No princípio criou Deus os céus e a Terra


Evidência do Dilúvio bíblico nas cadeias montanhosas
Maio 28, 2009, 2:53 am
Filed under: Convicções / Fé

A respeito do Dilúvio, diz-nos a bíblia que os montes estiveram debaixo das águas. Se isto aconteceu, poderíamos esperar encontrar vestígios marinhos nas grandes regiões montanhosas… e é precisamente isso que encontramos.

Existem fósseis de baleias e outros animais marinhos na Cordilheira dos Andes, na América do Sul.

Existem fósseis de tubarões e outros animais marinhos na Cordilheira do Atlas, em Marrocos.

Existem fósseis de animais marinhos nos Himalaias, na Ásia.

Existem fósseis de animais marinhos no Evereste, na Ásia.

Existem fósseis de animais marinhos em montanhas na China (Ver AQUI e AQUI).

O facto de encontrarmos milhares de fósseis muito acima do nível das águas é evidência de que a terra já esteve debaixo delas. Claro que não esperem que o céptico admita que tudo isto é evidência do dilúvio de Noé. Pedro diz-nos que eles de propósito ignoram que o planeta esteve coberto de água (II Pedro 3:5-6). Por outras palavras, são burros de propósito!

himalaias
__________________________________________________________________________

“Elevaram-se as montanhas, desceram os vales, até o lugar que lhes determinaste” (Salmos 104:8)

Advertisements

77 comentários so far
Deixe um comentário

Ó Sabino, isso pode ter sido só uma colecção fortuita de dilúvios localizados!

Além disso, quem sabe se esses animais no passado não tinham capacidade de voar? A evolução tudo pode..

Comentar por Mats

Pelo que sei o mar mediterraneo não existia, era uma porção de terra com nivel média a baixo do oceano atlantico.Mas um dia o oceano venceu as barreiras naturais e “encheu” o mediterraneo.Deve ter sido um grande diluvio na altura pois as viagens eram medidas em dias a pé… Mas este foi o unico diluvio conhecido…Gandas tótós…

Comentar por Elvis

Até já dá pena eh eh eh

Quanto aos Himalaias, e devido à altitude, é muito pouco provavel emsmo por absurdo um diluvio o cobrisse que a àgua estivesse no esatdo liquido, a partir de derterminda altura. mesmo no pico do verão, as condições de um diluvio global levariam á dim inuição das temperaturas e a altitude levaria à formação imedita de gelo e neve. Bem as baleias sempre podiam ir divertir-se a fazer SKU

1. Signfica que as águas que eram salgadas e não doces. (E que portanto já estiveram abaixo do nivel do mar)

2. Confirma a téctonica de placas e a a forma como a se formam as montanhas devido à colisão das placas.

Cá por mim podes usar o asno para adjectivar o Pedrito, que só lhe ficava a matar.

Comentar por Joaquim Coelho

Melhor aluno de Geologia nos tempos da faculdade (vulgar Joaquim Coelho),

“Quanto aos Himalaias, e devido à altitude, é muito pouco provavel emsmo por absurdo um diluvio o cobrisse”

Os Himalaias actuais são o resultado da acção diluviana. Os himalaias não estavam na altitude a que se encontram hoje. Os montes estiveram debaixo das águas e não as águas em cima dos montes. Parece ser a mesma coisa, mas entendes onde quero chegar?

A tectónica de placas está incluído no modelo diluviano criacionista. Ela foi uma das acções do dilúvio.

1) Repara que este é um dos casos onde dá para ver que a discussão não é acerca dos factos mas sim acerca das pressuposições iniciais de cada, que determinam a forma como cada um interpreta a evidência;

2) A bíblia diz que és burro de propósito.

Comentar por alogicadosabino

Achei interessante este caso dos *Criacionistas*, onde dizem que o Himalaia poderia ter apenas alguns metros, ao invés dos kilômetros de montanhas.

Se procurarmos na internet, através do que muitos Criacionistas fazem (o tal google-research), encontraremos que o Everest tem cerca de 60 milhões de anos.

Então, de acordo com a *Teoria Criacionista Bíblica*, o Himalaia era uma bacia rasa a menos de quatro mil ou seis mil anos.

Isto é contra qualquer conhecimento geológico estabelecido.

O estranho é que, conhecimento geológico é baseado em pesquisas, matemática e principalmente EQUAÇÔES !!!

Quais foram as equações, pesquisas e conhecimento que os Criacionistas nos trouxeram frente a esta inerrância científica ?

Nenhuma. Apenas criticam, baseado, em questões do tipo “.. não há data de nascimento..”,”o C14 não é 100% correto”,”os outros métodos de datação são falhos”.

Agora, quais os *Métodos de Datação* que os Criacionistas estipularam para falar estas incongruências do Himalaia e de todos os outros métodos de datação ?

Resposta : A BÍBLIA (ou a Lógica Circular [rsrsrsrs])

Então, em virtude de um *milagre* (logo após o dilúvio) ou então, que o Himalaia tenha aumentado de poucos Metros até os mais de oito mil metros em menos de 3 ou 4 mil anos, ou é Mágica ou é Fermento.

Vamos imaginar algo lógico e consistente. O Himalaia aumentou 1 Km por ano.

Lembramos que o Himalaia é *bem habitado*, como que nenhum dos seus perceberam ?

Lembramos também que o mesmo Himalaia tem sido historicamente uma barreria natural que determina a geopolítica da região há milhares de anos, portanto podemos supor que ele cresceu numa velocidade muito mais rápida, talvez uns 5km em menos de mil anos.

Onde podemos verificar isso? Onde alguém já viu uma montanha não vulcânica crescer a qualquer velocidade notável? Em nenhum lugar, assim como não há qualquer evidência de que o mesmo tenha ocorrido em qualquer época. Portanto temos aqui mais um milagre.

E por fim, a presença de fósseis marinhos no Himalaia prova apenas que em alguma época ele já esteve submerso, em alguma época milhões ou bilhões de anos atrás

Comentar por Ricardo Muradas

Tens toda a razao!! O montes ja estiveram debaixo de agua. Que conclusao brilhante!.. merecedora de POST upa upa. Nao andaste na escola? Nao aprendeste nada de tectonica de placas? Na tua cabeça nao fazem sentido quaisquer dinamicas…pois nao? Nao te percebo!
Tb nao percebo como e possivel fazer um blog para tentar encaixar qualquer tipo de evidencia na teoria (manhosissima) da biblia e ao mesmo tempo acusar a comunidade cientifica de fazer o mesmo relativamente ao evolucionismo. So tolos e ignorantes colocam a ciencia ao mesmo nivel da religiao. Acho incrivel o facto de, sem teres nenhuma formaçao cientifica, achares-te mais capaz de interpretar dados do que os reais cientistas que os produzem…simplesmente pq les a biblia. Acorda!

Comentar por rasputin

“Acho incrivel o facto de, sem teres nenhuma formaçao cientifica, achares-te mais capaz de interpretar dados do que os reais cientistas que os produzem…simplesmente pq les a biblia. Acorda!”

E se eu te disser cientistas doutorados que pensam o mesmo que eu… qual vai passar a ser a tua desculpa? Se calhar vais dizer que compraram os diplomas : D

Comentar por alogicadosabino

vou te dizer:
1- nao sao doutorados em ciencias naturais.
ou
2-nao disseram o que pensam na defesa dos respectivos doutoramentos.

desculpa mas tens de admitir que este post teu e’ lixo puro. nem tu acreditas no que escreveste.

Comentar por rasputin

Pois, o problema é que são doutorados em ciências naturais. Áreas como biologia, zoologia, geologia, etc.

Mais uma vez está visto que a discussão é filosófica e não científica.

Comentar por alogicadosabino

Eis a resposta para todas as vossa questões:

Comentar por Ezequiel

Acorda você rasputim, nem sabe o que se passa aqui.

Comentar por Arthur Vergara

Excelente divulgação de ciência sabino… Excelente mesmo. Só é pena é o título do blog, e de toda a intrepetação nele contida. Porque de lógico, só se for a ironia que daí advém.

Tenham uma boa vida.

Comentar por andré

Prezados Joaquim e Rasputim…

Acham mesmo que religiosos defensores de uma Terra de 10.000 anos vão saber algo sobre tectônica de placas?

E prá quem quer REALMENTE saber, pode olhar os links abaixo. Sem mitologia, sem apelo ao sobrenatural, sem fantasia. E beeem básico…

http://www.discoverybrasil.com/everest/porqueetaogrande/flash/noflash/index.shtml

http://mundoestranho.abril.com.br/geografia/pergunta_287546.shtml

Comentar por Alexssc

Camarada Alexssc, me parece que você classifica as pessoas de acordo com o que você acha que os outros pensam. Eu por exemplo faço divisão entre crença, fé, ciência e mito. Não tenho razões para achar que a Terra tenha 10.000 anos(não acho que tenham). Simplesmente acho que a bíblia é de alguma forma baseada em fatos, e creio em Deus.
Se para você Alexssc isto é coisa de acéfalo, me aches acéfalo e eu te acharei repugnante.

ps: Eu não sou geólogo, mas graças ao criacionismo, tenho interesse em assunto científico. O criacionismo é um combustível tão forte para o interesse quanto o naturalismo.

Comentar por arthgar

arthgar,

“Simplesmente acho que a bíblia é de alguma forma baseada em fatos”

Em nenhum momento eu disse que a bíblia não possa ter base em fatos. Mas há que separar fato de mito. Do contrário, seguindo por esse argumento, o fato de existir o Empire State prova a existência do King Kong, ou fato de gibis mencionarem Manhattan prova a existência do Homem-Aranha.

Se você aceita dicas de leitura, dê uma olhada no livro “A Bíblia Não Tinha Razão”, escrito por Finkelstein e Silberman.

Ou o livro “O Que Jesus Disse, O Que Jesus Não Disse, Quem Mudou a Bíblia e Porquê”, escrito por Bart D. Ehrman.

“Se para você Alexssc isto é coisa de acéfalo, me aches acéfalo e eu te acharei repugnante.”

Se quer me achar repugnante, faça-o. Mas não jogue a culpa disso em mim, pois em nenhum momento chamei ninguém aqui de acéfalo.

Comentar por Alexssc

Somente te acharia repugnantes, se por isto me achasses acéfalo.

Conheço o primeiro livro citado, acho um ótimo estudo, porém com certas considerações que foram saltadas, resumindo uma teoria interessante e diplomática que pode explicar a bíblia na concepção cultural, mas pula as possbilidades e salta para a explicação psicológica. Inclusive deixei alguns recados de erros terríveis dos autores,
Por exemplo:
No esforço deles por mitificar a história de Moisés, eles se baseiam em um terrível mal-entendido.
Dizendo que Moisés viria de Msés(Como Rá-Msés{filho de Rá, sendo Msés filho de algum Deus Egípcio}). O erro deste comentário é que Moisés é o nome em português, em hebraico fica mais longe de Msés,tá mais para Moxé. Esse é só um exemplo, mas quanto ao outro vou procurar, embora o assunto aqui não seja sobre Jesus.

Um abraço.

Comentar por arthgar

“Do contrário, seguindo por esse argumento, o fato de existir o Empire State prova a existência do King Kong, ou fato de gibis mencionarem Manhattan prova a existência do Homem-Aranha.”

Ehpa, este tipo de argumentos só pode ser a brincar não? Que frustração ateísta.

Comentar por alogicadosabino

Outra coisa, entendi perfeitamente o argumento sobre a tectônica de placas(muito bom), mas acho que aí cabe uma investigação para saber a idade da montanha, e a idade dos espécimes.

Digamos que a baleia fosse mais antiga que a formação rochosa. E estivésse lá fossilizada durante a elevação da placa(levando em consideração que as placas podem formar-se suave ou bruscamente)isso poderia ter destruído o espécime.

Se o espécime for mais recente que a formação, este argumento perde o sentido.

Nada deve ser tão categórico.

Comentar por arthgar

Arthgar,

“Outra coisa, entendi perfeitamente o argumento sobre a tectônica de placas(muito bom), mas acho que aí cabe uma investigação para saber a idade da montanha, e a idade dos espécimes.”

“Nada deve ser tão categórico.”

Ah, que bom. Então vejo que concordamos que este post (como tantos outros por aqui) é meio precipitado e categórico ao afirmar “evidências” do dilúvio.

Comentar por Alexssc

Sobre este vídeo, que sugeito arrogante e escroto, ao fazer piada com um assunto que desonhece:

Quem tem telhado de vidro(evolução) não joga pedra no telhado do vizinho(criação)

Comentar por arthgar

Criacionismo não consiste em recitar a bíblia.
Na verdade o estudo deve ser independente da bíblia e se por acaso as coisas coincidem surgem artigos criacionistas.

Comentar por arthgar

Ó Sabino, tenho duas questões em suspenso que andam à espera de contexto, mas como nunca escreveste nada sobre o assunto, decidi deixá-las num post que estivesse, de algum modo, relacionado com a Bíblia. Aqui vai:

1) Quando Deus criou todos os animais, criou-os já com sexo? No sentido de “masculino-feminino”? E criou-os com capacidade de reprodução? E essa prática ocorreu no jardim do Éden?

2) Qual a função do prazer no sexo do ponto de vista criacionista?

Um sempre teu admirador,
Leandro

Comentar por leandro ribeiro

1) Sim a tudo.

2) Se o sexo foi algo que Deus criou é porque é bom. O que pode acontecer é ser mal usado, como outros presentes de Deus como o livre-arbítrio.

Um sempre teu amigo,
Sabino

Comentar por alogicadosabino

1) Ora, Deus criou primeiro todos os outros animais e só depois sentiu a necessidade de dar uma digna companhia a Adão. Foi da solidão de Adão que surgiu a necessidade de criar a mulher, e não de qualquer imperativo biológico.

Mas de onde surgiu, a teu ver, a necessidade de criar “versões” femininas para (quase) todas as outras espécies?

2) «Se o sexo foi algo que Deus criou é porque é bom.»

Esta tua resposta é um “sim porque sim”. De qualquer modo, que o sexo é bom já eu tinha percebido – mas a minha questão não foi essa.

É perfeitamente possível assegurar a reprodução sem associar tamanho prazer à prática dos mecanismos que nela resultam – existem pessoas que, por motivos biológicos, não sentem prazer sexual, mas mantêm a capacidade de reprodução.

Insisto na pergunta: à luz do criacionismo, qual a função – biológica – do prazer nos mecanismos reprodutivos?

Comentar por leandro ribeiro

Alexssc, fico feliz de podermos trocar idéas harmoniosamente. Se todo debate fosse assim…

Comentar por arthgar

PS:Só pra lembrar, não estou criticando a postura do cia, ou do evo.
Afinal é normal que toda discussão se inicie com extremos, e vá encontrando uma intersecção.

Comentar por arthgar

“Acham mesmo que religiosos defensores de uma Terra de 10.000 anos vão saber algo sobre tectônica de placas?”

Aqui há um artigo da Sociedade Criacionista Brasileira sobre o assunto:
http://www.scb.org.br/pergresp/tectonicasplacas.htm

“Ou o livro “O Que Jesus Disse, O Que Jesus Não Disse, Quem Mudou a Bíblia e Porquê”, escrito por Bart D. Ehrman.”

Aqui um comentário sobre o mais novo livro desse ex-cristão:
http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos.asp?cod=537MOS006

Comentar por Fabricio Lovato

“1- nao sao doutorados em ciencias naturais”

Uma lista com mais de 600 te serve?

http://www.discovery.org/scripts/viewDB/filesDB-download.php?command=download&id=660

“Somos céticos das afirmações da capacidade da mutação aleatória e da seleção natural explicarem a complexidade da vida. Um exame cuidadoso da evidência a favor da teoria darwinista deve ser encorajado.”

Comentar por Fabricio Lovato

E em que isto os torna, automaticamente, em defensores do Criacionismo?

Comentar por Alexssc

Não falei que isso os torna defensores do Criacionismo, apenas apontei o fato de que nem todos os cientistas põem a mão no fogo pela Evolução.

Comentar por Fabricio Lovato

Sempre os Criacionistas listam os “mais de 500 doutores em ciências naturais são Criacionistas”.

Isto é interessante, mas seria CORRETO ao saber quantos NÂO SÂO.

Então aqui está a lista
“De acordo com pesquisa realizada nos EUA, dos 750.000 (Setecentos e Cinquenta Mil Cientistas), 500 (quinhentos) são *criacionistas*.

Comentar por Ricardo Muradas

Ricardo, podes facultar-nos essa lista?

Comentar por Marcos Sabino

Claro :

Com todo prazer. Segue o link e demais informações :

“Quanto aos poucos cientistas que acreditam no criacionismo, eles representam, segundo a revista Newsweek, apenas 0,15% de todos os cientistas da vida (biólogos) e da Terra (geólogos) com alguma crendencial acadêmica respeitável nos EUA.[12] São 700, entre os 480.000 cientistas.”

Newsweek magazine, 1987-JUN-29, Page 23

http://pt.wikipedia.org/wiki/Controv%C3%A9rsia_da_cria%C3%A7%C3%A3o_versus_evolu%C3%A7%C3%A3o#cite_note-11

Comentar por Ricardo Muradas

Já que tocaram no Bart Ehrman, lembrei-me desse vídeo que vi há algumas semanas:

Comentar por Fabricio Lovato

Fabrício Lovato:

A questão é que se hoje um evangélico diz para outro que Jesus apareceu para ele na igreja, do outro lado do continente chega a informação de que Jesus retornou.

É notório que o povo tende a aumentar a informação na medida em que ela vai sendo repassada, é o instinto de querer chamar a atenção do ouvinte.

E antes como não tinha televisão para conter o aumento, uma visão desta que acontecem hoje, vira uma ressurreição décadas depois.

Fora que uma ressurreição não é passível de ser provada por prova exclusivamente testemunhal, ainda mais por testemunhas parciais, viciadas pela crença.

Comentar por Clayton Luciano

A função do prazer no sexo, estimular a reprodução.

‘Sede fecundos’

Comentar por arthgar

Mas se Deus nos deu o mandamento, para que precisamos ainda do estímulo carnal? Deus, criador da humanidade, certamente seria capaz de prever o efeito que semelhante prazer teria na sua criação – um efeito como nenhum outro. A função sexual poderia ter sido assegurada por um sinal biológico diferente, menos arriscado, mais suave, digamos assim. Por que não o terá feito? Levanto duas hipóteses:

1- queria oferecer à humanidade uma fonte de prazer, recompensar a expressão de amor de um humano pelo seu semelhante;

2- queria ter um “teste supremo”, uma tentação tão grande que lhe permitisse distinguir os fortes de espírito daqueles que se deixam cair em tentação;

Haverá, certamente, mais hipóteses. Aguardo com interesse.

Comentar por leandro ribeiro

Leandro

Se quiseres realmente saber um pouco da posição bíblica sobre o tema sexualidade, aqui vai um bom [embora um pouco longo] artigo:

http://criacionista.blogspot.com/2008/09/sensualidade-pura.html

Comentar por Fabricio Lovato

Mas se Deus nos deu o mandamento, para que precisamos ainda do estímulo carnal?

Não percebi.

Comentar por alogicadosabino

Ok, vamos falar sobre os fósseis e a tectônica de placas,

segundo a fonte:
“Among the fossils the scientists reported bringing back were the bones of whales and other marine animals found at altitudes of more than 5,000 feet. When these animals died from 15 million to 20 million years ago, their carcasses settled to the ocean floor and were embedded in submarine sediments. But since then, the violent upthrusting of the Andean chain has carried the sediments to the tops of mountains. In geological terms, the time the fossils took to rise from ocean floor to mountain top was relatively brief.”

Segundo wikipedia os primeiros cetáceos surgiram a 50 milhões de anos atrás(não esta baleia , só os primeiros cetáceos)esta baleia tem 15 milhões de anos.

mesmo que ela fosse o primeiro cetáceo ela precisaria chegar bem alto para estar onde está.

Portanto o argumento da tectônica de placas não parece válido. Um abraço para todos.

Comentar por arthgar

Os montes estiveram debaixo das águas e não as águas em cima dos montes.

Sabino, para seres crente não precisas de te armar em parvo.

Como é que um dilúvio procedia á elevação de cadeias montanhosas de 8km de altitude ?

A erosão não o poderia fazer, já que esta apenas actua de um dado nivel até ao nivel do mar.

A resposta parva dos antigos criacionistas era atectonica vertical, estupidez tão grande que foi um criacionista (os outros nem se deram ao trabalho de rebater tal parvoice) que a desfez de alto a baixo, com base em vários factos e leis da fisica, da estrutura e resistência dos materiais.

Melhor aluno de Geologia nos tempos da faculdade (vulgar Joaquim Coelho)
Por acaso até o fui nas cadeiras de mineralogia e de geologia geral do curso de engenharia geológica (de que desisti no 3º ano para trabalhar) da Universidade de Ciombra. 20 nas práticas das duas e 20 nas teoricas de mineralogia e 18 em Geologia Geral.

A bíblia diz que és burro de propósito.
Obrigado Sabino. Fico contentissimo por a biblia me declarar burro. Como considero a biblia, junto com o corão as maiores burrices e “estupidezes” da história da humanidade, é um um elogio que me considere um burro.
Se dissesse o contrário é que ficava lixado, já que nada há de mais estimulante do que um burro chamar-me burrro

eh eh eh eh eh e

Comentar por Joaquim Coelho

Como o dilúvio pôde encobrir o Monte Everest?

Durante o dilúvio, a área onde está agora o Monte Everest era uma bacia na qual sedimentos estavam se acumulando. Isto é mostrado pela presença de fósseis marinhos no Monte Everest (2). Após o soterramento dos fósseis, atividades catastróficas elevaram os sedimentos a uma altura bem acima de sua posição anterior, formando as montanhas do Himalaia. A maioria das montanhas atuais pode ter-se formado de maneira semelhante, durante o dilúvio ou logo após.

2. Odell N. E. 1967. “The highest fossils in the world”. Geological Magazine 104(1):73-74.

http://www.scb.org.br/pergresp/diluvio.htm

Comentar por Fabricio Lovato

Mas como é que os Himalaias emergiram 8000m em uns 3 mil anos? Sabendo que os povos milenares lá existiam nessa altura?

Comentar por Dário Cardina

Porquê 3 mil anos?

Comentar por arthgar

Já existiam? E quais são os teus registos disso?

E Dário, já foi presenciado grandes alterações geológicas em curtos espaços de tempo. O teu uniformitarismo não te deixa pensar fora da caixa.

Comentar por alogicadosabino

Fabricio,

Longo e desnecessariamente longo 🙂 Perde-se muito com exemplos que estão sempre a dizer mais do mesmo. O ponto fulcral do artigo fica ali meio perdido.

O artigo, apesar de esclarecedor em muitos pontos, não me saciou. Nota: não é avançada qualquer explicação para o facto da sensualidade e do prazer sexual estarem associados à função reprodutiva. Poderiam ser independentes dele, mas não são – porquê? Mas esta resposta não precisas de a procurar: parece-me que consigo facilmente compreender a ligação entre a união do casal e a geração de um filho, que faz parte dessa união e é fruto desse amor. Esperava que uma resposta à minha questão abordasse essa ligação, o que não acontecesse neste texto.

Resta agora compreender qual a função do prazer sexual noutros animais. É que esse prazer existe em cães, gatos, macacos, etc – e não me parece que o que o artigo defende se lhes aplique.

Comentar por leandro ribeiro

Resumindo O himalaia que é uma formação recente, é mais antigo que as baleias.

Portanto é valido como evidência.

Comentar por arthgar

O que é “recente” para você?

Comentar por Alexssc

Segundo wikipedia, não eu, O himalaia começou a se formar a 70 milhões de anos, e terminou de se formar a 50 milhões de anos, quando surgiu o primeiro cetáceo.

Comentar por arthgar

E o argumento das tectônicas não é válido

Comentar por arthgar

Arthgar,

“Segundo wikipedia, não eu, O himalaia começou a se formar a 70 milhões de anos, e terminou de se formar a 50 milhões de anos, quando surgiu o primeiro cetáceo.”

Posso estar enganado, mas a reportagem não falou CETÁCEOS, e sim “animais marinhos” (marine animals) e “sedimentos marinhos” (marine sediment).

Tentar passar a (falsa) idéia de que há fósseis de baleias por lá não me parece muito justo de sua parte.

Comentar por Alexssc

É verdade, me enganei, a baleia está nos Andes e não no himalaia, mas de qualquer forma os Andes não são tão diferentes do himalaia.

Começaram a se formar há 200 milhões de anos
http://super.abril.com.br/superarquivo/1996/conteudo_31256.shtml

demais datações.

http://www.unb.br/ig/posg/mest/mest119.htm

Comentar por arthgar

Me desculpe, não foi por mal.

Comentar por arthgar

Que mancada! esta da baleia é uma das primeiras frases, diz bem claro que é nos Andes. hehe.

Comentar por arthgar

Vou tentar ser claro:

Três coisas:

Se esta hipotese fosse verdadeira, então se deveria encontrar fósseis de TUDO O MAIS junto aos animasi marinhos. Pq? Meramente pq o dilúvio como proposto pelo mito judaico é um evento CATASTRÓFICO, e teve curta duração. Não houve TEMPO para a formação de ecossistemas marinhos em tais locais. Assim, obviamente, tais animais, a maioria de pouca mobilidade, apenas teria sido levada aí pelas correntes, bem como qlq outro ser terrestre morto.

Com a descida rápida da água, não haveria fossilização. Aos que duvidam, sugiro livros de paleontologia básica.

3º A imensa maioria dos seres marinhos bentônicos (de fundo e, apesar de não ter sido dito, a maioria dos fósseis de tais região são de tais seres), precisa de uma faixa específica de salinidade (pH) para viver. Assim, com um dilúvio global, não haveria condições para que tais seres tivessem sobrevivido, a menos que a água adcional fosse igualmente salgada (mas aí tbm entra a questão dos animais de água doce…)

Enfim, estas hipóteses são ridículas, e demonstram que seu proponente apenas é tolo pq quer… 🙂

Comentar por Ravick

Ah, deixe-me colocar tbm um link de um post com desafios à hipótese de um dilúvio global: http://www.osamorais.com.br/2009/06/01/a-representacao-do-diluvio-biblico/

🙂

Comentar por Ravick

“Se esta hipotese fosse verdadeira, então se deveria encontrar fósseis de TUDO O MAIS junto aos animasi marinhos. Pq? Meramente pq o dilúvio como proposto pelo mito judaico é um evento CATASTRÓFICO, e teve curta duração.”

Os animais terrestres morreram com a chegada do dilúvio. Os cetáceos ficaram ali não apenas com a chegada do dilúvio, mas porque foram soterrados e ficaram presos quando a água baixou.

“Com a descida rápida da água, não haveria fossilização. Aos que duvidam, sugiro livros de paleontologia básica.”

E sem descida nenhuma?

Aff.

“3º A imensa maioria dos seres marinhos bentônicos (de fundo e, apesar de não ter sido dito, a maioria dos fósseis de tais região são de tais seres), precisa de uma faixa específica de salinidade (pH) para viver. Assim, com um dilúvio global, não haveria condições para que tais seres tivessem sobrevivido, a menos que a água adcional fosse igualmente salgada (mas aí tbm entra a questão dos animais de água doce…)”

E por isso eles são fósseis… Não sobreviveram… lol

E estuda sobre os seres aquáticos e seus comportamento em relação a água, antes de lançar estas velhas objeções…

Comentar por MVR

‘Enfim, estas hipóteses são ridículas, e demonstram que seu proponente apenas é tolo pq quer… ‘

Olha, respeitei seus argumentos até soltares esta.

Comentar por arthgar

Arthgar,

“É verdade, me enganei, a baleia está nos Andes e não no himalaia, mas de qualquer forma os Andes não são tão diferentes do himalaia.”

Temos, entre a formação dos Andes e a formação do Himalaia, uma diferença crucial nesta questão dos fósseis encontrados: enquanto que este (Himalaia) se formou da colisão entre placas indo-australiana e eurasiana, aquele (Andes) se formou da colisão entre a placa sul-americana e a placa de nasca (localizada no Oceano Pacífico).

Desse modo, enquanto no Himalaia temos uma elevação continental/continental – resultando no fechamento do Mar de Thetys, nos Andes temos uma elevação oceânico/continental.

http ://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=47614
http ://zoo.bio.ufpr.br/diptera/bz023/tectonica.htm

Comentar por Alexssc

“Se esta hipotese fosse verdadeira, então se deveria encontrar fósseis de TUDO O MAIS junto aos animasi marinhos”

A sequência observada no registro fóssil se alia bem ao relato de um dilúvio universal, quando consideramos fatores como a motilidade dos animais [um T-Rex não seria sepultado ao lado de um trilobita, podendo fugir para regiões mais elevadas], a flutuabilidade seletiva de certos animais e o zoneamento ecológico dos animais pré-diluvianos [os organismos que viviam nas regiões de menor altitude do mundo pré-diluviano representam a parte inferior da coluna geológica, e os que viviam nas regiões de maior altitude, o topo da coluna].

Comentar por Fabricio Lovato

“Com a descida rápida da água, não haveria fossilização. Aos que duvidam, sugiro livros de paleontologia básica.”

A água não veio somente de cima, mas também de baixo.
Além da atividade da água, muitos outros eventos geológicos estiveram interligados no dilúvio, como o vulcanismo, por exemplo.

Que livro de Paleontologia básica já leste?

Comentar por Fabricio Lovato

” A imensa maioria dos seres marinhos bentônicos (de fundo e, apesar de não ter sido dito, a maioria dos fósseis de tais região são de tais seres), precisa de uma faixa específica de salinidade (pH) para viver. Assim, com um dilúvio global, não haveria condições para que tais seres tivessem sobrevivido, a menos que a água adcional fosse igualmente salgada (mas aí tbm entra a questão dos animais de água doce…)”

Como o MVR respondeu:
“E por isso eles são fósseis… Não sobreviveram… lol”

Aqui tem algo mais:
http://michelsonperguntas.blogspot.com/2008/10/animais-de-gua-doce-no-dilvio.html

Comentar por Fabricio Lovato

“Enfim, estas hipóteses são ridículas, e demonstram que seu proponente apenas é tolo pq quer”

Perdeu uma grande oportunidade…de ficar quieto!

Comentar por Fabricio Lovato

Em que contribui tanto bla;bla;lalala,para a vossa felicidade? deixem de ser burros, comam, bebam fodam, e irão ver que afinal a vida é bela sem essa de criacionismo, perguntem aos vossos índios se sabem alguma coisa disso, quem é deus? É a natureza que les dá o que é necessário á sobrevivência.

Comentar por Valdemar Oliveira

Por que tanta discussão em cima de algo tão óbvio: quem foi que disse que o monte Everest não foi coberto pelas águas numa época recente? Os cientistas! E quem disse que o everest tem mais de 8000 metros? Os cientistas! Conclusão: é tudo mentira. O Everest é na verdade uma colina de poucos metros. Você já foi lá pra ver? Então, na verdade essa é uma conspiração da ciência para esconder a verdade absoluta da Bíblia. cuidado com os cientistas e não acreditem em nada que eles disserem!

Comentar por Eduardo Andrade

se querem saber de algumas posições interessantes sobre este tema leiam “a linguagem de Deus” de Francis s. Collins, director do projecto genoma humano e Deus e a ciencia de Geral Schroeder do MIT. Não são uns quaisquer palermas.
O problema na minha modesta opinião é que geralmente quem se propõe a discutir este problema, não tem cultura cientifica ou conhecimento sobre a hexegese biblica (como tal deveriam ler cabalistas como Maimonides, por exemplo).

Abraço a todos

Comentar por adilio

OLHA O QUE DIZ O EVILUCIONISTA:

“Ó Sabino, isso pode ter sido só uma colecção fortuita de dilúvios localizados!

Além disso, quem sabe se esses animais no passado não tinham capacidade de voar? A evolução tudo pode..”

Tudo pode mesmo! Como no país das maravilhas! POKÉMON!!!

Comentar por Rodrigo César Nunes Pino

vcs evoluicionistas, pois no fim haverá temor e ranger de dentes, mudem enquanto podem, pois os tempos ja chegados são e os dias Deus abreviou, pois do contrario nem os escolhidos iriam suportaar, mas se vcs são contra a biblia, me respondam, como algo escrito a tanto tempo poderia, prever os nossos tempos, leia a bíblia, e me conta. Pois o que falaria os cientistas, se falassem quem os avioes vieram de uma explosão, é tudo tão perfeito… é só analisar o planeta e o espaço, até qualquer coisa, é se polhar no espelho, ou resolver uma conta de matematica, por a caso fomos macacos e viramos isso, Darwin foi enspirado pelo diabo, pois graças a ele muitas pessoas não amaram a Deus, pois creia nele, mas creia nele de verdade, e va igreja, e se batize, então eesa algo a Deus, porém com fé, mas só com fe´, ele te dará, se for de sua vontade(vontade de Deus), e pro seu bem, ele te dará entra numa igreja, como a CCB. MA sse você prefere acreditar que viemos do macaco, e que viemos de uma evolução, para de ver pokemon…

Comentar por Fabinho

Como faz falta um ensino fundamental decente…

Comentar por Alexssc

Eu gostaria de dizer que não faz nem sentido a discussão quanto à criação ou evolução, pois é lógico e claro para qualquer pessoa que uso o mínimo de inteligência que não existe a menor possibilidade de o acaso ter dado origem ao universo ea vida.

Comentar por Ismar

Se o ser humano, com a sua natural e pretença inteligência não consegue, com todos os recursos da tecnologia atual, fazer nem mesmo uma bactéria, um ser que nem sequer tem membrana nuclear, como pode dizer que do acaso surgiria as vidas existentes na terra,dizer que as vidas existentes na terra vieram do acaso é de uma imbecilidade total.

Comentar por Ismar

quanto a questão do dilúvio, há evidências em todo o mundo dele; os fósseis são uma evidência, esses animais marinhos em cima de montanhas são evidências incontestáveis (não se admite que se encontre uma baleia em cima de uma montanha de cinco mil metros e não veja isso como uma prova do dilúvio, além de várias evidencias de um cataclisma mundial, basta vermos cavernas, montanhas escarpadas, áreas como o Grand Canyon, e outras, minas de carvão mineral e vegetal, petróleo, animais soterrados repentinamente, inclusive atravessando camadas que segundo a imbecil teoria evolucionista cobririam milhares de anos, e muito mais. Quanto a origem das água do dilúvio, apesar de não termos condições de medir o poder e os recursos que O Criador possui para executar os seus desígnios, podemos deduzir que as águas cobriram as terras todas como eram antes do dilúvio ( não sabemos como eram, pois a trra deve ter mudado bastante após o mesmo; incluindo aqui o surgimento de cadeis de montanhas, além do novo desenho mda terra, que antes era uma placa unica, como bem observamos no mapa), além de as águas poderem ter vindo de camadas subterrâneas, na verdade não podemos nem precisamos ter todas as informações sobre isso, pois se a Bíblia diz é por que é, ao contrário dessa pseudo-ciência que é o evolucionismo, que entre outras asneiras dizia que o celacanto, um fóssio badalado e “vendido” pela propaganda evolucionista com um “elo de transição” entre peixes e quadrúpedes, do qual se dizia ter se extinguido a milhões de anos, e que foi “descoberto” recentemente, nadando em águas de hoje, inalterado, apenas mais um tipo de peixe. Essa pretençã ciência chamada evolucionismo não passa de um absurdo sustentado por cépticos, que, natentativa de negar a única alternativa possívem para explicar o universo e a vida, que é a criação, aceitam qualquer imbecilidade, por mais ilógica ou absurda que seja.

Comentar por Ismar

Ou meu caro:Bem que o Senhor Jesus disse para eses que só falam de milhões de anos; se cumpre a palavra de Jesus, Eu vim para dar vista aos cegos e os que enchergam tornen-se. Então estes cientistas, ou incredulos, apenas verem com a carne, porque carne é carne, mais os que enchegaram a Jesus enchegam a realidade do cumprimento das escrituras. E aguarde que a rosca do parafuso já está terminado!!!

Comentar por José Veras

José Verá:

“E aguarde que a rosca do parafuso já está terminado!!!”

Já faz dois anos que está terminando, espera deitado.

Comentar por Clayton Luciano

Digo, dois mil anos

Comentar por Clayton Luciano

Sabino:

Voce sumiu! Apareça, pois eu te admiro muito e o site fica sem graça sem a sua presença.

O sentimento do bem, não sei o porque absolutamente, é o que interessa.

Abços…

Comentar por Clayton Luciano

isso e muito lesgal

Comentar por leonardo




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: