No princípio criou Deus os céus e a Terra


“A fossilização é um processo muito demorado” – Mentiras que os evolucionistas contam aos miúdos
Setembro 12, 2009, 6:05 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

O livro da disciplina de Ciências Naturais do 3º ciclo da minha irmã diz o seguinte a respeito da fossilização [meu destacado]:

O conjunto de processos que permitiu a preservação dos vestígios de seres vivos que existiram no passado designa-se por fossilização. A fossilização é um processo complexo e muito demorado e, por isso, ao contrário do que se possa pensar, os fósseis são geralmente escassos e pouco completos[*1]

O texto continua:

Para a formação de fósseis são indispensáveis não só condições especiais do meio, como também certas características dos seres vivos[*2]

Darwin pensava que os organismos moles (soft-bodied) dificilmente fossilizariam, dada a fragilidade da sua estrutura corporal. Ele estava errado. Actualmente, já foram encontrados muitos fósseis de organismos frágeis. Eu diria, até, mais que frágeis. Para além de muitos casos já mencionados aqui em posts anteriores, ficam aqui mais alguns exemplos.

____________________________________________________________________________

O artigo da Science Daily começa desta maneira: “É raro encontrar fósseis de medusas – como não possuem esqueleto, facilmente se deterioram. Então, por que razão uma multidão delas se encontra preservada em Wisconsin?

jellyfish

Em Março deste ano (2009), foi descoberto o mais antigo cérebro fossilizado, segundo os autores do achado. O paleontólogo que realizou a descoberta disse: “Até agora, os cientistas assumiam que os cérebros raramente – se alguma vez – fossilizavam. Outros tecidos moles fossilizados, como músculos e rins, com mais de 350 milhões de anos foram descobertos. Mas, uma vez que o cérebro é delicado e consiste quase inteiramente em água, é menos provável ficar preservado em forma de fóssil“.

Fishbrain

Um artigo do msnbc começa assim: “Já é difícil encontrar fósseis de coisas duras como ossos de dinossauros. Agora, cientistas descobriram polvos com 95 milhões de anos, que se encontram entre os fósseis mais raros e improváveis, ainda com a tinta e as ventosas“. (Só uma curiosidade… estes polvos que supostamente viveram há 95 milhões de anos são iguais aos polvos de hoje)

octopus-fossil-picture_big

O ano passado, paleontólogos descobriram um ninho de dinossauro fossilizado, juntamente com fragmentos de uma dúzia de ovos que, segundo eles, têm 77 milhões de anos.

cgy-nest-RTXAK93

Todos nós sabemos que os embriões são coisas muito robustas, não sabemos? Pois bem, cientistas encontraram embriões fossilizados que eles dizem ter 500 milhões de anos.

embvrioes

Dois dos meus fósseis preferidos são os seguintes:

IchthyosaurGivingBirthfossil_fish_eating

O primeiro é um ichtiossauro a dar à luz. O segundo é um peixe que se encontra a comer outro peixe. Estes últimos exemplos mostram-nos que eles tiveram de ser soterrados num instante.

CONCLUSÃO

Realmente é difícil conceber que a fossilização seja um processo “muito demorado“, dado exemplos como os que aqui foram mostrados. A verdade é que a fossilização tem de ocorrer rapidamente, mais rápido do que o tempo que os seres vivos demoram a deteriorarem-se. A crença de Darwin em longas eras geológicas, derivada das ideias uniformitaristas de Charles Lyell, levou-o a acreditar (mal) que os fósseis se formam lentamente.

Contudo, desde o tempo de Darwin, muitos organismos sof-bodied e estruturas super frágeis têm vindo a ser descobertos pelos cientistas. A melhor explicação para a sua formação não consiste nos milhões de anos evolucionistas mas sim no catastrofismo. E a Bíblia tem um evento catastrófico que poderia muito bem ser responsável por esta fossilização.

Alguns geólogos já começam a perceber a ideia do catastrofismo como é o caso de um grupo de geólogos da Universidade de Leicester. O Folhelho Burgess (Burgess Shale) é uma importante peça geológica. Na palavra dos geólogos:

The Burgess Shales preserved soft tissue in exquisite detail, and the question of how this came to happen has troubled scientists since the discovery of the fossils in 1909.” – (O Folhelho Burgess preserva tecidos moles com grande detalhe e a questão de como isto foi possível tem perturbado os cientistas desde a descoberta dos fósseis em 1909)

Qual a solução que estes geólogos viram? Eis o que propõem [meu destacado]:

They analysed the shales millimetre by millimetre, and found that unlike most rocks of this type, they weren’t slowly deposited, mud flake by mud flake. Instead, a thick slurry powered down a steep slope and instantly buried the animals” (Ver também: Burgess Shale – Aconteceu num instante)

São alguns avanços no bom sentido que pouco a pouco vão sendo feitos. Quando um evolucionista vos disser que a fossilização é um processo muito demorado, perguntem-lhe como é que um ninho de dinossauro ou um cérebro resistiu a esse processo muito demorado.

________________________________________________________________

REFERÊNCIAS OU NOTAS:

[*1] – Silva et al. (2005), “Planeta vivo – Terra no espaço, Terra em transformação“, Porto Editora, pág. 78

[*2] – Ref. 1, pág. 78

Advertisements

38 comentários so far
Deixe um comentário

Sabino!

Puxa, desculpe-me ter que fugir completamente do assunto deste post, mas tive a curiosidade de lhe perguntar sobre o que está acontecendo na política aí em Portugal.

Soube que aí há debates para eleições de primeiro-ministro (como vocês chamam de “Eleições legislativas”). E aí, Sabino, em quem tu vais votar: no Sócrates, no Louçã, no Paulo Portas ou na Manuela Ferreira Leite? E o que achas de cada um?

Abraço

Comentar por eclypse

Ó Sabino, desculpe-me por eu ser um pouco ‘insano’ nesse meu comentário. Com certeza não deveria ter te perguntado “em quem tu vais votar”.

Mudando a minha pergunta: qual a tua opinião sobre a política do teu país? O que tu falarias sobre o governo de Portugal para um estrangeiro?

Se queres saber como andam as coisas aqui, podes dar uma olhada nesse site.

Abraço

Comentar por eclypse

Marcos,

O problema é que estás a tentar explicar tudo da mesma maneira.

É claro que houve catástrofes locais. Há sítios onde houve vulcões, noutros inundações, noutros desabamentos de terra ou lama. E há outros sítios onde isso não ocorreu.

Também o que chamamos “fósseis” inclui coisas muito diferentes. Uma pegada na lama demora um instante a formar-se, mas depois a lama demora muito tempo a tornar-se rocha. Se a pegada sobrevive, temos uma pegada fossil. O mesmo pode acontecer com a marca de uma alforreca na lama.

Em suma, há muitos tipos diferentes de rochas e fósseis. Alguns indicam catástrofes locais. Outros provam o contrário. Daí que só se consiga explicar tudo com muitos milhões de anos de processos geológicos variádos e não com seis mil anos e um dilúvio global pelo meio. Isso só parece fazer sentido se escolheres a dedo os exemplos que mostras…

Comentar por Ludwig

Ludwig,

A verdade é que eu tenho evidências para a minha crença de que não foi preciso milhões de anos para os fósseis fossilizarem, passe a redundância. Você tem a sua fé acérrima na teoria da evolução e nos seus milhões de anos hipotéticos.

Comentar por alogicadosabino

nenhum dos fosseis acima tem menos de 10 000 nos!!apesar da teoria da Darwin nao explicar tudo o teu criacionismo nao explica nada.sempre a mesma retorica, qualquer incoerencia na teoria da evolucao tu assumes automaticamente que o criacionismo esta certo.ao inves de procurares incoerencias na teoria da evolucao devias defender a tua teoria com argumentos propios.e nao basta dar exemplos de asas de mosca e etc e dizer que “so pode ” obra de um intelligent designer.

Comentar por hermogenes

Sinceramente eu concordo em parte e discordo em outra parte de você;
Se por um lado a teoria da evolução tem falhas, a teoria criacionista tem grandes lacunas também, mas quanto aos 10.000 anosn eles não são necessarios na teoria criacionista, a teoria criacionista é capaz de suportar milhões de anos sim. sendo assim gostaria que me apontasse um problema na teoria criacionista, por que eu conheco um problema sério da teoria evolucionista: O surgimento das características não foi explicado, nem comprovado. E não é o único, Darwin sabia disso, mas parece que os evolucionistas modernos atropelam estas questões. A propósito, prazer em conhecê-lo.

Comentar por Arthur Vergara

Prazer em conhece-lo tb Arthur.
1.Mencionei a idade dos fosseis apenas porque o sabino defende de olhos fechadinhos o que a terra tem menos de 10 000 anos, especialmente porque quando a incoerencias na evolucao em termos de datacoes ele apressa-se a aponta-las mesmo quando essas datacoes nao corroborem com o que ele defende.
2.O facto de teoria da evolucao nao explicar o surgimento das caracteristicas nao significa nada.a questao continua em aberto.a nao ser que queiras evocar o deus tapa buracos que existe pra todas as perguntas nao respondidas pela ciencia!!!
3.O problema da teoria criacionista e que nem sequer se pode discutir por nao postular as teorias pelo metodo cientifico…e tudo muito divinal e milagroso!!!
4.Eu acredito que a teoria de Darwin tenha falhas (muitas), mas a ideia geral, de evolucao, e bastante real!

Comentar por hermogenes

ja agora quem criou o criador?

Comentar por hermogenes

hermogenes,

“ja agora quem criou o criador?”

Quem criou Deus?; É possível ter uma fé racional?

Comentar por alogicadosabino

Sabino ligou o post “Quem criou Deus?” e nos próprios comentários desse post perdeu de goleada, tudo pôde ser condensado na seguinte questão levantada:
“Extraordinário
Deus não precisa de explicação para surgir, mas o Universo sim. Um exemplo de extrema coerencia.
Comentário por Joaquim Coelho Setembro 26, 2008 @ 7:20 pm “

Comentar por Godzila

“Deus não precisa de explicação para surgir, mas o Universo sim.”

O Universo tem matéria e energia. Logo, tens de dizer de onde veio a energia e a matéria. É aí que o teu naturalismo falha e tens de recorrer à metafísica.

Comentar por alogicadosabino

hermogenes,

“nenhum dos fosseis acima tem menos de 10 000 nos!”

Como é que sabes? Tens alguém conhecido que tenha registado o inicio da formação dos fosseis e tenha passado os seus escritos de geração em geração até aos nossos dias? Ou afirmas isso pela fé?

Comentar por alogicadosabino

Sei porque esta escrito bem ao lado das figuras!!!e isso nao bate com a tua teoria da terra jovem.

Comentar por hermogenes

Criacionista são como os ufologistas mais fanáticos, “Vi uma luz no céu, então é um disco voador ”

E com já escrevi toda vez que os criacionistas precisam explicar algo lá surge no horizonte Noé e sua Arca Improvável, tudo muito cientifico sem duvida. Caramba se o Dilúvio foi uma catástrofe mundial, não deveriam existir muitas mais provas de sua ocorrência ?

Pelo menos os católicos encaixam a evolução em suas crenças, ela existir não alteram suas crenças religiosas, mas outros insistem a negar a realidade.

Comentar por Alexssandro Duarte

a evolução não é realidade,e sim um passado improvável

Comentar por clayre

Não existe teoria da evolução. O quê existe é a religião da evolução. Uma teoria nada mais é do que a interpretação de um fato. Fato é aquilo que podemos ver. Se ninguém viu, não há fato. Não havendo fatos, não há interpretação. Não havendo interpretação não há teoria. Há crença. Os fósseis nos revelam que algo morreu. Isto podemos observar nos mesmos. Mas quando começam a falar daquilo que não é observado, então foge-se da ciência e entra na religião disfarçada de ciência.

Comentar por Isaias S. OLiveira

a relatividade, a gravidade, o big bang sao teorias tambem!uma teoria e so um possivel explicacao/interpretacao dos fenomenos naturais.As teorias mais aceites na comunidade cientifica sao as geram mais consenso, tem menos lacunas.As teorias ate que sejam finalizadas e aceites podem levar dezenas de anos, passam por varios ajustes.A teoria da evolucao vem sendo ajustada mas nao refutada!

Comentar por hermogenes

É mais ou menos como dizer que se uma arvore cair no meio de um floresta longe das pessoas, sua queda não provoca som por que ninguém ouviu.

O eletromagnetismo também é uma teoria, logo me pergunto como voce usa um computador.

Comentar por Alexssandro Duarte

Eu uso o computador graças a geração espontânea, que fez com que ele gerasse a si mesmo. Claro! Se organismos vivos, que são ultra complexos, surgiram por geração espontânea e acidentes, então as coisas não vivas, muito mais simples, também surgem por geração espontânea.
Haja fé para ser ateu!

Comentar por Isaias S. OLiveira

o computador nao foi criado do dia pra noite.e resultado de conhecimento acumulado de dezenas de anos…fisica, matematica, eletronica, estatistica…
nao foi nenhum milagre, muita ciencia e sofrimento no meio!!

Comentar por hermogenes

Não, foi deus que criou o computador dele.

Comentar por Jean

“o computador nao foi criado do dia pra noite.e resultado de conhecimento acumulado de dezenas de anos…fisica, matematica, eletronica, estatistica…
nao foi nenhum milagre, muita ciencia e sofrimento no meio!!”

E o mais importante: ele foi CRIADO! Pq? Pq é muito complexo para surgir do acaso!

Olham para uma pedra lascada e dizem ser ela um produto de homens-macacos, olham para o DNA e dizem ser ele fruto do acaso.

Os biólogos fazem anos de faculdade, doutorado, mestrado e etc para tentar entender uma animal, e depois diz que ele é obra do acaso!

“Não, foi deus que criou o computador dele”

Bem, segundo vcs nem era necessário ninguém para isso, era só pegar as peças, tacar numa caixa e sacudir até ela se formarem do acaso.

Comentar por Edrick

Fico me perguntando a qual diluvio se refere. Ao diluvio Sumério, ou seria o hindu, que tal o grego, ou então o maia. Talvez o Uro, pode ser também o Inca. Todos datam de épocas diferentes. Se tem registro de mais de 270 diluvios mencionados, e em comum, todos datam do inicio de suas civilizações. Crianças acreditarem em fabulas, tudo bem, mas adultos, ou é burrice ou ignorância. Porque não querem enchergar a verdade?

Comentar por Jean

“Crianças acreditarem em fabulas, tudo bem, mas adultos, ou é burrice ou ignorância. Porque não querem enchergar a verdade?”

Fábulas do tipo: Geração espontânea, já há muito tempo desmascarada pela Lei da Biogênese. Por quê não querem enxergar a verdade? É por burrice ou ignorância?

Comentar por Isaias S. OLiveira

Não, digo fabulas do tipo: “criar o mundo em 6 dias”.

A teoria de Geração espontanea foi desenvolvida antes do surgimento do método cientifico. Não acredito e nunca acreditei nela. Diferente de vc, não acredito no que é comprovadamente impossível. Por tanto não acredito em fábulas.

Agora seu grande livro, que explica tudinho, já nas primeiras páginas se contradiz, e ele mesmo se refuta. Se vc não conhece, posso citar aqui as inúmeras contradições e impossibilidades do criacionismo, somente usando o seu próprio livro.

Logica + Razão = Ciência
Religião ≠ Razão
Religião ≠ Logica

O que move a ciência é o questionamento, e o que sustenta a religião é a proibição dele, logo Religião ≠ Ciência

Comentar por Jean

Jean,

“Fico me perguntando a qual diluvio se refere. Ao diluvio Sumério, ou seria o hindu, que tal o grego, ou então o maia. Talvez o Uro, pode ser também o Inca. Todos datam de épocas diferentes. Se tem registro de mais de 270 diluvios mencionados, e em comum, todos datam do inicio de suas civilizações.”

Que provas históricas queres mais? Todas as antigas civilizações registaram um dilúvio e o ser humano hoje pede “provas” do diluvio. Irónico, no mínimo. O que dizer das várias versões de um dilúvio em diferentes culturas espalhadas pelo mundo?”

Comentar por alogicadosabino

“…fisica, matematica, eletronica, estatistica…”

Isso tudo se chama ciência.
Evolução é religião.

Comentar por Isaias S. OLiveira

Religião é acreditar no inacreditável, é ter fé. Isso não tem nada a ver com Evolução. As pessoas não tem fé em uma teoria. Simplestmente é a melhor explicação, e a única que passou pela avaliação do metodo cientifico, e até hoje não foi provado que está errada.

Comentar por Jean

Para os que enxergam, já está mais que provado que peixes geram peixes, anfíbios geram anfíbios, lagartos geram lagartos, aves geram aves,felinos geram felinos, macacos geram macacos e humanos geram humanos. Aliás, vou lhe contar uma coisa que você ainda não sabe: A ciência = observação.
Quando alguém acredita em algo que não é observado, está a acreditar em uma religião.

“Religião é acreditar no inacreditável”

Isso! Vermes gerando peixes, peixes gerando anfíbios, anfíbios gerando répteis, répteis gerando aves e mamíferos, macaco virando gente e sapo virando príncipe. Nunca observados pela ciência.

Comentar por Isaias S. OLiveira

“Logica + Razão = Ciência
Religião ≠ Razão
Religião ≠ Logica

O que move a ciência é o questionamento, e o que sustenta a religião é a proibição dele”

Hmm…premissas erradas, conclusão errada.

“O que move a ciência é o questionamento”

Ponto para a ciência. Vamos deixar que as teorias que se dizem científicas mostrem quão abertas estão ao questionamento e saberemos quão científicas elas, de fato, são.

Comentar por Darjo

Será que vc sabe como funciona o método cientifico? Acredito que não. Toda teoria é aberta ao questinamento. Só que não adianta simplesmente dizer que não acredita nela ou que não gosta dela, tem que provar que está errada. Se habilita?

Comentar por Jean

“Será que vc sabe como funciona o método cientifico?”

Alguém precisa saber como funciona “o método científico” para reconhecer premissas erradas? (na verdade, não existe “o método científico”, mas métodos.)

“Só que não adianta simplesmente dizer que não acredita nela ou que não gosta dela, tem que provar que está errada. Se habilita?”

Se me habilito a refutar teorias científicas (já que esta história de provar em ciência também não existe)?
Por que não? Ainda mais quando tenho o incentivo de ninguém menos que Galileu Galilei…

“Em questões de ciência, a autoridade de mil não vale (ou deveria ser “não é superior a?”) o raciocínio humilde de um único indivíduo.”

Apesar disso, é bom destacar que o “ponto básico” é outro: a doutrinação “evoilusionista”, e não a refutação de verdadeiras teorias científicas.

“O ponto básico, contudo, é que a doutrina da evolução dominou o mundo, não sobre a força de seus méritos científicos, mas precisamente em sua capacidade como mito gnóstico. Ela afirma, com efeito, que os seres vivos criaram-se a si mesmos, o que é em essência uma alegação metafísica. Isso , por si só, implica que a teoria é cientificamente inverificável (um fato, por sinal, que tem sido suficientemente assinalado pelos filósofos da ciência). Portanto, em última análise, o evolucionismo é na verdade uma doutrina metafísica com roupagem científica.” Wolfang Smith.

Comentar por Darjo

“logo Religião ≠ Ciência”

Então Evolução também ≠ Ciência. A não ser que voce consiga repetir a evolução em laboratório.

Comentar por Isaias S. OLiveira

“Agora seu grande livro, que explica tudinho, já nas primeiras páginas se contradiz, e ele mesmo se refuta. ”

Se contradiz onde?

Comentar por Fabricio Lovato

No ensino básico, me ensinaram que um sapo transformando-se num príncipe era um conto de fadas. Na universidade, me ensinaram que um sapo transformando-se num príncipe era um fato!
RON CARLSON

Comentar por Fabricio Lovato

Deus não tem matéria nem energia?

Comentar por leandro ribeiro

…e já me esquecia:

«A verdade é que eu tenho evidências para a minha crença de que não foi preciso milhões de anos para os fósseis fossilizarem»

Para todos os fósseis? 😐

Comentar por leandro ribeiro

Porque foram as minhas perguntas lá para cima? 😦

Comentar por leandro ribeiro




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: