No princípio criou Deus os céus e a Terra


A Evolução é um facto… dissociado do conhecimento científico
Outubro 27, 2010, 10:29 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Ouvimos (e lemos) muitos evolucionistas a papaguearem o cliché “A Evolução é um facto“. Por vezes, acrescentam algo do género: “e quem tal não reconhece é um ignorante que não percebe nada de ciência“. Os evolucionistas pensam que ao repetir vezes sem conta esta lenga-lenga ela vai-se tornar mais verdadeira. Se calhar… diz-se que se repetires constantemente alguma coisa ela irá ser aos poucos entendida como uma verdade.

Só que esta verdade evolucionista de que “a evolução é um facto” está dissociada do conhecimento científico. No mês passado (Setembro 2010), a publicar na Trends in Genetics, dois cientistas da Universidade de Cambridge dissertaram sobre os estudos sobre as adaptações genéticas nas populações naturais e concluíram de forma esclarecedora:

Nonetheless, most studies of recent evolution involve the loss of traits, and we still understand little of the genetic changes needed in the origin of novel traits.” – [A maioria dos estudos de evolução envolve a perda de características, e nós ainda entendemos pouco das mudanças genéticas necessária na origem de novas características].

É verdade. Virtualmente todos os estudos sobre mutações e alterações genéticas nos organismos envolvem perda de informação genética (Alguns exemplos na categoria “Genética“, debaixo de “O QUE DIZER DAS ALEGAÇÕES EVOLUCIONISTAS A RESPEITO DE EVOLUÇÃO EM ACÇÃO?“). Mas o que o conto evolucionista necessita é precisamente o contrário… o aparecimento de nova informação genética que produza novas funções e estruturas no ser vivo.

Afinal de contas… desde o ser unicelular que vivia sozinho no início de tudo até à tua pessoa são cerca de 100 triliões de células de diferença. De onde veio toda a informação genética que os seres vivos possuem? Das mutações, dizem os evolucionistas. O problema é que a maioria das mutações são prejudicias ao organismo e, como afirmam estes evolucionistas, “A maioria dos estudos de evolução envolve a perda de características“.

Se a evolução fosse de facto um facto, se ela fosse verdadeira, então o normal seria existirem estudos de sobra que mostrassem claramente a criação de nova informação genética, informação anteriormente não existente no ser vivo, que originasse novas características. Mas a verdade é que, não obstante os longos anos e dinheiros gastos com estudos de carácter evolutivo, “nós ainda entendemos pouco das mudanças genéticas necessária na origem de novas características“.

Mas eles lá continuarão a procurar, já que “a evolução é um facto”, apesar de não haver evidências científicas que expliquem como surgiram as milhares de características dos milhares de seres vivos que existem e existiram. Lembra-te das palavras destes evolucionistas da próxima vez que disseres que “a evolução é um facto”. Como é que pode ser um facto se “nós ainda entendemos pouco das mudanças genéticas necessária na origem de novas características“? Só na tua cabeça, mesmo!
_________________________________________________________________

Vejam o comentário que o blogue Desafiando a Nomenklatura Científica fez a respeito deste assunto.


80 comentários so far
Deixe um comentário

oh pá, vocês têm lata! Outro artigo onde pegaram a introdução e nada sabem sobre o conteúdo?
E que tal mostrares o desenvolvimento? Parece-me nunca o leste e assim como é possível colocar em causa toda uma teoria só porque leste 2 parágrafos?
Apoiaste em conhecimentos muito fraquinhos.

Comentar por Nuno Dias

Nuno, citei as conclusões dos autores. É para isso que serve um abstract… para fazer o resumo do paper.

Comentar por Marcos Sabino

Sabino:

“Mas eles lá continuarão a procurar, já que “a evolução é um facto”, apesar de não haver evidências científicas que expliquem como surgiram as milhares de características dos milhares de seres vivos que existem e existiram.”

Tenho a impressão de que estes cientístas não compartilham a opinião de que a evolução seja um fato incontroverso, pois se não, as pesquisas já teriam parado por falta do que a descobrir.

E no mais, até o surgimento de outra teoria mais provável, os estudos terão que ser investidos na TE.

Um cientísta de verdade, não diria que a TE ou o Big Bang ou qualquer outra, seja incontestável.

Comentar por Clayton Luciano

Por quê não o criacionismo?

Comentar por Adalberto Felipe

Adalberto Felipe:

Se o criacionismo fosse ciência, se…

Comentar por Clayton Luciano

Falaê Sabino!

Quero só comentar algumas passagens do seu texto:

1) “O problema é que a maioria das mutações são prejudicias ao organismo e, como afirmam estes evolucionistas(…)”

** Como é conhecido pela comunidade científica, realmente boa parte das mutação são prejudiciais ao organismo. Porém você não leva em consideração que as mutações ocorrem o tempo todo! E dessa forma, muitas dessas mutações passam impercepítiveis por nós, meros Humanos. Exitem também algumas mutações que não são prejudiciais, podendo se tornar, sim, benéficas. Leia sobre a Biston betularia; (http://biociencia.org/index.php?option=com_content&task=view&id=45&Itemid=83)

Mas o que ainda me impressiona é que ao passo que você desacredita de alguns evolucionistas, apóia as conclusões de outros, como é o caso acima.

2) “Mas a verdade é que, não obstante os longos anos e dinheiros gastos com estudos de carácter evolutivo, “nós ainda entendemos pouco das mudanças genéticas necessária na origem de novas características“.”

** Meu amigo! Você julga ser fácil realizar pesquisas? Acha que o desenvolvimento de técnicas simples, como transfusão sanguinea ou síntese de insulina em laboratórios, se deu da noite pro dia? Qualquer pesquisa científica demanda muito tempo, dedicação, e obviamente, custos! Por exemplo: hoje em dia, a técnica de parto cesariano é corriqueira e a parturiente fica com uma pequena cicatriz levemente diferente de sua tonalidade natural da pele. Pois bem, essa intervenção cirúrgica é realizada a pelo menos 2000 anos, com indícios de ser ainda mais antiga. Agora te pergunto: acha que no tempo do Grande Imperio Romano, os cirurgiões dispunham da tecnologia atual e as mulheres saiam das cirugias saudáveis, como nos dias atuais?

3) “Se calhar… diz-se que se repetires constantemente alguma coisa ela irá ser aos poucos entendida como uma verdade.”

** Me parece que é isso o que ocorre desde de que o primeiro profeta escreveu sobre Adão, Eva, o Jardim do Éden, o fruto do pecado, etc, etc, etc… Tendo essa história sido repetida por diversos outros profetas. Se não me engano, são nessas “verdades”, repassadas boca-a-boca durante centenas de gerações, que os criacionistas acreditam. Ou estou errado?

E como diz-se aqui no Brasil: “Quem conta um conto, aumenta um ponto…”

Abçs!

Comentar por ThiagoZiul

Caro Thiago,
me esclareça algumas dúvidas, pois o link que você indicou (cuja estorinha eu já conhecia) não esclarece:

1- Como se deu o processo da “mutação” das tais mariposas a nível do DNA?

2- Houve mesmo uma mutação ou as mariposas claras e escuras sempre co-existiram e uma passou a ser mais vista que a outra e conseqüentemente, devorada com mais freqüencia, reduzindo a respectiva população?

3 – Variação de cores e tons acontecem com lagatixas, aranhas e outras criaturas. Isto as tornam mutantes também? Ou esta capacidade de mudança de tons e cores já está nos softwares (DNA) de seus genitores?

4 – Mutações são conhecidas como erro de programação. Podes me dar exemplo de algum software que se torna cada vez mais avançado a cada erro que ocorre em seu sistema?

Comentar por Isaias S. Oliveira

Prezado Isaias;

Primeiramente gostaria de esclarecer que não sou geneticista especializado, sou apenas um biólogo interessado pelo tema e defensor da Teoria da Evolução.

Em resposta às suas perguntas:

1 – [Das mutações a nível de DNA]: E eu lá vou saber? Nunca estudei as tais mariposas, apenas usei-as como exemplo, pois é um dos mais populares no meio pedagógico, bem como o Experimento de Pasteur, sobre a Abiogênese.

2 – [Das variações de cores] – Elas co-existiam antes da Revolução, e a incidência de cada variedade foi alterada devido ao deposito da poeira, etc, etc, etc. Como eu afirmo isso? É o que o relato do experimento diz. Não morei em Londres, muito menos no século XIX.

3 – [De outras espécies] – Variações de cores em outras espécies também são provenientes de mutações. É importantes entendermos que uma mutação genética expressa num indíviduo, ocorreu nos gametas que lhe deram origem, ou seja, no óvulo de sua mãe e/ou no espermatozóide de seu pai, de forma que os pais não expressam a característica, mas possuem essa mutação nas células germinativas (ou em parte delas).

4 – [Das mutações benéficas] – Como falei anteriormente, as mutações ocorrem o tempo todo, sendo que muitas delas tornam a própria célula inviável. Dessa forma, não existe “software” que se aprimore a cada (todo) erro que ocorra.

Abçs!

Comentar por ThiagoZiul

Thiago!
Veja desejo que a Evolução seja fato faz.O cientista de Oxford Bernard Ketttlewell “investigou” na primeira metade do século xx as Biston Betulária(mariposas de Manchester) e “deduziu” que havia uma pressão seletiva a favor de uma variedade em relação a outra dependendo do local de seu habitat.Que as “mais escuras” sobreviveriam mais em áreas industrializadas e as “mais claras” em áreas rurais,típico Melanismo Industrial,reforçando o “Fato” de que alterando a frequência de um gene,toda a complexidade posterior da Seleção Natural em ação estaria comprovada.Sugeriu que as mariposas em questão segueriam uma herança mendeliana.Mas qual foi a surpresa que em pesquisas posteriores se mostrou que o melanismo poderia ser induzido por substâncias presentes no alimento das lagartas da mariposa.Isto nos mostra que a Seleção Natural atua apenas nos aspectos fenotípicos.A “malandragem” do cientista foi COLAR mariposas congeladas nos troncos para verificar o índice de predação.Na verdade essas mariposas costumam estar nas copas das árvores e não em troncos.Hoje em áreas onde a controle de poluição as mariposas melanicas deveriam estar em declinio,o que é uma inverdade.Veja o que não se faz para se defender um Paradigma recheado de inconsistências e insuficiências.Cuidado,não compre gato por lebre!

Comentar por jonas

Errata1
!
Veja O desejo que …..

Comentar por jonas

Jonas,

Você está corretíssimo em afirmar que a Seleção Natural atua fenotipicamente. Porém se esquecer que características Fenotípicas são expressões de características Genotípicas.

O fato de a coloração ser definida pela alimentação também depende do fator genético. Por exemplo; se tratarmos um cão de determinada raça com um ração completa e balanceada, ele chegará ao tamanho máximo e a saúde excelente possível para o padrão. Se pegarmos um outro cão da mesma raça e o alimentarmos durante seu desenvolvimento apenas com grãos, ele nunca chegará ao tamanho, desenvolvimento e saúde do anterior. Porém, se alimentarmos um Poodle da melhor forma possível, ele nunca chegará ao tamanho de um Labrador. São heranças genéticas que determinam o tamanho que o animal terá, se bem nutrido.
No caso das larvas das mariposas, haverão variações com maior capacidade de conversão de Tirosina em Melanina.

Pode ficar tranquilo que eu não compro gato por lebre. Tanto que não creio que somos todos frutos do “pecado” de Adão e Eva. É um paradigma que eu já me desvencilhei.

Abçs!

Comentar por ThiagoZiul

Thiago!
Essas adaptações “maior conversão de Tirosina em Melanina” não explicam o problema fundamental da Vida segundo a Evolução ,de como elementos orgânicos reunidos em macromoléculas se transformaram em um Rna autocatalítico,daí para um ser unicelular…e olha nós aqui!O que estas a falar é de microevolução ou adaptações,que precisam de informação anterior no seu material genético para expressa-los.A Vida é Informação e Complexidade!A questão do pecado é um modelo que voce pode negar,mas o ônus é seu,admitindo ou não.

Comentar por jonas

O ThiagoZiul falou, falou, e não disse nada.

Comentar por JeremiasMezenga

Olá,

A maioria dos estudos de evolução envolve a perda de características, e nós ainda entendemos pouco das mudanças genéticas necessária na origem de novas características

A vida é dinâmica, Darwin foi a fundo para demonstrar isso.

Mas a vida também é extremamente complexta.

E não são partes complexas isoladas.
Cada indivíduo é um todo de relações genialmente micro-ajustadas e dependentes, das partes que o compõem.

E não são indivíduos isolados, existe uma simbiose tão intensa, uma dependencia funcional tão emaranhada entre as diversas formas de vida e o meio em que vivem – entre tudo e todos na Terra – que é até complicado definir o que é um indivíduo.

Depois de décadas de investimento duro, de meticuloso trabalho científico, ainda estamos sem respostas cabais para confirmar uma evolução de complexidade totalmente natural e acidental.

Então, por que deveríamos descartar a idéia de que a vida surgiu na Terra originalmente complexa, em categorias e tipos biológicos distintos, e que, daí veem variando e se inter-relacionando?

Alguns, para evitar o “problema” religioso de uma criação, já estão considerando que a vida tenha vindo, complexa, do espaço.
Mas o quanto complexa? Será que é suficiente?

Sem um “parrudo” mecanismo de aumento, exponencial, de complexidade, o que poucos bilhões de anos podem fazer?

Isto não está claro.

Aposto que a vida não seria dinâmica se, originalmente, não fosse complexa…

Abraço.

Comentar por nilo

Thiagoziul:

“Primeiramente gostaria de esclarecer que não sou geneticista especializado, sou apenas um biólogo interessado pelo tema e defensor da Teoria da Evolução”

Esquenta não, parece que aqui nem tem geneticista especializado.

Comentar por Clayton Luciano

(Thiago)…bem como o Experimento de Pasteur, sobre a Abiogênese…

O experimento de Pasteur (cientista cristão) deu origem a LEI DA BIOGÊNESE, que demoliu um dos principais pilares do evolucionismo: A geração espontânea.
Já os tais “experimentos” feitos com as mariposas é apenas mais um caso de fraude para engrossar a lista de falsificações dos evolucionistas, que tentam a todo o custo apresentar os escombros do evolucionismo como se fosse uma fortaleza inabalável.

(Thiago)[Das mutações benéficas] – Como falei anteriormente, as mutações ocorrem o tempo todo, sendo que muitas delas tornam a própria célula inviável. Dessa forma, não existe “software” que se aprimore a cada (todo) erro que ocorra.

Vamos tentar resumir, Thiago.
ALBINISMO e MELANISMO são exemplos de mutações que prejudicam o mutante, não lhe dão nenhuma vantagem em relação a seus pais e não mostram nenhum INDÍCIO de transição de ave para réptil, por exemplo. Já que (segundo tu) mutações foram responsáveis por fazerem as criaturas se aperfeiçoarem, então me mostre pelo menos dois exemplos na natureza responsáveis por tal milagre. Até hoje ninguém aqui consegui me responder, mas você como biólogo pode ter a resposta.

(Thiago)Pode ficar tranquilo que eu não compro gato por lebre… fruto do pecado…

Compra sim: Homem de Nebraska, Ramapitecus, Homem de Neanderthal, Archaeopteryx, Homem de Piltdow, Ida, Ardi, geração espontânea, fraudes de Haeckel… a lista é longa, hein!

Comentar por Isaias S. Oliveira

Meu querido Isaias!

O que você tem que se desvencilhar é dessa idéia que as mutações só ocorrem de forma grandiosa e brusca, tipo, “um belo dia um réptil deu à luz uma ave”. A mutação ocorre de forma silenciosa e vagarosa, num espaço de algumas centenas de anos não há como ocorrerem grandes mutações no melhor estilo X-men!

Um exemplo sobre a produção de melanina somo nós mesmos! Os hominideos que produziam mais melanina se adaptaram às regiões com maior incidência solar, ou seja, as regiões tropicais. Já aqueles hominideos que produziam menos melanina, se adaptaram melhor em regiões temperadas, uma vez que seus pelos claros mesclavam de forma mais eficiente à neve. Mas isso nao ocorreu da noite pro dia… A cada geração, os prossuidores de maior capacidade de sobrevivência em cada um desses ambientes distintos acabavam por gerar mais filhos do que os menos adaptáveis. Ao longo de algumas centencas de gerações, pequenas mutações que ocorreram aleatoriamente e produziam individuos com mais ou menos melanina nos individuos foram fixadas em cada população.

Caso não houvessem essas mutações, como Adão e Eva poderiam ter gerado essa variedade tão grande de cariótipos humanos?

Ah, claro! existem muitas mutações que não tem explicação, como por exemplo, os olhos orientais, que não favorecem ou prejudicam os individuos, porem da mesma forma, foram fixadas naquela população que foi isolando-se das outras, e por isso tornou-se exclusiva desse grupo e dos provenientes dele.

Quanto aos casos nos supostos antepassados dos humanos, lembramos que sempre foram TEORIAS*, e alguns de fato foram fraudes.

Mas e às Teorias do criacionismo? Nessa página tem alguns exemplos onde diferentes religiões creem em criações diferentes da vida (http://pt.wikipedia.org/wiki/Cosmogonia). Qual delas seria a correta Isaias? E por que tornaria as demais erradas?

* ‘teoria’: s. f. Parte especulativa de uma ciência; conjunto de princípios fundamentais de uma ciência ou arte; o conhecimento desses princípios; noções gerais; ‘hipótese’; conjectura; utopia. – Dicionário Brasileiro Globo.

Toda hipótese pode ser revista por novas provas e indícios.
Diferente do Criacionismo, que é imutável, e nunca aceita provas da qual essa TEORIA está errada.

Comentar por ThiagoZiul

Thiago,

Existem explicações para os olhos orientais sim🙂, e seguem a mesma linha que a cor da pele que vc uso.:

Não achei o link onde eu havia lido, mas vai aqui um link

http://noticias.terra.com.br/educacao/vocesabia/interna/0,,OI3714882-EI8407,00.html

Comentar por Icarus

usou

Comentar por Icarus

Thiago!
Se a Evolução ocorre de “forma silenciosa e vagarosa”onde estão os zilhões de fosseis intermediários!!!

“Caso não houvessem estas mutações como Adão e Eva poderiam gerar esta variedade de cariót´pos tão grande…”
Thiago já ouviste falar em RECOMBINAÇÃO OU CROSSING OVER???A Informação já estava alocada no Genoma deles!
Mutações são deletérias,e para se ter benefício em mutações elas deveriam ser duas mutações coordenadas benéficas para completarem uma função.Crês que mutações geraram toda esta complexidade?Crês que o Acaso junto com a Seleção Natural foram o motor que transformou elementos orgânicos inanimados nessa maravilha que é o ser humano?Quais são as evidencias empiricas?Uma pergunta que não quer calar.Se a Evolução é um processo gradual,como me explicas a Explosão Cambriana,onde quase todos os Filos existentes hoje apareceram numa janela de tempo irrizória para o tempo evolutivo??Seja crítico com o paradigma que abraças,e verá as insuficiências e inconsistências deste!Abraços

Comentar por jonas

(Thiago) …você tem que se desvencilhar é dessa idéia que as mutações só ocorrem de forma grandiosa e brusca, tipo, “um belo dia um réptil deu à luz uma ave”…

E eu não disse isto.
Eu disse para você me dar exemplos de INDÍCIOS.

(Thiago) …Um exemplo sobre a produção de melanina somo nós mesmos! Os hominideos que produziam mais melanina se adaptaram às regiões …

Então nós somos mutantes?
OS exemplos de “mutação”(?) que você deu não mostram INDÍCIOS que mostrem os humanos deixando de serem humanos.
O quê as observações (ciência) mostram é que mutações não fazem o peixe deixar de ser peixe; não fazem o macaco deixar de ser macaco e etc.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Icarus, Jonas e Isaias,

Claro que já ‘ouvi falar’ de Crossing Over… Se a informação de TODAS AS CARACTERÍSTICAS da espécie humana já estavam no DNA de Adão e Eva, quais características se expressariam? Isso indica que todas as características possiveis está escondida no DNA de todos nós? O que permitiria um homem nórdico e uma mulhem chinesa terem um filho com características do povo pigmeu, simplesmente pela troca aleatória de material genético???????? Creio não ser eu quem precisa estudar um pouco de crossing-over…

Creio sim que a seleção natural atua com as ferramentas do acaso! Seria querer demais da naturezza que todos os zilhões de intermediários fossem obrigatoriamente fossilizados! É obvio que dezenas de milhares de espécies que já viveram em nosso planeta nao deixaram fósseis!

E qual o grande problemas de nos imaginar como mutantes?? Vocês tem essa palavra como uma coisa ruim! Se acham melhores que os albinos então? Que os portadores de Down? Que os polidactilos????? Eu sou mutante, vocês são mutantes, todos somos frutos de muitas e muitas mutações!

Se não somo mutantes, por que existem as diferenças etnicas? Por que razão os Europeus são brancos e os Africanos são Negros?

E vocês não responderam a minha pergunta: Qual teoria criacionista é a correta? A cristã? A hindu? A grega? A nipônica? A espírita?

Jonas, você acredita na história do seu xará biblíco, que foi engolido com um ‘peixe grande’, e EU tenho que ser crítico com meus paradigmas??? Faz favor, né??

Comentar por ThiagoZiul

Thiago,

ME tira fora desta hein?🙂

Eu não sou criacionista. Apenas inclui um comentário nos olhos orientais, pois já havia lido a respeito.

Abraços

Comentar por Icarus

Thiago!
Desculpe pela demora da resposta estava em viagem.
Quanto as manifestações fenotípicas como a cor da pele(4 a 6 genes),o formato da face,da fissura palpebral,dos lábios,do nariz,a cor e a textura do cabelo,estes traços são superficiais.Não conhecemos os fatores geográficos locais responsáveis pela seleção dessas características,então é razoavel que esse traços morfológicos fiquem ligados a adaptações ao clima e outras variáveis ambientais de diferentes lugares da Terra.Essas características físicas das porções expostas do corpo dependem da expressão de poucos genes.A informação já está alocada no dna,o que diferencia é sua expressão,o que depende destes fatores citados acima.Abraços

Comentar por jonas

“…É mais fácil um tornado varrer um depósito de sucata e construir um Boeing 747 com o material nele contido do que formas superiores de vida emergirem através dos processos evolutivos…”
“…O mundo científico foi iludido e acabou crendo que a evolução fora provada. Nada poderia estar mais longe da verdade.”
Sir Frd Hoyle – Astrônomo e matemático.

“A evolução pode ser considerada como uma espécie de religião mágica. A magia é simplesmente um efeito sem causa, ou pelo menos sem causa competente. “acaso”, “tempo”, e “natureza” são os pequenos deuses mantidos nos templos evolucionistas.
Randy L. Wysong – Instrutor de fisiologia e anatomia.

“A evolução acabou de receber o seu golpe mortal. Após ler o livro Origins of Life [Origem da Vida] com a minha formação em química e física, é claro que a evolução [biológica] não poderia ter ocorrido”.
Richard Smalley, Ph.D., prêmio Nobel em Química de 1996

A ciência desacreditou tão completamente o evolucionismo darwiniano que este deveria ser descartado.
Michael Denton – Biólogo.

“Nada havia que eu realmente conhecesse sobre a teoria da evolução. É um choque enorme descobrir-se enganado por tanto tempo…”
…Alguém de vocês poderia me dizer qualquer coisa no evolucionismo que seja verdadeiro?
Collin Patterson – paleontólogo chefe do Museu Britânico de História Natural

[A evolução] não pode explicar a origem das complexas estruturas bioquímicas que sustentam a vida. Sequer tenta explicar… A conclusão de um plano inteligente flui naturalmente dos próprios dados – não de livros sagrados nem de crenças sectárias.
Michael Behe – Bioquímico.

Quem ainda acha que o evolucionismo é ciência, dê antes uma olhada em:

Documentário de sete partes.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Clayton Luciano,

Se o criacionismo fosse ciência, se…

Por quê não é ciência?

Comentar por Adalberto Felipe

Jonas:

“Informação já estava alocada no Genoma deles!
Mutações são deletérias,e para se ter benefício em mutações elas deveriam ser duas mutações coordenadas benéficas para completarem uma função.Crês que mutações geraram toda esta complexidade”

Então, está no genes de todas as pessoas do mundo, os olhos puxados dos japoneses, ou aqueles olhos são plásticas?

Antes que alguém venha com aquela falácia de que a diferença de DNA é pequenininha, o que não deixa de ser diferença, logo foi criado por mutação, ou Adão e Eva eram pessoas mutantes

Comentar por Clayton Luciano

(Clayton) …os olhos puxados dos japoneses…

Muitos negros e índios também tem os olhos puxados. E nem por isso são mais ou menos humanos que tu ou eu. Eles não mostram nenhum indício do surgimento de outro tipo de “criatura”.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaías:

“Muitos negros e índios também tem os olhos puxados. E nem por isso são mais ou menos humanos que tu ou eu. Eles não mostram nenhum indício do surgimento de outro tipo de “criatura”.”

A – Onde está na minha frase o termo “mais ou mesmos humano”? (sai deste seu complexo de inferioridade)

B – Olhos puxados são só um exemplo dentre os demais, pois é fácil perceber a diferença estrutural entre os humanos de diversas partes do mundo,

C – A “teoria criacionista” faria sentido se todas as pessoas tivessem as mesmas características.

Comentar por Clayton Luciano

Clayton!
Me desculpe,mas acho que deves estudar um pouco mais de Biologia e Genética.Já ouviste falar da Eva primordal?Se os evolucionistas concordam que viemos de sómente uma mulher,então?Nós temos mais de 20000 genes,e muito poucos são necessariamente expressos para que ocorra mudanças da cor dos olhos,pele outras características.Procure ler sobre Recombinação ou Crossing Over e entenderás o porque de tanta diversidade.Sómente 2% do Genoma é expresso em proteínas,a grande parte restante é regulatória,por aí tambem entenderás que o Dna tem plasticidade em sua expressão.Não entenda como crítica quando o que lhe falei,mas como motivação para se aprofundar em áreas que não são as de sua preferencia cientifica.Abraços

Comentar por jonas

Jonas:

“Me desculpe,mas acho que deves estudar um pouco mais de Biologia e Genética.Já ouviste falar da Eva primordal?”

Desculpado, mas tem nada de somente de uma mulher não, a especialização ocorre pelo isolamento geográfico.

É o inverso, pois um grupo se isola, e com as mutações, ele se especializa a ponto de não gerar mais descendetnes férteis por gerações contínuas, quando há o “recruzamento” com os antes separados.

“Nós temos mais de 20000 genes,e muito poucos são necessariamente expressos para que ocorra mudanças da cor dos olhos,pele outras características.Procure ler sobre Recombinação ou Crossing Over e entenderás o porque de tanta diversidade.Sómente 2% do Genoma é expresso em proteínas,a grande parte restante é regulatória,por aí tambem entenderás que o Dna tem plasticidade em sua expressão.Não entenda como crítica quando o que lhe falei,mas como motivação para se aprofundar em áreas que não são as de sua preferencia cientifica.Abraços”

Faria sentido se fosse puramente aleatório, por exemplo, entre pais japoneses, nascessem negros, loiros, aleatoriamente, na mesma prababilidade.

É preciso mudança de informação para sair de um índia para uma loira.

Ou esta informação já existia em Adão e Eva, ou ela surgiu com o decorrer do tempo,

se surgiu, é preciso indentificar o tal muro dentro do DNA que impeça que estes surgimentos sejam cercados par que num decorrer de um grande tempo, não vire outra espécie.

Comentar por Clayton Luciano

Clayton1
As informações já estão alocadas no Dna,o que muda é que adaptações através de fatores geográficos em ambientes diferentes do planeta propiciaram a expressão de uns poucos genes,modificando a cor da pele,os lábios,a fissura palpebral,o formato da face.

Comentar por jonas

(Thiago) Se não somo mutantes, por que existem as diferenças etnicas? Por que razão os Europeus são brancos e os Africanos são Negros?

Mutações não fazem humanos deixarem de serem humanos ou peixes deixarem de serem peixes. É o quê mostram as observações. Lamento por ti.

(Thiago) …Eu sou mutante, vocês são mutantes, todos somos frutos de muitas e muitas mutações…!

Voce é um homem de muita fé. Espero que um dia tua descendência crie asas e saia voando por aí. Afinal, para a evolução tudo é possível. Não é mesmo?

(Thiago) Jonas, você acredita na história do seu xará biblíco, que foi engolido com um ‘peixe grande’, e EU tenho que ser crítico com meus paradigmas??? Faz favor, né??

Cremos na bíblia por fé. E os evolucionistas deveria admitir o mesmo ao falar de sua religião, ao invés de chamá-la de teoria.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaias…

O evolucionismo é uma Teoria Científica, e não uma religião…

O criacionismo é uma Teoria Religiosa, não é ciência…

De um lado temos: Darwin, Mendel, Lineu e Lamarck, entre tantos outros, que foram CIENTISTAS, e não PROFETAS, baseando suas teorias em estudos científicos…

Do outro lado temos: Jesus, Maomé, Abraão e Moisés, entre tantos outros, que foram PROFETAS, creditando suas ‘teorias no argumento da ‘palavra de Deus’. (Não tenho como provar? Deus fez assim e ponto final!)

Religião é diferente de Ciência!

Não tenho FÉ no Evolucionismo, levo em consideração as descobertas e os estudos, e tenho discernimento de acha-los plausíveis ou não.

A FÉ cega os homens! (http://www.cacp.org.br/estudos/artigo.aspx?lng=PT-BR&article=937&menu=7&submenu=4)

Comentar por ThiagoZiul

(Thiago) …Do outro lado temos: Jesus, Maomé, Abraão…

http://oblogdoadail.blogspot.com/2010/09/cientistas-duvidam-da-teoria-de-darwin.html

http://www.dissentfromdarwin.org/about_prt.php

Alguns cientistas cristãos:
Johannes Kepler (1571-1630), astrônomo e matemático alemão;
Robert Boyle (1627-1691), o pai da química moderna;
Lord Kelvin [William Thomson] (1824-1907)- Termodinâmica.
James Clerk Maxwell (1831-1879);
Louis Pasteur (1822-1895)- Demoluiu a farsa evolucionista da geração espontânea.
Acho que basta, não?

(Thiago)Não tenho FÉ no Evolucionismo, levo em consideração as descobertas e os estudos, e tenho discernimento de acha-los plausíveis ou não.

Ok, “biólogo”. Então qual a plausibilidade de células musculares darem origem a células ósseas ou de células cardíacas darem origem a células hepáticas?

Comentar por Isaias S. Oliveira

(Thiago) …Do outro lado temos: Jesus, Maomé, Abraão…

Alguns cientistas cristãos:
Johannes Kepler (1571-1630), astrônomo e matemático alemão;
Robert Boyle (1627-1691), o pai da química moderna;
Lord Kelvin [William Thomson] (1824-1907)- Termodinâmica.
James Clerk Maxwell (1831-1879);
Louis Pasteur (1822-1895)- Demoluiu a farsa evolucionista da geração espontânea.
Acho que basta, não?

oblogdoadail.blogspot.com/2010/09/cientistas-duvidam-da-teoria-de-darwin.html

dissentfromdarwin.org/about_prt.php

(Thiago)Não tenho FÉ no Evolucionismo, levo em consideração as descobertas e os estudos, e tenho discernimento de acha-los plausíveis ou não.

Ok, “biólogo”. Então qual a plausibilidade de células musculares se dividirem em células ósseas ou de células cardíacas se dividirem em células hepáticas?

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaias,

Você fala que a geração espontânea era uma farsa evolucionista, mas era apenas uma teoria q foi descartada, e sinto lhe informar, se encaixa melhor nos preceitos criacionistas…

A experiência de Pasteur mostrou que não é possivel a geração de uma ser vivo complexo a partir do nada.

Após isso, veio a Teoria de Oparin e posteriormente o experimento de Urey-Miller, com a hipótese do inicio da formação de uma célula procariótica primitiva, chamada coacervado.

Quanto a um miócito se converter num osteócito… ONDE VOCÊ LEU SOBRE ESSA POSSIBILIDADE?

Ah! Você ainda não respondeu a uma curiosidade minha:

“Mas e às Teorias do criacionismo? Nessa página tem alguns exemplos onde diferentes religiões creem em criações diferentes da vida (http://pt.wikipedia.org/wiki/Cosmogonia). Qual delas seria a correta Isaias? E por que tornaria as demais erradas?”

Se você puder responder a essa pergunta, ajudará esse singelo biólogo cristão a entender um pouco mais sobre esses paradigmas religiosos, que fazem cada vez mais pessoas se converterem a outras religiões…

Comentar por ThiagoZiul

(Thiago)…geração espontânea… se encaixa melhor nos preceitos criacionistas…

A geração esponânea nunca foi teoria. Uma TEORIA surge quando um FATO não muito bem compreendido precisa ser INTERPRETADO. A esta INTERPRETAÇÃO chamamos TEORIA (estou errado?). Mas, como nunca huve nada de FATO na geração espontânea para ser interpretado, então a mesma jamais poderia ser chamada TEORIA; e o mesmo se aplica ao evolucionismo. O FATO de tentrilhões apresentarem diferença no formato de seus bicos não significa que um dia eles foram lagartixas.
E mais: a geração espontânea era uma CRENÇA que promulgava que a vida não necessitava de uma causa inteligente para ter surgido (ateísmo, materialismo, naturalismo). E era isto que os experimentos de Miller e de outros tentavam provar. Portanto, a tua declaração de que: “…geração espontânea… se encaixa melhor nos preceitos criacionistas…”, não passa de mais uma desculpa evolucionista esfarrapada.

(Thiago) Quanto a um miócito se converter num osteócito… ONDE VOCÊ LEU SOBRE ESSA POSSIBILIDADE?

Como evolucionista, você acredita que seres INvertebrados – vermes- deram origem a seres vertebrados. Como isto é possível? Qual a plausibilidade? De onde vieram as vértebras dos seres invertebrados (vermes e similares), que já viviam (e ainda vivem) perfeitamente adaptados ao ambiente do jeito que eram e são?

(Thiago)…“Mas e às Teorias do criacionismo? Nessa página tem alguns exemplos onde diferentes religiões creem em criações diferentes…”

Me parece que todas as religiões (ou quase todas) creem que a vida não surgiu por acaso ou acidente (evolucionismo), mas que foram o resultado de projeto inteligente (D.I.).

E por falar em responder perguntas, o “biólogo” e agora “cristão” (o quê virá depois?) não responde as perguntas que lhe são apresentadas. Ao invés de responder, fica se esquivando e lançando perguntas para não responder. Parece até o nosso amigo Fr… (é melhor não citar o nome).

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaias…

Como a geração espontânea nunca foi teoria? Justamente a origem da vida não tinha uma explicação plausível, então as pessoas acreditavam nessa teoria! Como isso? As pessoas notavam que apareciam larvam em materia em decomposição, e acerditavam que surgiam espontâneamente. Pasteur provou que essas larvas eam provenientes do contato de moscas com essa matéria em decomposição. Ponto final, derrubou a Teoria.

Agora entendi sua pergunta a respeito do sistema esquelético… Acontece que estas estruturas não são provenientes de células musculares, mas das células troco-embrionárias! Então não é q o musculo um belo dia virou osso… As células iniciais se diferenciaram gradativamente, ao longo que milhões de anos, em estruturas ósseas, e nos demais tecidos. Como podemos afirmar isso? Através de estudos embrionários de diversas espécies, inclusive dos Hemicordados e Urocordados. Dessa forma montou-se diversas árvores filogenéticas, que nos facilitar termos uma idéia de como a evolução pode ter ocorrido.

“Me parece que todas as religiões (ou quase todas) creem que a vida não surgiu por acaso ou acidente (evolucionismo), mas que foram o resultado de projeto inteligente (D.I.).”

Você ainda não esclareceu minha dúvida!

Quem criou o universo então?

a. Javé estava lá, tranquilão, e de repente resolveu que deveria haver luz?
b. Os Deuses estavam com fome e criaram as pessoas para lhe fornecerem alimento?
c. Manu criou os brâmanes, depois as leis, depois o governo, depoias as castas…?
d. Apsu e Tiamat criaram todos os outros Deuses em seis dias, e estes Deuses criaram o resto do universo?
e. N.D.A.

Obs: Não vejo indícios do Design Inteligente em em nenhuma dessas teorias, assim como nunca aprendi sobre eles em nenhuma das igrejas que já frequentei…

Por último é claro que eu respondo suas perguntas… Mas pelo visto você está tão cego que não é capaz de interpretá-las…

E qual o problema de eu ser biólogo e cristão? E qual o problema de eu lhe fazer as perguntas? E por acaso você não respondeu nenhuma delas com firmeza…

Comentar por ThiagoZiul

Ah! Ainda temos outras Teorias criacionistas muito interessantes…

O Pastafarismo, o Bule de chá de Russell, A Igreja do Subgênio e o Unicórinio Cor-de-rosa Invisível!

Todas tão plausíveis quanto as mais populares…

Comentar por ThiagoZiul

(Thiago) … As pessoas notavam que apareciam larvam em materia em decomposição, e acerditavam…

FATO: Larvas aparecem em material em decomposição;

CRENÇA: As larvas surgem espontâneamente através de processos químicos que nunca foram observados.

Resultado das OBSERVAÇÕES: As larvas são postas pelos insetos que pousam na matéria em decomposição.

FATO: Tentrilhões tem bicos diferentes uns dos outros.

CRENÇA: Os tentrilhões evoluíram de um ancestral comum há milhões de anos: Talvez um pica-pau, uma garça, uma águia, um pterodáctilo…

Resultado das OBSERVAÇÕES: Os bicos dos tentrilhões são diferentes porque tem dietas diferentes.

FATO: Os fósseis revelam peixes, anfíbios, répteis, aves, mamíferos e outras criaturas extintas que o homem moderno não conhece.

CRENÇA; Os fósseis nos revelam peixes-sapo, sapos-répteis, répteis-aves, homens-macaco… e outras criaturas que jamais foram observadas pela humanidade, pois viveram há milhôôôôes de anos…

Resultado das OBSERVAÇÕES:
Embora ainda nos dias de hoje vejamos:
Peixes fósseis e vivos;
Anfíbios fósseis e vivos;
Répteis fósseis e vivos;
Aves fósseis e vivas;
Mamíferos fósseis e vivos;
Macacos fósseis e vivos;
Humanos fósseis e vivos;
Jamais foi encontrado um peixe-sapo vivo;
Jamais foi encontrado um sapo-réptil vivo;
Jamais foi encontrado um réptil-ave vivo;
Jamais foi encontrado um mamífero-réptil vivo;
Jamais foi encontrado um homem-macaco vivo.

Percebeu a diferença?

(Thiago) Acontece que estas estruturas não são provenientes de células musculares, mas das células troco-embrionárias!…

Todas as células do nosso corpo vieram de uma só: O zigoto (espermatozóide+óvulo).
O espermatozóide e o óvulo humano tem em si os códigos para formar um ser humano e não criaturas mitológicas (centauros, sátiros, homens-macaco..).
O mesmo se aplica as outras criaturas.

(Thiago) Quem criou o universo então?

Cientificamente falando, ninguém sabe.

(Thiago) Não vejo indícios do Design Inteligente em em nenhuma dessas teorias…

DNA, Flagelo bacteriano etc são exemplos de design inteligente.

youtube.com/watch?v=EM6ZkgArf7E&feature=related (Documentário de 7 partes).

Talvez teu computador não seja resultado de projeto inteligente. Ele pode ter evoluído durante milhões de anos e então…apareceu na loja.

O DNA é um sistema de armazenamento DIGITAL, só que muito mais avançado do que qualquer HD.

(Thiago) … assim como nunca aprendi sobre eles em nenhuma das igrejas que já frequentei…

Não aprenderás frequentando igreja gay ou IURD, por exemplo.

(Thiago) … E qual o problema de eu ser biólogo e cristão?

Isto é, SE realmente és biólogo e cristão.
Mas não há nenhum problema com a biologia. O problema está no evolucionismo, que não é biologia. Não sabia?

(Thiago) Por último é claro que eu respondo suas perguntas…

Dentre algumas, você não respondeu esta:

ALBINISMO e MELANISMO são exemplos de mutações que prejudicam o mutante, não lhe dão nenhuma vantagem em relação a seus pais e não mostram nenhum INDÍCIO de transição de ave para réptil, por exemplo…
…então me mostre pelo menos dois exemplos na natureza responsáveis por tal milagre.

E então, Thiago? Citei ALBINISMO e MELANISMO, duas mutações que não mostram nehum INDÍCIO de transição e prejudicam o mutante. Me mostre uma mutação que dê INDÍCIO de transição.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Sobre os tentilhões: http://www.icb.ufmg.br/lbem/aulas/grad/evol/darwin/tentilhoes.html

Conclusão: Seleção Natural.

Sobre suas “observações”, já falei anteriormente, que seria querer demais que todas as espécies que já habitaram o planeta tivessem sido fossilizadas…

[Isaias]
“Todas as células do nosso corpo vieram de uma só: O zigoto (espermatozóide+óvulo).”
AH VÁ! VC TAH BRINCANDO QUE É ASSIM?!
Nunca tinha ouvido falar de coisa tão fantástica! ¬¬

Mas peraê… Teria então a Virgem Maria feito a primeira inseminação artificial que se tem notícia???

Teeeeeeeeenso!

[Isaias]
“DNA, Flagelo bacteriano etc são exemplos de design inteligente.” Mas, quem é o DESIGNER???

Quanto à sua analogia: o meu computador eu tenho absoluta certeza de que foi projetado por dezenas de pessoas, que melhoraram os computadores anteriores diversas vezes, desde o Eniac… Essa comparação é péssima, pois ele é um objeto inanimado, incapaz de se reproduzir…

[Isaias]
“Não aprenderás frequentando igreja gay ou IURD, por exemplo”

Qual o problema com as igrejas gays e com a Universal?

Na missa católica, nunca me falaram sobre o DI… Nem nas religiões afro-brasileiras… Nem em cultos protestantes (esses por acaso, só pedem dinheiro)…

Um exemplo de mutação benéfica:
[http://www.uniprot.org/uniprot/P51681]

Outros argumentos:
[http://ateus.net/wiki/Gen%C3%A9tica#Muta.C3.A7.C3.B5es_s.C3.A3o_prejudiciais]

Antes que você fale que não respondi sua pergunta, etc, etc, etc… Já falei que você não deve enxergar as mutações como fatores X-men!

Já que você gosta tanto de vídeos do Youtube… Assista esse: [http://www.youtube.com/watch?v=I_1Gpt6dKFo]. Documentário em 5 episódios.

[Isaias]
“Isto é, SE realmente és biólogo e cristão” – Por que duvida disso?

Comentar por ThiagoZiul

ThiagoZiul, mutação no gene CCR5 é benéfica?

http://crentinho.wordpress.com/?s=CCR5

+++

“Foi notado, em 1996, num grupo de pessoas de alto risco (homossexuais cujos parceiros morreram de AIDS, ou hemofílicos que receberam sangue contaminado) que alguma pessoas não eram clinicamente atingidas pela AIDS. Foi então descorberto que essas pessoas, aparentemente resistentes, eram homozigotos por uma mutação recaindo sobre o gene CCR5. Trata-se de uma deleção de 32nt que codifica normalmente a 2ª alça extracelular desse co-receptor. Essa deleção causa uma defasagem de leitura, preduzindo uma proteína truncada, desprovida dos 3 últimos domínios transmembranários. A proteína truncada é incapaz de ser transportada sobre a membrana plasmática, e não pode desempenhar mais a função de co-receptora para permitir a entrada de HIV.

Essa anomalia, aparentemente benéfica (!), atingiria cerca de 1% da população, que se encontraria assim naturalmente protegida contra HIV. Somente entre as pessoas de raça branca foram encontradas portadores homozigotos desta mutação. È possível que se trate de uma mutação ‘recente’ surgida após a divergência Caucasianos-Africanos (de 150.000 a 200.000 anos).

Se essas pessoas aparentam ser resistentes, ainda assim elas devem continuar a utilizar meios habituais de proteção. Não o fazer seria, no estágio atual de nossos conhecimentos, jogar roleta russa, como afirma o p. L. Montagnier, pois é provável que interfiram outros co-receptores de quimioquinas que começamos a indentificar. Aliás, em março de 1977, foi publicado que um indivíduo fora atingido pela AIDS, mesmo sendo homozigoto, pela mutação do gene CCR5!”

[5 ed. ÉTIENNE, Jacqueline. Bioquímica genética e biologia molecular, p. 243.]

Não sei se a data é realmente 1977. Pode ser um erro de impressão, ou não.

Comentar por JeremiasMezenga

Jonas:

Antes que eu me esqueça, as diferenças entre os humanos não se restringem a cores, é fácil perceber a diferença até no que tange à forma da face, dependendo de qual grupo vem.

Comentar por Clayton Luciano

Isaías:

“E então, Thiago? Citei ALBINISMO e MELANISMO, duas mutações que não mostram nehum INDÍCIO de transição e prejudicam o mutante. Me mostre uma mutação que dê INDÍCIO de transição.”

Por que que o albinismo tem que ser a mutação que “prejudica o mutante” em vez da ausência da mutação “que não ajudou o mutante”, já que voce não acreditam na TE?

E se o albino foi a regra, e uma mutação melhorou a espécie para ela ser “não-albina”, restando alguns que não sofreram esta melhoria?

(Voce vai usar a TE para responder esta?)

Comentar por Clayton Luciano

Os CTJ são fantásticos na introdução a um grande trabalho cientifico.Apresentam a razão das suas dúvidas e porque duvidam da ciência actual.

São também excelentes a apresentar conclusões.

Só lhes falta o corpo do trabalho cientifico que lhes permita tirar as conclusões…

Para que o CTJ fosse uma teoria cientifica era necessário que apresentassem uma alternativa mais explicativa, predictiva e falsificável que apresentasse dados que compatibilizassem :

Uma terra e um universo jovem (geologia, astronomia, fisica, história, astrofisica, quimica)

Aparecimento súbito de espécies há cerca de 6000 anos (história, biologia, antropologia, sociologia, quimica, fisica, arqueologia)

Díluvio há 4500 anos. (história, arqueologia, biologia, geologia, sociologia, semiótica, fisica, quimica)

Ou seja esse tal trabalho dos CTJ teria de alterar toda a visão que temos da história, da arqueologia, da biologia, da fisica , da quimica, da fisica, da astrofisica, da geologia, da sociologia, da linguistica , da antropologia,da semiologia e de sei lá o mais quê.

Claro que sabem que não o conseguem fazer. Se pudessem é claro que já o tinham feito.

Assim queixam-se de perseguição , dizem que tem o trabalho no computador mas o disco apagou-se, que ele qualquer dia é apresentado.

É como eu!

Tenho uma teoria alternativa à relatividade mas não a apresento….timidez…rsrsrrsrsrs

Comentar por Joao Melo De Sousa

“É como eu! Tenho uma teoria alternativa à relatividade mas não a apresento….timidez…rsrsrrsrsrs”

Se tiver, mande algo para o meu e-mail: jeremiasmezenga@hotmail.com

Comentar por JeremiasMezenga

Sousa,

“Claro que sabem que não o conseguem fazer. Se pudessem é claro que já o tinham feito.”

Aqui está um bom esclarecimento relativamente ao facto de os evolucionistas não nos dizerem qual o mecanismo natural e não dirigido que faz um peixe virar um pescador… se eles soubessem…

Ah… e tens de começar a ler aquilo que os outros te dizem. Constantemente a pedir as mesmas coisas acaba por chatear e revela que não estás nem aí.

Comentar por Marcos Sabino

(Thiago) Conclusão: Seleção Natural.

Exemplo de seleção natural, segundo as fantasias evolucionistas:
Se zebras, gnus e outras caças dos leões desaparecerem, estes (após milhõõõões de anos) se tornarão cada vez mais rápidos até se tornarem semelhantes a chitás; ou irão adquirir asas, para poderem perseguir outros animais mais rápidamente; Ou então os leões se tornarão cada vez maiores e grotescos até ultrapassarem os ursos em tamanho para atacar elefantes, rinocerontes, hipopótamos e etc.

Seleção natural de acordo com as observações:
Se as caças dos leões desaparecerem estes morrerão; e as hienas, leopardos e outros predadores aumentarão em número ocupando o nincho deixado pelos leões. Isto sim é a verdadeira seleção natural, baseada em observação. O resto é pura especulação.

(Thiago) …seria querer demais que todas as espécies que já habitaram o planeta tivessem sido fossilizadas…

Se a evolução ocorreu lentamente durante milhões de anos, então os elos transitórios deveriam ser fartamente abundantes. E este era um problema que Darwin já reconhecia em sua época, mas cria que no futuro (hoje) tais elos seriam encontrados abundantemente. Como podemos ver, ele estava errado. Quanto aos supostos elos que aparecem por aí… já conhecemos muito bem o destino de todos eles.

(Thiago) ” Mas, quem é o DESIGNER???

A ciência ainda não tem a resposta. Mas sabemos que não foi a “divina geração espontânea”. Graças ao cristão Pasteur e outros.

[Isaias]
“Isto é, SE realmente és biólogo e cristão” – Por que duvida disso?

Poe causa das tuas respostas.

(Thiago) …Essa comparação é péssima, pois ele é um objeto inanimado, incapaz de se reproduzir…

Objetos inanimados são menos complexos que seres vivos. Portanto, se coisas não vivas não podem ter surgido sem designer, o quê dizer de coisas vivas, infinitamente mais complexas!? É fato: O DNA é um sistema de armazenamento de informação DIGITAL!

(Thiago) Qual o problema com as igrejas gays…

Se fosses cristão saberias a resposta.

(Thiago)… e com a Universal?

É a igreja mais criticada pelos ateus, evolucionistas e afins. Pergunte a eles.

(Thiago) Nem em cultos protestantes (esses por acaso, só pedem dinheiro)…

Olha você aí criticando a IURD! É a que mais pede dinheiro! Mais contraditório, impossível!

(Thiago)…Já falei que você não deve enxergar as mutações como fatores X-men!

Eu mostro albinismo e melanismo. E você me vem com uma resposta dessa. Mas não se envergonhe. Nem Richard Dawkins conseguiu responder a esta questão.

(Clayton) Por que que o albinismo tem que ser a mutação que “prejudica o mutante” em vez da ausência da mutação “que não ajudou o mutante”,

Pura especulação tua.

(Clayton) …já que voce não acreditam na TE?

Mutações ocorrem diante de nossos olhos. Não é preciso esperar milhões de anos para constatar isto. Portanto, tua pergunta não faz sentido algum.

(Clayton) E se o albino foi a regra, e uma mutação melhorou a espécie para ela ser “não-albina”, restando alguns que não sofreram esta melhoria?

Vou te responder com uma pergunta.
Por quê os tigres albinos não suplantaram o tigres normais siberianos? Se o ambiente é coberto de neve, os albinos deveriam prosperar, não é mesmo? Por quê isto não ocorre?
O mesmo pergunto em relação aos pinguins, que vivem nas brancas e gélidas paisagens do ártico. POr quê eles não se tornam todos albinos para melhor se camuflarem?

(Clayton) A “teoria criacionista” faria sentido se todas as pessoas tivessem as mesmas características.

E tem as mesmas características:
Ausência de asas, penas, escamas, caudas, nadadeiras, brânquias, chifres (literal), peçonha (literal)… além de ter-mos o intelecto, característica exclusiva dos seres humanos. Nenhuma criatura é capaz de fazer o que estamos a fazer agora.

(Clayton) se surgiu, é preciso indentificar o tal muro dentro do DNA que impeça que estes surgimentos sejam cercados par que num decorrer de um grande tempo, não vire outra espécie.

Outra vez este estória de muro? Você é quem tem que mostrar o tal “portal mágico” que permite um macaco se tornar humano, pois tal milagre jamais foi atestado pela ciência. É pura fantasia. Digna de um “portal mágico”.

Comentar por Isaias S. Oliveira

[Isaisas] “Se as caças dos leões desaparecerem estes morrerão”.– Se de fato, todas as presas dos leões forem extintas repentinamente, realmente isso pode acontecer. Do contrario, caso isso ocorra de forma lenta e gradativa, pode ocorrer de outras espécies ocuparem este nicho. Isso são possibilidades.

[Isaias] “Elos transitórios deveriam ser fartamente abundantes”. – Minha opinião a esse respeito já foi expressa. Mas você acredita que as respostas para todas as questões se encontram numa única coletânea de relatos milenares, e pra fósseis deveríamos ter obrigatoriamente um museu de história natural completa enterrado sob nossos pés? Pelo visto sua regra para o evolucionismo não se aplica ao criacionismo.

[Isaias] “Mas sabemos que não foi a “divina geração espontânea”. – Ok! Mas ainda não respondeu minha pergunta! Javé? Zeus? The Flying Spaghetti Monster???

[Isaias] “Poe causa das tuas respostas” – De qualquer forma, independe minha profissão, minha religião, meu time de futebol, minha cidade natal… Pra você eu não devo provar coisa alguma.

[isaias] “Se fosses cristão saberias a resposta” – O fato de serem gays impedem que ensinem o DI em suas igrejas?

[Isaias] “É a igreja mais criticada pelos ateus, evolucionistas e afins. Pergunte a eles. (…) Olha você aí criticando a IURD! É a que mais pede dinheiro! Mais contraditório impossível!” – Quando foi que eu os elogiei? Você afirmou que eu não ouviria sobre o DI na Universal, e te perguntei o porquê. E você não respondeu…

[Isaias] “Nem Richard Dawkins conseguiu responder a esta questão”.– E algum religioso conseguiu responder alguma das questões de Dawkins de forma plausível?

[Isaias] “O mesmo pergunto em relação aos pinguins, que vivem nas brancas e gélidas paisagens do ártico. Por quê eles não se tornam todos albinos para melhor se camuflarem?” – Porque a coloração dos pingüins (dorso escuro e ventre branco) favorece na água. No solo eles não têm predadores.

[Isaias] “E tem as mesmas características” – Mas e quanto as variações de tons de pele, cor de cabelo, formato de nariz, dimensões corporais, etc, etc, etc…?

[Isaias] “Você é quem tem que mostrar o tal “portal mágico” que permite um macaco se tornar humano” – Espertão, quando você vai deixar de se achar tão superior e se enxergar como um macaco?? Sugiro que assista ao vídeo “Dance monkeys, dance”. Quem sabe baixa um pouco sua bola.

Comentar por ThiagoZiul

Isaías:

“Pura especulação tua.”

Quando não se tem resposta é só apelar para saída da “especulação”.

“Mutações ocorrem diante de nossos olhos. Não é preciso esperar milhões de anos para constatar isto. Portanto, tua pergunta não faz sentido algum.”

Que as mutações ocorrem diante dos nossos olhos,ninguém nunca disse que não, agora a questão é se TODAS as mutações são perceptíveis num curto espaço de tempo.

“Vou te responder com uma pergunta.
Por quê os tigres albinos não suplantaram o tigres normais siberianos? Se o ambiente é coberto de neve, os albinos deveriam prosperar, não é mesmo? Por quê isto não ocorre?

1 – Alguma desvantagem o albinismo trouxe para os albinos. E o que demanda esta tal “suplantação” é o resultado da questão vantagens X desvantagens de um caractere, caso contrário, o homem branco nem deveria existir.

2 – Tem a questão da seleção sexual também

“O mesmo pergunto em relação aos pinguins, que vivem nas brancas e gélidas paisagens do ártico. POr quê eles não se tornam todos albinos para melhor se camuflarem?”

1 – Alguma desvantagem o albinismo trouxe para os albinos. E o que demanda esta tal “suplantação” é o resultado da questão vantagens X desvantagens de um caractere, caso contrário, o homem branco nem deveria existir.

2 – Tem a questão da seleção sexual também

“E tem as mesmas características:
Ausência de asas, penas, escamas, caudas, nadadeiras, brânquias, chifres (literal), peçonha (literal)… além de ter-mos o intelecto, característica exclusiva dos seres humanos. Nenhuma criatura é capaz de fazer o que estamos a fazer agora.”

Pela sua lógica, um homem pode se casar com qualquer mulher.

“Outra vez este estória de muro? Você é quem tem que mostrar o tal “portal mágico” que permite um macaco se tornar humano, pois tal milagre jamais foi atestado pela ciência. É pura fantasia. Digna de um “portal mágico”.”

Só há de haver portal mágico, se antes houver um muro mágico.

Comentar por Clayton Luciano

(Clayton) Quando não se tem resposta é só apelar para saída da “especulação”.

É especulação sim. Mesmo que uma mutação ajude um mutante, não fará o peixe (por exemplo) mostrar indícios de que está deixando de ser peixe. A não ser que você me dê um exemplo, o quê até agora não ocorreu.

(Clayton) Alguma desvantagem o albinismo trouxe para os albinos…. caso contrário, o homem branco nem deveria existir.

O Homem branco é um tipo de albino? Por quê?

(Clayton) Pela sua lógica, um homem pode se casar com qualquer mulher.

E não pode? Por quê?

(Thiago) …caso isso ocorra de forma lenta e gradativa, pode ocorrer de outras espécies ocuparem este nicho.

Foi o que eu disse: Hienas, leopardos e etc ocuparão o lugar dos leões.
Mas você parece acreditar que os leões possam, depois de alguns milhões de anos, evoluir para grifos, hipogrifos e etc.
Tudo é possível ao que crê [na evolução].

(Thiago)…Mas você acredita que as respostas para todas as questões se encontram numa única coletânea de relatos milenares…

Até o momento, não citei “livros milenares”. Estou respondendo com argumentos científicos. E eu não disse que todos os imaginários elos transitórios deveriam ser encontrados, mas que deveriam ser muito abundantes, o que não ocorre. E os supostos elos transitórios que surgem são logo descartados.
Mas tu, que se diz biólogo, está deixando muito a desejar.

(Thiago) Ok! Mas ainda não respondeu minha pergunta!

Respondi sim: A ciência ainda não descobriu.
Estás com dificuldades para ler?

(Thiago) Pra você eu não devo provar coisa alguma.

Se você chega aqui dando “carteirada” de biólogo, pode ter certeza de que terá suas “credenciais” postas a prova.

(Thiago) Você afirmou que eu não ouviria sobre o DI na Universal, e te perguntei o porquê. E você não respondeu…

Você mesmo deu a tua resposta: “…Nem em cultos protestantes (esses por acaso, só pedem dinheiro).
Sei não… Acho que estou falando com o Fr…

(Thiago) E algum religioso conseguiu responder alguma das questões de Dawkins de forma plausível?

É absolutamente inconcebível que algo tão complicado e tão bem PROJETADO como um pássaro, ou um ser humano ou um ouriço, venham a existir por acaso. Esta opção tem de ser definitivamente descartada.
Porque partir aleatoriamente do nada de nenhuma complexidade, nenhuma informação, à extrema complexidade dos seres vivos modernos não seria possível acontecer. Seria como jogar um dado mil vezes e conseguir um seis cada vez. Não há como.
Mas se você permitir um pouco de SORTE em uma geração, e um pouco de SORTE na próxima, e na próxima, cumulativamente, juntando esta SORTE passo a passo, você poderia ir de qualquer grau de simplicidade a qualquer grau de complexidade. Só precisaria de bastante tempo.
Richard Dawkins.

È isso! A vida surgiu por sorte! Não surgiu por acaso! Por acaso é impossível, mas por sorte é bem plausível, não é? Esta é apenas uma das muitas “questões plausíveis” que já saíram da boca de Richard Dawkins.

(Thiago) Porque a coloração dos pingüins (dorso escuro e ventre branco) favorece na água. No solo eles não têm predadores.

Resposta superficial e incompleta vindo de alguém que se diz biólogo.
O dorso dos pingüins é preto para ajudar a reter o calor do sol. A cor preta ajuda a absorver a luz do sol. Entendeu? “Bióóóóólogoooo”!

(Thiago) Mas e quanto as variações de tons de pele, cor de cabelo, formato de nariz, dimensões corporais, etc, etc, etc…?

Esta tua pergunta merece uma resposta evolucionista:

“Em algum período futuro, não muito distante se medido em séculos, as raças civilizadas do homem vão certamente exterminar e substituir as raças selvagens em todo o mundo. Ao mesmo tempo, os macacos antropomorfos [ou seja, os negros]… serão sem dúvida exterminados. A distância entre o homem e seus parceiros inferiores será maior, pois mediará entre o homem num estado ainda mais civilizado, esperamos, do que o caucasiano, e algum MACACO tão baixo quanto o BABUÍNO, em vez de, como agora, entre o NEGRO ou o AUSTRALIANO e o GORILA.”
Charles Darwin.

(Thiago) Espertão, quando você vai deixar de se achar tão superior e se enxergar como um macaco??

Eu me enxergo como um humano. Mas se você se enxerga como um macaco, é problema teu.

Comentar por Isaias S. Oliveira

[Isaias]
“O Homem branco é um tipo de albino? Por quê?” – Os caucasianos não são albinos, mas produzem menos melanina que os negros, e isso já foi discutido e esclarecido, mas me parece que não tens capacidade intelectual para compreender uma explicação que foi dada por mim e pelo Clayton…

[Isaias]
“Mas você parece acreditar que os leões possam, depois de alguns milhões de anos, evoluir para grifos, hipogrifos e etc. Tudo é possível ao que crê [na evolução].” – Nunca fiz tal afirmação. Porém é muito possível e provável que num ambiente natural, qualquer espécie, ao longo de milhões de anos, criem adaptações significativas para favorecer-lhes na cadeia alimentar. Quanto a eles se tornarem serem mitológicos, é afirmação sua. De repente os leões consigam até andam sobre as águas… Ou multiplicar pães e peixes… Tão certo quanto se tornarem hipogrifos, de acordo com a sua lógica…

[Isaias]
“A ciência ainda não descobriu” –Uma vez que a ciência não provou sua existência, Deus não existe? Correto?

[Isaias]
“Você mesmo deu a tua resposta: “…Nem em cultos protestantes (esses por acaso, só pedem dinheiro). Sei não… Acho que estou falando com o Fr” – Mas foi você que afirmou que não aprenderia em determinadas igrejas!!! (Não aprenderás frequentando igreja gay ou IURD, por exemplo). ONDE DEVO IR PARA APRENDER O DESIGN INTELIGENTE?
E por que, na SUA opinião, as igrejas citadas por você não ensinam o DI?

[Isaias]
“E eu não disse que todos os imaginários elos transitórios deveriam ser encontrados, mas que deveriam ser muito abundantes, o que não ocorre.” – Tipo assim, dá no mesmo…

[Isaias]
“Mas tu, que se diz biólogo, está deixando muito a desejar.” – E o que você afirmou de consistente e justificável até agora? Apenas contestou os argumentos de pessoas mais esclarecidas que você, sejam biólogas ou não, e se esquivou das questões que lhe foram propostas com respostas do tipo “Ninguém sabe” ou propondo outra pergunta… Quem será que está deixando a desejar?

[Isaias]
“O dorso dos pingüins é preto para ajudar a reter o calor do sol. A cor preta ajuda a absorver a luz do sol. Entendeu?” – Espertão, as regras da radiação eletromagnética do espectro de luz eu já conheço… Mas qual isso não explica o dorso branco!

Creio que devo ser mais didático com você, em relação à coloração desta espécie. Você acha que se eles fossem inteiramente brancos teriam mais vantagem (O mesmo pergunto em relação aos pinguins, que vivem nas brancas e gélidas paisagens do ártico. Por quê eles não se tornam todos albinos para melhor se camuflarem?), e respondi que no solo eles não tem predadores, de forma que na água a coloração lhe conferia vantagem. Imagine-se olhando de fora pra dentro da água, a água é escura, de forma que o dorso preto dos pingüins os torna menos visíveis. Agora se imagine dentro da água, olhando para fora, ou seja, para a claridade do dia; o ventre branco dos pingüins mescla melhor com a iluminação, tornando-os menos visíveis para os predadores. Entendeu, ou quer eu desenhe (bem colorido), pra facilitar?

[Isaias]
“Esta tua pergunta merece uma resposta evolucionista (…) Ao mesmo tempo, os macacos antropomorfos [ou seja, os negros]…” – Agora você vai acusar os evolucionistas de racistas, por uma declaração de Darwin, feita numa época onde a escravidão era comum, e os conceitos atuais de ‘ser humano’ ainda estavam se formando? Você dele levar em consideração o que a sociedade vivia naquela época, e lembrar também que os maiores ESCRAVOCRATAS já existentes eram CRISTÃOS. Hoje esse tipo de pensamento é inconcebível e inaceitável.

È claro para toda a sociedade científica, que o Homo sapiens É UMA ESPÉCIE DE MACACO, independente das características morfológicas de cada indivíduo.

Mas pelo visto você, um grande criacionista, compartilha da opinião de Darwin àquela altura, mais do que a maioria da sociedade atual.

“Eu me enxergo como um humano. Mas se você se enxerga como um macaco, é problema teu.” – Isaias S. Oliveira, vulgo: Espertão.

Comentar por ThiagoZiul

Desculpem!

Não consigo ter acesso aos tais artigos científicos que demonstram que a terra é jovem (menos de um milhão de anos), que o universo idem e que o CTJ é um paradigma cientifico e que tudo isto começou há 6000 anos.

Nem a isso nem às teorias das conspiração:

Elvis vive na Brandoa!

A Biblia é a verdade absoluta!

Os ataques às torres gémeas foram obra do Bush!

Os americanos não foram à lua!

Tantas boas teorias não provadas….

Comentar por Joao Melo De Sousa

Isaías:

“É especulação sim. Mesmo que uma mutação ajude um mutante, não fará o peixe (por exemplo) mostrar indícios de que está deixando de ser peixe. A não ser que você me dê um exemplo, o quê até agora não ocorreu.”

De novo com o tal muro mágico?

“O Homem branco é um tipo de albino? Por quê?”

Onde eu disse que o homem branco é um tipo de albino?

“E não pode? Por quê?”

Ok, uma BMW e um fusca são iguais, pois ambos tem rodas, portas e motor

Comentar por Clayton Luciano

(Clayton) Onde eu disse que o homem branco é um tipo de albino?

Você não disse que os brancos são albinos, mas disse:

“Alguma desvantagem o albinismo trouxe para os albinos…
caso contrário, o homem branco nem deveria existir”.

Então me responda, Clayton: Qual vantagem o albinismo traz para os albinos?

(Clayton) Ok, uma BMW e um fusca são iguais, pois ambos tem rodas, portas e motor…

Que comparação mais absurda! Então um homem branco não pode casar e gerar descendência com uma mulher negra só porque uma BMW e um fusca não podem fazer o mesmo?
Deve ser efeito colateral dos comentários do Thiago, o “bióóóóólogooo”.

Comentar por Isaias S. Oliveira

(Thiago) Os caucasianos não são albinos, mas produzem menos melanina que os negros, e isso já foi discutido e esclarecido, mas me parece que não tens capacidade intelectual para compreender uma explicação que foi dada por mim e pelo Clayton…

O fato de o negro produzir mais melanina não significa que ele está dando origem a uma forma transitória de vida. Mas você e o Cayton insistem em ter isto como prova de que macacos puderam um dia dar origem a seres humanos ou que peixes puderam um dia dar origem a sapos.

(Thiago) Porém é muito possível e provável que num ambiente natural, qualquer espécie, ao longo de milhões de anos, criem adaptações significativas para favorecer-lhes na cadeia alimentar.

É mais provável que morram de fome ou passem a caçar outros animais sem deixarem de ser o que são. É o que mostram as evidências. O cenário fantasioso que você descreveu é pura especulação, fantasia típica dos evolucionistas.

(Thiago) Uma vez que a ciência não provou sua existência, Deus não existe? Correto?

A ciência provou que ele não existe?
“Cristão” que não acredita em Deus e” biólogo” que nada entende de biologia. Não tens vergonha, Fr?

(Thiago) E por que, na SUA opinião, as igrejas citadas por você não ensinam o DI?

Nunca vi ou ouvi eles ensinarem sobre o D.I. Você já ouviu?

(Thiago) …e se esquivou das questões que lhe foram propostas com respostas do tipo “Ninguém sabe…

E você sabe? Estava lá para ver? Fez algum experimento científico?

(Thiago) …em relação à coloração desta espécie. Você acha que se eles fossem inteiramente brancos teriam mais vantagem (O mesmo pergunto em relação aos pinguins, que vivem nas brancas e gélidas paisagens do ártico. Por quê eles não se tornam todos albinos para melhor se camuflarem?),

Errado. Não afirmei que o albinismo seria melhor para os pinguins. Apenas lhe fiz uma pergunta :
“E então, Thiago? Citei ALBINISMO e MELANISMO, duas mutações que não mostram nehum INDÍCIO de transição e prejudicam o mutante. Me mostre uma mutação que dê INDÍCIO de transição.”
A qual o Clayton respondeu (especulou):
“Por que que o albinismo tem que ser a mutação que “prejudica o mutante” em vez da ausência da mutação “que não ajudou o mutante”, já que voce não acreditam na TE?”
E então falei sobre o albinismo dos trigre siberianos e dos pinguins. Mas voce ao invés de responder, fica usando a tática do tumulto. Igualzinho o FR.

(Thiago) …e respondi que no solo eles não tem predadores, de forma que na água a coloração lhe conferia vantagem. Imagine-se olhando de fora pra dentro da água, a água é escura, de forma que o dorso preto dos pingüins os torna menos visíveis. Agora se imagine dentro da água, olhando para fora, ou seja, para a claridade do dia; o ventre branco dos pingüins mescla melhor com a iluminação, tornando-os menos visíveis para os predadores. Entendeu, ou quer eu desenhe (bem colorido), pra facilitar?

Você acertou com relação a barriga, que é branca e realmente ajuda na camuflagem por causa da luz do sol, que atrapalha os predadores, que geralmete atacam de baixo para cima. E o gelo que fica boiando na água também ajuda na camuflagem dos pinguins, até certo ponto.
Mas você errou novamente em relação ao dorso, que não foi projetado para camuflagem, mas para absorver o calor do sol.

(Thiago) …Agora você vai acusar os evolucionistas de racistas…

O racismo se baseava na crença evolucionista de que o negro era a evolução do macaco; o índio era a evolução do negro; o branco era a evolução do índio e o nórdico loiro de olhos azuis era o último e sublime estágio da evolução. Ainda bem que a ciência botou por terra mais esta baboseira evolucionista. Para tentar “limpar a barra” com os direitos humanos, os evolucionistas mudaram o discurso e passaram a dizer que cada grupo humano viria de um gupo de primata diferente, o quê também já está sendo descartado.

(Thiago) ESCRAVOCRATAS já existentes eram CRISTÃOS..

“Cristãos” como você, que diz que o Homem veio do macaco?
Ou “Cristãos” como você, que faz comentários deste tipo:
Quem criou o universo então?a. Javé estava lá, tranquilão, e de repente resolveu que deveria haver luz?
b. Os Deuses estavam com fome e criaram as pessoas para lhe fornecerem alimento?
c. Manu criou os brâmanes, depois as leis, depois o governo, depoias as castas…?
d. Apsu e Tiamat criaram todos os outros Deuses em seis dias, e estes Deuses criaram o resto do universo?
e. N.D.A. Comentário por ThiagoZiul Novembro 1, 2010 @ 12:52 pm

(Thiago) Isaias S. Oliveira, vulgo: Espertão.

Resumindo: Este é o argumento do “bióóóóólogoooo” Thiago (ou Fr ?).

Comentar por Isaias S. Oliveira

[Isaias]
“O fato de o negro produzir mais melanina não significa que ele está dando origem a uma forma transitória de vida” – Nunca afirmamos isso. Tentamos dar um exemplo de mutações adaptativas que favoreceram indivíduos de uma espécie. Mas já desisti que você entenda tal situação. Pelo visto dói em você ser igualado aos animais.

[Isaias]
“A ciência provou que ele não existe?
“Cristão” que não acredita em Deus e” biólogo” que nada entende de biologia. Não tens vergonha, Fr?” – Quando eu falei que EU não acreditava em Deus? Apenas pedi a SUA opinião. Tenho orgulho em dizer que sou cristão e tento seguir os ensinamentos de Cristo. Só não imagino ele como um ser mitológico (é você quem gosta de falar de hipogrifos e centauros, não é?) que caminhava sobre as águas e transformava água em vinho; mas como um homem comum, que se tornou um grande líder.

[Isaias]
“Nunca vi ou ouvi eles ensinarem sobre o D.I. Você já ouviu?” – Mas se foi VOCÊ quem disse que nessas igrejas, especificamente, não ensinariam o DI! [Não aprenderás frequentando igreja gay ou IURD, por exemplo.] O Espertão agora está fugindo das afirmações feitas anteriormente! Bem típico de quem não encontra mais argumentos…

[Isaias]
“Você acertou com relação a barriga, que é branca e realmente ajuda na camuflagem por causa da luz do sol, que atrapalha os predadores, que geralmete atacam de baixo para cima. E o gelo que fica boiando na água também ajuda na camuflagem dos pinguins, até certo ponto. Mas você errou novamente em relação ao dorso, que não foi projetado para camuflagem, mas para absorver o calor do sol.” – Ah ta… Você fez o experimento, ou veio no manual de instruções do pingüim?

[Isaias]
“O racismo se baseava na crença evolucionista de que o negro era a evolução do macaco; o índio era a evolução do negro; o branco era a evolução do índio e o nórdico loiro de olhos azuis era o último e sublime estágio da evolução.”
(…)
“Para tentar “limpar a barra” com os direitos humanos, os evolucionistas mudaram o discurso e passaram a dizer que cada grupo humano viria de um grupo de primata diferente”

Ái meu saco! Como é difícil argumentar com alguém que deturpa os fatos!

Essa afirmação sua se enquadra nos preceitos Nazistas, e não nos Evolucionistas Modernos. Me mostre UM Evolucionista modernos que pense assim.

Como supus, pra você o ideal é um desenho beeeem colorido: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Map-of-human-migrations.jpg

Primeiro pesquise, depois afirme.

Em relação aos direitos humanos, se compararmos aos motivos e métodos das Cruzadas, não tenho nem mais o que falar…

[Isaias}
“Ou “Cristãos” como você, que faz comentários deste tipo: (…)” – Perguntei-lhe a SUA opinião sobre o surgimento do universo, dei as alternativas. Mas você tem medo de expor sua opinião religiosa. É tão corajoso quanto é esperto.

[Isaias]
“Thiago (ou Fr ?).” – Por que não acusa abertamente quem você acha que sou? Com certeza esse cidadão o qual você crê ser eu deve ter colocado-o em seu devido lugar e você ainda se dói… Pobre espertão…

Comentar por ThiagoZiul

[Isaias]
“Que comparação mais absurda! Então um homem branco não pode casar e gerar descendência com uma mulher negra só porque uma BMW e um fusca não podem fazer o mesmo?
Deve ser efeito colateral dos comentários do Thiago, o “bióóóóólogooo”.”

Como efeito colateral meu? Você é quem gosta de comparar serem vivos com objetos inanimados:

[Isaias]
“Talvez teu computador não seja resultado de projeto inteligente. Ele pode ter evoluído durante milhões de anos e então…apareceu na loja”

Espertão, se não sabe brincar; não desça pro play! haha

Comentar por ThiagoZiul

Isaías:

“Que comparação mais absurda! Então um homem branco não pode casar e gerar descendência com uma mulher negra só porque uma BMW e um fusca não podem fazer o mesmo?”

Eu citei casamento de homem branco com mulher negra onde?

Assim como se existe sedução em qualquer conversa normal, aos olhos de que só pensa em sexo,

só há preconceito nas conversas para quem só pensa em preconceito.

Eu não penso em preconceito e voce só pensa nisto. Voce pé preconceituoso?

Comentar por Clayton Luciano

Isaías:

“O racismo se baseava na crença evolucionista de que o negro era a evolução do macaco; o índio era a evolução do negro; o branco era a evolução do índio e o nórdico loiro de olhos azuis era o último e sublime estágio da evolução.”
(…)
“Para tentar “limpar a barra” com os direitos humanos, os evolucionistas mudaram o discurso e passaram a dizer que cada grupo humano viria de um grupo de primata diferente”

Mesmo que fosse. A ciência não pode se desviar de uma conclusão sob o argumento de que poderia causar racismo.

Método científico é metodo científico e não é método moral.

Se algum dia a conclusão da ciência for que existam seres humanos superiores, e alguém usar isto para matar inferiores, não se poderá culpa a ciência, pois concluir de acordo com as premissas, tem muita diferença de mandar matar.

E no mais, em termos científicos, um ser humano pode ser superior a outro, dependendo do referencial adotado (as mulheres falam muito nisto), só que o fato da ciencia dever trabalhar independente da moral, não quer dizer que a sociedade deve.

Comentar por Clayton Luciano

“Se algum dia a conclusão da ciência for que existam seres humanos superiores, e alguém usar isto para matar inferiores, não se poderá culpa a ciência, pois concluir de acordo com as premissas, tem muita diferença de mandar matar.”

Poderia explicar melhor por que se alguém matar seres humanos “inferiores” usando como justificativa a conclusão da ciência, de que há seres humanos superiores, não poderemos culpar a ciência?

Comentar por JeremiasMezenga

Jeremias Mezenga:

“Poderia explicar melhor por que se alguém matar seres humanos “inferiores” usando como justificativa a conclusão da ciência, de que há seres humanos superiores, não poderemos culpar a ciência?”

Com todo o prazer:

1 – A ciência é uma ferramenta do homem, a as suas conclusões não estão sob a égide da moral, uma conclusão para que seja científica, não tem que ser ao mesmo tempo uma conclusão moral.

2 – Se o homem, a sociedade, impede o divulgamento, ou até mesmo, os estudos e conclusões sobre superioridade “racial” humana, não é a ciencia que está impedindo tais estudos e conclusões,

e sim a política, a moral… que não autorizam o uso da ferramenta (ciência) para tal fim, ou fazem intervenção e barram os trabalhos ciencia, sob o motivo de que não seja viável o resultado da investigação.

3 – Se alguém financiar estudos para que a ciência descubra sobre superioridade racial, ou usar resultados que aleatoriamente advem das pesquisas científicas para matar pessoas, a culpa MORAL é de quem utilizou a ferramenta de forma imoral.

4 – É o mesmo que alguém usar um carro para matar uma pessoa, e querer que o carro vá cumprir uma pena de 6 a 20 anos atráz das grades. O carro, assim como a ciencia, são ferramentas que poderão produzir os resultados que seu condutor almeja.

Comentar por Clayton Luciano

Achei interessante sua frase.

Comentar por JeremiasMezenga

Isaías:

“Talvez teu computador não seja resultado de projeto inteligente. Ele pode ter evoluído durante milhões de anos e então…apareceu na loja”

É empírico humanos construindo computadores, não é a mesma situação

Comentar por Clayton Luciano

“É empírico humanos construindo computadores, não é a mesma situação”.

É, não é a mesma situação, pois células são muito mais complicadas… É como se o seu computador ainda pudesse autoduplicar-se.

Acho que evolucionistas pensam que pode surgir algo assim por processos naturais por causa do tamanho, pois são só moléculas, átomos.

Engraçado que, se afirmarmos que Geoffrey Dummer [http://en.wikipedia.org/wiki/Geoffrey_Dummer] teve a idéia de construir um chip (microcomputador) porque achou um que foi construido por processos naturias numa mina de silício, ou caverna, ou enterrado, irão nos chamar de loucos. Porém, é nisso que querem que acreditemos quando dizem que uma “célula”, que tinha a capacidade de autoduplicar-se, surgiu de processos naturais.

+++

Clayton, quer dizer que quando for empírico humanos construindo células (coisa essa só possível com o avanço da tecnologia – conhecimento), sua opinião mudará, e só assim o argumento será válido?
Será que humanos ainda não constroem células porque é fácil ou difícil de se construir uma?

Comentar por JeremiasMezenga

JeremiasMezenga:

“Clayton, quer dizer que quando for empírico humanos construindo células (coisa essa só possível com o avanço da tecnologia – conhecimento), sua opinião mudará, e só assim o argumento será válido?
Será que humanos ainda não constroem células porque é fácil ou difícil de se construir uma?”

Não se aplica a analogia dos computadores a uma suposta criação da vida pois,

1 – É empírico humanos criando computadores

2 – Não é empírico Deus criando vida

3 – Quando os humanos começarem a criar células, mesmo assim a analogia não ganhará validade, por variadas razões, pois será empírico humanos criando células, mas não será empírico Deus criando;

será empírico os humanos criando células de certo termpo para frente, mas não será empírico humanos criando a bilhões de anos atrás;

e o mais importante, o fato do ser humano vir a criar uma célula, não quer dizer que o único caminho para uma célula/vida surgir, seja a criação.

Só provará a possibilidade da célula ser criada, e provar a possibilidade de uma célula ser criada, não resulta na impossibilidade da vida surgir sem criação;

e por fim, a TE não trata de uma impossibilidade da vida ter sido criada, só não afirma que foi criada por ausência total de qualquer prova.

Comentar por Clayton Luciano

Jermias Mezenga:

Troca “TE” por “Idéias de Oparin”, por favor

Comentar por Clayton Luciano

(Clayton) Eu não penso em preconceito e voce só pensa nisto. Voce pé preconceituoso?

Clayton, não fique nervoso comigo. A tua comparação entre os grupos humanos e fusca x BMW é que deve ser esclarecida.

(Clayton) …Se algum dia a conclusão da ciência for que existam seres humanos superiores…

Não é a ciência que chega a este tipo de “conclusão”; é o evolucionismo.

(Clayton) É empírico humanos construindo computadores, não é a mesma situação.

É empírico macacos dando origem a humanos? Não! Então, por quê acreditas como se fosse empírico?

(Thiago) Nunca afirmamos isso. Tentamos dar um exemplo de mutações adaptativas que favoreceram indivíduos de uma espécie…

E por acaso você deu algum exemplo prático de mutações que mostrem indícios de mudança de ave para réptil, por exemplo? Não!

(Thiago) Tenho orgulho em dizer que sou cristão e tento seguir os ensinamentos de Cristo.

Um verdadeiro cristão jamais vai mentir dizendo ser uma coisa que não é. No teu caso, “biólogo” e “cristão”.
E você diz crer no que Jesus ensinou, mas não é verdade pois Jesus não ensinou evolução. Ele ensinou a criação:
Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea. –Mc 10:6.
Jesus não está se referindo a macacos , mas aos primeiros seres humanos criados por Deus, conforme descrito em Gênesis.

(Thiago) Só não imagino ele como um ser mitológico …

É um direito teu.

(Thiago) Ah ta… Você fez o experimento, ou veio no manual de instruções do pingüim?

Não. Li em alguns livros e sites de biologia, coisa que você não sabe o quê é.
“…o dorso preto [do pinguim] capta os raios de sol e permite que o animal se aqueça…”
naturezabiologica.blogspot.com/2010/05/pinguins-imperadores-e-outras-especies.html
(E agora, pseudo-biólogo?)
E qualquer pessoa com um mínimo de inteligência sabe que roupas pretas absorvem o calor. Por isso não devem ser usadas no verão. Entendeu, pseudo-biólogo?

(Thiago) Essa afirmação sua se enquadra nos preceitos Nazistas, e não nos Evolucionistas Modernos. Me mostre UM Evolucionista modernos que pense assim.

A medida que são desmascarados, os modernos evolucionistas “deixaram” de acreditar em muita coisa. Pelo menos oficialmente.
Outro exemplo: Antigamente, segundo os evos, os órgãos vestigiais não tinham função e iriam desaparecer conforme o Homem fosse evoluindo (que baboseira!). Mas após as descobertas da medicina, de que não existem órgãos sem função, os evos agora cinicamente dizem: Órgãos vestigiais podem ou não ter função.
Este é só mais um exemplo dentre muitos.

(Thiago) Como efeito colateral meu? Você é quem gosta de comparar serem vivos com objetos inanimados…

Uma comparação que fiz:
Se coisas não vivas não podem surgir sem um fabricante, como organismos vivos – muito mais complexos- podem vir a surgir por acaso? É isso.
Aliás, você não respondeu, pseudo-biólogo.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaías:

“É empírico macacos dando origem a humanos? Não! Então, por quê acreditas como se fosse empírico?”

Também não é empírico o contrário, a não ser que voce tenha cronometrado os “macacos” desde o surgimento deles. Logo é precisdo concluir pelas evidência: órgãos vetigiais, fósseis, homologias e embriologia comparada.

“Jesus não está se referindo a macacos , mas aos primeiros seres humanos criados por Deus, conforme descrito em Gênesis.”

Esta é sua opinião.

Comentar por Clayton Luciano

Isaías:

“Não. Li em alguns livros e sites de biologia, coisa que você não sabe o quê é.
“…o dorso preto [do pinguim] capta os raios de sol e permite que o animal se aqueça…”
naturezabiologica.blogspot.com/2010/05/pinguins-imperadores-e-outras-especies.html
(E agora, pseudo-biólogo?)
E qualquer pessoa com um mínimo de inteligência sabe que roupas pretas absorvem o calor. Por isso não devem ser usadas no verão. Entendeu, pseudo-biólogo?”

Voce deu um tiro no pé aí e nem percebeu, pois voce perguntou o porque dos pinguins não serem totalmente brancos, o que ajudariam na camuflagem, com coisa que a TE não explicasse o fato do piguin não ser todo branco

e agora voce vem com uma justificativa que está de acordo com a TE, pois o pinguin não é todo branco, pois não seria vantajoso ganhar demais na camuflagem e perder no aquecimento, ou seja, a seleção natural selecionaou a melhor relação Camuflagem X retenção de calor.

QUE TIRO NO PÉ, NÃO REPITA POR FAVOR…

Comentar por Clayton Luciano

Isaías (desculpa não ter colocado tudo num post Sabino)

“Uma comparação que fiz:
Se coisas não vivas não podem surgir sem um fabricante, como organismos vivos – muito mais complexos- podem vir a surgir por acaso? É isso.
Aliás, você não respondeu, pseudo-biólogo.”

Esta sua pergunta pode ser respondida por duas formas:

(observação: não é foco da TE o surgimento da vida e sim seu desenvolvimento, da próxima, vou tirar pontos na sua prova e não adianta chorar)

1 – Verdade relativa: A TE pode dizer que as mutações são aleatórias tendo vista o mundo NATURAL. A TE não trata do mundo SOBRENATURAL, ela não diz que o mundo SOBRENATURAL, caso existente, não interfira no direcionamento evolutivo.

2 – Se daqui a bilhões de anos surgir aleatoriamente um computador, ele será classificado como um ser com vida e o Isaías do futuro continuará a fazer a mesma pergunta, pois trata-se de um dilema, uma vez que se surgiu sem a intervenção do homem e funciona, logo tem vida. (esta é a regra, apesar de poder haver exceções).

Comentar por Clayton Luciano

(Clayton) Também não é empírico o contrário, a não ser que voce tenha cronometrado os “macacos” desde o surgimento deles

Clayton, é empírico que peixes dão origem a peixes, macacos dão origem a macacos e etc. Os gametas de cada ser vivo são programados para darem origem aos do mesmo tipo. Mutações não mostram indícios de que uma ave esteja dando origem a um réptil. Isto é elementar. Os milhões de anos são uma desculpa para criar os seres mitológicos evolucionistas.

(Clayton) Logo é precisdo concluir pelas evidência: órgãos vetigiais, fósseis, homologias e embriologia comparada.

Todas esta farsa de “órgãos vestigiais”, embriões de Haeckel e etc já foram muito bem desmascaradas. Parece que não queres enxergar a realidade dos fatos.

(Clayton) Voce deu um tiro no pé aí e nem percebeu…

A falta de argumentos está te deixando desesperado. Recapitulemos:

(Coment.Isaias) Não afirmei que o albinismo seria melhor para os pinguins. Apenas lhe fiz uma pergunta :
“E então, Thiago? Citei ALBINISMO e MELANISMO, duas mutações que não mostram nehum INDÍCIO de transição e prejudicam o mutante. Me mostre uma mutação que dê INDÍCIO de transição.”
A qual o Clayton respondeu (especulou):
“Por que que o albinismo tem que ser a mutação que “prejudica o mutante” em vez da ausência da mutação “que não ajudou o mutante”, já que voce não acreditam na TE?”
E então falei sobre o albinismo dos trigre siberianos e dos pinguins.

(Resp.Thiago) Porque a coloração dos pingüins (dorso escuro e ventre branco) favorece na água. No solo eles não têm predadores.

(Resp.Isaias) Resposta superficial e incompleta vindo de alguém que se diz biólogo.
O dorso dos pingüins é preto para ajudar a reter o calor do sol. A cor preta ajuda a absorver a luz do sol. Entendeu? “Bióóóóólogoooo”!…
… “O mesmo pergunto em relação aos pinguins, que vivem nas brancas e gélidas paisagens do ártico. POr quê eles não se tornam todos albinos para melhor se camuflarem?”

(Resp.Clayton)1 – Alguma desvantagem o albinismo trouxe para os albinos. E o que demanda esta tal “suplantação” é o resultado da questão vantagens X desvantagens de um caractere, caso contrário, o homem branco nem deveria existir.

Clayton, o albinismo não trouxe ALGUMA desvantagem; trouxe desvantagem TOTAL, pois o albino não consegue absorver a luz do sol para se aquecer.
E depois você veio com aquela declaração sem pé nem cabeça: “Pela sua lógica, um homem pode se casar com qualquer mulher”. E depois você fez aquela infeliz comparação entre os grupos humanos e BMW x fusca.

(Clayton) (observação: não é foco da TE o surgimento da vida e sim seu desenvolvimento, da próxima, vou tirar pontos na sua prova e não adianta chorar)

Então porquê os evolucionistas fizeram tantos experimentos para tentar provar que a vida poderia ter surgido por geração espontânea? Se eles tivessem tido algum êxito, certamente tu irias utilizá-los como prova da evolução. Mas como fracassaram, tentas desassociá-los da evolução. Rapaz esperto.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaias,

Vai dormir!!

Meeu! Você só vem aqui pra atacar a mim e ao Clayton! E de tabela quis atacar um tal “Fr”, querendo creditar meus posts à ele!

Exemplo de mutação benéfica eu já citei.

Exemplo de réptil dando origens a ave, sabemos muito bem que esse é o trabalho dos paleontólogos e evolucionistas, e esse trabalho inda não está concluido.

Você se recusa a ler nossos posts como realmente foram escritos, omitindo informações como se não tivessem sido ditas.

Tentou até mesmo acusar os evolucionistas de racistas!

E fica tentando me atacar, duvidando da minha formação acadêmica e religiosoa.

Mas foge das questões que lhe são propostas!!!

Se julga o super-espertão e não esclareceu minhas duvidas!

Vem com respostas como “é opinião tua”, “não sabes?” ou “ninguem sabe!”.

Você tem medo de tomar responsabilidade de suas opiniões pra si.

E ainda tem coragem de dizer, num post mais antigo, onde você discutia com o Franco (seria ele o Fr que vc citou, mas ficou com medo?) que “de biologia você conhece um pouco”. Na verdade, conhece bem pouco mesmo… rs

Você não sabe tem uma discussão adulta e inteligente, pelo contrario, só vem tumultuar.

Acho que devia estudar mais. Sabe como dizem: “mente ociosa, é oficina de Diabo”.

Comentar por ThiagoZiul

(Thiago)…Exemplo de mutação benéfica eu já citei.

O teu exemplo (as mariposas) já foi desmascarado como mais uma fraude evolucionista. E você tentou usar também o argumento dos olhos dos orientais, que foram devidamente refutados tanto por mim como pelo Jonas e pelo JeremiasMezenga.
Veja, por exemplo:
Comentário por jonas Outubro 28, 2010 @ 9:28 pm.
Comentário por JeremiasMezenga Novembro 1, 2010 @

(Thiago) Exemplo de réptil dando origens a ave, sabemos muito bem que esse é o trabalho dos paleontólogos e evolucionistas, e esse trabalho inda não está concluido.

Eu eu já disse: INDÍCIOS. Você não deu nehum exemplo de INDÍCIOS de transição. Eu citei albinismo e melanismo que não dão nenhum INDÍCIO de transição.

(Thiago) Vem com respostas como “é opinião tua”, “não sabes?” ou “ninguem sabe!”.

E por acaso a ciência provou a existência ou inexistência de Deus ou dos deuses hindús? Não vou desperdiçar meu precioso tempo discutindo teologia com alguém que nada entende do assunto (tu), pois já desperdiço muito do meu tempo debatendo biologia com alguém que nada entende do assunto (tu também).
O resto do teu comentário é inútil.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaias;

Mais uma vez você prova que só lê o que lhe convém.

As mariposas: Exemplo de seleção natural.
Os olhos dos orientais: Mutação neutra, apesar de o Icarus ter citado uma possibilidade de benefício.

Mutação benéfica: Gene CCR5.

O resto do SEU comentário é inútil. Como falei anteriormente: você se julga o espertão, mas não tem coragem pra debates assuntos que lhe são propostos.

Você não discute teologia porque sabe que não é capaz de argumentar.

Comentar por ThiagoZiul

A seleção natural não faz peixe deixar de ser peixe. Se estou errado, apresente as provas.

Você entende de teologia o tanto quanto entende de biologia: nada.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Thiago,

Bem interessante este exemplo que vc deu sobre o CCR5.

Eu já tive uma oportunidade de conversar com um geneticista sobre alterações genética, ele disse que existem muitos exemplos como este.

As mudanças genéticas só podem ser definidas como positivas, neutras ou maléficas observando o contexto em qual o ser vivo esta inserido. As pressões seletivas é quem tem a ultima palavra. Nisso se enquadram tanto o CCR5 como os olhos orientais.

Abraços

Comentar por Icarus

Isaías:

“Clayton, é empírico que peixes dão origem a peixes, macacos dão origem a macacos e etc.”

È empírico que eles dão, mas não é que eles sempre deram.

“Os gametas de cada ser vivo são programados para darem origem aos do mesmo tipo.”

E estes programas, de acordo com a teoria, podem sofrer mudanças.

Comentar por Clayton Luciano

Pergunto: elementos químicos não tem vida em si mesmos, mas uma célula possui e se reproduz, tendo especificidade e complexidade (mas como?). Após o big-bang, as partículas tenderiam ao caos, é como uma vitamina de abacate batida num liquidificador por muito, muito tempo se tornasse um abacate de novo! Assim, Alguém teve que organizar tudo direitinho após o big-bang.
E a complexidade de uma célula viva com seus filamentos de DNA tem informação que excede a enciclopédia britânica e mudanças radicais de uma espécie para outra por seleção, exigiriam mudanças dramáticas em todo o sistema do animal. Uma célula é uma verdadeira mini-cidade bem organizada o que requer uma Causa Inteligente. Mas dizem que isto ocorre por processos e mecanismos naturais. Contudo, quem fez, como, e porque ordenou estas leis naturais tão inteligentes?! Seria a mera casualidade?! Quem ordenou aos ribossomos e RNA para fabricarem proteínas nas células? De um ser de apenas uma célula poderiam ter vindo todos os complexos animais e plantas?

Comentar por cicero r pereira




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: