No princípio criou Deus os céus e a Terra


Orangotangos projectados para viajarem de ramo em ramo
Novembro 6, 2010, 11:00 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Viajar através de uma rede complexa de pequenos ramos situados a alguns metros de altitude nas florestas tropicais à procura de alimento não é um desafio à altura de qualquer um. Este desafio é particularmente perigoso para animais de grande porte em que uma queda de 30 metros pode ser fatal.

O professor Robin Crompton, da Escola de Ciências Biomédicas da Universidade de Liverpool, explicou que este desafio é semelhante às dificuldades sentidas pelos engenheiros que projectaram a Millenium Bridge (à esquerda), situada em Londres:

Os problemas com a Millenium Bridge derivavam do grande número de pessoas que caminhavam sincronizadas com o pequeno movimento das partes laterais da ponte. Este padrão regular de movimento tornava o movimento de oscilação da ponte ainda mais instável. Nós identificamos um problema semelhante no movimento dos animais através das florestas tropicais, onde existem ramos altamente flexíveis“.

Os orangotangos são os maiores mamíferos arbóreos (animais que se deslocam através das árvores) e, por essa razão, lidam com mais dificuldades devido ao seu peso. O que os cientistas descobriram foi que as perigosas vibrações das árvores são contrapostas pela habilidade dos orangotangos, que se movem a um ritmo único.

O investigador explicou que se eles seguissem um padrão de movimento regular, como os seus parentes de menor porte, teríamos uma situação de “ponte cambaleante“, por meio da qual o movimento dos ramos aumentaria e, por conseguinte, seriam mais instáveis.

A investigadora Susannah Thorpe, da Escola de Ciências Biológicas da Universidade de Birmingham acrescentou: “os orangotangos desenvolveram uma forma única de lidar com estes problemas: eles deslocam-se num modo irregular que inclui caminhar de forma erecta e na mobilização dos quatro membros para a movimentação de árvore em árvore, o que lhes permite viajar para trás e para a frente, até estarem prontos para atravessar grandes lacunas de ramos existentes entre as árvores“.

Publicado na PNAS.

CONCLUSÃO

Eis mais um exemplo de uma “adaptação” que não poderia ter surgido de forma gradual através da tentativa-erro, como teorizam os evolucionistas a respeito de muitos aspectos dos comportamentos dos animais. Como é que os primeiros orangotangos se deslocariam de árvore em árvore sem o conhecimento da maneira ideal para evitar quedas já programado em si? Como é que sobreviveriam? Como é que eles aprenderam que aquela, e não outras, formas de movimentação entre as árvores era a ideal?

Referindo-se à capacidade de algumas aves voarem em V, abordada pelo blog Darwinismo, o evolucionista Ludwig Kripphal diz:

A explicação naturalista para a migração é bastante óbvia. Basta ver que as populações migratórias migram para sobreviver, para escapar à falta de alimento, predadores ou temperaturas extremas. A selecção natural encarregou-se de eliminar os pássaros que optassem por morrer de fome ou frio em vez de voar para outro lado. E se é preciso voar em V, então aqueles que teimassem voar noutra letra deixariam menos descendentes.”

Ele diz isto como se aves se tivessem separado em grupos e a cada um deles tivesse sido atribuída a tarefa de voar numa das 26 letras do alfabeto, de maneira a ver em qual das formações deveriam voar. E por que foram logo acertar com a formação em V quando existem milhares de formações possíveis?

Basicamente, a explicação naturalista para os comportamentos únicos dos animais resume-se a: “Eles fazem isso porque fazem isso e isso é o mais indicado para eles“. Mas o que nós queríamos era a explicação científica, e não especulativa, que nos dissesse como e porque começaram a fazer isso.

Os investigadores compararam o desafio enfrentado pelos orangotangos às dificuldades sentidas pelos engenheiros que conceberam a Millenium Bridge de Londres. Não é fascinante saber que o master-engineer do Universo já tinha resolvido o problema há muito tempo?

Advertisements

16 comentários so far
Deixe um comentário

Sabino!
Possivelmente a Seleção e a adaptação os tornou “sábios” para compreenderem de ressonância e também de economia de energia em seus deslocamentos.Será?????

Comentar por jonas

Como é que os primeiros orangotangos se deslocariam de árvore em árvore sem o conhecimento da maneira ideal para evitar quedas já programado em si? Como é que sobreviveriam? Como é que eles aprenderam que aquela, e não outras, formas de movimentação entre as árvores era a ideal?
Não houve os primeiros orangotangos, houve antecessores que deram origem a estes. Os tais antecessores que não adoptaram aquela forma de movimento estatelaram-se no chão.

E já agora, onde estão as evidências em como foram ensinados pelo Barbudo?

Comentar por Nuno Dias

Nuno!
As evidências estão nas informações de conteúdo inato contidas no genoma desta espécie.O que me chama atenção na lei do mais apto que sobrevive, e que sobrevive porque é mais apto,que além de ser um pensamento circular é simplista,não chegando a essência do problema no qual todas as alterações quer genômicas,fenotípicas e comportamentais demandam informação genética nova específica e funcional(mutações são perda de informação).A Vida é Informação complexa e especificada e necessita de um também complexo processo de transdução para que se efetive a funcionalidade do ser.Creio que processos aleatórios e estocásticos produzindo este “fitness biológico” estão no nível do milagre tão “exorcizado” pelos naturalistas.

Comentar por jonas

tenho alguma dificuldade em acompanhar o teu raciocínio
mutações são perda de informação
errado, não encontras informação científica que te diga isso.

mutações são alterações da informação genética. Por por vezes resultar em espécies não viáveis não quer dizer que seja sempre esse o caso. Aliás, a maioria do ADN é composta pelo que se designa de ADN lixo, mutações que não deram em nada, que não resultou em perda de informação e que faz com que a espécie seja viável.

Comentar por Nuno Dias

aliás, não compreendo a necessidade em complicar o que me parece óbvio. Se à medida em que 3/4 agarrares de mão ritmados leve a que o bicho se sinta menos seguro, será natural fazer uma pausa/abrandar.
Por ser introduzida informação mais complexa como ressonâncias partem logo para deduções absurdas sobre evolucionismo?

Comentar por Nuno Dias

Nuno!
Dna lixo..mutações que não deram em nada..”
Veja,somente 1.5% do Genoma é expresso em proteinas,o restante que é o “famigerado Dna lixo” tem uma função primordial na célula humana que é de reguladora da expressão genética e de todos os seus sistemas quer metabólicos e funcionais.Estás mal informado quanto ao Dna lixo!A vida requer Informação e esta, está subordinada a níveis Hierarquicos de Informação que faz com que o organismo selecione o que quer traduzir,e isto faz com que Dna,s tão semelhantes tenham diferenças “dantescas”(homem-chipanzé).Então precisas rever teus conceitos quanto a esse assunto.
Quanto as mutações,elas são perda de informação sim,o que acontece é que o paradigma vigente precisa desesperadamente proteger “o acréscimo gradual da informação para formar” seres mais complexos.Isto é lol!Onde estão as evidências físicas deste enunciado!Cadê os fósseis intermerdiários que corroborariam com estas especulações???A maioria das mutações são deletérias ou neutras,sendo “peneiradas” pela Seleção,não transformando Australophitecus em Arqueólogos.A aquisição de novos planos corporais não se fazem a base de Mutações,é preciso Informação nova e esta necessita de um plano superior e diretor como a antevidência que é criada só por Inteligência.

Comentar por jonas


Estás mal informado quanto ao Dna lixo!
Então precisas rever teus conceitos quanto a esse assunto.
Isto é lol!

obrigado pela declaração de ignorância mas tudo se resume a: Quais são as tuas fontes? É que as minhas são o usual.

Quanto as mutações,elas são perda de informação sim
A aquisição de novos planos corporais … a que é criada só por Inteligência.

É muito simples induzir em erro, apontar falsas falácias, criar mitos, no entanto, o problema mantém-se: Quais são as tuas fontes? É que as minhas são o usual.

Cadê os fósseis intermerdiários
os fósseis intermediários que existem, são os que existem. Não são muitos, haverá mais escondidos, no entanto, levam a conclusões mais racionais usando o evolucionismo do que Design Inteligente.

Comentar por Nuno Dias

“””Como é que os primeiros orangotangos se deslocariam de árvore em árvore sem o conhecimento da maneira ideal para evitar quedas já programado em si? Como é que sobreviveriam? Como é que eles aprenderam que aquela, e não outras, formas de movimentação entre as árvores era a ideal?”””
“””E por que foram logo acertar com a formação em V quando existem milhares de formações possíveis?”””
_____________…
Como é que Deus criou o planeta Terra? Como é que ele criou tudo em apenas 6 dias? Como é que, alem de criar tudo tão rápido, ficou tudo tão perfeito? Onde é que esse grande Designer deixou as plantas de seus projetos, para vermos como se faz tudo, como funciona tudo, como se concerta tudo etc ? E o principal, porque ele depois de todo esse trabalho vai destruir tudo ?

Voces não sabem responder nem as suas proprias perguntas!
_______________________________________________.

“””Basicamente, a explicação naturalista para os comportamentos únicos dos animais resume-se a: “Eles fazem isso porque fazem isso e isso é o mais indicado para eles“. Mas o que nós queríamos era a explicação científica, e não especulativa, que nos dissesse como e porque começaram a fazer isso.”””
_________…
Me diz 1 (uma) coisa, qual a explicação de vocês crentes?
Onipresença ? Onipotencia? Oniciencia ?

Outra coisa, me explique como se eu tivesse 1 ano de idade… Porque tanta miséria? Porque tanta guerra? Porque tantas mortes inocentes? Porque tanto sofrimento?
Porque tudo isso com tanta onipresença, onipotencia e oniciencia? ——>SE A RESPOSTA FOR LIVRE ARBITRIO, PREFIRO QUE NINGUEM ME RESPONDA !
__________________.
Não sei o que é pior, Deus não existir, ou existir e ser esse voiyer cretino que sempre foi!

Comentar por ROMANO LIMA AROS

Romano

Não sei o que é pior, você concluir essa lorota escrita de uma maneira tão ignorante sem nenhuma profundidade ou você não buscar compreender as coisas como elas são.

Você já se perguntou porque existem tantas pessoas que compreedem a bíblia ( muitas delas são pessoas boas, conheço muitos exemplos) e você não conesegue compreende-la? Li muitos post’s seus, e sempre é o mesmo tipo de argumentos.

Escute o que vou te falar: existem muitos que leem a bíblia e não entedem o que nela está escrita e esses mesmos vão a igreja dizem ser cristãos, mas no entanto são hipocritas, o que fazem é contrário ao que dizem. Esse tipo de ignorância que citei, é o mesmo tipo de ignorância que você também tem. Porque leem a bíblia, mas não a entedem. A única diferença delas para você Romano, é que você não é hipocrita, você já nega Deus sem ao menos alguma profundidade ou motivo profundo.

Comentar por Achtmier

(Nuno)…Aliás, a maioria do ADN é composta pelo que se designa de ADN lixo, mutações que não deram em nada…

Esta estória da “DNA lixo” me fez lembrar daquela outra estória dos tais “órgãos sem função”. Tudo o que não é muito bem compreendido é logo denominado (pelos evolucionistas) como “sem função”, “lixo” e etc. O resultado disto todos já sabem.

(Nuno) …que não resultou em perda de informação e que faz com que a espécie seja viável.

O quê faz uma espécie ser viável são mutações neutras ou a manutenção das caracteristicas herdadas dos pais?
Aliás, até agora ninguém deu exemplo de mutações que mostrem indícios de transição.

Comentar por Isaias S. Oliveira

@Isaias S. Oliveira
Tudo o que não é muito bem compreendido é logo denominado (pelos evolucionistas)
É caricato encontrar num blog quem sabe mais do que quem tira cursos superiores em genética e dedica a vida a pesquisar obre este assunto

até agora ninguém deu exemplo de mutações que mostrem indícios de transição.
penso que sabes, mas recordo-te novamente: A leitura genética é a dispendiosa e demorada de ser feita.
É caricato encontrar quem reforça a suas crenças na ignorância dos outros.

Comentar por Nuno Dias

Nuno,

Concordo plenamente com seu ponto de vista!

É muito mais fácil creditar tudo a um Deus, como disse o Romano, onipotente, onipresente e onisciente. Assim os homens fogem do estudo real da ciência.

[Isaias] “Aliás, até agora ninguém deu exemplo de mutações que mostrem indícios de transição.”
Vai entrar de novo nessa discussão? Você também não me respondeu qual teoria da Criação é a correta…

Um grande abraço pra você; espertão!

Comentar por ThiagoZiul

(Thiago) É muito mais fácil creditar tudo a um Deus, como disse o Romano, onipotente, onipresente e onisciente. Assim os homens fogem do estudo real da ciência.

Cai mais uma vez a tua máscara pois o teu amigo, que voce citou e demonstrou total apoio, é ateu e inimigo feroz do cristianismo.
O fato de te assossiares com ele é mais uma prova de que não és cristão coisa nenhuma.
O quê você ganha mentindo assim de forma tão discarada?

(Thiago) Vai entrar de novo nessa discussão? Você também não me respondeu qual teoria da Criação é a correta…

Além de não ser biólogo, como disseste ser, não sabes ler? A resposta já foi dada:
A ciência ainda não sabe.
Eu creio que foi Deus; outros acreditam que foram os deuses ou ETs. Outros acreditam que foram as divindades evolucionistas chamadas: Tempo, Acaso (ou sorte, segundo R. Dawkins) e Seleção Natural.
E além da pergunta acima, você não respondeu também: A ciência provou se Deus existe ou não?

Comentar por Isaias S. Oliveira

e inimigo feroz do cristianismo.
raramente me pronuncio contra o cristianismo que não seja como defesa do ateísmo ou evolucionismo

Comentar por Nuno Dias

Eu sei, Nuno. Não era a você que eu me referia.
Boa noite a todos.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Espertão,

[Isaias] “o teu amigo, que voce citou e demonstrou total apoio, é ateu e inimigo feroz do cristianismo.”

1º) Não sou amigo do Franco. Ainda.
2º) A posição dele não me obriga a ser seu inimigo. Sou cristão (Creio do Jesus Humano, e não Mítico) e respeito o ponto de vista dele.

São posicionamentos feito o teu que resultam nas “Guerras Santas”.

A ciência não provou a existência ou não-existência de Deus.

Mas a pergunta que fiz era sobre a SUA opinião, não da ciência. Agora você se posicionou, parabéns!

Mas, o que faz a sua crença ser melhor que a dos outros?

Digo ‘melhor’, pois se não fosse assim, você creria noutra hipótese.

Comentar por ThiagoZiul




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: