No princípio criou Deus os céus e a Terra


Que bom que existem algas e plantas
Fevereiro 15, 2010, 12:58 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang, Humor

A investigação levada a cabo por cientistas do Instituto de Biologia da Universidade Federal Fluminense indica que “microalgas encontradas no litoral brasileiro têm potencial energético para produzir 90 mil quilos de óleo por hectare“.

Para além disso, do ponto de vista ambiental, o biodiesel de microalgas liberta menos dióxido de carbono na atmosfera do que os combustíveis fósseis, além de combater o efeito estufa e o sobreaquecimento.

Em feito parecido, engenheiros químicos americanos transformaram com sucesso óleo de plantas ─ canola, coco e soja ─ em combustível para aeronaves, indistinguível dos combustíveis convencionais, de acordo com testes feitos pelo governo americano.
________________________________________________________________

Que bom tudo isto ter evoluído. Que bom os mecanismos de design dos animais terem evoluído. Apesar de não ser uma entidade pensante, até parece que a Evolução adivinhou que, um dia, um animal que ainda iria evoluir capacidade racional poderia tirar proveito da Natureza. Agradecemos à Evolução por ter feito tudo isto evoluir. E agradecemos a Darwin por ter descoberto a quem deveríamos agradecer.
________________________________________________________________

Porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.” (Romanos 1:21)



As tendências evolucionistas para este Outono/Inverno
Outubro 29, 2009, 11:49 pm
Filed under: Humor

Na moda, as tendências para este Outono/Inverno vão ser as cores fortes, como o preto e o vermelho. As calças querem-se largas e as camisolas em xadrez. Os cabelos pedem-se soltos e alongados. (Já agora, como sou vosso amigo, dou-vos a oportunidade de ganharem 100€ em compras na Westrags, uma loja de moda online. Nota: Só para pessoas que residam em Portugal. Participações acabam hoje, sexta-feira)

E para o Evolucionismo?

Estas são as tendências evolucionistas para este Outono/Inverno:

1) Continuar a dar exemplos de variação entre as espécies, observada em laboratório ou na natureza, para depois mostrar aos criacionistas como os seres vivos evoluem, apesar de os criacionistas não terem nenhum problema com este tipo de “evolução”, uma vez que é apenas recombinação de material genético já existente no ser vivo (1);

2) Continuar a desenterrar meia dúzia de ossos em péssimo estado para anunciar mais um elo perdido, quando nem sequer se é possível dizer se aquele animal que morreu ali gerou descendência (2);

3) Continuar a alterar teorias que até aí se ensinavam nas escolas e universidades como verdades que mostravam que a bíblia está errada (3);

4) Continuar a descobrir alto nível de design no interior dos seres vivos e estruturas com múltiplas partes interdependentes, impossíveis de surgirem por mecanismos faseados e graduais, e dizer que o design se fez a si mesmo atraves de erros genéticos (4);

5) Continuar a detectar tecidos moles e estruturas moleculares frágeis nos fósseis de alguns animais (como ADN, medula óssea, vasos sanguíneos, células, etc), material que não fica preservado durante milhões de anos, e dizer que mesmo assim isso não prova que eles não têm milhões de anos (5);

6) Continuar a descobrir mais evidências de que os seres humanos do passado, comummente chamados de Homo erectus, Homo neandethalensis, etc, tinham inteligência e comportamentos iguais aos do homem moderno, mas continuar a dizer que eles não eram 100% humanos ainda (6);

Estas são as principais tendências evolucionistas para este Outono/Inverno. Ou esqueci-me de alguma coisa?



Se o Evolucionismo fosse uma religião oficial…
Maio 12, 2009, 1:38 am
Filed under: Humor

O Evolucionismo não é uma religião declarada mas, se fosse, esta seria a sua História e a sua Doutrina:

1) Charles Darwin – O tão aclamado Messias

Desde os tempos da Grécia antiga, alguns filósofos já afirmavam que a biodiversidade não tinha sido divinamente criada mas sim evoluído ao longo de muito tempo. No entanto, para infelicidade destes pensadores, ainda não tinha aparecido um homem que usasse da sua imaginação e criatividade para poder dar um cunho “científico” à história evolutiva. Mas eis que, em 1809, o tão esperado Messias da Evolução vem ao mundo e, 50 anos mais tarde, com a publicação d’A Origem das Espécies“, cumpre tudo aquilo que os antigos haviam profetizado.

2) O calendário darwinista

A comunidade evolucionista passaria a adoptar o calendário darwinista, passando a usar os termos “antes de Darwin” (A.D.) e “depois de Darwin” (D.D.). Hoje, estamos no ano 200 D.D.. Vasco da Gama descobriu o caminho marítimo para a Índia 309 anos A.D..

3) Huxley, Haeckel, Mayr e Dawkins – Os darwinelistas

Se Mateus, Marcos, Lucas e João são conhecidos como os evangelistas, Huxley, Haeckel, Mayr e Dawkins são os darwinelistas. As suas obras revelam-nos muito sobre a vida de Darwin, assim como as ideias que ele veio proclamar ao mundo. Apesar de estes serem os darwinelistas canónicos, existem muitos outros chamados de apócrifos, que vieram contar uma história um pouco diferente daquela apresentada pelos darwinelistas oficiais. Os mais conhecidos são Gould e Eldregde, responsáveis por questionar o gradualismo de Darwin, e Lewontin, responsável por revelar o que está por detrás da ciência evolucionista – o naturalismo.

4) O Natal darwinista

Todos os anos, a 12 de Fevereiro, comemorar-se-ia o nascimento do Messias Darwin. O feriado mundial apenas seria ignorado pelos cépticos desta religião.

5) As igrejas darwinistas

Os religiosos darwinistas ajuntar-se-iam nos museus de História natural. Os fósseis reconstruídos fariam o papel das estátuas dos santos e estariam espalhados por todo o museu.

6) A oração do “Darwin Nosso

A oração mais proferida pelos representantes da religião darwinista seria o Darwin Nosso. Reza assim:

Darwin Nosso que estás na cova, louvado seja o teu nome;
Venham a nós os teus fósseis transitórios;
Seja a tua teoria ensinada, tanto na Europa como nos restantes continentes;
Uma nova história da carochinha dá-nos hoje;
Perdoa-nos as nossas dúvidas, mesmo quando não perdoamos a quem de nós duvida;
E não nos deixes cair no criacionismo, mas livrai-nos dele. Amén

7) A Inquisição darwinista

Todas as populações menos aptas seriam perseguidas e mortas, por estarem a atrasar a evolução das populações mais favorecidas. Alguns indivíduos seriam capturados vivos e colocados dentro de jaulas nos jardins zoológicos.

Uma outra forma de combater os profanos da religião darwinista seria terminar com as suas carreiras académicas.

[Espera aí… isto aconteceu e acontece…]
_____________________________________________________________________

Quando o Evolucionismo for uma religião oficial, a coisa não deverá andar muito longe disto.

religiao-darwin



Já dizia o rei Salomão…
Março 14, 2009, 2:09 am
Filed under: Desabafos, Humor

Na Europa há uma competição conhecida por Liga dos Campeões. Um dos jogos dos oitavos-de-final opôs o Porto (meu clube) aos espanhóis do Atlético de Madrid.

Há 18 dias, Paulo Assunção, jogador do clube espanhol, foi peremptório: “O Atlético de Madrid é muito melhor do que o Porto“.

Há 3 dias, o Porto eliminou o Atlético e seguiu em frente na competição.

Já dizia o rei Salomão:

Vês um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança há para o tolo do que para ele.” (Provérbios 29:20)

Pois é Paulinho… parece que precisas de ler mais a bíblia 😀

paulo_assuncao



A voz dos alienados – “Pode haver extraterrestres escondidos na Terra”
Março 11, 2009, 4:14 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang, Humor

Em 2006, a Space.com anunciou as 4 principais razões pelas quais ainda não foi possível encontrar vida fora da Terra, após quase 50 anos de intensa procura. São elas:

1) A nossa tecnologia é muito atrasada comparada com a tecnologia utilizada pelos extraterrestres;

2) Se realmente existissem sociedade tecnologicamente mais desenvolvidas que nós, elas já teriam entrado em contacto connosco. Estamos sozinhos;

3) Os extraterrestres não querem entrar em contacto connosco. Vê só o que estamos a fazer ao nosso planeta;

4) Estamos a procurar nos sítios errados.

Cuidado. Eles andem aí!

Segundo um cientista da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, o planeta Terra pode estar a abrigar várias formas de vida alienígenas, completamente dissociadas dos seres vivos já conhecidos.

Numa apresentação durante a conferência anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS, na sigla em inglês), em Chicago, o físico Paul Davies disse ainda que essas “vidas paralelas” podem estar escondidas em locais inóspitos, como desertos, lagos de sal, fontes hidrotermais e áreas com altas temperaturas e radiação solar.

Davies afirmou ainda que vários desses “seres estranhos” podem estar a viver entre nós, em formas que ainda não são conhecidas. Ele fez um apelo para que a comunidade científica lance uma “missão à Terra” para vasculhar ambientes tidos como hostis em busca de sinais de bioactividade. “Não precisamos viajar a outros planetas para encontrar formas de vida estranhas. Elas podem estar bem aqui debaixo de nossos narizes“, disse.
______________________________________________________________________

Isto pode explicar aqueles barulhos que ouço à noite como se fosse madeira a estalar. Se calhar é um extraterrestre a ir ao meu frigorífico.

et



Seres humanos e esponjas marinhas podem partilhar um ancestral viscoso
Março 2, 2009, 4:45 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang, Humor

Saiu na Nature. De repente, até que o Bob Esponja pode não ser apenas uma figura fictícia.

spongebob_papa1

Adenda às 00h31 de 28 de Outubro de 2009: Já não partilham.



A teoria da evolução dos talheres
Fevereiro 3, 2009, 1:52 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang, Humor

Um dia destes estava a jogar futebol num campo de terra batida e sofri uma falta. Caí ao chão. A queda fez com que alguns fragmentos de garfos ficassem visíveis. De repente, passou-me uma ideia pela cabeça: “E se os talheres evoluíram através de pequenas mudanças e não foram criados por uma entidade superior?”. Sabia que era uma ideia revolucionária, mas decidi dedicar-me a ela.

Após recolher os vários fragmentos, reconstruí o garfo:

garfo41

Nos dias após este episódio, consegui encontrar, também, fragmentos de colheres e facas. As homologias não deixavam margem para dúvidas… facas, garfos e colheres estão todos ligados numa espécie de “árvore da vida”! Vejam a imagem… não há dúvida que as facas deram origens às colheres que, por sua vez, deram origens aos garfos:

garfo3

Para a minha teoria não deixar margem para dúvidas só me faltava encontrar um fóssil transitório entre a colher e o garfo. Demorou, mas o trabalho no terreno deu o seu fruto. Encontrei os elos perdidos:

garfo33garfo30

Podemos ver, também, evolução em acção através dos vários casos de especiação:

garfo1

Todos os garfos menos aptos foram eliminados pela selecção natural e encontram-se actualmente extintos:

garfo6

Um dos problemas do mundo científico é que existem cientistas sem escrúpulos que apenas estão à procura de fama e dinheiro. Um deles enviou-me aquele que seria um fóssil transitório entre colheres e garfos. No entanto, após minuciosa inspecção, descobriu-se que o fóssil tinha sido forjado. A parte de cima pertence a um autêntico garfo e foi colado à parte de baixo de uma colher autêntica:

garfo5

Outra descoberta interessante e que causou muita agitação no meio científico foi o fóssil de um garfo com a inscrição de uma pessoa. Causou furor porque, como toda a gente sabe, os garfos viveram milhões de anos antes do ser humano e, como tal, o fóssil só pode ter sido forjado:

garfo2

Actualmente, existem várias raças de garfos. Como todas elas surgiram ainda está em discussão:

garfo7

RESPOSTA ÀS OBJECÇÕES LEVANTADAS

1) Por que é que não existem fósseis transitórios das facas e das colheres? Por que é que 70% do registo fóssil não mostra sinais de evolução?

R: Na História da evolução dos talheres ocorreram duas grandes explosões. A explosão facal, onde todas as facas surgem de forma abrupta no registo fóssil, e a explosão colheral, caracterizada pela aparência abrupta das colheres no registo fóssil. Não é, de todo, uma evidência contra a teoria da evolução dos talheres.

2) Como ou de onde surgiu a primeira faca, a primeira colher e o primeiro garfo?

R: Ainda não sabemos ao certo como isso aconteceu. Mas se eles estão cá, então é porque isso aconteceu. Sabemos que foi há biliões de anos. Estamos a trabalhar numas quantas teorias, mas ainda não existe uma totalmente aceite. Uma dessas teorias consiste na possibilidade de os talheres terem vindo de outro(s) planeta(s). Afinal de contas, se os talheres evoluíram no nosso planeta, nada impede que tenham evoluído noutros planetas também.

3) Por que é que existem espécies de facas, colheres e garfos datados de milhões de anos que estão hoje connosco e são iguais aos seus antepassados?

R: A teoria da evolução dos talheres não diz que todas as facas, todas as colheres e todos os garfos têm de evoluir. Se estiverem bem adaptados ao ambiente que os rodeia, não há necessidade de evoluir para outro organismo.

4) Se a teoria da evolução dos talheres é um facto, por que é que há pessoas que ainda dizem que eles foram criados por uma entidade inteligente?

R: Porque as pessoas são supersticiosas.

5) Qual a melhor resposta que se pode dar a alguém que critica a teoria da evolução dos talheres?

R: Quem diz isso é porque não percebe nada da teoria da evolução dos talheres.  São estúpidos, burros, ignorantes e também perversos (mas eu preferia não pensar isso). A melhor resposta é mandá-los estudar!
________________________________________________________________________

NOTA: Qualquer semelhança com aspectos da teoria da evolução darwiniana é pura coincidência! : D



Dicas sobre como te tornares um ateu intelectualmente realizado
Janeiro 27, 2009, 2:46 am
Filed under: Humor

Se ainda és um ateu amador, há certos chavões e atitudes que podem fazer toda a diferença na tua vida. Ficam aqui algumas dicas que te podem ajudar a seres um ateu intelectualmente realizado:

1) Sempre que te apresentarem evidências da existência de Deus, diz que é um “argumento homem-palha“, “circularidade de raciocínio” ou “falácia da bifurcação“. Se alguma coisa for transcrita de outro lugar, diz que é “quote-mining“. Se a afirmação for de um evolucionista, diz que “foi tirada do contexto“.

2) Sempre que um cristão disser que “coisas criadas implicam um criador”, rejeita esse argumento de senso comum, dizendo: “Isso é o velho argumento do relógio de William Paley“.

3) Sempre que um cristão te disser que, ao aceitar Cristo, tens tudo a ganhar e nada a perder, diz que isso é a velha “aposta de Pascal“.

4) Sempre que um cristão te disser que existe uma dezena de historiadores antigos que referem o Jesus histórico, diz que “os relatos foram todos adulterados pela Igreja Católica“.

5) Mete na tua cabeça que a Bíblia está cheia de contradições e erros, mesmo sem leres as passagens em questão. Aprende a respeito da Bíblia, não a lê-la, mas a partir de sites ateístas.

6) Diz que, em tempos, já foste um cristão genuíno que ia sempre à igreja e até ensinava lições às crianças e aos adolescentes (uma das coisas que há de bom nisto de ser ateu é que podes mentir à vontade, já que não acreditas em valores morais absolutos). Se um cristão contestar esta tua afirmação, dizendo: “Mas se deixaste de acreditar em Deus é porque nunca foste um cristão de verdade”… diz que isso é a falácia do “Nenhum escocês de verdade“.

7) Decora os ensinamentos dos grandes ateístas da tua década. Aprende aquilo que tipos como Sam Harris, Richard Dawkins e Christopher Hitchens dizem a respeito da religião e vai dizê-lo nos blogues dos cristãos. Ah… uma coisa muito importante: não te dês ao trabalho de fazer distinções entre as religiões. Cristianismo e Islamismo são a mesma coisa, tanto em doutrina como em valores.

8 ) Quando estiveres a debater com um cristão no chat ou num blogue e ele te fizer alguma pergunta, responde-lhe com 2 ou 3 links (Se possível, textos grandes e que não estejam na língua materna do cristão com quem estás a debater). Depois, quando ele te disser que isso é uma boa maneira de fugires ao debate, diz que ele só está é a dar desculpas.

9) Diz que “ninguém pode ter certezas absolutas de nada” e completa dizendo: “Só a ciência nos pode dar certezas absolutas“.

10) Quando estiveres a debater com um cristão, faz com que os teus argumentos sejam acompanhados de insultos (como “burro“, “estúpido“, “ignorante“) e tácticas intimidatórias (como “vou pôr o que tu disseste na comunidade das pérolas cristãs“). Isso dá mais força ao teu argumento e se tiveres a sorte de apanhar um cristão mais inseguro, poderás fazer com que ele pare de debater e ficarás apto para dizer que ganhaste o argumento.

11) Não te esqueças de ter à mão certos clichés como “vai estudar” ou “até uma criança de 5 anos percebe isto“.

12) Culpa o Cristianismo pela Santa Inquisição e pelas Cruzadas. Se algum cristão te responder à letra e disser que regimes ateístas como o Comunismo, em menos de 200 anos, foram responsáveis pela morte de mais pessoas do que todas as guerras religiosas em 2000 anos, diz que um ateu não pode ser culpado por aquilo que outro ateu faz.

13) Diz aos cristãos que os cientistas já mostraram que Deus não foi preciso para o Universo e a Vida aparecerem. Se algum cristão disser que há muitos cientistas que acreditam em Deus, diz que esses “não são verdadeiros cientistas“.

14) Finalmente, mas não menos importante, procura desenvolver boas relações com ateus mais experientes. Procura fazer-te amigo daqueles ateus que já dominam estes princípios. Usa e abusa de conceitos como a moralidade, a lógica e a justiça. Não te esqueças: ser ateu é dizer que Deus não existe e utilizar conceitos que só fazem sentido se Deus existe.

P.S.: Imprime uma cópia deste texto e leva-o sempre como um guia de bolso.

atheist
___________________________________________________________________

Ver também: És capaz de ser um ateu fundamentalista quando…”



Se Darwin fosse o Pai Natal…
Janeiro 16, 2009, 9:27 am
Filed under: Evolução/Big-Bang, Humor

Esta vi na comunidade Génesis, do Orkut, e modifiquei.
______________________________________________________________________

Se Darwin fosse o Pai Natal, o que será que traria no saco para oferecer de presente aos seus meninos e meninas na noite de Natal?

Ho, ho, ho, ho, hoooo….

Em primeiro lugar, haveria bastantes fósseis transitórios… para que a sua garotada não estivesse sempre a falar na mesma meia dúzia, disputáveis mesmo entre os evolucionistas.

Haveria, também, alguns exemplos de mutações que confirmassem, de maneira inequívoca, que a sua acumulação ao longo de biliões de anos seria capaz de criar toda a biodiversidade existente.

Igualmente, haveria uma espécie de diário onde estaria escrito qual a força natural capaz de criar vida a partir de matéria inorgânica.

Da mesma forma, haveria uma espécie de livro mágico ou encantado que narrasse, em linguagem científica, rigorosa e objectiva, os pormenores da origem da vida, detalhando, até mesmo, as acções da poderosíssima Seleção Natural, bem como a majestosa actuação do poderoso Acaso.

Haveria, ainda, muitos e variados cartões com mensagens de conforto e estímulo. Algo do género: “Fique preenchido, mande os criacionistas estudarem”, ou: “Não leia Behe: leia Darwin”.

E, finalmente, haveria muitos flagelos, cílios, sistemas imunológicos, coagulações sanguíneas e outras máquinas moleculares, todas redutivelmente simples, onde fosse possível ver, com o auxílio de um bom microscópio, a evolução lenta e gradual desses sistemas.

All I Want For Christmas Is You, Darwin!

santaclausdawin



O Top10 de 2008
Janeiro 9, 2009, 1:46 pm
Filed under: Humor, Multimédia

Um vídeo que eu fiz para o acampamento de passagem de ano no Centro Bíblico de Esmoriz sobre os melhores momentos de 2008.

Atenção: pode conter gozação. 😀
[Youtube=http://www.youtube.com/watch?v=gtOicGKYk-A]