No princípio criou Deus os céus e a Terra


O cumprimento da Palavra de Deus
Janeiro 23, 2010, 7:13 pm
Filed under: Convicções / Fé

Como já é hábito quando acontece alguma calamidade natural, muitas vozes ateístas levantaram-se a questionar a existência de um bondoso Deus, referindo-se ao terramoto que assolou o Haiti há pouco mais de uma semana. O que o ateu diz é mais ou menos o seguinte: “Se realmente existisse um Deus bondoso, coisas como esta nunca aconteceriam“.

Ora, fica difícil perceber como é que algo que confirma o que a Bíblia diz pode ser evidência contra o Deus da Bíblia. Ao descrever alguns sinais da 2ª vinda, Jesus disse [meu destacado]:

Pois se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isso será o princípio das dores.” (Marcos 13:8)

Se não pudessemos ver sinais do cumprimento da Palavra de Deus, aí sim teríamos razões para duvidar da existência de Deus. Mas nós vemos as coisas que a Bíblia descreve a acontecerem. Portanto, quando o ateu lança este tipo de objecção das duas uma: ou está a mostrar a sua ignorância bíblica ou está a apelar ao lado emocional do argumento.

A Bíblia também carrega uma promessa ao povo de Israel, desde os tempos de Moisés:

Lembra-te, pois, da palavra que ordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vós transgredirdes, eu vos espalharei por entre os povos; mas se vos converterdes a mim, e guardardes os meus mandamentos e os cumprirdes, ainda que os vossos rejeitados estejam na extremidade do céu, de lá os ajuntarei e os trarei para o lugar que tenho escolhido para ali fazer habitar o meu nome.” (Neemias 1:8-9)

Esta promessa cumpriu-se a 14 de Maio de 1948, quando o Estado de Israel foi oficialmente reconhecido. A Bíblia não falha, por mais desesperante que isto possa ser para os ateus. Ela vai-se cumprindo. Os terramotos são apenas o cumprimento daquilo que já está escrito há uns 2000 anos. Outros terramotos aconteceram nestes dias em Taiwan e no Chile. E se repararam na parte final do 1º versículo citado, isto é só “o princípio das dores“.

Catástrofe esperada

Além do mais, ao que parece a catástrofe já era esperada. O terramoto no Haiti era apenas uma questão de tempo. As entidades governamentais ficaram à espera para ver se a previsão era verdadeira. Agora eles sabem que era.

Se um homem decide ir passear para um terreno com minas, não se vai culpar Deus quando ele calcar uma. Sabe-se que a zona do Haiti é altamente propícia a terramotos. Se calhar não se deveria construir edifícios ali…

A inconsistência do ateísmo perante uma tragédia

É quando acontece uma tragédia natural desta dimensão que nós nos apercebemos da insuficiência de uma cosmovisão ateísta. Segundo o ateísmo evolucionista, o ser humano é apenas um animal entre muitos outros. Foi a intensa disputa pelos recursos, ao longo de muitos milhões de anos, que nos colocou em cena. Durante este processo, os mais fracos foram sendo eliminados pelos mais fortes. Na morte do mais fraco está a ascensão do mais forte.

Se o evolucionismo ateísta fosse verdadeiro, então a morte deveria ser a coisa mais natural do mundo. Segundo uma cosmovisão ateísta, foram apenas 100 mil animais que perderam a vida no terramoto do Haiti. Mas nestas horas, todos os evolucionistas parecem esquecer-se daquilo que afirmam o resto do ano todo: somos todos apenas animais.

Nenhum ateu age de acordo com a visão de mundo que defende. É, por isso, inconsistente. Uma cosmovisão que não consegue ser consistente nem coerente é uma cosmovisão falsa. Essa é uma das razões pelas quais não sou ateu.

Especialmente criados

O que o ateu faz é pedir emprestado ao Cristianismo os conceitos do valor e dignidade da vida para depois argumentar contra o mesmo. O ateu argumenta contra a cosmovisão de onde ele retirou estes conceitos. É a cosmovisão cristã que dá as bases para se poder considerar a vida humana especial. Muitos versículos da Bíblia dizem que devemos ajudar o nosso próximo e fazer caridade. O ateísmo não tem nada disto.

CONCLUSÃO

A boa notícia o Mats já a disse:

A boa notícia disto tudo é que o ateísmo é falso, e a morte não é a resposta final. A tragédia afecta-nos tão profundamente porque “toda a criação geme” (Rom 8:22). Cada um de nós pode confortar-se com o facto de não existir nenhum processo evolutivo que mastiga espécies, e cospe o que resta sem se preocupar com quem ou o quê eles são: invés disso, existe sim um Criador cheio de amor que preparou um caminho para preservar o que de mais importante nós temos: a nossa alma.


114 comentários so far
Deixe um comentário

Usar uma tragédia como a do Haiti para propaganda é inqualificável.

Sem comentários.

Ou antes: se deus existir que te possa perdoar.

Comentar por joaomelodesousa

João Melo e suas ironias…

Comentar por Adalberto Felipe

Só se for propaganda ateísta, correcto?

PS: E ainda não explicaste o porquê de se chamar tragédia à morte de 100 mil animais, já que segundo a tua visão de mundo, o que morreram foram apenas animais.

Comentar por alogicadosabino

““Pois se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isso será o princípio das dores.” (Marcos 13:8)”
………..
…..Isso é sinal de cumprimento da palavra de Deus?????????????????

….O que estou vendo SABIDÃO é todas as nações do mundo se juntando por uma unica causa..JUSTAMENTE O CONTRÁRIO !(?)

……me explica isso……
..
….milhões de casais por todo o mundo querendo adotar as crianças orfãs haitianas é sinal de guerra????????????
….
….TODOS os exercitos unidos para ajudar os haitianos é sinal de guerra?????????????????????????????
..
….Se eu pegar um livro do Harry Potter e tirar certas partes fora do contexto tambem vou achar sinais PREMONIÇÕES!!!!

Comentar por ROMANO LIMA AROS

Usar a tragédia do Haiti para criticar Deus e os cristãos foi o que aconteceu em vários sites, jornais e revistas, em velocidade maior que a chegada de ajuda humanitária.

Comentar por Vanessa Meira

Respondeu minha pergunta com excelência Vanessa…
….
……Agora estou a ver que quem vai começar a guerra é o “povo de Deus”…
…………
…..Ai eu te pergunto Vanessa…
..”“Pois se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isso será o princípio das dores.” (Marcos 13:8)”

…..O infeliz hipocrita que prega isso como verdade absoluta e ainda manda missionarios para ajudar não merece criticas?
…O infeliz que diz que isso é o inicio do fim começando justamente por onde ja sofrem aos montes não merece criticas?
…..O infeliz cretino que diz que foi castigo de Deus porque o povo do haiti desmatou florestas não merece critica?
…O infeliz que numa hora dessa se preocupa com o que estão falando de sua religião não merece ser criticado?
…O infeliz que depois de uma tragedia dessas se preocupa se alguem acredita ou não em Deus não merece ser criticado?
…..O infeliz que diz que o ser humano é vazio se não acredita num ser magico não merece se criticado?

…..Se disser que não…cuidado com as criticas!

Comentar por ROMANO LIMA AROS

Usar uma tragédia como a do Haiti para propaganda é inqualificável.

E usar crianças para a propaganda ateísta é “qualificável”?

Comentar por Mats

Realmente é repugnante. Aqui dou-te razão!
Os miúdos devem nascer católicos, evangélicos, muçulmanos, hindus.

Essa de escolherem a religião é mesmo de ateu!

Comem e calam

Halla u Akbar!

Comentar por joaomelodesousa

Não deste uma resposta honesta à minha pergunta.

É inqualificável usar-se uma calamidade para “propaganda”, mas não há problemas em usar crianças para propaganda ateísta, certo?

Sim ou não, João? Ou vais dar mais uma resposta sarcástica, e deixar o ponto no vazio?

Comentar por Mats

É interessante como tantas profecias bíblicas têm se cumprido fielmente ao longo dos séculos.
Gosto muito das de Daniel, onde ele esboça toda a queda e ascensão de impérios ao longo da história, culminando com a chegada do Reino de Deus.
Sem falar na profecia das 70 semanas, que nos aponta para o Messias, Jesus.
O mesmo Deus que nos diz desde o princípio o que está para acontecer também nos ama e tem um plano para nossa vida.

Comentar por Fabricio Lovato

É facil profetizar coisas passadas ou coisas vagas sobre o futuro:

Uma boa profecia vaga é :

– A grande prostituta vai ser destruída antes do fim desta era!

A grande prostituta pode ser o Putin, a união europeia, os estados unidos, o Irão, O Tchade, uma artista de telenovela ou um pastor evangélico que teve um caso com uma prostitutas.

A era pode ser este mês, o ano, o século, o milénio, o ano chinês, um dia que seja capicua, etc…

Esta é uma profecia que eu sei que se vai cumprir. É tipo astrologia.

Agora profecia que preveja o futuro só conheço os livros do Júlio Verne……

Comentar por Joao Melo De Sousa

que Deus tenha misericordia da tua alma vc nao sabe oque esta falando cuidado a mao de Deus é pesada ele e misericordioso mais tbem é um fogogo devorador

Comentar por carlos andrade

Seria até interessante, se religiosos conseguissem provar que terremotos são coisas recentes.

E seria ainda mais interessante se pudessem demonstrar UMA profecia bíblica OBJETIVA.

Comentar por Alexssc

Bom !

E se alguém sabia do terramoto e não avisou isso penso que até é crime.

É a questão dos videntes que previram o 11 de Setembro. Se sabiam e não avisaram ninguém cometeram um crime.

Agora se souberam, como eu, à posteriori não fizeram nada de errado.

No entanto penso que profecias sobre coisas passadas são relativamente fáceis. Até eu as faço.

Lixado é o futuro…mas esse a deus pertence. Como diz o povo e é verdade.

Comentar por Joao Melo De Sousa

Apenas nas profecias sobre Jesus já terias material suficiente para sanar tuas dúvidas.

Sobre os terremotos: leia direito qual foi a previsão de Jesus. A própria Biblia menciona terremotos desde antes de Cristo, e em parte alguma age como se terremotos fossem coisas recentes.

O Sabino ainda destacou a frase no meio do versículo…

O teu desafio é tosco.

Comentar por Vanessa Meira

Venham lá as profecias…

Os judeus não as achar proféticas…mas se tu o dizes….

Comentar por joaomelodesousa

E por alguém duvidar já invalida o argumento?
Cristão duvidam do ateísmo-naturalismo-materialismo: pronto, considera-os refutados só por isso?

E jura que tu nunca teve contato algum com as profecias do AT sobre Jesus…

Comentar por Vanessa Meira

Apenas nas profecias sobre Jesus já terias material suficiente para sanar tuas dúvidas.

Cite uma OBJETIVA (creio que você sabe o que é objetiva… dizendo nome, local, eventos, etc.etc.etc…)

E quanto a terremotos, se sempre existiram, prever que acontecerão (sem especificar lugar, data, hora, etc.etc.etc.) é no mínimo… hannn… na verdade não é nada. Nem adivinhação.

Comentar por Alexssc

Alexssc,

O número de terremotos, realmente tem aumentado sim!! Veja o Brasil, um país que nunca foi de ter muitos terremotos, tá começando a ter em vários lugares, como no Norte e no Sul do país, em Minas Gerais, no Nordeste, etc.

Tanto que já houve a primeira vítma de terremoto no Brasil em 2007.

Outra coisa, Alexssc, recomendo você consultar a USGS National Earthquake Information Center, que monitora terremotos pelo mundo todo!!

Se possível, faça uma comparação entre o número de terremotos que teve em cada ano na década de 1990 com o número de terremotos em cada ano na década de 2000.

Você pode facilmente ver que enquanti na década de 1990 houve uma média de 20 mil terremotos por ano, na década de 2000 pularam para 30 mil e parece que nesse nova década vai aumentar mais ainda!!

Comentar por Adalberto Felipe

Isso duma análise a uma década éesmagador!

Hombre!

Análise a eras geológicas….

O maior terramoto aqui em Lisboafoi em 1755.

Sabe porquê?

Porque os anteriores a esta data não tinham a mesma visibilidade.

Se quer tragédias mesmo :

A maior mortandande conhecidafoi a pest negra.

Felizmente depois disso nada se assemelhou…

Foi um sinal do fim do mundo na idade média ?

Comentar por joaomelodesousa

Esta proposta está fora de contexto, noentanto, acredito que nunca ouve tantas vítimas de catástrofes naturais como se tem hoje, isto devido, não só ao maior número de pessoas, mas talvez à um atiçamento dos fenômenos naturais catastróficos(E ao período medio entre a última e a próxima era glacial(Kurt G. Blüchel), Não há problemas com a Bíblia ela se encaixa bem com os dados.

Comentar por arthgar

O pica-pau também.

Comentar por Clayton Luciano

E no que respeita a profecias, isto é , previsão do futuro nada.

Nem tosco nem habilidosamente trabalhado.

Vá lá!

Gostavamos todos de conhecer profecias….

Comentar por joaomelodesousa

Daniel 2,7 e 8 descrevem antecipadamente a sequência de impérios mundiais a partir de Babilônia. Destacam-se claramente o futuro império Medo-Persa, a figura de Alexandre o grande e a posterior divisão e enfraquecimento de seu império, etc

A Bíblia previu a libertação dos judeus, dando antecipadamente o nome do libertador: Ciro.

Pronto, bola rolando… agora é contigo.

Comentar por Vanessa Meira

Com muito boa vontade não é ?

Impérios e reinos vão e vem.

Pode aplicar-se em qulquer época histórica.

Há alguma profecia que anuncie algum facto, préviamente é claro, inequivocamente ?

Parece-me que não.

Comentar por joaomelodesousa

Acho que não leste nada…
As profecias falam de Babilonia, e suas características. Dn 2 afirma claramente que Babilonia é o primeiro reino da sequência.

E então a profecia afirma: depois de ti surgirá outro assim e assim. E depois outro com tais e tais características, e fará tais e tais coisas.

Pow, assim tu me desanima… Experimente ler antes de tecer o comentário. Antes.

Comentar por Vanessa Meira

Vanessa:

http://obraspsicografadas.haaan.com/2010/seria-joo-evangelista-a-reencarnao-de-daniel/

Apesar do título do texto não focalizar nas profecias, fala de todas elas.

Comentar por Clayton Luciano

Abstraindo a forma do argumento na postagem sobre o terremoto como prova, pode-se aplicar essa “suposta” prova a qualquer livro, e não apenas na Bíblia sagrada.
O argumento é fraco.

A Terra tem terremotos em diversos lugares a muito tempo.

Se um livro indiano constar a mesma forma de “previsão”, poderá ele ser considerado também, pelo vosso crivo, comprovado? Poderá, por exemplo ser considerada uma prova?

Qual é então o crivo de vosso “paradigma”?

Comentar por Arnaldo

Só por esse aspecto não consideraríamos o livro indiano como inspirado.
Aliás, os cristãos não crêem na Bíblia apenas por causa dessas palavras de Cristo sobre terremotos.

“A Terra tem terremotos em diversos lugares a muito tempo.” Certamente, a comparacao que Cristo fez às dores de parto o ajudarão a entender: são sentidas com maior incidência à medida que o tempo passa. É exatamente isso o que ocorre com os fenômenos naturais(por vários fatores).

Não entendo vossa objeção às palavras tão simples de Jesus…

Comentar por Vanessa Meira

Não entende a objeção? Então vamos por parte.
1º – O argumento “a biblia fala de terremotos que acontecem e isso é uma prova de veracidade” apresentado deve ser analisado em sua forma geral, isso isenta se foi ou não revelado por cristo.
Para tomarmos como exemplo se uma pessoa P acredita em um livro L escrito pela pessoa E e inspirado por N, iremos analisar pelo que foi escrito em em L e não se foi inspirado por E. Isso se chama CONTEXTO DE JUSTIFICAÇÃO.
Caso quisermos analisar uma sentença de uma teoria científica dita por Einstein, Newton etc iremos levar em conta o CONTEXTO DE JUSTIFICAÇÃO e não se eles estavam inspirado em algo, alguem etc. Entenda isso abstrativamente.
E não vale dizer que sou ateu por este tipo de raciocínio. Isso seria superficialidade. Não seria ateu ateu por causa disto.
2º o argumento, como pedi, deve ser analisado em sua forma. Entede o que é isso? Do texto podemos empreender uma carga qualitativa. Isto é interessante, mas não é quantitativo. Talvez não seja quantitativo porque? Por que Jesus não estava preocupado em propor uma teoria científica e sim estava preocupado com outra ordem de coisas que aconteciam em sua época.
Se prestares atenção, efetuando uma epoche (suspensão de suas crenças, para evitar problemas com pre- conceitos que crenças podem trazer sobre cosmovisão) eu não estou fazendo “objeção as palavras de jesus”. Não é meu interesse fazê-lo. O que objeto é a coisa-estranha que alguns que creem fazem com o que esta escrito.
Se voltarmos ao exemplo formal, veríamos que o caráter inicial do livro L não era “isto é uma teoria científica, como se entende ciencia no sec XXI”. É um anacronismo. É a utilização de um tipo de empreendimento humano (religião; sim religião é fruto demasiadamente humano) como se fosse um outro empreendimento (ciencia). Talvez em busca de um crédito que não passa de um crédito dado socialmente.

Acho que ficou claro.
Formalmente falando, a estrutura de dizer que é uma prova do que foi escrito, não é. Outros livros que apresentem o mesmo tipo de estrutura teriam que passar pelo crivo.
O crivo está ligado ao contexto de justificação, por isso isenta se é ou não inspirado por Jesus, até porque em outra religião o valor atribuído “é inspirado por Jesus” poderia perder valor ao ser usado, como vc fez, agregando em seu argumento (porque isso é questão de crença e suas “cosmovisões”).
outra, portanto não é a objeção a palavra de Jesus, assim como se eu analisasse um outro livro dado não estaria objetando a palavra de outra pessoa relacionada com o contexto de criação da sentença. Faço objeção ao uso dado, a atribuição feita “de que isso remete uma prova”. Se é passada pelo crivo de prova, deve ser aplícavel a análise: só que vemos que ela não tras dados para comprovação, é subjetiva pelo seu teor qualitativo e nao quantitativo.
A objeção é de que “isso constitui prova” e não à palavra de cristo. Entendeu?

O argumento (apresentado no post) ainda parece ser fraco e não constutui prova qualitativamente falando.

É campo de fé.

Arnaldo.

Comentar por Arnaldo

Ok.

Comentar por Vanessa Meira

João Melo,

Não foi uma década analisada e sim duas décadas.
Se bem que se você quiser você pode pegar uma década também e analisá-la.

Vamos pos exemplo a década de 1990. Enquanto no ano de 1990 houve um número total de 16590, no ano de 1999 houve 20832. É um aumento considerável e se for olhar a década de 2000 esse número já pula para 30 mil.

Nesse site que passei tinha uma tabela que mostrava o número de terremotos na década de 1970 até os anos 80 e o número era 4000 e em 1989 já era de mais de 14000! ( só que a tabela foi removida…😦 o máximo que achei foi foram esse gráficos aqui: http://earthquake.usgs.gov/earthquakes/eqarchives/year/graphs.php )

Sobre a peste negra, do jeito que o mundo está atualmente, pode até surgir uma nova peste negra, vide a gripe suína que aconteceu e a peste pulmonar que quase escapou pelo mundo afora. Se a peste pulmonar tivesse escapado (Deus ajudou que não!!!) estaríamos numa nova era disso.

Ah, a bíblia não prevê só terremotos nos fins dos tempos, prevê fome, tsunamis, guerras, doenças, problemas climáticos, etc., antes disso vai ter um grande período de idolatria, das pessoas se afastando cada vez mais de Deus, falsos líderes, prostituição dos países, um governo mundial único, maldade nas pessoas, etc. Coisa que estamos vendo cada vez mais hoje em dia!!

Comentar por Adalberto Felipe

Penso que já pensou que todas essas profecias se aplicavam a qualquer época ou a qualquer situação.

Não há qualquer indicio dum aumento de desgraças.

Se há gostava de ver.

Por exemplo um indice de longevidade a descrescer com o tempo, um maior número de infectados por doenças, etc.

O que pode ver é o contrário.

Não sei se graças à ciência que nos deu as vacinas ou aos apocalipticos que sempre veem um mal futuro.

Eu prefiro as vacinas e a medicina!

Questão de fé!

Deus te guarde e a mim a ciência.

Talvez você tenha melhor sorte que eu.

Cá para nós duvido…mas os caminhos do senhor são insondaveis!

Comentar por joaomelodesousa

“Deus te guarde e a mim a ciência.”

Lá vem mais um com o argumento da vacina/ciência…
O que tem a ver ser cristão com tomar vacina eu nunca entendi.

Comentar por Vanessa Meira

Sabino:

“Pois se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isso será o princípio das dores.” (Marcos 13:8)”

Um profecia melhor do que esta e

“Em 2011 carros serão fabricados e também serão desmontados”(Clayton 10:15).

“Se não pudessemos ver sinais do cumprimento da Palavra de Deus, aí sim teríamos razões para duvidar da existência de Deus. Mas nós vemos as coisas que a Bíblia descreve a acontecerem”

O problema maior e a existência do BONDOSO Deus.

Pelo que está evidente: “E se Deus for o Diabo?”
está sendo o questionamento que foi posto como gozação, está cada vez mais difícil de responder.

“Lembra-te, pois, da palavra que ordenaste a teu servo Moisés, dizendo: Se vós transgredirde…”(Neemias 1:8-9)

Esta aqui, e só esperar para ver se vai acontecer:

“O EUA cairão, e o Brasil será a maior potência mundial” (Clayton 12:16).

“Se um homem decide ir passear para um terreno com minas, não se vai culpar Deus quando ele calcar uma. Sabe-se que a zona do Haiti é altamente propícia a terramotos. Se calhar não se deveria construir edifícios ali…”

Porque Deus não está nem azul pelas crianças e bebês, Não tem competência para proteger suas criaturas, deixando a mercê de decisões das outras.

“afirmam o resto do ano todo: somos todos apenas animais.”

Porque voce acha que não gostei de Jesus ter deixado animais inocentes morrerem na frente dele só para mostrar que ele é o melhor (Mateus 8:32)

e sem falar que muchou uma planta só para mostar seu poder (Mateu 21:18-19)

“Muitos versículos da Bíblia dizem que devemos ajudar o nosso próximo e fazer caridade”

Desde que não sejam de outra religião: Deuteronômio 17:2-7 (aqui manda matar)

Conclusão: Luto contra esta ideologia, pois o mesmo raciocínio que empregam exaltando o homem em relação a outros animais, empregam exaltando Cristãos em relação a utras pessoas,

o que aconteceu na Idade Média voltará a se repetir caso retornem ao poder. Por isto dou minha contribuição para eliminar esta ideologia assassina.

Comentar por Clayton Luciano

Infelizmente para ti, luciano, a História do povo de Israel é uma evidência incontestável das promessas bíblicas.

Comentar por alogicadosabino

Sabino:

Só uma coisa, não sou contra o cristianismo, e sim contra o cristianismo racional.

Minha família é toda católica, meus filhos foram batizados na igreja catolica e um já está no catecismo,

Mas não é uma religião racional, é meramente espiritual,

Já em termos de amigos, muitos vão a igreja e

quando disse para eles que há a possibilidade de Jesus não ter existido,

me responderam: “Se não existiu não muda nada para mim, o que importa é o que está no meu coração.”

Já um amigo que é adepto ao cristianismo racional.., depois eu conto.

Comentar por Clayton Luciano

Luciano,

“quando disse para eles que há a possibilidade de Jesus não ter existido,

me responderam: “Se não existiu não muda nada para mim, o que importa é o que está no meu coração.””

Se eles disseram mesmo isto, então é uma das maiores demonstrações de irracionalidade que já ouvi/li. Eles estão a dizer que mesmo que saibam que aquilo em que eles acreditam é uma mentira, eles não se iam importar de viver uma mentira. Isso é o que se chama de “fé cega” ou “fé irracional”, algo que não é partilhado nem defendido por mim nem por muitos dos que aqui comentam.

De resto, eles devem ter herdado a irracionalidade do papa Luciano, que defende o argumento anti-histórico de que Jesus não existiu : )

Comentar por alogicadosabino

Sabino:

A partir do momento se voce entra no mérito de ter existido ou não,

voce racionaliza, e o resultado disso dá possibilidade de retornar a fogueira purificadora.

Se voce não entra no mérito, não quer dizer que concorda com a não existência histórica.

Comentar por Clayton Luciano

“…e o resultado disso dá possibilidade de retornar a fogueira purificadora.”

Porquê?

Comentar por arthgar

arthgar:

Sabe porque voce não arruma mil desculpas para cumprir a palavra de seu pai (Deuteronômio 17:2-7), é porque você tem medo da lei dos homens,

Se retornarem ao poder, a Bíblia volta a ser a lei suprema.

aí voce não vai arrumar desculpa para ser falso cristão, e vai querer ser um verdadeiro cristão, que não veio para abolir a lei e sim cumprí-la.

Comentar por Clayton Luciano

Sabino:

“que Deus tenha misericordia da tua alma vc nao sabe oque esta falando cuidado a mao de Deus é pesada ele e misericordioso mais tbem é um fogogo devorador”

Viu?

“E se Deus for o Diabo?”

Comentar por Clayton Luciano

“O que o ateu faz é pedir emprestado ao Cristianismo os conceitos do valor e dignidade da vida para depois argumentar contra o mesmo.”

E como diz John Gray, o humanismo não é “uma alternativa para a crença religiosa, mas uma versão degenerada e inconsciente dela.”

“Degenerada” também (e ridícula nas formas menos sutis) é a “hermenêutica bíblica ateísta” (e sem nenhuma novidade no processo, quando sabemos que a estratégia do Príncipe das Trevas com a tentação no deserto também foi “porque está escrito…”)

Comentar por Darcy

Voces não acham que uma boa alternativa para os haitianos seria a construção de casas feitas de containers? Me parece que casas feita de containers seriam muito mais seguras e muito mais baratas do que casas convencionais.

Comentar por Isaias S. Oliveira

“Pois se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isso será o princípio das dores.” (Marcos 13:8)

E um Deus infinitamente bom pode criar um mundo assim, com fomes e sofrimentos?

Que Deus absurdo é esse? Isso não seria um Deus, seria um sádico.

Comentar por Diogo

Diogo,

“E um Deus infinitamente bom pode criar um mundo assim, com fomes e sofrimentos?

Que Deus absurdo é esse? Isso não seria um Deus, seria um sádico.”

Se Deus tivesse criado um mundo assim realmente terias razão. Mas o mundo original criado por Deus não era assim. VÊ em Génesis a razão dele ter ficado assim.

Comentar por alogicadosabino

Negar que somos apenas animais não é ser apenas cego como também egoísta.

Comentar por Blackality

Negar que somos ‘apenas’ animais é, em última instância, presunção de onisciência. Dificilmente uma pessoa não-culta acredita ser apenas um animal, talvez porque sua sensibilidade seja mais desenvolvida. De certa forma, sabemos que não somos ‘apenas’ animais.

Comentar por arthgar

“De certa forma, sabemos que não somos ‘apenas’ animais.”

Então és o quê? Talvez um protista.

Comentar por Blackality

Cego é o cara que afirma crer que somos apenas animais e continua vivendo como se isso não fosse verdade.

Que falta faz um Nietzsche no meio de tantos ateus de jardim-de-infância…

Comentar por Vanessa Meira

“Que falta faz um Nietzsche no meio de tantos ateus de jardim-de-infância…”
Concordo!;)

Comentar por JoanaPaz

Fala por ti. Eu vivo tendo em conta que não somos mais que animais. Com características únicas é certo, mas apenas animais.

Comentar por Blackality

Blackality,

“Negar que somos apenas animais não é ser apenas cego como também egoísta.”

CLaro que isto é apenas dito da boca pra fora. Em alturas como a do terramoto do Haiti ninguem se lembra de dizer que foram apenas animais que morreram.

Comentar por alogicadosabino

Foram apenas animais que morreram. Mas são animais da mesma espécie que tu e eu, como tal a importância dada é muito superior. Lá por ficarmos tocados por ver tanta gente a morrer num desastre não implica que não sejamos apenas animais.

Comentar por Blackality

Blackality,

“Foram apenas animais que morreram. Mas são animais da mesma espécie que tu e eu, como tal a importância dada é muito superior.”

Mas esta é apenas a tua opinião. Outros “animais da tua espécie” não pensaram como tu e não se importaram de tirar milhões de vidas. Por que achas que tu é que estás certo?

Não consegues justificar o valor da vida dentro da tua caixa ateísta.

Comentar por alogicadosabino

Mats:

De facto o cartaz não me parece de muito bom gosto.
Agora a questão que se coloca é esta :

Qual o valor mais importante :

O direito que os pais tem de educar os seus filhos na sua própria religião. Seja esta vodu, satanismo, ICAR ou outra.

Temos como vantagem a cotinuação das tradições culturais dos povos. SE assim não fosse certamente reigiões minoritárias e fora do seu contexto social de origem iam extinguir-se.

Como desvantagem os exageros de certas religiões como as T. de Jeová. alguns evangélicos, satanistas e outros que podem prejudicar o bom desenvolvimento da criança. Felizmente são excepcções.

A verdade é que as pessoas tem muito tempo para na idade adulta, por si próprios, decidirem se são Muçulmanos, Indus, Evangélicos, Macumbeiros ou Católicos Romanos.

Claro que as especificidades culturais deve ser salvaguardadas até para não discriminarmos ninguem.

A questão não me parece nada fácil de resolver.

Na tua opinião como é que se resolve este dilema?

Dar aos pais a liberdade total de educar e levar as crianças a rituais, sejam eles quais forem, privando-os, por exemplo, do contacto com outras crianças que não sigam a sua religião, privando-os de tratamentos médicos ou obrigando-os a usar roupas e marcas distintivas que os podem isolar dos colegas ou o estado deverá ter também uma palavra nisto ?

Não me parece que haja uma forma fácil de resolver a questão.

Agora rotular crianças de meninos cristãos, crianças satánicas, meninos islamicos faz tanto sentido como dizer que um menino de 6 anos é monetarista ou keyneisano…..

Não é ?

Comentar por joaomelodesousa

Mas questão não era essa, mas sim se é “qualificável” usarem-se crianças para propaganda ateísta. Concordas com isso ou não, João?

Comentar por Mats

Vanessa:

Eu vou ler de novo, mas até agora não vi “Alexandre o grande” lá não.

Comentar por Clayton Luciano

“…e aquele bode tinha uma ponta notável entre os olhos. E o bode se engrandeceu grande maneira; mas, estando na sua maior força, aquela grande ponta foi quebrada; e subiram no seu lugar quatro também notáveis… O ter sido quebrada, levantando-se quatro em lugar dela, significa que quatro reinos se levantarão da mesma nação, mas não com a força dela” (Daniel 8:5,8,21,22).

O bode aqui representa o Império grego, que se seguiu ao Império Medo-Persa.
O primeiro rei da Grécia foi Alexandre Magno. A profecia assegura que ao ele morrer, quatro reis ou quatro reinos haveriam de levantar-se dessa mesma nação, profecia que também se cumpriu de forma assombrosa:

“A morte de Alexandre, em 323, o império desapareceu, vítima de sua expansão; as rivalidades entre os sucessores do conquistador culminou com sua participação: Trácia e Ásia Menor para Lisímaco, Macedônia para Casandro, Egito para Tolomeu, e Babilônia para Seleuco”.

“Episódio importante desta luta foi a batalha de Ipsos, em Frígia, no ano 301 a.C., nela Seleuco e Lisímaco venceram e mataram Antígono, o que deu início a uma primeira divisão do império de Alexandre em quatro reinos”.

Comentar por Fabricio Lovato

Se a profecia diz o que representa, por que não o dizer claramente?

Mostra o versículo onde está escrito “Alexandre, o Grande”.

Comentar por Alexssc

Fabrício Lovato:

Bode é bode.(Coríntios 4:6)

Comentar por Clayton Luciano

Esta promessa cumpriu-se a 14 de Maio de 1948, quando o Estado de Israel foi oficialmente reconhecido

AH AH AH AH AH este gajo é uma comédia!!!
ó sabino, tu és mesmo crente ou inocente?

Comentar por Nuno Dias

Olá Nuno,

Em que é que o facto de uma promessa bíblica ter sido cumprida te dá vontade de rir?

Comentar por alogicadosabino

“A Bíblia não falha,” após 2000 anos!!!!

Fazes-me lembrar o prof Karamba. Sabes qual é o truque dos mestres africanos, não? Tipo o spam, há sempre um pato.

O que é curioso é que vcs leem um qualquer texto da Bíblia e depois vão à procura de algo que se relacione.

A busca pela verdade não é assim que funciona, Sabino. E tu sabes muito bem.

Comentar por Nuno Dias

Na falta de contra-argumentos, ridiculariza.

Comentar por Mats

o objectivo não é ridicularizar, se diariamente sigo ambos os vossos blogs é pq lhes atribuo alguma importância.
Mas perante algumas das vossas conclusões ou me rio ou me revolto

Comentar por Nuno Dias

“Se a profecia diz o que representa, por que não o dizer claramente?”

Quando o Apocalipse [isso vale para Daniel também] foi escrito, os cristãos estavam sendo perseguidos, então Deus permitiu que as profecias fossem escritas em símbolos para que as pessoas não destruíssem a Bíblia, porque se elas percebessem que as profecias se referiam a elas, a Bíblia seria destruída. Daí surge a pergunta dos Apóstolos para Jesus: “Por que o senhor fala a eles por parábolas?” E a resposta: “Para que vendo, não vejam, e ouvindo não entendam” Lucas 8:10. Assim, entenderemos tão somente pela graça de Deus.

Comentar por Fabricio Lovato

Fabríccio Lovato:

“Quando o Apocalipse [isso vale para Daniel também]”

Não, Daniel é do Velho Testamento.

“foi escrito, os cristãos estavam sendo perseguidos, então Deus permitiu que as profecias fossem escritas em símbolos para que as pessoas não destruíssem a Bíblia,”

1 – Na época de Daniel, existiam cristãos?

2 – Esta é a sua opinião.

“Daí surge a pergunta dos Apóstolos para Jesus: “Por que o senhor fala a eles por parábolas?” E a resposta: “Para que vendo, não vejam, e ouvindo não entendam” Lucas 8:10. Assim, entenderemos tão somente pela graça de Deus.”

1 – Foi um sonho de Daniel, e não uma parábola (Coríntios 4:6)

2 – Pelos seus argumentos, sendo Deus infinitamente poderoso, ele está jogando, pois não precisaria disto tudo para salvar a Bíblia.

Comentar por Clayton Luciano

Cerca de 30% da bíblia refere-se a profecias, a grande parte delas ja se cumpriram, falta ainda mais algumas apenas, entre elas, são esses desastres que nós estamos vendo, infelizmente as pessoas parece que cerraram os olhos para não ver aquilo que está patente aos olhos de todos; lembrem-se
Quando um homem certa vez foi interrogado a respeito da veracidade da bíblia, este respondeu com muita humildade, apontando apenas para a nação de Israel, este pequeno pais é o relógio de Deus aqui na terra, quer saber a que tempo estamos do fim, olhe para os ponteiros, olhe para Israel, louvado seja Deus

Comentar por Jocemar

Jocemar:

Profetizar sem discriminar objetivamente e com datas,

também faço e um dia, daqui a dez mil anos, sei lá, vai acontecer

Comentar por Clayton Luciano

Luciano disse:

“Fabrício Lovato:

Bode é bode.(Coríntios 4:6)”

Luciano:

“Mas o bode peludo é o rei da Grécia;” Dan. 8:21

Comentar por Darcy


Luciano,

Como não está claro para mim qual é o ponto específico com esse link, eu só posso contrastar, de maneira geral, com a interpretação real que a própria Bíblia fornece nesse caso:

“Quando, pois, virdes estar no lugar santo a abominação de desolação, predita pelo profeta Daniel (quem lê, entenda),
então os que estiverem na Judéia fujam para os montes;” Mateus 24:15-16

Como se vê, Jesus corrobora o caráter profético do livro de Daniel. A menção da “abominação de desolação” ainda no futuro, desmonta iclusive a versão popular de que Antíoco Epifânio seria o “chifre pequeno”, já que ele 1) viveu antes de Cristo e 2) não teve a relevância e os outros requisitos suficientes para cumprir as características do “chifre pequeno” segundo o contexto do livro.

Um link adventista sobre o assunto:
http://www.advir.com.br/sermoes/sermoes_c_A%20Profecia%20de%20Daniel%208.asp

Os capítulos 7, 8 e 9, bem estudados, além de revelar o futuro das nações e o conflito entre a verdade e o erro, apontam milimetricamente, se podemos dizer assim, para Jesus como o Messias verdadeiro.

A “vaticinia ex eventu” (a alegação de que certas profecias são feitas depois do evento ter ocorrido, como se ainda fossem ocorrer) e a tentativa de datar convenientemente os livros bíblicos após determinados eventos são, desde Porfírio, um exercício meramente imaginativo, a partir do qual muitos constroem outros “castelos no ar” como desculpas para rejeitar a inspiração divina.

Comentar por Darcy

Na visão de Daniel o bode representava o reino da Grécia e Alexandre era o chifre que estava entre os olhos. Na visão de Daniel, o chifre se quebrou REPENTINAMENTE, dando origem a QUATRO chifres menores. Ora, após a morte REPENTINA e inesperada de Alexandre, o reino se dividiu entre seus QUATRO generais. Algum ateu por aí vai dizer que esta profecia foi um “tiro no escuro”? Ou que isto poderia se aplicar a quaisquer outros eventos? Quais?

Comentar por Isaias S. OLiveira

Isaías:

Ou que Daniel foi escrito séculos mais tarde após tais eventos.

Comentar por Clayton Luciano

Ou vc esta falando isso sem NENHUMNA evidencia real só porque é a menhor explicação NATURALISTA.

Comentar por Adim

Os céticos falavam a mesma coisa do Livro de Isaias. Diante da exatidão das profecias, os céticos diziam que tais profecias foram forjadas. E o principal argumento era de que a cópia mais antiga de Isaias datava de cerca do século 3 D.C.
No entanto, foram descobertos os Manuscritos do Mar Morto. No meio destes manuscritos, foram achados vários rolos contendo quase todo o Livro do profeta Isaias, cuja idade os historiadores estimam em 150 A.C. Depois disto, os céticos nunca mais se pronunciaram a respeito. E entre os Manuscritos do Mar Morto foram encontrados fragmentos de Daniel, cuja idade é estimada por alguns como sendo até 300 anos A.C.ou antes. E aí? Como fica?

Comentar por Isaias S. Oliveira

Ou que se referia à União Soviética ou a Espanha ?

A Urss dividiu-se em :

Rússia, Ucrânia, Bielorrusia e Casaquistão (todos com armas nucleares) daí a analogia dos chifres (forma dos misséis)

Espanha dividida em :
Catalhunha, Portugal, Galiza e Castela.

Pode também aplicar-se aos reinos Maias, ao império chinês na disnatia Ming, salvo erro, e mesmo, com alguma boa vontade à guerra das estrelas.

Nem sei se os chifres se referiam à fidelidadee, ou falta dela, das esposas dos governantes. Como analogia até é boa.

Comentar por Joao Melo de Sousa

“Rússia, Ucrânia, Bielorrusia e Casaquistão (todos com armas nucleares) daí a analogia dos chifres (forma dos misséis)” e etc…

João, tenta te prender ao texto do livro e menos às tuas fantasias. Nesse caso, a interpretação e a sequência da profecia já estão lá. “Tu ó rei (Nabucodonosor),…és a cabeça de ouro…” Dan. 2:38 A profecia tem ponto de partida específico e encadeamento não arbitrário, mas histórico (mas não deixa de ser engraçado ver céticos construir “castelos no ar”).

Comentar por Darcy

Darcy:

Para a questão do Daniel e o link que te passei, tem-se

1 – Quando aconteceu a profecia e quando foi escrita.

2 – Acontecendo a profecia antes dos eventos, porém escritos depois dos eventos, os escritores já escreveram deixando de isolar a influência de suas interpretações,

Por exemplo, Daniel diz sobre os animais, mas não fala de Grécia, etc.

Mas quando foi escrito, após os acontecimentos, os escritores acrescentam o termo Grécia,

Porque interpretam que tais eventos foram previstos por Daniel e escrevem lá como se estivessem sido previstos daquela forma.

3 – Ainda tem a questão da probabilidade, ou seja, se voce aposta sempre o mesmo número na loto, quanto tempo poderá levar para acertar,

assim, eu faço uma profecia:

“Os EUA cairão, a China ascenderá e depois o Brasil ascenderá e nesta ordem”

Aí daqui a cem anos os EUA caem, mas é o Brasil é que se ergue em segundo lugar, logo a minha profecia não se cumpriu,

e vão se erguendo e caindo mas sempre em ordem diferente,

mas daqui a 900 anos acontece a minha profecia. Logo serei profeta.

Mas o que impede de eu dar sorte e já na primeira vez acontecer na minha ordem?

Conclusão:

Quando foi feita a profecia, se antes ou depois (má fé),

quando foi escrita, se depois mas impregnadas de interpretações

e realmente ter acertado “na loto” em parte ou no todo e com as interpretações no momento de terem sido escritas, havendo ajustes para se adequarem ainda mais.

(Minha profecia sobre EUA, China e Brasil, está lançada, se eu tiver sorte, serei profeta.)

Comentar por Clayton Luciano

Isaías:

“Daniel, cuja idade é estimada por alguns como sendo até 300 anos A.C.ou antes. E aí? Como fica?”

Quer que eu pergunto o seu futuro para minha visinha aqui, só que ela cobra 150 reais.

Voce duvida que esta macumbeira é capaz disto e por que?

Comentar por Clayton Luciano

já morei de aluguel há alguns anos. Quando deixei o imóvel, estava devendo 1 mês de aluguel. Fiquei muito preocupado com esta situação, pois não gosto e ficar devendo nada a ninguém. Enquanto pensava nestas coisas, tentando me organizar para pagar o aluguel que devia, tive um sonho: sonhei que quando ia pagar o aluguel, o proprietário dizia que não era mais necessário, pois ele já tinha alugado a casa novamente e recebido um aluguel do novo morador.
Poi bem, passaram alguns dias, esqueci do sonho, recebi o salário e, quando fui pagar o aluguel, o proprietário disse que não era necessário, pois ele já alugara a casa e que eu não precisava pagar. Dívida cancelada. Naquele momento, lembrei do sonho que tive.

Agora moro na minha própria casa, no segundo pavimento. A janela da minha sala não tinha grade ou proteção. E o meu filho caçula tinha o péssimo hábito de se debruçar na janela a tal ponto de ficar com a metade do corpo prá fora. Minha esposa e eu começamos a ver a necessidade de pôr uma grade na janela, para evitar algum acidente, mas sempre adiáva-mos. Procuráva-mos manter a janela fechada. No entanto, minha esposa foi em uma reunião de oração e uma pessoa, que ela nunca viu antes, disse: Irmã, quando olhei para voce ví um menino pequeno, cerca de 5 anos, loiro, branquinho e magrinho, caindo do alto de uma janela. Minha esposa é morena de cabelos pretos, era a primeira vez que ela ia àquela reunião de oração e ninguém a conhecia. Como aquela irmã foi capaz de dar a exata descrição de nosso filho? Como a tal irmã sabia da janela?
Claro que já coloquei a grade na janela. Vocês acham que vou arriscar, dizendo que foi um “tiro no escuro” ou coincidência? Só se eu fosse louco! Se isso não prova a existencia de Deus e/ou do sobrenatural, o quê prova então? E olhem que eu não sou tão fiel a Deus quanto deveria ser… Mas um dia eu chego lá.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaías:

Também já passei por muitas situações como estas, de sonhar e depois acontecer.

Por isso, apesar de questionar quando veem com estas questões religiosas de previão do futuro, não duvido infinitamente,

mas também não dou crédito já de início pois deve-se averiguar todas as hipóteses de fraude,

terem sido escritas após, mas sem isolar interpretações e por aí vai.

Se for para tentar uma forma de explicar tal fenômeno, no caso destas pessoas do nosso cotidiano com fama de advinhar acontecimentos,

verifico quantas vezes a pessoa já falhou, se muitas, pode ser explicado pela “loto”, vai jogando, jogando, e algumas vezes vai acertar.

Outra questão interessante e nada de sobre natural seria relacionar a capacidade inata de nosso cérebro e o determinismo:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Determinismo

Dá uma lida e vê se voce consegue relacionar, mas não sobrenaturalmente,

a relação entre a capacidade inata de nosso cérebro , determinismo e previsão.

Já quanto a Deus e a previsão, pode ser um salto, pois até chegar na pirâmide e concluir que está em Deus, a explicação,

vão ter que ser eliminadas muitas hipóteses, como inteligência inata, ETs, “E se Deus for o Diabo?” e por aí vai…

Eu, filosóficamente, não aposto que Deus não existe.

Comentar por Clayton Luciano

Claro que não, isso não prova a existência de Deus.

Comentar por Nuno Dias

Uma coisa era dizerem: “não me importa que não haja forma de provar historicamente que ele tenha existido, o que importa é o que está no meu coração”
Outra é dizerem: “não me importa que não tenha existido, o que importa é o que está no meu coração”. É um contra-senso. O que está então no coração?

Comentar por JoanaPaz

JoanaPaz:

O Papa adotou a postura correta,

Até agora só fizeram brincadeiras para fugir do Calcanhar de Aquiles:

“Por que Jesus é filho de Deus e não de Lúcifer?” (nada melhor para uma guerra do que um messias para cada região).

Porque ressuscitou?

Porque foi previsto a sua vinda?

ou qualquer outro conceito/alegação arbitrária.

Se Lúcifer não for capaz de ter poder destas coisas (ressuscitar, causar previsão…),

não há razão para ninguém tomar medidas para se proteger dele, sendo assim, se entregar a Jesus é inútil. (a ideologia de voces é que é contra-senso)

Isto se chama racionalização,

Mas se voce tem uma religião extritamente espiritual, voce não tem que ficar incurralada por estas questões.

Comentar por Clayton Luciano

“Bode é bode.(Coríntios 4:6)”

Na profecia simbólica de Daniel, é a Grécia.

“1 – Na época de Daniel, existiam cristãos?”

Não. Eu falei que existiam?

“1 – Foi um sonho de Daniel, e não uma parábola (Coríntios 4:6)”

Não foi um sonho, foi uma visão.

“2 – Pelos seus argumentos, sendo Deus infinitamente poderoso, ele está jogando, pois não precisaria disto tudo para salvar a Bíblia.”

Não é para salvar a Bíblia, é para salvar o Clayton.🙂

“2 – Acontecendo a profecia antes dos eventos, porém escritos depois dos eventos, os escritores já escreveram deixando de isolar a influência de suas interpretações,”

Daniel foi escrito depois dos eventos? lol
Têm-se evidências de que Daneil foi escrito séculos antes de Cristo, e mesmo assim, temos profecias escritas ali que se cumpriram em Cristo e depois de Cristo, como a fragmentação do Império Romano em 476 d.C. Que tal estudar as 70 semanas de Daniel 9 [terás evidência suficiente de que Jesus é o Messias, e não tu] ou a sucessão de impérios mundiais em Daniel 2 e 7?

Bons estudos!
Paz do Senhor!

Comentar por Fabricio Lovato

Fabrício Lovato:

“Não. Eu falei que existiam?”

“Quando o Apocalipse [isso vale para Daniel também] foi escrito, os cristãos estavam sendo perseguidos…” (sua frase)

“Não foi um sonho, foi uma visão.”

Daniel 7:01

“Não é para salvar a Bíblia, é para salvar o Clayton”

Apelou é porque perdeu.

“Daniel foi escrito depois dos eventos? lol”

http://obraspsicografadas.haaan.com/2010/seria-joo-evangelista-a-reencarnao-de-daniel/

“Jesus é o Messias, e não tu] ou a sucessão de impérios mundiais em Daniel 2 e 7?”

1 – http://ceticismo.net/religiao/o-messias-desmascarado/

2 – Café pequeno para Lúcifer ter tramado tudo isto, pois se ele não tiver esta capacidade, não tenho que me entregar a Jesus, pois Lúcifer seria impotente demais.

Comentar por Clayton Luciano

Fabrício.

Na profecia simbólica de Daniel, é a Grécia.

Se não traz dados OBJETIVOS a famigerada profecia, não vale de nada.

Ela diz “Grécia”? Ela diz “Alexandre”? Ela diz “Jesus”? Ela diz as datas exatas, os locais exatos, inequivocamente?

Não? Ah, tá.

Não. Eu falei que existiam?

Falou:

Quando o Apocalipse [isso vale para Daniel também] foi escrito, os cristãos estavam sendo perseguidos,

Comentar por Alexssc

“1 – Quando aconteceu a profecia e quando foi escrita.”

Pergunta ou afirmação? Se for afirmação do link sobre “vaticinia ex eventu”, é “castelo no ar”.

“Daniel diz sobre os animais, mas não fala de Grécia, etc.”

“mas não fala de Grécia” é castelo no ar.

“Mas quando foi escrito, após os acontecimentos, os escritores acrescentam o termo Grécia,”

Mais do mesmo…

“(Minha profecia sobre EUA, China e Brasil, está lançada, se eu tiver sorte, serei profeta.)”

Nem dá pra dizer “laranjas com laranjas, maçãs com maçãs”. É comparação de quem não lê para quem não lê.

Algumas profecias de tempo em Daniel indicam não apenas o ponto de partida e de término de uma profecia maior, mas também a natureza e duração de vários eventos internos a essa mesma profecia, para não mencionar outros detalhes.

A distância entre a revelação divina e a astrologia babilônica já é “astronômica”.
Imagina em relação aos teus “chutes”, que podem nem chegar perto dos “astrólogos” e “encantadores” caldeus.

http://www.biblicalstudies.org.uk/pdf/eq/daniel_aalders.pdf (em inglês, sem tempo de traduzir agora, a refutação de algumas objeções dos céticos, mesmo tomando Antíoco Epifânio, como eles o fazem, como o “chifre pequeno”, o que não defendo)

Próximo castelo…

Comentar por Darcy

Darcy:

Castelo é isto aqui:

Decaimento radioativo: “voce estava lá?”

Daniel: “Voce estava lá?” “Não estava não mas, mas…”

Se empregarem a técnica de argumentação que empregam para questionar a evolução,

a “teoria” de voces não resiste a uma simples leitura.

Voce nem leu o que te passei.

Não vou ficar gastando minha energia para traduzir pregação.

Comentar por Clayton Luciano

“Voce nem leu o que te passei.”

Mas é claro que li (ao contrário do que muitos céticos como você fazem com o texto bíblico).

Basta vê quantas vezes eu citei a fantasia do “vaticinia ex eventu”, que é o argumento aglutinador do teu link (digo, tua “pregação” em vernáculo).

E já que falou em evolução, é fácil ver o mesmo padrão: argumentos montados no ar, a partir da “não-evidência”.

“Não vou ficar gastando minha energia para traduzir pregação.”

Eu traduzo pelo menos o início de uma conclusão. Embora eu não endosse todos os seus pontos, o que este artigo faz é analisar, à luz das evidências, quão “consistentes” são os “castelos” que céticos como você gostam de construir:

“Consequentemente, o pressuposto que tem de sustentar a teoria do “vaticinia ex eventu” não possui validade exegética.” (e isso vindo de quem, diferente do meu caso, “concede” Antíoco Epifânio como sendo a interpretação do “chifre pequeno” Dan. 8).

O pressuposto aqui ( e só pressuposto) é que, sendo o contexto histórico de Antíoco Epifânio o motivador das profecias, estas teriam sido escritas posteriormente aos fatos, e algumas “avançariam” em previsão no máximo até a sua morte. Isso é o “castelo no ar”, que uma a análise textual séria joga por terra.

E eu só imagino a surpresa de alguns quando começarem a enxergar a verdadeira extensão dessas profecias…

Comentar por Darcy

Darcy:

Uma forma de raciocínio é a “análise dos terminais”:

“E já que falou em evolução, é fácil ver o mesmo padrão: argumentos montados no ar, a partir da “não-evidência”

Com o rigor científico que na atualidade é exigido para aprovar ou sustentar uma teoria científica (no seu sentido técnico), se voce diz que uma teoria científica são argumentos montados no ar,

Faço idéia da confiabilidade da sua análise de Daniel,

“algumas “avançariam” em previsão no máximo até a sua morte. Isso é o “castelo no ar”, que uma a análise textual séria joga por terra”

Da mesma forma que o Novo Testamento foi escrito até a morte de Cristo. (risos)

Comentar por Clayton Luciano

“Com o rigor científico que na atualidade é exigido para aprovar ou sustentar uma teoria científica”

E o que isso tem a ver com evolução? Desde Darwin, quando foi que a evolução ganhou o diploma de aprovação da ciência?

“se voce diz que uma teoria científica são argumentos montados no ar,”

Mas eu não disse que uma teoria científica são argumentos montados no ar.

“Faço idéia da confiabilidade da sua análise de Daniel”

Como eu não disse que uma teoria científica são argumentos montados no ar, mas sou contrário a argumentos montados no ar, vai ver é uma boa “conferir” a minha análise, ou se preferir a de Isaac Newton:

http://cartassemselo.wordpress.com/2008/04/20/isaac-newton-e-as-profecias-daniel-e-apocalipse/

(“confiar” por “confiar” fica mais para a evolução).

Abraço!

Comentar por Darcy

“e vai querer ser um verdadeiro cristão, que não veio para abolir a lei e sim cumprí-la”.

Clayton, voce está sugerindo que o verdadeiro cristão deve andar de acordo com os rituais judaicos?

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaías:

Ou é a palavra ou não é,

O resto é desculpa frajuda (minha opinião, lógico).

É lógico que eu não quero que voce siga a risca o está lá (como voces fazem com gênesis).

Não quero peso na minha consciência.

Comentar por Clayton Luciano

Pela tua resposta, o cristão deve seguir os rituais judaicos. Mas vindo de um ateu, é normal estes equívocos. Mas vou te ajudar.
Jesus disse que veio cumprir a lei (Mat.5:17,18). Jesus não disse que a lei iria durar para empre; disse que “Nenhum jota ou til e omitirá da lei sem que tudo seja cumprido”. O quê está sendo dito aqui não é que a lei judaica iria durar para sempre, mas sim que um dia ela seria cumprida de forma definitiva.
No entanto, Jesus violou o sábado várias vezes (João 5:18 e refers). Então, a que Jesus se referiu quando disse que veio cumprir a lei? Leia:
“E disse-lhes: São estas as palavras que vos disse estando ainda convosco: Que convinha que se cumprisse tudo o que de mim estava escrito na lei de Moisés, e nos profetas e nos Salmos.
Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras.
E disse-lhes: Assim está escrito, e assim convinha que o Cristo padecesse, e ao terceiro dia ressuscitasse dentre os mortos,
E em seu nome se pregasse o arrependimento e a remissão dos pecados, em todas as nações, começando por Jerusalém.
E destas coisas sois vós testemunhas”.
Luc.24:44-48
Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê. Rom.10:4
Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo…Rom.7:4.

Entendeu agora?

Comentar por Isaias S. Oliveira

2 – Café pequeno para Lúcifer ter tramado tudo isto, pois se ele não tiver esta capacidade, não tenho que me entregar a Jesus, pois Lúcifer seria impotente demais.

Gente do céu, onde vamos parar???

Depois a gente fala que não tá se cumprindo as profecias, no que a gente vê acontecendo com as pessoas e com o mundo e eles não acreditam!!!!!

Comentar por Adalberto Felipe

Isaías:

“Jesus disse que veio cumprir a lei (Mat.5:17,18). Jesus não disse que a lei iria durar para empre; disse que “Nenhum jota ou til e omitirá da lei sem que tudo seja cumprido”. O quê está sendo dito aqui não é que a lei judaica iria durar para sempre, mas sim que um dia ela seria cumprida de forma definitiva.”

Pelos seus argumentos, até agora, os dez mandamentos também perdem eficácia.

“No entanto, Jesus violou o sábado várias vezes (João 5:18 e refers). Então, a que Jesus se referiu quando disse que veio cumprir a lei?”

Isaías, não leva a mal não, posso estar errado, pois sou novo nesta área,

mas pelo que tenho lido, Jesus se auto proclamava, falava demais e fazia de menos, era mimado e contraditório:

Tenho lido a Bíblia e segundo seus colegas do ceticismo, ele nem conhecia muito de lei, em Marcos 2:25-26 quando disse que Davi entrou, foi um erro, pois o sacerdote veio de encontro dele,

Em sem falar que por esta fonte ele mencionou “Sumo sacerdote”, para uma pessoa que jamais seria tal.

Isaís, tenho aversão a pessoas que se auto proclamam, Eu sou isso, sou aquilo, mais que Salomão…”

O restante do que voce disse são promessas, declarações unilaterais e ameaças

Comentar por Clayton Luciano

Isaías: (desculpa o post duplicado Sabino)

“O quê está sendo dito aqui não é que a lei judaica iria durar para sempre, mas sim que um dia ela seria cumprida de forma definitiva”

Se ainda não se cumpriu, Deuteronômio e Levítico estão valendo. Se já cumpriu, tudo que for alegado como regra no Velho Testamento não serve mais, é inútil.

“Então abriu-lhes o entendimento para compreenderem as Escrituras”

Em Lucas 24:44-48, não fala em interpretar a lei em geral e sim no que se refere ao que DELE estava escrito na lei de moisés.

“Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê. Rom.10:4″
Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo…Rom.7:4.”

Para que Velho Testamento então? Não há dez mandamentos mais? É só para entendimento?

Comentar por Clayton Luciano

Olá Sabino!

Espero que estejas passando bem.

Gostaria de poder comentar algo que escreveste neste artigo. Tu referes:

“Ora, fica difícil perceber como é que algo que confirma o que a Bíblia diz pode ser evidência contra o Deus da Bíblia. Ao descrever alguns sinais da 2ª vinda, Jesus disse [meu destacado]:

“Pois se levantará nação contra nação, e reino contra reino; e haverá terramotos em diversos lugares, e haverá fomes. Isso será o princípio das dores.” (Marcos 13:8)”

Antes de mais gostaria de dizer que não duvido da veracidade da Escritura. O problema que desejo salientar com a tua citação é o da aplicação das palavras de Jesus (exegética). Se entendi bem o artigo em geral, e esta citação em particular, o alcance das palavras de Jesus é além Judeia e além primeiro século. Quando Jesus prediz que “haverá terramotos em diversos lugares”, o caso presente do Haiti é um exemplo claro do cumprimento dessa predição, e também um de muitos sinais que demonstra que a segunda vinda de Jesus está próxima.

Contudo, essa aplicação das palavras de Jesus parece-me inapropriada em vista do contexto. Sem querer estender muito mais este comentário, mencionaria apenas dois versículos como exemplos.

O primeiro é logo o versículo seguinte de Marcos 13, o 9, onde Jesus menciona o facto de os discípulos serem entregues “aos concílios (literalmente: sinédrios menores) e às sinagogas” e de serem “açoitados”. Isto sugere uma aplicação palestiniana (comparar com os versículos 14-18, Mateus 24:15-20, e Lucas 21:12-20).

O segundo é o versículo 30, que reza: “Na verdade vos digo que não passará esta geração, sem que todas estas coisas aconteçam.” Isto sugere uma aplicação limitada ao primeiro século (comparar com Mateus 23:33-39, e notar especialmente o versículo 36).

Obrigado.

Um grande abraço!

Comentar por João Gabriel

“Pelos seus argumentos, até agora, os dez mandamentos também perdem eficácia”.

Eficácia em que sentido? Sacrifícios, por exemplo?
E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. Mat.22:37-38

“Em sem falar que por esta fonte ele mencionou “Sumo sacerdote”, para uma pessoa que jamais seria tal”.

E quem exercia a função de sumo sacerdote?
Os sacerdotes, ora essa. Os teus colegas de ceticismo não entendem nada de bíblia. Por quê insistem em continuar falando besteiras?

“Se ainda não se cumpriu, Deuteronômio e Levítico estão valendo. Se já cumpriu, tudo que for alegado como regra no Velho Testamento não serve mais, é inútil”.
“Para que Velho Testamento então? Não há dez mandamentos mais? É só para entendimento”?

De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.
Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
Gál.3:24,25
Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, até que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita… Gál.3:19.

O Antigo Testamento explica a origem do povo Hebreu, seus costumes, rutuais, explica a origem do Novo Testamento… Ele não é inútil, como voce equivocadamente sugere.

Acho que deu para entender o básico. Para quem quer aprender é o suficiente. Mas para quem lê apenas para procurar defeitos…

Comentar por Isaias S. OLiveira

Isaías:

De onde voce tirou preconceito a homossexuais?

Comentar por Clayton Luciano

Oi amigos depois alguns dias de descansos. Clayton Luciano não entendi completamente a sua pergunta, mas se você ler a bíblia verás que Deus condena a homossexualidade.

Quer algumas referências?
Levítico 18:22-23, Romanos 1: 27-32. Essas penso ser o bastante.

Comentar por Allef

Allef e Isaías:

“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas. Mat.22:37-38”

Nenhum termo pode figurar na conclusão com extensão maior que nas premissas,

Esta frase fala dos mandamentos relacionados a Deus e não de todos os mandamentos. (assim voce está colocando palavras na Bíblia)

“E quem exercia a função de sumo sacerdote?”

“Primeiro, o sacerdote do texto de Davi é Aimaleque, mas Jesus citou Abiatar. Segundo, Abiatar nunca ia ser Sumo Sacerdote pq ele foi expluso por Salomão pois ajudou Adonias a Tentar usurpar o trono (1 Reis 1:5-7 ; 18-19). Terceiro, no texto de Davi o sacerdote veio ao encontro dele,saindo do lugar onde estava e não que Davi entrou.”
(http://ceticismo.net/religiao/o-messias-desmascarado/)

Allef: segundo o Isaías, o Velho Testamento não tem, em sua totalidade, eficácia de lei mais.

Comentar por Clayton Luciano

“Nenhum termo pode figurar na conclusão com extensão maior que nas premissas,
Esta frase fala dos mandamentos relacionados a Deus e não de todos os mandamentos. (assim voce está colocando palavras na Bíblia”)

Não estou querendo colocar palavras na bíblia; é voce quem está querendo deturpa-la.

“Terceiro, no texto de Davi o sacerdote veio ao encontro dele,saindo do lugar onde estava e não que Davi entrou.”

De onde Aimeleque saiu para encontrar-se com Daví? De fora do Santo Lugar, mas dentro da Casa de Deus? De fora da Casa de Deus? Aonde Daví estava? Fora do Santo lugar, mas dentro da Casa de Deus? O texto não especifica. Os céticos é que especulam. Pelo que Jesus falou, Davi estava dentro da Casa de Deus, mas fora do santo Lugar. E ali mesmo, dentro da Casa de Deus, mas fora do SSanto Lugar, Davi comeu dos pães.

“E quem exercia a função de sumo sacerdote?”
“Primeiro, o sacerdote do texto de Davi é Aimaleque, mas Jesus citou Abiatar. Segundo, Abiatar nunca ia ser Sumo Sacerdote pq ele foi expluso por Salomão pois ajudou Adonias a Tentar usurpar o trono (1 Reis 1:5-7 ; 18-19).

Então veio Davi a Nobe, ao sacerdote Aimeleque; e Aimeleque, tremendo, saiu ao encontro de Davi, e disse-lhe: Por que vens só, e ninguém contigo?…
(1 Samuel 21:1)
Porém o rei disse: Aimeleque, morrerás certamente, tu e toda a casa de teu pai…
Porém escapou um dos filhos de Aimeleque, filho de Aitube, cujo nome era ABIATAR, o qual fugiu para Davi.
E ABIATAR anunciou a Davi que Saul tinha matado os sacerdotes do SENHOR. (1 Samuel 22:16;20,21)
Abiatar também era sacerdote. E mais: Era filho de Aimeleque. Ou seja, exercia o sacerdócio junto com o pai e outros vários sacerdotes que estavam ali. Após a morte do pai (Aimeleque) ele (Abiatar) continuou no ofício. E haviam vários outros sacerdotes espalhados por todo o Israel.

E aí, Clayton? Mais alguma idéia brilhante? Como eu disse, estes céticos quando sismam em falar de bíblia, acabam falando só besteira.

“Allef: segundo o Isaías, o Velho Testamento não tem, em sua totalidade, eficácia de lei mais”.

Quer saber o quê do Antigo Testamento ainda está em vigor? Basta ler o Novo Testamento.

Boa noite a todos.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaías:

a questão é:

1 – QUANDO, houve o evento, quem era o SUMO sacerdote,

“1 Samuel 21:1 – Então, veio Davi a Nobe, ao sacerdote Aimeleque; Aimeleque, tremendo, SAIU ao encontro de Davi e
disse-lhe: Por que vens só, e ninguém, contigo?”

(saiu do banheiro né)

e outra,

“(…) Marcos 2, quando Jesus é confrontado pelos fariseus
porque seus discípulos, ao atravessar um campo de trigo,
comeram grãos no sábado. Jesus quer mostrar aos fariseus
que “o Sábado foi feito para os humanos, não os humanos
para o Sábado”, lembrando-lhes o que fizera o grande Rei
Davi quando ele e seus homens tiveram fome, como eles
entraram no Templo “quando Abiatar era o sumo sacerdote”
e comeram o pão da proposição, que só os sacerdotes
podiam comer. Um dos célebres problemas da passagem é
quando se examina a passagem do Antigo Testamento que Jesus
está citando (1 Samuel 21:1-6): vê-se que Davi não fez
nada disso quando Abiatar era o sumo sacerdote, mas, de
fato, quando o pai de Abiatar, Aimeleque, o era. Em outras
palavras, essa é uma daquelas passagens destacadas para
demonstrar que a Bíblia não é infalível, ela contém
erros.”

Fonte: O que jesus disse? O que jesus não disse? Quem
mudou a bíblia e por quê? – Bart D. Ehrman

Quem conhece realmente de lei, não emite frases ambíguas.

Vá a um Advogado fazer uma consulta, ele tem que te dizer a norma e também de forma clara, como os tribuanis a entendem e nada de frases distorcidas para depois ficar arrumando desculpa para adptar o que disse.

2 – Isaías, voce quer pegar uma frase genérica no Novo testamento relacionada a amor a Deus e querer a sua interpretação extensiva validar as regras que quiser no Velho Testamento.

Amor a Deus valida regras sobre amor a Deus no Velho Testamento,

Então não dê o passo maior que a perna, quando colocar um ensinamento de Jesus diga quais normas serão validadas e não todas as normas que quiser, isto se chama ganbiarra.

Comentar por Clayton Luciano

“1 – QUANDO, houve o evento, quem era o SUMO sacerdote,
“1 Samuel 21:1 – Então, veio Davi a Nobe, ao sacerdote Aimeleque; Aimeleque, tremendo, SAIU ao encontro de Davi e
disse-lhe: Por que vens só, e ninguém, contigo?”

Aonde está escrito que Aimeleque execia o sumo-sacerdócio naquele período?

“Fonte: O que jesus disse? O que jesus não disse? Quem
mudou a bíblia e por quê? – Bart D. Ehrman”

Mais uma fonte que só te faz pagar mico.

“(saiu do banheiro né)”

E se ele tivesse saído do banheiro, ou de sua tenda, ou da tenda do vizinho? Qual o problema?
O texto diz exatamente de onde ele saiu?

“(…) Marcos 2, quando Jesus é confrontado pelos fariseus
porque seus discípulos, ao atravessar um campo de trigo,
comeram grãos no sábado. Jesus quer mostrar aos fariseus
que “o Sábado foi feito para os humanos, não os humanos
para o Sábado”, lembrando-lhes o que fizera o grande Rei
Davi quando ele e seus homens tiveram fome, como eles
entraram no Templo “quando Abiatar era o sumo sacerdote”
e comeram o pão da proposição, que só os sacerdotes
podiam comer. Um dos célebres problemas da passagem é
quando se examina a passagem do Antigo Testamento que Jesus
está citando (1 Samuel 21:1-6): vê-se que Davi não fez
nada disso quando Abiatar era o sumo sacerdote, mas, de
fato, quando o pai de Abiatar, Aimeleque, o era. Em outras
palavras, essa é uma daquelas passagens destacadas para
demonstrar que a Bíblia não é infalível, ela contém
erros.”

Mais uma vez: Aonde está escito que o sacerdote AIMELEQUE exercia o SUMO-SACERDÓCIO naquele peróodo?

Quem conhece realmente de lei, não emite frases ambíguas.
“Vá a um Advogado fazer uma consulta, ele tem que te dizer a norma e também de forma clara, como os tribuanis a entendem e nada de frases distorcidas para depois ficar arrumando desculpa para adptar o que disse”…

O quê é que os advogados tem a ver com teologia, exegese, hermenêutica e etc?

2 – Isaías, voce quer pegar uma frase genérica no Novo testamento relacionada a amor a Deus e querer a sua interpretação extensiva validar as regras que quiser no Velho Testamento.
Amor a Deus valida regras sobre amor a Deus no Velho Testamento,
Então não dê o passo maior que a perna, quando colocar um ensinamento de Jesus diga quais normas serão validadas e não todas as normas que quiser, isto se chama ganbiarra”.

Clayton, voce acha que a tal passagem é a única que fala sobre a Lei e a Graça? Mais uma vez mostras que, como todo o cético, não entendes nada de bíblia, mas insiste em querer “interpretá-la”. Veja as vérias outras referências que mostam que o cristão não precisa de sacrifícios e rituais:

Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê.Rom.10:4

Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei, mas debaixo da graça.
Rom.6:14

Assim, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que demos fruto para Deus.
(Rom.7:4)

Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne.
Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus.
Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, aos que estão debaixo da lei o diz…
Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei…
Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas;
Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não há diferença.
Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;
Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus…
Onde está logo a jactância? É excluída. Por qual lei? Das obras? Não; mas pela lei da fé.
Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei.
Rom.2:28,29; 3:19-28

Então alguns que tinham descido da Judéia ensinavam assim os irmãos: Se não vos circuncidardes conforme o uso de Moisés, não podeis salvar-vos.
Tendo tido Paulo e Barnabé não pequena discussão e contenda contra eles, resolveu-se que Paulo e Barnabé, e alguns dentre eles, subissem a Jerusalém, aos apóstolos e aos anciãos, sobre aquela questão.
E eles, sendo acompanhados pela igreja, passavam pela Fenícia e por Samaria, contando a conversão dos gentios; e davam grande alegria a todos os irmãos.
E, quando chegaram a Jerusalém, foram recebidos pela igreja e pelos apóstolos e anciãos, e lhes anunciaram quão grandes coisas Deus tinha feito com eles.
Alguns, porém, da seita dos fariseus, que tinham crido, se levantaram, dizendo que era mister circuncidá-los e mandar-lhes que guardassem a lei de Moisés.
Congregaram-se, pois, os apóstolos e os anciãos para considerar este assunto.
E, havendo grande contenda, levantou-se Pedro e disse-lhes: Homens irmãos, bem sabeis que já há muito tempo Deus me elegeu dentre nós, para que os gentios ouvissem da minha boca a palavra do evangelho, e cressem.
E Deus, que conhece os corações, lhes deu testemunho, dando-lhes o Espírito Santo, assim como também a nós;
E não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé.
10 Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós pudemos suportar?
Mas cremos que seremos salvos pela graça do Senhor Jesus Cristo, como eles também.
Então toda a multidão se calou e escutava a Barnabé e a Paulo, que contavam quão grandes sinais e prodígios Deus havia feito por meio deles entre os gentios…
Então pareceu bem aos apóstolos e aos anciãos, com toda a igreja, eleger homens dentre eles e enviá-los com Paulo e Barnabé a Antioquia, a saber: Judas, chamado Barsabás, e Silas, homens distintos entre os irmãos.
E por intermédio deles escreveram o seguinte: Os apóstolos, e os anciãos e os irmãos, aos irmãos dentre os gentios que estão em Antioquia, e Síria e Cilícia, saúde.
Porquanto ouvimos que alguns que saíram dentre nós vos perturbaram com palavras, e transtornaram as vossas almas, dizendo que deveis circuncidar-vos e guardar a lei, não lhes tendo nós dado mandamento,
Pareceu-nos bem, reunidos concordemente, eleger alguns homens e enviá-los com os nossos amados Barnabé e Paulo,
Homens que já expuseram as suas vidas pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo.
Enviamos, portanto, Judas e Silas, os quais por palavra vos anunciarão também as mesmas coisas.
Na verdade pareceu bem ao Espírito Santo e a nós, não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias:
Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá.
Tendo eles então se despedido, partiram para Antioquia e, ajuntando a multidão, entregaram a carta.
E, quando a leram, alegraram-se pela exortação.
Atos 15:22-31.

E então, Clayton?
Se voce quiser posso mostrar dezenas de outras passagens que desmentem as tuas “interpretações”.

Comentar por Isaias S. OLiveira

Isaías:

“Aonde está escrito que Aimeleque execia o sumo-sacerdócio naquele período?”

Se voce disse que o autor do livro só escreve para pagar mico é dever te-lo lido,

a propósito, onde está escrito que Jesus existiu? (na Bíblia, né).

“E se ele tivesse saído do banheiro, ou de sua tenda, ou da tenda do vizinho? Qual o problema?
O texto diz exatamente de onde ele saiu?”

O problema, é que um texto que é a palavra de Deus, não poderia falhar com erros em pertinência temática, escrevendo fatos em desconformidade com o compromisso de passar a informação de forma intelegível.

O “sair” só seria pertinente ao caso desde que se referisse ao que foi dito no texto que passei.

“Clayton, voce acha que a tal passagem é a única que fala sobre a Lei e a Graça? Mais uma vez mostras que, como todo o cético, não entendes nada de bíblia, mas insiste em querer “interpretá-la”. Veja as vérias outras referências que mostam que o cristão não precisa de sacrifícios e rituais”

A minha pergunta é em relação a quais leis do velho testamento deve serem cumpridas e não o contrário.

Outra coisa Isaías, voce está usando contradições bíblicas, para tirar razão,

em Mateus 5:18 diz que nada se omitirá da lei até que TUDO (TUDOOOO…) se cumpra, enquanto não houver o retorno de Jesus não estará TUDO cumprido.

1 -Quais são as leis do Velho Testamento que devem ser cumpridas?

Nota: Numa visão Jurídica, pelo que parece Jesus foi uma desculpa para mudar a lei (controle social),

Hoje a lei maior é a Constituição Federal (Brasil) e se muda uma Constituição com a simples “vontade do povo”,

mas como antes as leis maiores eram divinas, teria que ter uma desculpa (messias) para mudá-la.

Comentar por Clayton Luciano

“A minha pergunta é em relação a quais leis do velho testamento deve serem cumpridas e não o contrário”.

Então, por quê não perguntou antes, Clayton?
Vejamos o exemplo dos 10 mandamentos (uma minúscula parte da Lei):

1-Não terás outros deuses diante de mim.
2-Não farás para ti imagem de escultura…Não te encurvarás a elas nem as servirás…
Ratificação: 1 Coríntios 10:14 e ref
Portanto, meus amados, fugi da idolatria.

3-Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão…
Ratificação: Filipenses 4:8 e ref. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.

4-Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.
Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra.
Mas o sétimo dia é o sábado do SENHOR teu Deus; não farás nenhuma obra…

Ratificação: Não há.

5-Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá.
Ratificação: Hebreus 12:9 e ref. Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos…

6-Não matarás.
Ratificação: Gál.5:19-21. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: … homicídios… os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.

7-Não adulterarás.
Ratificaçao: Gál.5:19-21 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição… os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.

8-Não furtarás.
Ratificação: Efésios 4:28 e ref. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.

9-Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.
Ratificação: Colossenses 3:9 e ref. Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos…

10-Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.
Ratificação: Gal.5:19-21 e ref.
Porque as obras da carne são manifestas, as quais são:…Invejas… os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.

O restante do teu comentário é irrelevante.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaías:

“em Mateus 5:18 diz que nada se omitirá da lei até que TUDO (TUDOOOO…) se cumpra, enquanto não houver o retorno de Jesus não estará TUDO cumprido.”

É importante que respoda esta para mim, por favor.

Comentar por Clayton Luciano

“em Mateus 5:18 diz que nada se omitirá da lei até que TUDO (TUDOOOO…) se cumpra, enquanto não houver o retorno de Jesus não estará TUDO cumprido.
É importante que respoda esta para mim, por favor”.

E Jesus cumpriu tudo por nós, conforme está escrito em Luc. 24:44-47; Gálatas 3:16 e refs.

¶ Logo, para que é a lei? Foi ordenada por causa das transgressões, ATÉ que viesse a posteridade [Jesus] a quem a promessa tinha sido feita…
21 Logo, a lei é contra as promessas de Deus? De nenhuma sorte; porque, se fosse dada uma lei que pudesse vivificar, a justiça, na verdade, teria sido pela lei.
22 Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo fosse dada aos crentes.
23 Mas, antes que a fé viesse, estávamos guardados debaixo da lei, e encerrados para aquela fé que se havia de manifestar.
24 De maneira que a lei nos serviu de aio, para nos conduzir a Cristo, para que pela fé fôssemos justificados.
25 Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio.
26 Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Gálatas 3:19-26.

De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote [Jesus]se levantasse, segundo a ordem de Melquisedeque, e não fosse chamado segundo a ordem de Arão?
12 Porque, mudando-se o sacerdócio, necessariamente se faz também mudança da lei.
13 Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar,
14 Visto ser manifesto que nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.
15 E muito mais manifesto é ainda, se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote,
16 Que não foi feito segundo a lei do mandamento carnal, mas segundo a virtude da vida incorruptível.
17 Porque dele assim se testifica: Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque.
18 Porque o precedente mandamento é ab-rogado por causa da sua fraqueza e inutilidade
19 (Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou) e desta sorte é introduzida uma melhor esperança, pela qual chegamos a Deus.
20 E visto como não é sem prestar juramento (porque certamente aqueles, sem juramento, foram feitos sacerdotes,
21 Mas este com juramento por aquele que lhe disse: Jurou o Senhor, e não se arrependerá; Tu és sacerdote eternamente, Segundo a ordem de Melquisedeque),
22 De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador.
23 E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer,
24 Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.
25 Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.
26 Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus;
27 Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.
28 Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre…
1 ¶ Ora, a suma do que temos dito é que temos um sumo sacerdote tal, que está assentado nos céus à destra do trono da majestade,
2 Ministro do santuário, e do verdadeiro tabernáculo, o qual o Senhor fundou, e não o homem.
3 Porque todo o sumo sacerdote é constituído para oferecer dons e sacrifícios; por isso era necessário que este também tivesse alguma coisa que oferecer.
4 Ora, se ele [Jesus]estivesse na terra, nem tampouco sacerdote seria, havendo ainda sacerdotes que oferecem dons segundo a lei,
5 Os quais servem de exemplo e sombra das coisas celestiais, como Moisés divinamente foi avisado, estando já para acabar o tabernáculo; porque foi dito: Olha, faze tudo conforme o modelo que no monte se te mostrou.
6 ¶ Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, quanto é mediador de uma melhor aliança que está confirmada em melhores promessas.
7 Porque, se aquela primeira fora irrepreensível, nunca se teria buscado lugar para a segunda.
8 Porque, repreendendo-os, lhes diz: Eis que virão dias, diz o Senhor, Em que com a casa de Israel e com a casa de Judá estabelecerei uma nova aliança,
9 Não segundo a aliança que fiz com seus pais No dia em que os tomei pela mão, para os tirar da terra do Egito; Como não permaneceram naquela minha aliança, Eu para eles não atentei, diz o Senhor.
10 Porque esta é a aliança que depois daqueles dias Farei com a casa de Israel, diz o Senhor; Porei as minhas leis no seu entendimento, E em seu coração as escreverei; E eu lhes serei por Deus, E eles me serão por povo;
11 E não ensinará cada um a seu próximo, Nem cada um ao seu irmão, dizendo: Conhece o Senhor; Porque todos me conhecerão, Desde o menor deles até ao maior.
12 Porque serei misericordioso para com suas iniqüidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.
13 Dizendo Nova aliança, envelheceu a primeira. Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar.

HEbreus 7:11-28; 8:1-13.

Comentar por Isaias S. OLiveira

Isaías, vc está sumido. Estou desenvolvendo uma tese ligando a Bíblia como leis dos homens. Mas não com a intenção de desrespeitar, ok? Se quiser agente troca ideias.

Comentar por Clayton Luciano

gostei dos textos, parabens

Comentar por renato/RIBEIRAO PRETO




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: