No princípio criou Deus os céus e a Terra


Câmaras de vigilância aprendem com olhos dos insectos
Dezembro 3, 2008, 5:39 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang, Maravilhas do Criador

As câmaras tradicionais utilizam um nível médio de luminosidade de maneira a manipular a claridade de uma imagem. Isso é suficiente quando o background apresenta níveis semelhantes de luminosidade, mas insatisfatório em áreas com diferentes níveis. Este facto constitui um problema sério para as câmaras de vigilância, onde a claridade e nitidez das imagens são fulcrais para posterior identificação dos suspeitos.

Um investigador da Universidade de Adelaide, na Austrália, tem estudado a visão dos insectos com o intuito de melhorar o desempenho da tecnologia das câmaras. “Quando o assunto é ver, até o cérebro de um pequeno insecto ultrapassa qualquer sistema artificial”, disse o doutor Russel Brinkworth. “Como podemos constatar, eles [os insectos] conseguem ver com detalhe tanto na claridade como na escuridão”, completou.

u

O investigador diz ainda que esta habilidade de conseguir ver as imagens com o mesmo nível de nitidez, tanto de dia como de noite, é muito útil porque “mesmo em situações de luminosidade reduzida, como quando uma pessoa se coloca em frente a uma janela, os insectos são capazes de ver, ao mesmo tempo, tanto a cara da pessoa como o cenário por trás dela, coisa que uma câmara tradicional não consegue“.

Numa tentativa de copiar aquilo que observaram nos insectos, a equipa de Russel Brinkworth produziu um novo software que pode ser ligado aos sensores de uma câmara digital.
_____________________________________________________________________

De repente, os insectos tornaram-se nos piores inimigos dos criminosos, dando o seu contributo para um mundo com sistemas de vigilância mais eficientes. E a quem devemos nós estar gratos por tal feito? [ironia on] À teoria da evolução, pois claro. Ela explica como os insectos desenvolveram o seu sistema visual, através do tempo, do erro e do acaso. E graças a este sistema visual desenvolvido através do tempo, erro e acaso, vai ser possível projectar e conceber câmaras de vigilância mais eficientes. Se os cientistas da Universidade de Adelaide não tivessem estudado a evolução dos insectos [Já agora, vejam o post Evolução? Os insectos dizem não!], nunca teriam percebido como funciona a visão dos mesmos. Afinal de contas, “nada em Biologia faz sentido a não ser à luz da Evolução“. [ironia off]

Infelizmente para Teodósio Dobzhansky, este é um dos muitos exemplos que vai contra a sua afirmação.
___________________________________________________________________

Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis” (Romanos 1:20)

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Amazing design!
Até parece que Quem criou isto sabia o que fazia. (Rev 4:11)

Comentar por Mats




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: