentiras. Depois, aquela história da aquaplanagem é simplesmente ridícula. Se assim fosse nenhum carro conseguia andar em piso molhado, nem as pessoas conseguiam andar.

Comentar por Beowulf

isso é o melhor que consegues apontar?

Comentar por alogicadosabino

O quê, não te chega o facto de toda a descrição que ele faz do Rift Atlântico estar errada? Não é só o facto de ele nem sequer saber como foi descoberto, é o próprio facto de ele não saber o que é o Rift Atlântico, porque se formou, e que processos geológicos ocorrem no mesmo, nem a variação geológica desde o se centro até à borda dos continentes. Mas está escrito no link, e se quiseres fontes mais credíveis eu arranjo-tas, não seja por isso!

Comentar por Beowulf

A teoria das hidroplacas é impossível pelas leis da fisica dos sólifod e dos liquidos.
Assim, a não ser que alterem estas leis temporariamente, como é usual nos criacionistas da terra jovem, isto é tudo um treta.
Se alteram as leis então digam quais são, e demonstrem por formulas, como a fisica faz.

Esta teroia inventada por um reformado ocioso que nem geologo era mas engenheiro mecânico (foi militar toda a vida): Walt Brown.

A sua teoria é uma fantochada porque não tem em conta as propriedades dos materiais. Um cientista criaccionista (só que da terra velha) desmente de forma inequivoca esta treta.

Ver aqui http://home.entouch.net/dmd/hydroplate.htm

Aliás no que respeita ao criaccionismo este sr. Adaúto Lourenço é dos mais gozados na net não criaccionista. Se o ridiculo matasse há muito que teria morrido.
Não sei como um fisico sério e potencialmente brilhante embarca nestas palhaçadas.

Comentar por Joaquim Coelho

“Não sei como um fisico sério e potencialmente brilhante embarca nestas palhaçadas.”

Eu sei Joaquim… dinheiro! É mais fácil ganhar a vida a dar estas palestras do que tentar vingar no mundo da investigação a nível internacional.Já para não falar que dá bastante mais dinheiro. Sabes como é, a verdade é importante, mas ter um carro topo de gama também.

Comentar por Beowulf

pessoal… a palestra que ele deu em 2004 é apenas uma hipotese. Não dá para saber como foi o diluvio. Assim como não dá para saber muitas outras coisas sobre o passado histórico.

Comentar por alogicadosabino

“Eu sei Joaquim… dinheiro! É mais fácil ganhar a vida a dar estas palestras do que tentar vingar no mundo da investigação a nível internacional.”

Ganhar dinheiro a dar palestras? sabes como funcionam os congressos e retiros evangelicos? que tone…

Comentar por alogicadosabino

“Se o ridiculo matasse há muito que teria morrido.”

para quem acredita que os crocodilos um dia começaram a voar falas com a boca muito aberta

Comentar por alogicadosabino

para quem acredita que os crocodilos um dia começaram a voar falas com a boca muito aberta

A passagem de um tipo especifico de reptil a ave não voadora e depois a voar não é uma impossibilidade fisica. Até pode não ter sido assim, mas não há nada fisicamente e biológicamente que o impeça. E ninguém diz que crocodilos ou dinossauros voam.

Um tipo especial de pequeno dinossauro com ossos ocos ori~ginou as primeiras aves com asas que não permitiam o voo e que depois evoluiram para voo. Isto é o que diz a teoria que ainda não é dada como certa. É uma hipotese bem menos ridicula do que a teoria das hidroplacas.

Comentar por Joaquim Coelho

pessoal… a palestra que ele deu em 2004 é apenas uma hipotese.

As hipoteses cientificas mesmo que venham a ser demonstradas falsas tem de ter uma sustentação.
Não é sério propor uma teoria que viola as leis da fisica, nem um fisico defende-la.
Se à partida a hipotese não pode ser sustentada então não se propoe. Sá que estas tretas criacionistas não passam pela baeteria de testes e validações que a ciencia usa. Nõa é discutida nos locais proprios e nas revistas cientificas.
É só para inglês ver ….

Comentar por Joaquim Coelho

“A passagem de um tipo especifico de reptil a ave não voadora e depois a voar não é uma impossibilidade fisica.”

como é como é? não há impossibilidade física e biológica de um animal que não tem asas, seja réptil seja o que for, através de processos naturais, nascer com asas?

“É uma hipotese bem menos ridicula do que a teoria das hidroplacas.”

é uma hipótese completamente ridicula.

“Assim, a não ser que alterem estas leis temporariamente, como é usual nos criacionistas da terra jovem, isto é tudo um treta.”

Joaquim, eu não sei bem de que leis estás a falar mas convém lembrar que o mundo pré-diluviano era diferente do pós-diluviano

Comentar por alogicadosabino

“como é como é? não há impossibilidade física e biológica de um animal que não tem asas, seja réptil seja o que for, através de processos naturais, nascer com asas?”

Sabino, já alguma vez olhaste para as asas de uma galinha? E o que conclusão é que tiraste daí?

“Joaquim, eu não sei bem de que leis estás a falar mas convém lembrar que o mundo pré-diluviano era diferente do pós-diluviano”

Pois, que não sabes de que leis estamos a falar já deu para perceber. Agora, como sabes que as leis eram diferentes? Se ninguém lá estava para ver, e nós não conseguimos replicar nem inferir como seria de forma indirecta, então simplesmente não consegues saber. E a única razão para acreditares nisso é porque alguns fundamentalistas dizem isso para justificar certas alegorias da bíblia.

Comentar por Beowulf

“Sabino, já alguma vez olhaste para as asas de uma galinha? E o que conclusão é que tiraste daí?”

não há impossibilidade física e biológica de um animal que não tem asas, seja réptil seja o que for, através de processos naturais, nascer com asas?

“Se ninguém lá estava para ver, e nós não conseguimos replicar nem inferir como seria de forma indirecta, então simplesmente não consegues saber.”

O que não te impede de acreditares que peixes construíram barracas em terra.

Comentar por alogicadosabino

“não há impossibilidade física e biológica de um animal que não tem asas, seja réptil seja o que for, através de processos naturais, nascer com asas?”

Sabino, responde à pergunta por favor. Já olhaste ou não? O que viste? Quais foram as tuas conclusões?

“O que não te impede de acreditares que peixes construíram barracas em terra.”

Mas quem é que alguma vez disse isso?

Comentar por Beowulf

Joaquim, eu não sei bem de que leis estás a falar mas convém lembrar que o mundo pré-diluviano era diferente do pós-diluviano

Oops, como ?
As leis físicas eram diferentes ?
A resistência dos materiais era diferente ?
As propriedades fisicas dos materiais eram diferentes ? (ex: resistencia da água ao peso)
As leis fisicas (gravidade, condutividade, decaimento radioactivo, etc) são universais e intemporais quando submetidas aos intervalos de condições em que funcionam (exemplo temperatura e pressão)

como é como é? não há impossibilidade física e biológica de um animal que não tem asas, seja réptil seja o que for, através de processos naturais, nascer com asas?
Só o desconhecimento absoluto das hipoteses evolucionistas permite dizer estas bacoradas.
Não nasce com asas sem mais nem menos. A estrutura do membros supriores altera-se, ganha penas, e depois capacidade de voar. isto em milhares de pequenas transformações e ao longo de centenas de milhares / milhões de anos.
É exactamente a mesma coisa que por selecção artificial passar de um lobo ao um caniche (mas numa proporção muito maior).

E eu apenas disse que mesmo que a hipotese seja falas, não há nenhuma lei fisica ou biologica que seja violoada. Para aceitar a tua resposta tenns que colocar aqui pelo menos um lei (fisica ou biologica) que seja violada pela passagem réptil->ave.

Comentar por Joaquim Coelho

“Oops, como ?
As leis físicas eram diferentes ?
A resistência dos materiais era diferente ?
As propriedades fisicas dos materiais eram diferentes ? (ex: resistencia da água ao peso)
As leis fisicas (gravidade, condutividade, decaimento radioactivo, etc) são universais e intemporais quando submetidas aos intervalos de condições em que funcionam (exemplo temperatura e pressão)”

por isso é que disse que nao sabia bem que leis estavas a fazer. claro que algumas nao faz sentido terem mudado. Mas o que é que o decaimento radioactivo, por exemplo, tem a ver com a hipotese proposta pelo adauto?

Já que falaste na gravidade. Quem criou a gravidade? Quem fez o Universo agir da maneira que age? Aquele que foi maior que a gravidade quando andou sobre as águas, Aquele que foi maior que a física quando ressuscitou dos mortos não poderia, em alguma outra altura, anular a gravidade ou coisa do género?

“Não nasce com asas sem mais nem menos. A estrutura do membros supriores altera-se, ganha penas, e depois capacidade de voar. isto em milhares de pequenas transformações e ao longo de centenas de milhares / milhões de anos.”

já cá faltavam as centenas de milhar e milhões de anos 🙂

“É exactamente a mesma coisa que por selecção artificial passar de um lobo ao um caniche (mas numa proporção muito maior).”

por alguma razão eu disse “através de processos naturais”. Selecção artificial não é a mesma coisa que selecção natural.

“E eu apenas disse que mesmo que a hipotese seja falas, não há nenhuma lei fisica ou biologica que seja violoada.”

cada um com a sua fé. O certo é que crocodilos continuam a parir crocodilos e zebras continuam a parir zebras.

Comentar por alogicadosabino

Beowulf:

olhar de que maneira para as asas? Se for à vista desarmada sim já olhei. Por microscópio não olhei. Até quero ver onde quesres chegar.

“Mas quem é que alguma vez disse isso?”

tambem tenho de orar pra que tu tenhas capacidade de descobrir uma ironia? Não percebes o ponto?

Comentar por alogicadosabino

Joaquim,

A passagem de um tipo especifico de reptil a ave não voadora e depois a voar não é uma impossibilidade fisica.

Segundo as leis da ciência, é, uma vez que não há lei natural nenhuma capaz de gerar informação a partir da matéria morta. O que tu acreditas (pela fé) vai contra as nossas observações.

Até pode não ter sido assim, mas não há nada fisicamente e biológicamente que o impeça.

Claro que há. Há limites biológicos no que toca às mutações. Eu sei que a teoria da evolução rege-se opr outras “leis” da ciência, mas aquilo que podemos observar e podemos testar mitiga contra a crença de que dinosauros evoluiram para áves, ou que mamíferos terrestes evoluiram para baleias.

Comentar por Mats

“olhar de que maneira para as asas? Se for à vista desarmada sim já olhei. Por microscópio não olhei. Até quero ver onde quesres chegar.”

De facto a biologia não é o teu forte. Onde eu quero chegar é que se olhares para as asas de uma galinha e as comparares com os braços de um réptil actual, não vais ver assim tantas diferenças. Podes dizer as patetices que quiseres, mas dizeres que em termo biológicos as asas de uma galinha são completamente diferentes das de um réptil.

“tambem tenho de orar pra que tu tenhas capacidade de descobrir uma ironia? Não percebes o ponto?”

Já te disse que escusas de obrar por mim. De resto, a tua piadola não foi ironia, foi estupidez!

Comentar por Beowulf

sabes que sempre que eu vejo um edificio em construção, vejo sempre os alicerces, numa primeira fase. Numa fase mais adiantada vejo os construtores usarem tijolos. E quando acabadas, as construções são muito diferentes umas das outras, em aparencia. Homologias…

mas eu gostei particularmente desta parte: “Podes dizer as patetices que quiseres, mas dizeres que em termo biológicos as asas de uma galinha são completamente diferentes das de um réptil.”. Realmente, toda a gente sabe que as asas de uma galinha são parecidas com as asas de um réptil.

Comentar por alogicadosabino

Sabino,

Edifícios não dão origem a edifícios ligeiramente diferentes pois não? Então a tua analogia não faz qualquer tipo de sentido.

“Realmente, toda a gente sabe que as asas de uma galinha são parecidas com as asas de um réptil.”

Essa tua estratégia é mesmo típica de quem já não tem argumentos e que anda só a brincar com as palavras. Obviamente, o que queria dizer era:

Podes dizer as patetices que quiseres, mas dizeres que em termo biológicos as asas de uma galinha são completamente diferentes das patas de um réptil…

Mais uma vez lanças areia para os olhos das pessoas e tentas através de manipulação enganar as outras pessoas e fazê-las acreditar numa mentira. Goebbels estaria orgulhosos de ti!

Comentar por Beowulf

“Edifícios não dão origem a edifícios ligeiramente diferentes pois não? Então a tua analogia não faz qualquer tipo de sentido.”

Tal como os construtores usam os mesmos materiais para construirem diferentes edificios, as homologias biológicas são aquilo que se seria de esperar de um Criador comum a todos os seres. Apenas um Deus criou a diversidade existente e a prova como só existe um Deus é que o mesmo material foi utilizado.

“Mais uma vez lanças areia para os olhos das pessoas e tentas através de manipulação enganar as outras pessoas e fazê-las acreditar numa mentira.”

Areia atiram os evolucionistas com as suas explicações à força para que os factos continuem a encaixar numa teoria que serve para tudo. São as centenas de fósseis vivos, é o aparecimento abrupto de espécies sem antecedentes evolutivos, é o aparecimento de material orgânico extremamente bem conservado apesar dos milhões de anos de aventura, são os fósseis poliestráticos, são camadas sedimentares “antigas” em cima das “novas”… tudo serve para provar evolução.

Mas diz-me: não há impossibilidade física e biológica de um animal que não tem asas, seja réptil seja o que for, através de processos naturais, nascer com asas? Posso pedir-te exemplos disto? Tipo… uma tartaruga nascer com asas ou algo do genero?

Comentar por alogicadosabino

Vou ignorar a maior parte do teu comentário porque é simplesmente falso. Vou assumir que dizes isso por nunca teres lido referências credíveis sobre os assuntos que criticas. Vou-me concentrar neste parte:

“Mas diz-me: não há impossibilidade física e biológica de um animal que não tem asas, seja réptil seja o que for, através de processos naturais, nascer com asas? Posso pedir-te exemplos disto? Tipo… uma tartaruga nascer com asas ou algo do genero?”

Caro amigo, nunca ninguém disse isso que estás aí a dizer. Uma tartaruga obviamente que teria dificuldades em dar origem a um réptil com asas. Mas tu vais buscar exemplos ridículos que nunca ninguem que estuda evolução de forma séria propõe. Eu dei-te o exemplo da galinha porque é uma ave que não voa! (ou pelo menos voa mal) O que tu vez na galinha é uma “braço” modificado, com uma alteração que pode acontecer também nos humanos. A galinha vive bem, mesmo apesar de não ter nem braços nem asas perfeitamente funcionais. Mais uma alteração depois, e ela poderá começar a fazer voos curto mas que ajudam esse animal a fugir a predadores mais eficazes (se já lidaste com galinhas, sabes que algumas conseguem voar por curtas distâncias). Passo a passo, ficas com uma ave capaz de voar.

Já agora,faço contigo o mesmo tipo de argumentação. Se as homologias indicam um criador comum que usou o mesmo tipo de materiais, como explicas os casos em que não se verificam homologias quando elas deveriam estar presentes? (como por exemplo, algumas daquele vídeo pateta que postaste aí)

Comentar por Beowulf

Quem acredita em evolução tem muito mais fé que qualquer crente fanático…

Comentar por Rafael

Sem dúvida, precisamos falar QUEM É Adauto Lourenço.

O duro é que as acusações são totalmente FORTES, e o Sabino sequer tem CORAGEM de dizer a Verdade.

Que coisa em Sabino ? Dá a impressão que, se aparecer qualquer pilantra falando sobre o Criacionismo, mesmo sendo MENTIRA, tá valendo.

Vejam só :

http://stoa.usp.br/samanthansm/weblog/68023.html

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=2974.0

Comentar por Ricardo Muradas




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: