No princípio criou Deus os céus e a Terra


Os macacos shakespeareanos
Fevereiro 10, 2010, 11:50 pm
Filed under: Estupidez/Fanatismo/Ignorância ateísta, Evolução/Big-Bang

É provável que muitos de vocês já tenham ouvido o “argumento” dos macacos a escreverem uma obra de Shakespeare durante muitos milhões de anos. Se não, a história reza mais ou menos assim: um número muito grande de macacos a dactilografar numa máquina de escrever durante milhões de anos acabariam por escrever um trecho de uma obra de Shakespeare.

Este argumento é avançado para disfarçar a impossibilidade das forças naturais do acaso criarem o design e a biodiversidade existente na Terra. Do tipo: “Eu sei que em pouco tempo isto é impossível, mas se deres milhões de anos…“. Para os naturalistas, uma coisa impossível passa a ser exequível se lhe deres muito tempo para ela acontecer. O tempo é assim uma espécie de manto para debaixo do qual são varridas as impossibilidades naturalistas.

Mas não é que, há alguns anos, alguém decidiu experimentar esta ideia? Quer dizer, parte dela… arranjar milhares de macacos era caro e os autores da experiência não tinham assim tanto tempo de vida para gastar na experiência. Foi colocado um computador numa jaula com 5 macacos no Paignton Zoo, na Inglaterra. Os macacos puderam, então, mostrar toda a sua criatividade e gosto literário.

Depois de um mês, os autores desta experiência bizarra anunciaram os resultados: os macacos não conseguiram formar nenhuma palavra, apenas digitando letras à sorte, sem qualquer nexo. Além disso, os macacos destruíram parcialmente o computador, usando-o como uma sanita.

E se fossem milhões de anos em vez de 1 mês?

Eu sempre gostei das extrapolações evolucionistas, pois são um salto de lógica e fé. Neste caso, um evolucionista poderia dizer: “Ah, mas só foi um mês e não milhões de anos“, o que nos levaria a pensar por que razão ele acha que em milhões de anos a coisa seria diferente. O evolucionista acharia que num mês os macacos largaram pesos pesados e líquidos mal cheirosos em cima do computador mas que em milhões de anos eles já não iriam fazer isso. A manta dos milhões de anos é muito conveniente e serve para esconder as dificuldades da teoria da evolução.

Os saltos de lógica e fé evolucionistas

Hoje em dia, o carácter das extrapolações evolucionistas assemelha-se a esta história dos macacos shakespeareanos. Por exemplo, hoje em dia tudo aquilo que observamos a nível de mutações é que elas são maioritariamente neutras e deletérias e nunca foi registada uma mutação que tivesse aumentado a informação codificada no genoma. Tudo o que xiste é marketing evolucionista e tentativa de confundir a audiência ao dizerem que a mutação X fez com que o organismo Y evoluísse Z, quando o que aconteceu foi eliminação de informação genética (um pouco como se me cortassem as mãos e eu ganhasse resistência a algemas. Eu ganhei resistência a algo porque perdi alguma coisa).

Não obstante, o evolucionista acredita pela fé que debaixo dessa manta dos milhões de anos não visíveis, as mutações acrescentaram milhares de novas informações aos organismos e criaram a biodiversidade.

Considerem, também, por exemplo a especiação. Tudo o que é possível documentar é a variação dentro do mesmo tipo de animal. Os animais mudam, sim. A bíblia diz em Génesis 1 que isso vai acontecer. No entanto, o tipo de mudanças que assistimos não é daquelas que vai transformar um animal terrestre num animal do mar. Não obstante, o evolucionista diz-te: “Só os vemos a variar dentro do seu tipo, mas se lhes deres milhões de anos…”… e mais uma vez o manto dos milhões de anos serve para esconder a fé evolucionista.

A bíblia descreve o que é a fé: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.” (Hebreus 11:1). Ora vejam lá se a descrição não está bem adequada aos evolucionistas…


65 comentários so far
Deixe um comentário

Sabino,
Antes de mais nada, eu gostaria de parabenizar-te por este incrível blog que é, antes de tudo, democrático. E democrático até demais, por você permitir postado comentários ofensivos de certos evolucionistas que não têm um mínimo de civilidade. Você poderia muito bem criar um blog sem comentários, ou com comentários só de quem lhe agradasse. Não! você é democrático. Tua coragem é admirável.
A finalidade deste site não é propor um debate para troca de insultos, mas a uma saudável discussão de pontos de vista opostos. Ninguém aqui deseja o mal a ninguém, muito menos iniciar uma espécie de ‘guerra santa’. Eu só espero que daqui para frente, possamos ler comentários mais educados por parte de alguns ateus que, como diríamos na linguagem dos evolucionistas, parecem viver na ‘idade das cavernas’.

Um sincero abraço a todos.

Comentar por Gil do Brasil,

subescrevo, estendendo para os criacionistas

a falta de rigor e excessos de emoções que tem existido não esclarece nem favorece coisa nenhuma.
Parecem discussões sobre a minha **** é maior do que a tua.

Comentar por Nuno Dias

a origem do teorema surgiu como um desafio matemático tendo existido um desvio para o surgimento do ADN/evolução.

a forma superficial como foi introduzida é incorrecta, siga:
http://en.wikipedia.org/wiki/Weasel_program
para uma abordagem mais correcta.

aleatoriamente é extremamente improvável que a obra surja escrita. Mas a evolução não funciona assim.
Primeiro acertas numa letra e fixas essa letra. Depois acertas noutra letra e fixas essa letra. E outra, e depois outra e mais outra, até teres o cromossoma completo.

Nunca, em nenhum livro sobre evolução encontraste: “Todo o ADN humano surgiu de um só passo”
que é a ideia que fazes passar

não duvido que entendam sobre a Bíblia, mas interpretação científica não é o vosso forte

Comentar por Nuno Dias

Esse pessoal tem raiva de ter sido reprovado na escola, só isso.

Comentar por Clayton Luciano

Ninguém está achando que é assim.
Mesmo assim verifica-se a incoerência.

Comentar por arthgar

Nuno, o DNA é informação codificada, vê lá se parece não ter uma causa inteligente.

Comentar por MVR

não vejo qualquer causa inteligente, apresente as evidências sff

Comentar por Nuno Dias

relativamente ao aumento de informação no genoma, nova falácia.

para uma sequência genética
ACGTCGTAGTA que sofra mutação para
ACGTCGTGGTA

verifica-se (caso seja viável) que terá existido uma alteração de nucleotido tendo-se reflectido no fenótipo
http://pt.wikipedia.org/wiki/Fen%C3%B3tipo

mesmo que ocorra um aumento de informação
ACGTCGTAGTA
é na realidade irrelevante, este novo A pode reflectir-se em nada, não ter qualquer influência na estrutura biológica – ADN-lixo

Comentar por Nuno Dias

Mais uma vez o mito do DNA lixo🙂

Comentar por MVR

isso é o melhor que consegues argumentar?

Comentar por Nuno Dias

Sabino:

“A bíblia diz em Génesis 1 que isso vai acontecer.”

1 – É preciso esperar para ver o que o Alcorão diz.

2 – Foi de qual igreja evangélica estes que esperimentaram colocar um computador numa jaula com macacos?

Comentar por Clayton Luciano

O resultado da experiência após milhões de anos seria: Populações de macacos e computadores destruídos. Não sairia uma página sequer.

Comentar por arthgar

Tem algo sobre isto no livro do ex-ateu Anthony Flew: “Um ateu garante – Deus existe”.

É uma análise da probabilidade de um macaco ficar batendo, aleatóriamente, em um teclado e, em algum momento, produzir um soneto:

“Devo comparar-te a um dia de verão?”. Contei o número de letras. Há [apenas!] 488 letras nesse soneto. Qual é a probabilidade de, digitando a esmo, conseguirmos todas essas letras na exata seqüência em todos os versos? Conseguiremos o número 26 multiplicado por ele mesmo, 488 vezes, ou seja, 26 elevado à 488a potência. Ou, em outras palavras, com base no 10, 10 elevado à 690a potência.

Agora, o número de partículas no universo — não grãos de areia, estou falando de prótons, elétrons e nêutrons — é de 10 à 80a. Dez elevado à octagésima potência é 1 com 80 zeros à direita. Dez elevado à 690a é 1 com 690 zeros à direita. Não há partículas suficientes no universo com que anotarmos as tentativas. Seríamos derrotados por um fator de 10 à 600a. Se tomássemos o universo inteiro e o convertêssemos em chips de computador — esqueçam os macacos —, cada chip pesando um milionésimo de grama e sendo capaz de processar 488 tentativas a, digamos, um milhão de vezes por segundo, produzindo letras ao acaso, o número de tentativas que conseguiríamos seria de 10 à 90a. Mais uma vez, seríamos derrotados por um fator de 10 à 600a. Nunca criaríamos um soneto por acaso. O universo teria de ser maior, na proporção de 10 elevado à 600a potência. No entanto, o mundo acredita que um bando de macacos pode fazer isso todas as vezes.

Comentar por nilo

volta Anthony, não é por dizeres asneiras que te rejeitamos

Comentar por Nuno Dias

🙂

Tens bom humor Nuno.

[..]

Eu estava a pensar sobre qual seria a probabilidade de ocorrer aleatóriamente o primeiro evento; o primeiro passo para a produção da vida.

Mas então me deparei como uma questão importante: não existe nenhum processo cientificamente provado que produza vida.

Ora, se a ciência atual ainda não identificou consistentemente as etapas do hipotético processo de geração de vida primordial, então é besteira calcular isto.

[..]

Não acho que os leitores do blog do Sabino sempre discordam uns dos outros.

Por exemplo, me parece que todos aqui concordam com a seguinte conclusão:

“A vida existe!”

Ou não?! rsrs

Comentar por nilo

“volta Anthony, não é por dizeres asneiras que te rejeitamos”

“E eu não sei? É por dizer a verdade que agora me rejeitam. Quando dizia asneiras aí no teu clube, eu era endeusado.” Ass: Tony Flew

Comentar por Darcy

sem dúvida nilo
esse é o vosso melhor argumento (sem sarcasmos). Ainda ninguém conseguiu produzir uma molécula que se autoduplicasse (VIDA).
E imagino que a probabilidade de aleatoriamente uma surgir seja muitíssimo pequena.
MAS qd conseguirem venho para este blog dizer “Toma!Toma!Toma! LáLáLá”😉

Comentar por Nuno Dias

Nuno,

1) “A vida existe”

2) “Ainda não conhecemos processo natural que a fabrique”.

Se estes dois pontos são realidades científicas, então eu ainda não posso ser chamado de louco/ignorante/fanático/… apenas por propor que o processo que gera vida seja sobrenatural.

É uma aposta válida, viável, percebe?

Comentar por nilo

E aqui também vou dizer algo sem qualquer sacarsmo, o teu melhor argumento é; que eu não posso provar isto cientificamente.

E por que não?

A ciência esta limitada no Universo (natural), não podemos experimentar, repetir e provar algo que esta (ou vem) de fora do Universo (sobrenatural).

Ou seja, uma vez que não encontramos processos naturais, dentro do Universo, que fabriquem vida, podemos propor em alto nível intelectual, que a resposta deve estar fora do Universo (sobrenatural), mas nunca provaremos.

Exceto se, e somente se, o sobrenatural se manifestar dentro do natural, então só Ele poderá dizer:

“Eu sou o Caminho, e A Verdade e A Vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”

Mas para isto este sobrenatural precisaria fazer coisas fantásticas, as quais não poderiam ser feitas com processos naturais (de dentro de Universo).

“E ele [Jesus], despertando, repreendeu o vento, e disse ao mar: Cala-te, aquieta-te. E o vento se aquietou, e houve grande bonança.

E [os discípulos] sentiram um grande temor, e diziam uns aos outros: Mas quem é este, que até o vento e o mar lhe obedecem?”

Comentar por nilo

@nilo
concerteza que podes tomar essa abordagem e até a podes comparar a novos conceitos que a cosmologia introduziu, a matéria escura e a energia escura ambas sem qualquer prova “palpável” (daí os nomes) e que se supõe que existam para explicar alguns fenómenos astronómicos.

Mas será que é a mesma coisa? Não. A crença cristã não se trata de introduzir algumas artimanhas matemáticas (ou se quiserem biológicas para o darwinismo) que se se verificarem falsas são descartadas. Os crentes estão completamente absortos numa figura e nesta figura em particular porque assim lhes foi ensinado, pois se estivesses no oriente seria outra.

E vamos ser justos quanto aos motivos, trata-se de tentar encontrar uma explicação para a vida e solução para a morte. Sendo que não existe uma qualquer evidência que torne a nossa existência diferente da de um qualquer animal.

Esse princípio é o mesmo da magia e isso é uma fantasia.

Comentar por Nuno Dias

Olá Nuno,

“..a matéria escura e a energia escura..”

Não posso chamar estes elementos teóricos de sobrenatural, ambos são alegados existirem dentro do Universo.

Sendo assim podem vir a serem medidos cientificamente, como qualquer coisa no nosso Tempo x Espaço.

Mas se alguém supõem, por exemplo, outro universo, ou múltiplos universos. Então, este sim, faz uso do sobrenatural (fora do Universo – notaste o peso da definição?).

Então dizer que interações fora do Universo produziram o Universo, como alguns físicos dizem, é tão elevado intelectualmente quanto dizer que Deus criou o Universo.

[..]

Sobre o fator “crença”, não acho que faça tanta diferença, estamos todos apostando.

[..]

Sobre o cristinismo, “coisas” que nos são ensinadas e a relação homem x animal, bom…

Nuno, tu sabes o que a Bíblia tem a dizer sobre a fabricação da vida?

Vou te mostrar textos sobre isto, provavelmente tu não gostas quando fazemos assim, mas acredito que ficarás espantado quando leres, talvés te faças ver estas questões de uma maneira totalmente nova:

“E disse Deus: Produza a terra erva verde.. E a terra produziu erva…

E disse Deus: Produzam as águas abundantemente répteis…

Disse também Deus: Produza a terra seres viventes, conforme a sua espécie… e assim foi.”
(Gn 1:11-24,partes)

Vamos traduzir isto:

A vida foi produzida a partir de elementos não vivos (terra, agua,..) por meio de uma ação sobrenatural (a ordem de Deus – fora do Universo).

(Podemos perguntar: será que a vida também pode ser igualmente produzida pelo homem ou por processos aletatórios sem a ordem sobrenatural?

Com toda a honestidade respondo que não sei, embora goste de pensar que não.)

Mas e nós, humanos?

E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.
(Gn 2:7)

O homem, assim como os animais foi feito da não vida (pó da terra), ou seja, biologicamente (ou na “carne” como dizem as escrituras) somos como qualquer animal.

Até os mais sábios e proeminentes homens defecam

Mas há algo diferente aqui, este fôlego que Deus soprou no homem foi diferente: Ele não fez a mesma coisa com os animais.

Então podemos concluir, biblicamente, que a singularidade do homem não esta na carne. Nela, na estrutura biológica, somos como qualquer animal.

Nossa singularidade esta na alma, a alma humana.

É a auto-consciência ímpar humana que nos faz semelhantes ao trino criador:

“Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais..
(Gn 1:26)

[..]

Nuno,

Se entendestes bem o que escreví acima, então talvés perceberá a pérola magnífica que vou transcrever abaixo:

“E, passando Jesus, viu um homem cego de nascença.

… Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego.

… Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo.

… Desde o princípio do mundo nunca se ouviu que alguém abrisse os olhos a um cego de nascença.

Se este não fosse de Deus, nada poderia fazer.”
(João 9)

Comentar por nilo

@nilo
Agradeço a interpretação que fizeste da Bíblia, ajuda-me sempre a compreender a forma como interpretam os seus textos.
O pouco que conheço é Job cuja história reforçou a ideia preconcebida que tinha: Um livro de histórias que pouco difere de, por exemplo, o Bhagavad Gita
http://pt.wikiquote.org/wiki/Bhagavad_Gita

imagino que também neste exista uma qualquer explicação para a vida, ou nas histórias passadas de boca em boca de uma qualquer tribo.

Comentar por Nuno Dias

Eu que te agradeço Nuno.

Depois que postei notei o demasiado tamanho do meu comentário: é um favor alguém ler algo tão extenso e enfadonho assim.

Respeito tua posição sobre o valor dos escritos, tenho motivos razoáveis para valorizar a Bíblia, mas não são universais.

[..]

Mas estou curioso, eu deixei uma última passagem no fim sem interpretá-la (sobre Jesus, o “lodo” e o cego), que extraíste dela?

Comentar por nilo

suponho que segundo a tua interpretação seja algo como o poder divino que tem capacidade, através do sobrenatural, rectificar o que é material

segundo a minha interpretação, mais uma história que pretende atribuir poderes fantásticos a um ser imaginário

Comentar por Nuno Dias

Vixe… “eita nóis”…

Por este trecho já deu prá ver o nível intelectual deste tal de Anthony Flew.

Ou então é mau-caratismo mesmo.

Comentar por Alexssc

“Por este trecho já deu prá ver o nível intelectual deste tal de Anthony Flew.”

lol…E por este trecho e pelo “tal de Anthony Flew” dá pra ver que o Alexssc bem que merecia um debate com o Anthony. Dá pra imaginar.

Comentar por Darcy

Alexssc (e demais amigos aqui do blog),

Disponibilizaram o livro do Anthony Flew aqui:

http://setimodia.wordpress.com/2010/02/13/e-book-um-ateu-garante-deus-existe/

Um Abraço!

Comentar por Darjo

A ideia do argumento era provar que usando algo natural (não criado por humanos) e sem inteligência suficiente para gerar algo tão relativamente complexo como um texto coerente em qualquer linguagem humana o conseguiria fazer através de sucessivas tentativas ao longo de muito tempo. Claro que a ideia de usar macacos não é muito boa, por duas razões:

1. Os macacos não passariam o tempo inteiro a escrever
2. Não se quer provar que os macacos se comportem civilizada mente, apenas que criem texto.

Uma ideia melhor seria criar um programa de computador que fizesse o mesmo: simplesmente gerar caracteres aleatórios. Sem batotas. Em teoria poderia demorar tanto tempo como os macacos mas pelo menos não defecavam nos ficheiros.

Além disso, é como o Nuno Dias disse: a evolução não funciona assim tão aleatoriamente como a visão ingénua que tens.

Comentar por gnomo

É verdade, a teoria da evolução não é uma série de tiros no escuro, existem processos que selecionam os mais aptos (seleção natural). O que a distingue de um algo puramente aleatório.

Comentar por Mosco

Quase esqueci. Sou novo aqui, e gostei muito das discussões. Não é um assunto fácil de se conversar sobre.

Comentar por Mosco

Seja bem-vindo a este espaço. Espero que goste das discussões.

Comentar por Alexssc

Também [e creio que todos aqui] te estendo as boas-vindas.
🙂

Comentar por Fabricio Lovato

“Se estes dois pontos são realidades científicas, então eu ainda não posso ser chamado de louco/ignorante/fanático/… apenas por propor que o processo que gera vida seja sobrenatural.”

Nilo, concordo. Por outro lado, mantidos os dois pontos, fico pensando como deveriam ser classificados os que viessem te acusar de loucura, ignorância ou fanatismo. Seriam loucos, ignorantes, fanáticos ou o quê? Ainda bem que eles não existem.

Comentar por Darcy

Aprender evolução ou relatividade nas selecções do readers digest dá este resultado.

Há uma serie de livros, sem muitas figurinhas eu sei, que ensinam estas coisas.

São muita chatos tem os textos completos e dão bué de sono.

Sempre é mais fácil ler a versão light ou o jornal do incrível.

Um desafio aos CTJ:

Leiam, de cabo a rabo, a origem das espécies.

Depois pesquisem o que se tem feito desde então.

Como é que dizia o Apocalipse do meu homónimo?

Qualquer coisa como:
– Quem tiver inteligência que leia……

Comentar por Joao Melo De Sousa

“Leiam, de cabo a rabo, a origem das espécies”.

Estou lendo esta B.I.B.L.I.A. evolucionista. E logo no começo o TE-Ó-LO-GO fala que a GERAÇÃO ESPONTÂNEA e a SIMPLICIDADE das células já foi muito bem demonstrada.

Quem tiver inteligência, leia. Quem for ingênuo, acredite.

Comentar por Isaias S. OLiveira

Isaías:

Também estou lendo a Bíblia, a Bíblia mesmo. Quanto mais eu me dedico a leitura dela, percebo o quanto voces são ingênuos.

(para ler sobre origem das espécies, tem que ter no mínimo segundo grau, porque se não, acredito que fica difícil de entender)

Comentar por Clayton Luciano

Isaías: (desculpe a duplicação do post sabino),

A propósito, voce disse que Filipenses 1:18 (que diz que se pode mentir sobre Cristo, desde que seja para melhor)

não seria para ser seguido, pois se referia a apenas uma descrição do passado, Mas:

1 – Qual o aprendizado que a passagem Bíblica deve passar então para os seguidores?

2 – Se Filipenses 1:18 não deve ser seguido, por não ser um mandamento direto, por que seguir Romanos 1:27-32 (que ataca homossexuais), sendo que este também não é um mandamento direto e sim uma descrição de algo acontecido, assim como aquele (Filipenses 1:18)?

* Ler a Bíblia pode ser algo até bom, desde que sem fanatismo.

Comentar por Clayton Luciano

Para quem tiver interesse, o capítulo “Abiogênese, uma Teoria em crise”, do livro A História da Vida, do jornalista Michelson Borges, para ver o quanto a Ciência Naturalista está longe de explicar o mais maravilhoso dos mistérios, que é a origem da vida.

http://criacionista.blogspot.com/search?q=abiog%C3%AAnese+teoria+em+crise&submit=Ok

Comentar por Fabricio Lovato

FAST QUIZZ…
..
….Crentes não entendem NADA ou sua fé os segam?
..
.
……Tenho certeza absoluta de que quem fez essa experiencia com macacos escrevendo durante 1 mês foi um religioso estupido! Pois somente essa raça para entender tudo ao pé da letra!

Comentar por ROMANO LIMA AROS

Bem, mas ainda existe gente sem escrúpulos que insiste em propaguear evidências já retrógradas:

https://alogicadosabino.wordpress.com/2008/11/17/a-sobrevivencia-do-mais-falso/

Comentar por Fabricio Lovato

Romano, candidato à Stalin:

– Tenho certeza absoluta…
Somente essa raça estúpida(que são os religiosos)!

Cuidado, ele está à solta. Um pseudo-intelectual pseudo-superior agressivo e revoltado!

Comentar por arthgar

Sousa: “Um desafio aos CTJ:
Leiam, de cabo a rabo, a origem das espécies.”

Eu tenho o “longo argumento” (ou a longa falácia “teológica” de Darwin) no celular telemóvel).

http://pos-darwinista.blogspot.com/2008/09/o-verdadeiro-longo-argumento-de-darwin.html

Nuno: “O pouco que conheço é Job cuja história reforçou a ideia preconcebida que tinha: Um livro de histórias que pouco difere de, por exemplo, o Bhagavad Gita”

Como imagino que o Sousa não vá desafiar o Nuno a ler a Bíblia, desafio-o eu, com um incentivo de terceiro:

“Há mais indícios seguros de autenticidade na Bíblia do que em qualquer história profana.”

Isaac Newton

Comentar por Darcy

Newton foi um grande cientista, um razoável alquimista e um mau teólogo.

Também não se pode ser bom em tudo.
Faleceu em 1727 convencido que poderia criar ouro coma pedra filosofal.

E vistas bem as coisas que alternativa havia, no ocidente, ao relato bíblico ?

Comentar por Joao Melo De Sousa

“Faleceu em 1727 convencido que poderia criar ouro coma pedra filosofal.”

Se de fato isso for verdade (parece que nem a Wikipedia põe a mão no fogo quanto a isso), poderia ser uma hipótese que se mostraria errada mais cedo ou mais tarde. Ainda assim, está longe de igualá-lo ao ridículo dos que propagam as grandes transmutações “evoilusionistas”, nem como hipótese, mas como fato científico, sem nenhuma observação que respalde sua fé.

“Newton foi um grande cientista, um razoável alquimista e um mau teólogo.”

Nem vou entrar no mérito do padrão utilizado para opinar sobre a teologia ou alquimia de Newton. Basta dizer que a afirmação de Newton sobre a Bíblia não tem origem teológica.
A autenticidade da Bíblia e de qualquer outro escrito histórico é uma disputa acadêmica e não religiosa. Numa disputa acadêmica, o que será que Newton teria a dizer sobre a academia do Sousa?

“E vistas bem as coisas que alternativa havia, no ocidente, ao relato bíblico ?”

Havendo ou não, Newton não tinha necessidade de relato alternativo para atestar o que atestou. A Bíblia respondeu e responde por ela. Os outros relatos que respondam por si.

Comentar por Darjo

Darcy:

Eu estou lendo a Bíblia, não estou vendo nada de mais. (absurdo é querer torná-la científica)

Comentar por Clayton Luciano

“Eu estou lendo a Bíblia, não estou vendo nada de mais. (absurdo é querer torná-la científica)”

Será mesmo, Luciano? Eu duvido.
Até Rousseau, viu:
“Eu preciso lhe confessar que a majestade das Escrituras me maravilha; a santidade dos evangelistas fala ao meu coração e tem um notável caráter de verdade, e é, acima de tudo, tão perfeitamente inimitável, que se foi invenção de homens, os inventores foram maiores que os maiores heróis”. Mas há céticos, e céticos.

De qualquer forma, a autenticidade da Bíblia, que não necessita ser um texto científico para ser verdadeira, não é decidida pelo valor que alguém atribua a ela. E descobrir a verdade não implica necessariamente valorizar ou aceitar essa verdade.

A propósito, eu tenho lido esporadicamente o Origens (parece que estou na frente de um grande número de cientistas), e não estou vendo nada de mais. Absurdo é querer torná-lo científico ou cientificamente relevante onde não é.

Comentar por Darjo

Corrigindo: tenho lido esporadicamente o “Origem”…etc

Comentar por Darcy

“Se Filipenses 1:18 não deve ser seguido, por não ser um mandamento direto…”

O contexto(sabes o quê é isto?) nos mostra que Paulo estava preso. Da prisão, Paulo soube que muitas pessoas estavam pregando o evangelho só para mostrar que não precisavam dele. E qual foi a reação do apóstolo? Ficou magoado ou revoltado? Não. Ficou alegre e mostrou que o evangelho não depende de quem está pregando, mas acerca de quem se está pregando: Cristo.
Gostou da lição? Aprendeu?

“por que seguir Romanos 1:27-32 (que ataca homossexuais)…”

Discordar de algum comportamento é atacar? Você é ateu, eu sou cristão. Quem está atacando quem?
Um é torcedor do Real Madrid, o outro é torcedor do Manchester. Qual dêles é o preconceituoso?

“(para ler sobre origem das espécies, tem que ter no mínimo segundo grau, porque se não, acredito que fica difícil de entender)”

E para ler a bíblia tem que ter, no mínimo, olhos que enxerguem, vontade de aprender, e um conhecimento mínimo de exegese e hermenêutica porque se não, acredito que fica difícil de entender.
E por falar em “A origem das espécies”, qual é memo a formação acadêmica de Darwin? Em que tipo de “ciência” ele e formou? Até agora nenhum ateu abriu o bico a respeito.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Isaías:

“Discordar de algum comportamento é atacar?”

É errado ser homossexual ou não e por que? (com fundamentação bíblica e seja objetivo por favor),

Mas para responder, lembre-se da ameaça: “Quem não está comigo está contra mim e quem comigo não ajunta espalha” (Lucas 11:23).

Comentar por Clayton Luciano

Mencionar formacao academica na defesa de um (qualquer) argumento esta muito proximo do que se chama de argumento de autoridade. E indiscutivel que a formacao academica e uma condicao QUASE necessaria para a compreensao de textos tecnicos e mesmo para a elaboracao de teses e teorias. No entanto, isto nao invalida a teoria da EVOLUCAO (nada a ver com origem da vida, apenas recordando…). Pense bem. Ha mais de um seculo a teoria da evolucao vem sendo contestada principalmente por cientistas, e tem sido espetacularmente sustentada por inumeras (inumeras, creia-me – crer deveria ser tao dificil para voce) evidencias. Nao se engane. Nao acredite em quem afirma o contrario. Eu gostaria muito mesmo de ver este mesmo tipo de atitude nos crentes. Algo do tipo “gente, sera que foi assim mesmo?”. Sabe porque nao veremos coisas assim? Me responda voce, Isaias. Diga aqui porque os dogmas religiosos (por favor, me perdoe a redundancia…).

Comentar por Paulo Cezar Barroso de Medeiros

Paulo César, estou colocando a questão da formação de Darwin porque os ateus tem o costume de questionar a formação dos outros, principalmente dos critãos, quando se discute sobre evolucionismo. Teve um, inclusive, que por não gostar do que o Sabino escreve, ficou questionando a formação acadêmica dêle: O Sabino, então ironicamente repondeu: Pokemón, Dragon Bol…
No entanto, os mesmos ateus que vivem questionando a formação acadêmica dos outros, mal sabem da formação (ou da falta dela) de Darwin.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Mais um detalhe. Julgar alguem por sua preferencia sexual e algo que nem deveria merecer comentarios. O que e pior? Ser um homosexual ou ser um mau carater?

Comentar por Paulo Cezar Barroso de Medeiros

Só para esclarecer: Darjo e Darcy são um só. Nem sempre percebo quando o WordPress alterna automaticamente entre um nome e o outro. Abraços!

Comentar por Darcy

Nao se precisa entrar no merito das evidencias abundantes a favor das explicacoes racionais sobre o mundo. Apenas me digam o seguinte…
Aonde esta a moral da estoria em alguem ser crucificado (ou punido, como queiram) pelo crime de outra pessoa? A outra pessoa deixa de ser culpada? Ou pior, e moralmente correto deixarmos alguem ser punido pelos nossos erros? E pior, como pode antes mesmo de nascermos sermos culpados de algo? Por favor, respondam a estas perguntas COM isencao. Honestamente. Refutem a ideia de que estamos falando de lendas criadas por ignorantes para exercer controle sobre ignorantes. E mesmo naquela epoca (muuuuito antes da inquisicao) ja haviam pessoas contestando estes absurdos. Fica o desafio. Aonde esta a moral ds estoria?

Comentar por Paulo Cezar Barroso de Medeiros

Darjo:

“Será mesmo, Luciano? Eu duvido.
Até Rousseau, viu:”

Rousseau é Rousseau, eu sou eu.

Nem tudo que eu sei, Rousseau soube. Ex: Apesar das minhas limitações, eu sei mais sobre a teoria do Big Bang, ou sobre computadores, do que ele soube. (viu?)

“Eu preciso lhe confessar que a majestade das Escrituras me maravilha; a santidade dos evangelistas fala ao meu coração e tem um notável caráter de verdade, e é, acima de tudo, tão perfeitamente inimitável, que se foi invenção de homens, os inventores foram maiores que os maiores heróis”.

Ser religioso qualquer um pode ser, e quando se é, vê coisas que só a pessoa pode ver. EX: Se o religioso ganha um aumento de salário, foi Deus quem deu para ele,

Mas ateus também ganham aumento de salário. (o que muda é a interpretação dos fatos).

“De qualquer forma, a autenticidade da Bíblia, que não necessita ser um texto científico para ser verdadeira”

Ela é verdadeira? cadê seus argumentos?

Isto é devido a termos preconcebidos e funciona assim:

Ciência: fatos – raciocínio – conclusão.

religião: Termos preconcebidos – raciocinar sempre sem que viole estes termos – conclusão sempre de acordo com tais termos.

Conclusão: Se voce tivesse nascido mulçumano, estaria doente pelo Alcorão.

“A propósito, eu tenho lido esporadicamente o Origens (parece que estou na frente de um grande número de cientistas), e não estou vendo nada de mais. Absurdo é querer torná-lo científico ou cientificamente relevante onde não é.”

Desculpa de aluno que tira zero nas provas.

Comentar por Clayton Luciano

“Rousseau é Rousseau, eu sou eu.”

Já tinha dito lá: há céticos, e céticos.

“Nem tudo que eu sei, Rousseau soube. Ex: Apesar das minhas limitações, eu sei mais sobre a teoria do Big Bang, ou sobre computadores, do que ele soube. (viu?)”

Além da falta/falha de argumentação, o que era pra ser visto?

“Ser religioso qualquer um pode ser, e quando se é, vê coisas que só a pessoa pode ver.”

Tua definição, tua fé. “Evoilusionismo” é prática, mas também não se pode esquecer a doutrina.

“EX: Se o religioso ganha um aumento de salário, foi Deus quem deu para ele,
Mas ateus também ganham aumento de salário. (o que muda é a interpretação dos fatos).”

E…? A Bíblia afirma que religiosos em princípio 1) acreditavam na ressurreição, 2) não acreditavam na ressurreição. O que alguém crê é irrelevante para o fato da ressurreição. Ateus e cristãos devem igualmente sua existência a Deus, independentemente da interpretação que façam do mundo.

“Ela é verdadeira? cadê seus argumentos?”

“Santifica-os na verdade. A tua palavra é a verdade.” Deus diz que ela é, e eu vejo que ela é. Para ver isso, o caminho racional é tomá-la pela sua própria mensagem, pelo que ela é, um registro histórico, incluídas as profecias e os textos poéticos, (pessoas e lugares reais não tidos como mitológicos, fatos constrangedores não omitidos, dados, geografia e detalhes que indicam autenticidade etc) entrelaçado na revelação/instrução/informação divina sobre o plano de salvação do ser humano, ou, se preferir, o inverso: a revelação entrelaçada no registro histórico etc.
Irracional é tomá-la pelo que ela não é (criar “castelinhos no ar” e “argumentação a partir de não-evidência” do Luciano ou de “ateuólogos” de plantão).

O “Há mais indícios seguros de autenticidade na Bíblia do que em qualquer história profana” de Newton é conclusão de várias razões ou argumentos que tratam só de um aspecto, entre muitos outros que ajudam a ver que a Bíblia é verdadeira.

“funciona assim:
Ciência: fatos – raciocínio – conclusão.”

Ciência: fatos (Ressurreição)– raciocínio (o fato confirma mais uma profecia)– conclusão (Jesus Cristo é o Filho de Deus, com todas as implicações).

“religião: Termos preconcebidos – raciocinar sempre sem que viole estes termos – conclusão sempre de acordo com tais termos.”

religião: Termos preconcebidos (“tudo, menos Deus”) – raciocinar sempre sem que viole estes termos (“tudo, menos Deus”) – conclusão sempre de acordo com tais termos. (“tudo, menos Deus”).

Vou gravar mais essa “pérola” na galeria das divisões mais “me- engana-que-eu-gosto” que alguém já tentou “vender”.

“Conclusão: Se voce tivesse nascido mulçumano, estaria doente pelo Alcorão.”

É uma inferência tão inteligente quanto:Existem biscoitos feitos de água e sal. O mar é feito de água e sal. Logo, o mar é um biscoitão.

“Desculpa de aluno que tira zero nas provas.”

Comentário (o teu) de quem não tem argumento. É um absurdo torná-lo científico ou cientificamente relevante onde não é. Como já dito: “A teoria de Darwin é volumosa, quase completamente inútil, e objeto de veneração supersticiosa.” David Berlinski

Forçado a cursar a “academia” do “ciência-fora”, “peça evidência, receba insulto”,até Newton se sentiria aliviado ao conseguir o seu “zero”.
Sair sem rendimento da tua “academia do Tio Darwin&Dawkins” é obrigação do bom estudante: vale como atestado de boa saúde mental e inteligência.

Comentar por Darcy

Darcy:

“E…? A Bíblia afirma que religiosos em princípio 1) acreditavam na ressurreição, 2) não acreditavam na ressurreição. O que alguém crê é irrelevante para o fato da ressurreição. Ateus e cristãos devem igualmente sua existência a Deus, independentemente da interpretação que façam do mundo.”

Voce deve a Deus e muitos devem aos Ets.

“Santifica-os na verdade. A tua palavra é a verdade.” Deus diz que ela é, e eu vejo que ela é. Para ver isso, o caminho racional é tomá-la pela sua própria mensagem, pelo que ela é, um registro histórico, incluídas as profecias e os textos poéticos,”

A Bíblia é um conjunto de MERA ALEGAÇÕES criacionistas reunidas em um documento, é aquilo que falei, não entrei no mérito de questionar se os fato foram verdadeiros e sim a interpretação dos fatos:

Aumento de salário (fato) foi Deus quem deu (interpretação dos fatos)

“(pessoas e lugares reais não tidos como mitológicos, fatos constrangedores não omitidos, dados, geografia e detalhes que indicam autenticidade etc) entrelaçado na revelação/instrução/informação divina sobre o plano de salvação do ser humano, ou, se preferir, o inverso: a revelação entrelaçada no registro histórico etc.”

A mesma resposta anterior: Se alguem na Bíblia fez uma guerra (fato) se foi a mando de Deus (interpretação do fato)

“Irracional é tomá-la pelo que ela não é (criar “castelinhos no ar” e “argumentação a partir de não-evidência” do Luciano ou de “ateuólogos” de plantão).”

Leia sobre o islamismo, lá tem profecias cumpridas:

http://www.islamismo.org/profecias.htm

“O “Há mais indícios seguros de autenticidade na Bíblia do que em qualquer história profana” de Newton é conclusão de várias razões ou argumentos que tratam só de um aspecto, entre muitos outros que ajudam a ver que a Bíblia é verdadeira.”

Ainda não entrei no mérito dos fatos, mas sim da interpretação dos fatos.

“Ciência: fatos (Ressurreição)– raciocínio (o fato confirma mais uma profecia)– conclusão (Jesus Cristo é o Filho de Deus, com todas as implicações).”

1 – Ressurreição não prova coisa nenhuma, Lúcifer poderia ter tramado tudo desde as profecias, pois quis colocar um messias em cada região para desunir os homens e Deus criou os ateus como tática de combate à estratégia de Lúcifer.

2 – Quando entro numa igreja evangélica, percebo que a forma que Jesus ressuscitou é a mesma de quando ele conversa com seus seguidores que gritam e conversam com ele ao mesmo tempo em todas as igrejas.

“Vou gravar mais essa “pérola” na galeria das divisões mais “me- engana-que-eu-gosto” que alguém já tentou “vender”.

Voce fala demais e faz de menos.

“É uma inferência tão inteligente quanto:Existem biscoitos feitos de água e sal. O mar é feito de água e sal. Logo, o mar é um biscoitão.”

Falso, não entende de raciocínio:

1 – O raciocínio correto deveria ser assim:

TUDO (afimativa universal) que é feito de água e sal é um biscoito, se o mar é feito de água e sal,

logo o mar é um biscoitão.

2 – Outra forma de explicar seu raciocínio errado, aproveita lê aí e tentar perceber as barreiras que um conhecimento tem que passar para ser teoria:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Falseabilidade

“Comentário (o teu) de quem não tem argumento. É um absurdo torná-lo científico ou cientificamente relevante onde não é. Como já dito: “A teoria de Darwin é volumosa, quase completamente inútil, e objeto de veneração supersticiosa.” David Berlinski”

A teoria da evolução te status de TEORIA doa a quem doer.

“Forçado a cursar a “academia” do “ciência-fora”, “peça evidência, receba insulto”,até Newton se sentiria aliviado ao conseguir o seu “zero”.
Sair sem rendimento da tua “academia do Tio Darwin&Dawkins” é obrigação do bom estudante: vale como atestado de boa saúde mental e inteligência.”

Newton merece toda admiração pela pessoa que ELE FOI, é relativo, se trazer ele de volta aqui, com os conhecimentos que ele tinha na época, hoje ele apanha de um estudante assíduo de ensino médio.

Comentar por Clayton Luciano

Aqui há três questões distintas:

A questão de ter ou não fé em entidades iteleigentes não humanas que interferem no nosso universo.

A interpretação do como são, o que fazem e qual o comportamento que devemos ter ou não ter para agradar a essas entidades

E finalmente a questão de saber como aparecem uma variedade tão grande de seres vivos.

Em relação à primeira parece-me que é uma questão do foro intimo e pessoal. Há quem creia e quem não creia.
Pessoalmente parece-me que não há provas que haja mais seres conhecidos com capacidades cognitivas parecidas com as nossas. Há a excepção dos hominidios já extintos mas dos quais sabemos pouco. Aguardemos por novas pevidências.

A interpretação do como são, o que fazem, o que querem de nós parece-me permatura enquanto não tivermos evidências da sua existência. Se pode ser intelectualmente estimulante imaginar como será uma civilização extra-terrestre, quais os seus comportamentos e hábitos esta especulação carece da permissa fundamental que é a existência dessa mesma civilização. O mesmo se passa com todos os seres pensantes não humanos.

No que respeita às origens ainda estamos muito longe de saber como foi. Quanto à variedade das espécies há tres hipoteses de explicação:
O Lamarkismo, a teoria das criações sucessivas e destruições sucessivas e a evoluçao.

A que mais se tem mostrado de acordo com as evidências tem sido o modelo originalmente proposto por Darwin (e sejemos justos por Wallace também).

Comentar por Joao Melo de Sousa

“É errado ser homossexual ou não e por que? (com fundamentação bíblica e seja objetivo por favor)”,

É errado discordar? Por quê sim? Por quê não? Perguntas eu também sei fazer.
Mas, se queres uma passagem bíblica, eu tenho:

E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. Rom.1:27

Mas podes dar uma olhadinha aqui também:
http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&ct=res&cd=13&ved=0CCwQFjAM&url=http%3A%2F%2Fjuliosevero.blogspot.com%2F2007%2F08%2Fluiz-mott-pedofilia-j.html&rct=j&q=luiz+mott&ei=Rp94S6r9BI6LuAfG09jCCQ&usg=AFQjCNHZ4UNEeKoIkAEzD1Kq-_jTODuP1g

Mas para responder, lembre-se da ameaça: “Quem não está comigo está contra mim e quem comigo não ajunta espalha” (Lucas 11:23).

Por quê esta declaração é uma ameaça?
No meu ponto de vista, Jesus está apenas dizendo: Ou voce me segue, ou não me segue. Decida-se.
Mas se voce se acha mais capacitado do que eu para falar sobre bíblia, então fique à vontade (lá vamos nós de novo!).

Mas o quê os macacos Shakespereanos tem a ver com tudo isto?

“religião: Termos preconcebidos – raciocinar sempre sem que viole estes termos – conclusão sempre de acordo com tais termos”.

É assim que também funciona o evolucionismo, religião travestida de ciência.

Comentar por Isaias S. Oliveira

De novo, a sexualidade das pessoas nao tem absolutamente nada a ver com o seu carater. mas acho que o objetivo deste site nao e exatamente entrar neste tipo de discussao. Mas podemos, claro. E com relacao a “religiosidade” da evolucao, me surpreende seu comentario um tanto o quanto jocoso. De acordo com suas palavras, a evolucao TAMBEM e religiao, o que implica (de novo de acordo com suas palavras) em nao ser uma coisa boa. Senao vejamos… “É assim que também funciona o evolucionismo, religião travestida de ciência.”. Nao. O evolucionismo nao funciona assim. A ciencia nao funciona assim. Apresente UM trabalho cientifico que apoie QUALQUER coisa ligada a “espetacular” teoria da criacao, e eu digo a voce que estamos conversados. Mas estamos fugindo do assunto. Aonde esta a moral da estoria?

Comentar por Paulo Cezar Barroso de Medeiros

http://www.answersingenesis.org/docs/4005.asp

Comentar por MVR

Isaias,
Nao entendi nada. O que exatamente o que esta neste site que voce menciona tem a ver com homosexualidade? O que vemos sao descricoes de crimes sexuais, o que e completamente diferente de homosexualidade. O que vemos aqui e o resultado da repressao que a igreja catolica exerce sobre seus membros. As noticias sobre padres pedofilos estao em toda a parte, e o mesmo se aplica a pastores evangelicos, pais de santo, adoradores de deuses obscuros e etc… Qual e o seu ponto? Insinuar que a discordancia das suas conviccoes pessoais pode levar a algum tipo de comportamento sexual condenavel ou mesmo classificado com um crime, como o e a pedofilia? Definitivamente, isto nao e uma conversa seria. Suas opinioes atestam ao vivo e a cores a razao pela qual religioes sao perfeitamente dispensaveis. Alem da negar toda a ciencia moderna voce me apresenta um argumento mediocre como este. Mais uma vez. Diga aqui aonde esta a moral da estoria.

Comentar por Paulo Cezar Barroso de Medeiros

Isaías:

“E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. Rom.1:27”

E mulher com mulher, homossexualidade feminina pode?

Comentar por Clayton Luciano

“E mulher com mulher, homossexualidade feminina pode”?

“…Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro”. Rom.1:25-26.
Está respondido?

Paulo César, se voce ainda não percebeu, quem entrou na questão homossexualismo foi o Clayton , não eu.
Eu quero ter todo o direito de criticar o homossexualismo, assim como voce e o Clayton tem o direito de criticar o cristianismo. Isto e chama democracia. Se não consegue conviver com isto, vá para a Coréia do Norte e fique lá.

Comentar por Isaias S. Oliveira

Eu não li tudo acima só apenas observei o titulo pudi notar uma certa bobagem na ignorância ateísta que afirmam que somos apenas o fruto de evolução.

Deus e criador de tudo ele e superior a tudo acredite ou não.

O macaco e um animal que tem um pequeno códex parecido com o nosso cérebro mais não passa do nada porque não consegue evoluir.

Que animal do planeta terra pode se comparar a inteligencia do homem por isso somos únicos porque somos super dotados o homem e capaz de se olhar no espelho e reconhecer a si mesmo.

O macaco ou qualquer outro animal não tem essa capacidade o homem e superior a todas as criaturas e maquinas.

Somos únicos o nosso cérebro estimula cerca 50 milhões de neuronismos que interagem entre si e dar os comandos e as ordens ao nosso corpo que computador ou maquina com a ultima tecnologia a capaz de interagir como o homem neste sentido somos únicos porque somos capazes de criar projetar carros, maquinas, aviões nenhum animal pode ter o conhecimento do futuro fazer previsões para vida nos temos essa capacidade nenhum animal pode reconhecer o futuro fazer previsões para vida só nós seres humanos porque alguém criou nos assim não foi a natureza mais foi aquém com uma capacidade de inteligencia muito maior do que a nossa.
Eu não li tudo acima só apenas observei o titulo podi notar uma certa bobagem na ignorância ateísta que afirmam que somos apenas o fruto de evolução.

Deus e criador de tudo ele e superior a tudo acredite ou não.

O macaco e um animal que tem um pequeno códex parecido com o nosso cérebro mais não passa do nada porque não consegue evoluir.

Que animal do planeta terra pode se comparar a inteligencia do homem por isso somos únicos porque somos super dotados o homem e capaz de se olhar no espelho e se reconhecer a si mesmo.

O macaco ou nenhum outro animal não tem essa capacidade mental o homem e superior a todas as criaturas e maquinas.

Somos únicos o nosso cérebro estimula cerca 50 milhões de neuronismos que interagem entre si e dar os comandos e as ordens ao nosso corpo que computador ou maquina com a ultima tecnologia e capaz de interagir como o homem neste sentido somos únicos porque somos capazes de criar projetar carros, maquinas, aviões nenhum animal pode ter o conhecimento do futuro para fazer previsões para vida nos temos essa capacidade podemos reconhecer o futuro fazer previsões para vida só nós seres humanos porque alguém criou nos assim não foi a natureza mais foi aquém com uma capacidade de inteligencia muito maior do que a nossa.

Comentar por servosdejah




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: