No princípio criou Deus os céus e a Terra


Por que é que eles morrem sempre junto de água?
Outubro 11, 2009, 7:49 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Maior concentração de pegadas de dinossauros descoberta em França

A maior concentração de pegadas de dinossauros conhecida até hoje, correspondendo a animais pesando 30 ou 40 toneladas, foi descoberta na região de Jura, em França, por paleontólogos de Lyon, anunciou o Centro Nacional de Investigação Científica – CNRS.

Descobertas em Abril, em Plagne, por dois naturalistas amadores, as pegadas “são de um tamanho muito grande, podendo chegar a 1,20, 1,50 m de diâmetro“, segundo o CNRS. As marcas foram conservadas numa camada calcária, com 150 milhões de anos, “período durante o qual a zona estava coberta por um mar quente e pouco profundo“, segundo Jean-Pierre Mazin e Pierre Hantzpergue, do laboratório Paléoenvironnements e Paléobiosphères da Universidade de Lyon 1, que avaliaram o site.

(PÚBLICO)
__________________________________________________________________________

Fóssil de dinossauro é encontrado em Marília

Fósseis de um dinossauro foram descobertos pelo paleontólogo William Nava em uma propriedade rural de Marília, SP. Os primeiros achados foram em abril e a confirmação de que se tratava mesmo de fóssil de dinossauros só aconteceu em setembro. O dinossauro herbívoro pode ter alcançado 15 metros de comprimento, 5 metros de altura e cerca de 10 toneladas de peso. No barranco rochoso à margem de uma estrada, o pesquisador encontrou parte da região pélvica, vértebras caudais e dorsais do animal, mas há estimativa que grande parte do esqueleto esteja no local.

[…]

As primeiras pistas surgiram em abril, quando o paleontólogo descobriu conchas fossilizadas e uma vértebra dorsal de cerca de 30 cm no local. “Ao que tudo indica, o animal morreu na margem do que, na época, seria um rio ou uma lagoa.

(Rede Bom Dia)
___________________________________________________________________________

Vou deixar o Criacionismo comentar por mim:

Quase sempre que encontram fósseis de dinossauros, os pesquisadores supõem que o animal tenha morrido próximo a um rio ou lago e posteriormente sido coberto por água e lama. Mas a questão é: Por que o animal não foi devorado antes de ser sepultado? Há fósseis de grandes dinossauros preservados em todo o mundo. Quantas inundações locais seriam necessárias para fossilizar tantos espécimes? Em alguns locais, há dezenas e até centenas de animais fossilizados, e no local não há evidências de ter havido vegetação. De que se alimentavam?

Muitos desses dinossauros são encontrados em posição de agonia, com a cabeça curvada para trás, como se estivessem sufocando [exemplo Archaeopteryx]. Ou seja, foram pegos de surpresa. Esses fatos parecem se encaixar mais com a descrição bíblica do dilúvio. Essa catástrofe global, sim, seria capaz de sepultar grande quantidade de animais enormes quase instantaneamente

Anúncios

12 comentários so far
Deixe um comentário

Foi uma feliz coincidência todos esses dinossauros terem sido enterrados junto a água.

Comentar por Mats

heheheh

Se não fossem rapidamente soterrados eram comidos. E se fossem comidos não havia fóssil, não é ?

E aparecem não todos juntos , como coelhos e tiranossauros rex, mas em camadas…

Alguns são encontrados em cinzas porque forma rapidamente soterrados por cinzas, tipo Pompeia.

É mesmo argumento à criacionista…

É pela mesma razão que os afogados quase sempre se afogam em água….!

Comentar por João Melo De Sousa

João,
Isso não responde bem à questão posta no título do post.

Comentar por Mats

“Por que é que eles morrem sempre junto de água?”
Na realidade, “eles” morrem onde tiverem de morrer, seja junto de água, no meio do bosque, ou no cimo da montanha.

Eu não tenho certeza de que todos tenham sido encontrados em sítios onde se julga ter havido água. Tu tens?

Comentar por Xavier Pita

Mas é o que mostram as evidências, além do âmbar também sugerir que há necessidade de água para fossilização.

Comentar por MVR

Xavier Pita,

“Na realidade, “eles” morrem onde tiverem de morrer, seja junto de água, no meio do bosque, ou no cimo da montanha.”

Sim. Expliquei-me mal no título. Deveria ter posto “Por que é que é sempre proposto que os animais fossilizaram junto de água”? Coisa do género.

Comentar por alogicadosabino

Sabino,
De facto, concordo mais com o teu segundo título.
Quando tiveres tempo, vê o meu outro cometário. Gostava de saber a tua opinião sobre o assunto.

“E já agora, para a ideia que estar a tentar fazer passar fazer sentido, tens que mostrar que todos os animais que deram origem aos fosseis são contemporâneos do dilúvio.
Consegues provar? (ou arranjar fontes que o mostrem)”

Comentar por Xavier Pita

Olá Xavier, desculpa a demora. Mas quando eu tenho em vista colocar links nos comentários e se não tiver tempo para o fazer, não comento na hora. Entretanto isto ficou pra baixo e passou-me.

“E já agora, para a ideia que estar a tentar fazer passar fazer sentido, tens que mostrar que todos os animais que deram origem aos fosseis são contemporâneos do dilúvio.
Consegues provar? (ou arranjar fontes que o mostrem)”

Tão é assim…

A fossilização requer rápido soterramento dos animais, caso contrário os cadáveres seriam comidos ou desintegravam-se com o tempo. Nós podemos olhar para aquilo que a ciência empírica nos mostra e ver se as observações são consistentes com um dilúvio global. O que elas mostram é que são.

Fósseis de dinossauros são encontrados em todo o mundo, impressionantemente bem preservados. [*1]

Fósseis marinhos são encontrados no topo das altas regiões montanhosas (o que indica que elas já tiveram debaixo de água). [*2]

Os povos antigos falam todos a respeito de um diluvio que destruiu a terra e os seres que nela habitavam. [*3]

Sabe-se que os milhões de fósseis em âmbar precisaram de muita água para fossilizarem. [*4]

Os depósitos de lama representam a maioria do registo geológico e sabe-se que eles se podem formar através de muita água em movimento [*5].

As dobras nas camadas sedimentares indicam que elas estavam amolecidas quando se dobraram. Caso contrário teriam quebrado. [*6]

Etc etc etc… como vês, as observações científicas são consistentes com uma inundação global. Eu não digo que todos os fósseis foram consequencia do diluvio. Muitos podem ter sido resultado de inundações locais posteriores. Mas a grande maioria foi no diluvio. Mas como te disse… não te provo isto. Apenas uso a ciência para mostrar como a minha posição é consistente com as evidências.

Comentar por alogicadosabino

E já agora, para a ideia que estar a tentar fazer passar fazer sentido, tens que mostrar que todos os animais que deram origem aos fosseis são contemporâneos do dilúvio.
Consegues provar? (ou arranjar fontes que o mostrem)

Comentar por Xavier Pita

E o que seria esta prova? O que poderia provar isto?

Comentar por MVR

Se o Sabino tenta implicar que se os animais morreram na proximidade de água isso é uma evidência do dilúvio, então os animais têm que ter morrido na altura do dilúvio. Ou está a escapar-me alguma coisa?

Comentar por xavier pita

Bom, eu li que o lugar onde os fósseis estão tema ver com a densidade dos ossos/corpo. Quanto mais denso, mais profundo o fóssil é encontrado. Ex: Trilobitas lá embaixo.

Tenho um vídeo onde o Adauto Lourenço fala sobre uma experiência realizada. Está no meu canal no YT, é só procurar.

Comentar por Jeremiasmezenga




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: