No princípio criou Deus os céus e a Terra


Se tu fosses só genes…
Novembro 28, 2009, 5:03 pm
Filed under: Estupidez/Fanatismo/Ignorância ateísta, Evolução/Big-Bang

Ser ateu evolucionista é a maior inconsistência à face da Terra. Um ateu evolucionista não consegue viver de acordo com as suas crenças. Por exemplo, como é que um evolucionista, que abraça o materialismo, explica a existência de leis imateriais universais de lógica e da razão?

Por que é que um evolucionista, que acredita que a moralidade é relativa à sociedade ou ao indivíduo, faz julgamentos morais relativamente aos comportamentos dos outros, como se existisse um padrão absoluto de moral através do qual nós sabemos que algo é sempre certo ou errado?

Ainda bem que Deus existe. Imagina como seria um mundo sem um Deus racional por detrás dele. Imagina se tu fosses só genes, como os evolucionistas propõem:

1) Tens uma necessidade compulsiva de encher a tua casa com lixo? Culpa os teus genes. (ABC)

2) És mau condutor? Culpa os teus genes. (Reuters)

Olha o perigo de se colocar este pensamento em acção:

Em 2007, Abdelmalek Bayour admitiu ter esfaqueado um homem até à morte e recebeu uma sentença de pena de prisão por 9 anos e 2 meses. Há poucas semanas, um juíz italiano reduziu em um ano a pena deste homicida depois de descobrir que ele tem variantes de gene ligados à agressividade. (NewScientist)

Que absurdo. Imagina só como seria se o mundo funcionasse segundo os pensamentos evolucionistas:
______________________________________________________________________

– Abusou de uma criança?
– Sim!
– Está preso!
– Não me culpe a mim senhor guarda. A culpa é dos meus genes!

– Matou esta mulher?
– Sim!
– Está preso!
– Não me culpe a mim senhor guarda. A culpa é dos meus genes!

______________________________________________________________________

Um mundo evolucionista não tem ponta por onde se lhe pegue.

Certamente achas que a escravatura deve ser proibida. Mas, professando uma crença evolucionista, por que é que achas isso? São só animais mais fortes a dominarem animais mais fracos.

Certamente achas que o trabalho infantil deve ser proibido. Mas, professando uma crença evolucionista, por que é que achas isso? São só animais mais fortes a dominarem animais mais fracos

Por que é que lamentas as milhares de crianças que não têm um prato de comida para se alimentarem? Selecção natural, caro amigo. Os menos aptos a lutar pelos recursos morrem. Foi através deste processo que um ser unicelular acabou por dar origem a ti, um ser humano.

Etc, etc, etc.

Não te esqueças que segundo o evolucionismo não há seres vivos mais especiais que outros. O mais adaptado é que segue em frente. Tu só estás aqui para combater pelos recursos, reproduzires-te e passares os teus genes à tua descendência.

Claro que tu, no teu íntimo, sabes que não és um animal. És diferente. Tens liberdade, tens razão, tens consciência. Tu, que és ateu, pedes emprestado os valores do Cristianismo (dignidade do ser humano, importância da vida, etc) para depois argumentares contra o mesmo. Posição no mínimo ridícula, não achas? Se és evolucionista, por que é que não consegues viver consistentemente segundo a tua visão do mundo?

Lança um desafio a ti próprio… tenta viver uma semana de acordo com a tua crença evolucionista. Rapidamente te aperceberias que um mundo evolucionista não tem ponta por onde se lhe pegue.


46 comentários so far
Deixe um comentário

Vai ser uma enxurrada de ´´ceticos“ discursando sobre moralidade, que não precisam de Deus p ser boas pessoas, que tistas não são flor que se cheire, etc…
Preparas a paciencia, vais ter que repetir, de novo, oque ja falates quando o tema era tocado.

Comentar por Adim

Já temos desculpa darwinista para o estupro, a infidelidade conjugal, o uso de drogas e álcool, suicídio, anorexia, a “mãozinha” do Henry e do Maradona, etc.

Esse pessoal gosta de ser marionete dos genes-egoístas e ao mesmo tempo se acham “livres-pensadores”.

Ateu não tem base para moralidade: a cosmovisão deles é ridiculamente reduzida, incompleta.

Aplausos para Peter Singer!
Niilismo é uma boa opção também…

Comentar por Vanessa Meira

“Ateu não tem base para moralidade: a cosmovisão deles é ridiculamente reduzida, incompleta”.

Pensei que fosses mais tolerante e discutisses argumentos com factos ou vice-versa. Perdeste mais um ponto na minha pequeníssima lista de criacioniostas com um cérebro minimamente funcional.

Comentar por Hermógenes

Basta mostrares a base objetiva para a moralidade ateísta.

Explique-nos teus conceitos de bem x mal, certo x errado dentro da visão do “aleatorio”, “sem propósito”, “não-dirigido”, etc.

Comentar por Vanessa Meira

Bem/mal e certo/errado são convenções meramente humanas. O mal só não é maior porque o crime é punido severamente. Tu só sabes o que é certo/errado porque vives em uma sociedade que estabeleceu padrões de certo e errado.

A história está repleta de relatos sobre bebês criados por animais. Na maioria destes casos as crianças continuam a agir como animais mesmo quando reintegrados à sociedade. O psicólogo Winthrop Kellogg levou uma chimpanzé de sete meses para sua casa. A macaca, chamada Gua, foi criada por ele e por sua esposa como se fosse humana e tratada exatamente da mesma forma que tratavam Donald, o filho de 10 meses do casal. Nove meses após o início da experiência Donald não tinha desenvolvido habilidades de comunicação não. Até que um dia o garoto demonstrou fome emitindo um “latido” semelhante ao que Gua usava para pedir comida a experiência teve que parar. Isto demonstra que quando nascemos somos uma folha em branco e o ambiente tem uma influência terrível na construção da personalidade e carácter.

Comentar por Hermógenes

reparem que o ser humano é a única espécie que mata por prazer. a seleção natural, leva cada ser a se alimentar de outro, seja planta ou animal. um leão, ao devorar um novilho, respeita o resto da manada e os outros animais não temem a presença do leão, pois sabem que ele está perfeitamente saciado e não vai atacar inutilmente.

Comentar por Hermógenes

“Bem/mal e certo/errado são convenções meramente humanas.”

Muito bem. Vejo que entendeste perfeitamente o problema.

Por isso não tens o direito de reclamar da minha suposta intolerância: é apenas a tua opinião, baseada numa convenção. Objetivamente, não há nada de intrinsecamente errado com a intolerância para ti. Isso é resolvido com um simples “não concordo com essa convenção” de minha parte.

Assim, a intolerância pode ser uma virtude louvável e desejável, dependendo da convenção.

Se um grupo considerável de necrófilos, genocidas, zoófilos e pedófilos resolver se rebelar contra essa convenção e promover outra “convenção”, Hermogenes teria que respeitá-los e defendê-los.

Mas provavelmente ele não fará isso, pois o ateísmo evolucionista é uma cosmovisão que exige a incoerência para ser vivida.

Comentar por Vanessa Meira

Sabino,
Um bom ateu-beato usaria a mesma retórica de Dawkins no “Gene Egoista” para te refutar:

Ele passa `trocentas` páginas tocando o terror, fazendo um retrato ridiculamente absurdo da natureza humana.

No final, tal como um evangelista, ele faz um apelo ao coração do leitor, para q se rebele contra a natureza, se libertando da ditadura genetica.

A conclusão lógica é “a vida é um absurdo sem sentido a não ser sobreviver”.

Então ele nega tudo isso e apela: “vamos fingir q não é assim, inventar propósitos, viver de modo contraditório, sejamos incoerentes a fim de sermos felizes!”

A única maneira de viver o ateísmo é não o levando às suas conclusões lógicas.
É se rebelando contra ele em algum ponto.

Comentar por Vanessa Meira

qual o sentido da vida? viver e morrer por Deus, ir ao paraiso viver eternamente a servir Deus? Nao obrigado, serei feliz na terra e arderei eternamente no silencio frio do inferno que nao existe.

Comentar por Hermógenes

Quem disse que não somos felizes?
A visão dos teistas que vc tem esta totalmente errada.

Como cristão digo com toda convicção, NOS e que temos a verdadeira felicidade.
Jesus cristo.

Comentar por Adim

Feliz ou infeliz, tanto faz.
Eu falava de lógica e coerência.

Comentar por Vanessa Meira

Que post mais ridículo. Então porque é que NÃO SOMOS todos iguais em comportamento, anatomia, fisiologia, carácter, e.t.c? Porque é que os PADRES PEDÓFILOS VIOLADORES DE MENORES não são controlados por DEUS mas sim por factores genético-patológicos e ambientais/traumas de infância? Porque gêmeos que crescem em ambientes completamente diferentes tem o mesmo carácter/comportamento? Porque é que uma leoa “adopta” um antílope bebé em plena selva por 15 dias, sem ter o que comer e preferindo tomar conta do pequeno antílope E NÃO COME-LO? (esta eu respondo pra ti: pseudo-prenhês resultante de fenómenos hormonais/químicos). Porque é que todo comportamento e psico-patologia animal/humana está relacionado com mais ou menos libertação de hormonas ou mediadores químicos e mutacao genetica? Porque é que todos os teus órgãos respondem mais ou menos a libertação/estímulo de mediadores químicos do que a QUALQUER ORAÇÃO? Porque é que as patologias psicológicas estão relacionadas a factores GENÉTICOS e não a DISTRAÇÃO de qualquer DEUS? Esse mesmo DEUS ENSINOU os parasitas, prions, bactérias, e virus a RACIOCINAR e matar de modo tão cruel, só pra provar o seu poder e controle sobre todo o ser vivo.

Porque será que já se provou CIENTIFICAMENTE a existência de um gene ligado a fé em dues? Se não concordas PROVA CIENTIFICAMENTE o oposto.

Para diminuires a tua ignorância: Não são só genes, o ambiente também molda o individuo! Os religiosos são um exemplo,são doutrinados desde o nascimento. Ou o DIVINO CONTROLA TUDO ou NÃO CONTROLA NADA.

Chega de palavras apenas, palavras pequenas.

Comédia

Comentar por Hermógenes

“Somos teistas geneticamente ou por sermos doutrinados desde a infância?
(Decida-se)
Ou o gene controla tudo ou não controla nada.”

Boa argumentação a tua, não?

Comentar por Vanessa Meira

Olá Hermógenes!

Acho que essa ditadura dos genes apregoada por você tem pontos pacíficos de controvérsias.Quanto ao comportamento dos gêmeos serem iguais,isto deve-se a uma pesquisa feita em Minnesota em 1979 por um psicólogo chamado Thomas Bouchard,que concluíu que eles tinham comportamentos iguais,mas outra psicóloga Susan Farben também examinou 121 casos de gêmeos com comportamentos semelhantes e denotou que só três pares de gêmeos não tiveran contato anterior.

O geneticista Jan Dumanski publicou no American Journal Of Human Genetics em março de 2008,que gêmeos idênticos ou monozigóticos não são exatamente iguais.Gêmeos monozigóticos tem DNA diferentes.A Epigenética nos diz que a informação contida no DNA,a qual é transmitida na divisão celular,mas que não constitui parte da sequência do DNA.

Os mecanismos epigenéticos envolvem modificações quimicas do próprio DNA,ou modificações das proteínas associadas a ele.Há mudança súbita na maneira que a informação é processada,fazendo que alguns genes sejam silenciados e outros ativados.

O comportamento influencia na ativação ou silenciamento de genes,e por isso a tantas diferenças em gêmeos,em que um tem diabetes e outro não.É um assunto de vanguarda,vale a pena conferir!Quanto a doenças mentais associadas a genes,em 1987 geneticistas afirmaram que o problemas no cromossomo 11 levou um grupo de familias a depressão maníaca,depois de uma avaliação mais minunciosa não se revelou uma ligação do cromossomo 11 a doença.Em 1998 um grupo britânico anunciou na Nature,que havia estabelecido uma ligação entre o DNA no cromossomo 5 e a esquizofrenia em familias da Islândia e Inglaterra.

Na mesma edição outros pesquisadores disseram não ter encontrado nenhuma ligação entre o mesmo marcador e a esquizofrenia.Esta ditadura do genes está a me dizer que existe um paradigma associado que quer muito que seja verdade,mashá muitos mistérios ainda entre o comportamento humano e a genética.Quem viver verá.Abraços

Comentar por jonas

AO AMBIENTE E ESTILO DE VIDA do que se imaginava,dando ao DNA UM PAPEL MAIS HUMILDE DO QUE OS ANTERIORES.A ditadura do genes caiu frente a Epigenética!!!Siga as evidências,não seja dogmático

Eu nunca disse que é 100% gene, pelo contrário o ambiente também tem influência. Mesmo assim, isso só suporta a teoria de que Deus não tem influência nenhuma nisso

Comentar por Hermógenes

Hermogenes é a tua opnião! Simplesmente engraçado.

Comentar por Allef

Hermógenes!
na revista Sciense de 9 de outubro de 2009 saiu um artigo publicado em que dois pesquisadores(suíça,estados unidos)afirmaram que o homem está muito mais sujeito AO AMBIENTE E ESTILO DE VIDA do que se imaginava,dando ao DNA UM PAPEL MAIS HUMILDE DO QUE OS ANTERIORES.A ditadura do genes caiu frente a Epigenética!!!Siga as evidências,não seja dogmático!!Abraços

Comentar por jonas

Não falei?

Comentar por Adim

Sem contar que muitos estão tentando justificar a traição que acontece entre os casais, através da teoria da evolução, afirmando que “os homens evoluíram como caçadores, as mulheres como protetoras da prole, os homens nasceram para se reproduzir, por isso são mais propensos a traição, a andar com outras mulheres, etc.”

Imagina então um casal de evolucionistas.
A mulher chega e pega o seu marido tendo relações com outra mulher, aí a esposa grita, chora, causa a maior confusão, então o homem chega e fala:

“- Querida, sou homem, sou mais propenso a trair, pois tenho que reproduzir, transmitir os meus genes para que as espécies sobrevivam. Isso é fato evolutiva e científicamente comprovado! Está mais que provado científicamente e você tem que aceitar!! Tá virando criacionista agora que não entende nada de ciência e só quer deturbá-la? Aceite isso como um fato!”

Aí a mulher sai, triste, calada, com a maior angústia.

Parece bizarro, mas se for olhar as especulações evolucionistas, os próprios evolucionistas verão que pode acontecer cada coisa.

Comentar por Adalberto Felipe

Adalberto essa foi boa. É nestas coisa que o feitiço volta contra o feitiçeiro.

Comentar por Allef

os homens evoluíram como caçadores, as mulheres como protetoras da prole, os homens nasceram para se reproduzir, por isso são mais propensos a traição, a andar com outras mulheres, etc.”

Errado. Não como caçadores mas sim “espalhadores” de genes para a sobrevivência da espécie. Em qualquer outra espécie de mamífero o macho tem mais de uma fêmea e inclusive mata crias de outros machos.

Comentar por Hermógenes

Hermógenes,

Note que coloquei até outras alternativas, porque existem muitas especulações evolucionistas.

Quem disse isso por exemplo não fui eu e sim dois “especialistas” do comportamento humano chamados Allan e Barbara Pease, atores de dois livros de “auto ajuda” muitos famosos aqui no Brasil chamados: “Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?” e “Por quê os homens mentem e as mulheres choram?”.

Nesses livros eles tentam responder algumas questões da diferença entre os sexos e usam a teoria da evolução para responder e soltam até algumas pérolas:

A mulher evoluiu como parideira e defensora da prole. Como resultado, o cérebro feminino se programou para nutrir, educar e prover de amor e carinho a vida das pessoas. O homem evoluiu com uma programação totalmente diferente – caçar, guerrear, proteger, prover materialmente e resolver problemas.

Qual é a vantagem do casamento para o homem? Em termos de evolução, aparentemente nenhuma. O homem é como o galo, tem necessidade de espalhar ao máximo e com a maior freqüência suas sementes genéticas.

A paixão é um truque biológico da natureza que tem como objetivo a união entre homem e mulher pelo tempo suficiente para procriar.

Dizer a uma pessoa que ela é bela ou atraente é dizer, no subtexto biológico básico, que você quer fazer sexo com ela. (cara, essa é de doer!!)

Tem muitas outras pérolas nesse livro. Há um capítulo que no livro “Porquê os homens mentem e as mulheres choram?” chamado “Teoria da beleza” que até fala de forma indireta que a pessoa tem que ter obrigatoriamente boa aparência para dar bem na vida. Um outro no livro “Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?” que não recomenda as mulheres ocuparem cargos de altas hierarquias, e profissões que exigem raciocínio como engenharia porque elas não foram feitas para isso.

Recomendo a muitos terem cuidado com esses livros de auto ajuda que tem por aí, porque pode virar é um livro de auto atrapalhamento.

Comentar por Adalberto Felipe

Ateus podem ser pessoas boas, só não tem como justificar e defender logicamente o “bem”.

Se a moralidade humana não passa de uma convenção, uma adaptação evolutiva, um instinto imposto pela evolução cega e impessoal, podemos simplesmente ignorá-la, assim como podemos nos rebelar contra a ditadura do Gene Egoísta.

Mas o ateu nunca se lembra de argumentar em prol da “mera convenção social” quando fala de casos absurdos de massacres na história e quando destaca a violência contida na Biblia. Nesse ponto, ele age como se tivesse base moral objetiva.

Incoerência.

Comentar por Vanessa Meira

Mas de que “bem” vocês tanto falam?

Comentar por Hermógenes

Hermogenes esta ditadura do genes é patética. Atualmente no campo da filosofia o argumento moral para a existência de Deus é um dos mais fortes, existe até agnósticos que concordam com este argumento. O caráter não tem sentido sem Deus. Para os ateus certo e errado é relativo. Em geral só não matam e roubam porque isso é crime e existe punição, caso contrário a sociedade estaria um caos. Aposto que o Hermogenes tirou aquela noção descrita acima do Livro de Richard Dawkins ” Deus um delírio”. Mas este livro é vazio, já foi muito bem refutado.

Comentar por Allef

Não tirei nada de livro nenhum, escrevi apenas o que eu penso.

Comentar por Hermógenes

Sabino!
Já em resposta anterior ao hermógenes falei sobre as novas descobertas da genética,que através de um conhecimento maior e mais aprofundado em epigenética tem chegado a seguinte conclusão:QUE O HOMEM ESTÁ MAIS SUJEITO AO AMBIENTE E SEU ESTILO DE VIDA DO QUE OUTRORA SE IMAGINAVA,dando ao DNA UM PAPEL MAIS HUMILDE DO QUE SE PENSAVA.ISTO ESTÁ DITO NA SCIENSE DO DIA 9/10/2009.ELÒI S. GARCIA, PESQUISADOR da Fundação Oswaldo Cruz e Membro da Academia Brasileira de Ciência enviou um artigo para o Jornal da Ciência com seguintes dizeres:Recentes investigações genéticas tem demonstrado que gêmeos idênticos(monozigóticos,possuidores do MESMO GENOMA)APRESENTAM DIFERENÇAS EM SEU COMPORTAMENTO E FISIOLOGIA…PORQUE SOMOS MUITO MAIS QUE GENES…OS GENES NÃO SÃO RESPONSÁVEIS DE TUDO,HÁ UMA NOVA ÁREA CHAMADA EPIGENÉTICA..NA TENTATIVA DE COMPREENDER A COMPLEXIDADE DA BIOLOGIA DA VIDA,OS CIENTISTAS NORMALMENTE ESTUDAM ELEMENTOS INDIVIDUAIS DO GENOMA.ALGUMAS VEZES ESTE ENFOQUE OCULTA ASPECTOS IMPORTANTES DA BIOLOGIA,PRINCIPALMENTE AQUELES QUE DEPENDEM DE NÍVEIS MAIS ALTOS DE ORGANIZAÇÃO GENÉTICA…o hábito de fumar,o uso de esteróides.e certas drogas também influencião as funções genéticas,por interagir QUIMICA E FISICAMENTE COM O DNA!!!A ditadura dos genes(genes egoístas)caiu,e a CIÊNCIA encarregou-se desta morte prematura do todo poderoso gene; agora dependendo do seu estilo de vida estás a modificar a quimica e a fisica do seu DNA,através do seu estilo de vida.Foi assim mesmo que DEUS falou:somos todos responsáveis pelos nossos atos,quando a cognição está presente.Na Epigenética as histonas recebem um incremento de radicais metil,acetil ,promovendo mudanças físicas e quimicas no DNA,provocando com isso um desenrolar em maior ou em menor grau do Dna,possibilitando com isto ativar ou silenciar genes.Isto é FANTÁSTICO!DEUS NÃO MENTE!!!ABRAÇOS

Comentar por jonas

Vim parar a este blogue por acaso e, muito sinceramente, nunca vi tanta asneira junta em tão pouco espaço. Valha-me Deus!

Comentar por joaquimribeiro

Olá joaquimribeiro, bem vindo.

“Vim parar a este blogue por acaso e, muito sinceramente, nunca vi tanta asneira junta em tão pouco espaço. Valha-me Deus!”

Só tens de dizer exemplos dessas asneiras que referes, para que possamos discuti-las e ver se, de facto, são asneiras.

Abraço

Comentar por alogicadosabino

Joaquimribeiro:

Por favor, fundamente sua alegações.

Comentar por Clayton Luciano

É troll, não ligue.

Comentar por MVR

Parece ser uma regra do site, a 1* postagen quase todos os ´´ceticos“ é desse jeito, sera que eles falam assim com suas mães?
Creio que todos sabem oque a 1* impressão causa.
Tentamos conversar com mansidão e temor(1 Pedro 3:13), mas só recebemos animosidade.
Não e atoa que alguns irmãos se irritam e passan da conta nas respostas, baixando o nivel dos argumentos e falando como um… Ateu.

Antes de algum hipocrita ateu me venha com falancias de Padres pedofilos, cruzadas, fanatismo islamico , etc de uma olhada no que seus proprios colegas escrevem nesse site.
Eles se dizem tolerantes, piada.

Comentar por Adim

Sabino!
è duro de aguentar!Darwin sabia tudo!Olha o que disse Eva Jablonka,geneticista da Universidade de Tel Aviv:”A existência de variações Epigenéticas desenvolvimentais,está em consonância com as idéias de Darwin sobre hereditariedade,pois Darwin acreditava que a variação induzida desenvolvimentalmente pode ser herdada.”Até pouco tempo atrás éramos frutos dos genes e de seus caprichos,mas provou-se errado e agora nosso habitos e comportamentos é que determinam quais os genes que vão ser expressos ou não.Mas o paradigma do evolucionismo não para de endeusar darwin e sua teoria que já foi a banca rôta.No tempo de darwin uma célula era tida como um protoplasma de gelatina,sem complexidade e sim muita simplicidade.Agora veja;como darwin já sabia de hereditariedade se isso só foi concebido cientifico 50 anos depois da morte de Mendel?Darwin “acreditava” na variação induzida(será?)Veja quanta complexidade na transmissão de caracteres e e estamos nos primórdios de entendimento do genoma humano e suas correlações,e isso com tanta tecnologia a disposição,e vem essa senhora me dizer tal disparate.O naturalismo filosófico é doutrina pura,é religião cega,surda e estritamente dogmática,e é por esse motivo que não avançamos mais com as descobertas científicas,pois há terrenos proíbidos (desing,informação especificada e complexa e outros).Depois dessa outra e outras virão para negarem DEUS,mas isso nós já sabemos,por isso eles se tornam inescusáveis diante de tamanhas evidências.

Comentar por Jonas

Vanessa:

“Ateus podem ser pessoas boas, só não tem como justificar e defender logicamente o “bem”.

Por que nÃO?

Comentar por Clayton Luciano

Porque não tem uma base objetiva.
Como disse o hermogenes, trata-se de uma convenção, questão subjetiva.

É como dirigir pela direita ou pela esquerda: brasileiros e ingleses apenas seguem diferentes convenções, e não podem emitir juízo de valor uns sobre os outros nesse ponto.

Usar um rato ou uma criança órfã deficiente mental como cobaia não tem nenhum problema na visão naturalista: são apenas animais.

Atitudes altruístas ou egoístas, pacíficas ou violentas, estão no mesmo nível: não há “bem” ou “mal”, há convenções sociais.

Comentar por Vanessa Meira

Vanessa:

“Porque não tem uma base objetiva.”

Depedente do que voce entende como objetiva.

Ingleses e brasileiros, formigas ou abelhas,(como saber, refute…)

“Atitudes altruístas ou egoístas, pacíficas ou violentas, estão no mesmo nível: não há “bem” ou “mal”, há convenções sociais.”

Infelismente, não há, agora como saber (absolutamente). O que importa é fazer o bem, assim como entendido,

correndo o risco de estar fazendo o mal por engano (infelismente).

Que tentemos fazer o bem, mas não culpemos aquele que se recusa. Pois, não há como responsabiliza-lo.

Comentar por Clayton Luciano

“Que tentemos fazer o bem, mas não culpemos aquele que se recusa. Pois, não há como responsabiliza-lo.”

Os pedófilos agradecem e perguntam onde tu moras: vão todos se mudar pra lá.

Como podes fala em “fazer o bem” se não podes definir isso objetivamente?
“Objetivo” é o que não é subjetivo.

Enver Hoxha, Hitler, PolPot fizeram o bem nessa tua definição.

Comentar por Vanessa Meira

AM:

Refute. Voce só disse sua opinião, sobre o desenvolvimento. E daí, fundamente.

Comentar por Clayton Luciano

O ser humano nasce como fruto duma dada sociedade e ele próprio muda essa própria sociedade.

Temos uma educação e uma herança genética.

Qual das duas mais influi no nosso comportamento ?

Isso aí depende.

Se na roleta genética recebemos um daqueles defeitos chatos não há educação que nos chegue. Nunca vamos aprender a falar, a manter uma relação social ou outro defeito qualquer grave e não compensável com a educação. Outros aprendem a ler sozinhos aos três anos. Se bem estimulados podem ir longe. Um mãozinha dos genes faz sempre jeito mas sem um bom meio vai ser o diabo.

Não se pode é negar a influência dos genes nem do meio envolvente.

Outra questão é saber qual a mais importante.

Agora aqui tudo serve para bater no tio Darwin!

Comentar por João Melo de Sousa

Vanessa :

Um ética teocêntrica é a mais fácil de deduzir e operar:

O bem e o mal são definidos pelos deuses.
É bom o que eles dizem que é bom é mau o que eles dizem que é mau.
O dilema ético existe na mesma.
Infelizmente não existe um código divino de conduta. Os livros sagrados e a exegese mesmo dentro duma só religião como é o cristianismo é extremamente relativa :

Não há consenso sobre a ordenação de mulheres, homossexuais ou pessoas casadas ou solteiras.
Não há o menor consenso sobre a autoridade do papa, dos padres, pastores, absolvição por um padre, transubstanciação, dia de descanso semanal,divórcio, etc e etc.

O único consenso que as diversas confissões tem é que são as detentoras da única e verdadeira interpretação da vontade de Deus, que pode ser ou não trino, e que fora dessa interpretação não há salvação.

Como vês também não é assim tão simples!

Comentar por João Melo de Sousa

Olá João!

Concordo contigo quando dizes que não há consenso com as instituíções religiosas cristãs.Mas isso advém(e aí discordo de você)exatamente porque um código divino de conduta não é seguido.Este código existe,ele é a BÌBLIA que deve ser o nosso manual de FÈ E PRÀTICA.Quando questões semânticas,de interesse pessoal,institucional e de poder assumem o lugar do VERDADEIRO EVANGELHO,este é o resultado.DEUS através de JESUS CRISTO,simplificou os preceitos ou mandamentos a serem seguidos quais são:AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS–E AMAR AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO.Simples não!Mas não tão simples,pois esse processo de se despojar do EGO como centralizador das nossas ações ,é a fonte do problema.É do “coração humano(EGO-EGOÌSMO)que procedem todos as agruras inpingidas aos nossos semelhantes,e este EGO só DEUS sabe lidar.

Veja como JESUS na sua sapiciência DIVINA,deslocou o ego a um terceiro plano ao dizer 1 AMAR a DEUS e 2 AMAR o próximo.Quando essas verdades não são colocadas como prioridade na vida do real cristão,dá no que dá.A reliogisidade toma conta do ser humano,que acha que pode comprar a DEUS com “penitências e sacrifícios”,ledo engano;a atitude de submissão a DEUS é praticar os SEUS preceitos que são universais e transcendentes,dando qualidade de vida e sentido á quem os colocarem como princípio de vida.

O orgulho,a vaidade,interesses próprios ou de intituições estão muitas vezes atrás da “religião”.A verdadeira religião é a do “coração” que nos permite adentrarmos á nossa alma e perceber á miséria moral e ética do ser humano.Quando falo isto estou a me referir as verdadeiras motivações de se seguir a DEUS(por orgulho e vaidade,interesese de instituíção e pessoal isto “religião”)que é de buscar plenitude e propósito para nossas vidas,e isso só se alcançará quando aprendermos transcender neste vida materialista e maluca,egocêntrica e vazia,correndo em busca do nada,que em síntese é correr atrás do vento.TUDO É VAIDADE,O SÁBIO SALOMÃO JÁ O DIZIA.ABRAÇOS!

Comentar por jonas

João Melo,
o código existe. A incompetência humana em obedecê-lo (e entendê-lo) não altera isso.
Nos grandes temas morais básicos, há consenso no cristianismo em geral.

Os teus exemplos de divergências não se encaixam no “bem x mal” essencial.

Ademais, apesar de lidar com verdades absolutas, a Biblia deixa espaço para relatividades culturais e temporais em vários assuntos.

Sugiro que leia algo sobre isso no meu blog:
http://vanessinhameira.blogspot.com/2009_08_01_archive.html

Sobre o relativismo moral:
http://vanessinhameira.blogspot.com/2009/07/absolutofobia-no-reino-do-relativismo.html

Comentar por Vanessa Meira

Vanessa:

“Os pedófilos agradecem e perguntam onde tu moras: vão todos se mudar pra lá.”

Não fazer o bem, não significa fazer o mal.

“Como podes fala em “fazer o bem” se não podes definir isso objetivamente?”

Pode se definir objetivamente levando-se em conta a forma humana de raciocinar e a convenção nas consciências (esta é a relatividade), e subjetivamente, pelas variantes de cada indivíduo.

Comentar por Luciano

“Não fazer o bem, não significa fazer o mal.”

Que ‘bem’ e que ‘mal’?
De acordo com os padrões convencionais de quem: Madre Teresa ou Hannibal Lecter?

“Pode se definir objetivamente levando-se em conta a forma humana de raciocinar e a convenção nas consciências (esta é a relatividade), e subjetivamente, pelas variantes de cada indivíduo.”

Quem ‘define’ a forma humana de raciocinar:
O Dalai Lama ou o Maníaco do Parque?
Os filósofos e cientistas? Tais como peter Singer ou Joseph Mengele?

E se alguém não concordar com essa definição e resolver usar outra?
Vc teria que respeitar a convenção nas consciências e as variantes de cada indivíduo.

Bem-vindo à anarquia.

Comentar por Vanessa Meira

Vanessa:

“Que ‘bem’ e que ‘mal’?
De acordo com os padrões convencionais de quem: Madre Teresa ou Hannibal Lecter?”

A forma diferente de valorizar não faz com que,em regra, se não incluir um, estará incluindo o outo.

“E se alguém não concordar com essa definição e resolver usar outra?
Vc teria que respeitar a convenção nas consciências e as variantes de cada indivíduo”

Teria sim desde que não me ameaçasse.

Comentar por Luciano

O “desde que não me ameaçasse” foi ótimo.

Suponho que não sejas criança mais: os pedófilos sul-americanos não são nenhuma ameaça para você, e eles podem contar com a tua compreensão e respeito à convenção moral deles.

Perceba: o novelo ilógico do relativismo ilimitado só aumenta.

Comentar por Vanessa Meira




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: