No princípio criou Deus os céus e a Terra


Tudo aquilo que gostarias de saber a respeito das teias de aranha, excepto a sua evolução
Maio 1, 2009, 7:44 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Este artigo da Current Biology apresenta-nos uma descrição das teias de aranha [meu destacado em todas as citações]:

Estrutura:…the… common garden spider… has evolved to take out-of-plane loads at optimized deflections.  To be able to do so, this web needs to incorporate into one structure the mechanical properties of very different types of silk: the fairly stiff, radius silk threads and the extremely soft, extensible and sticky capture silk threads, which are fixed on the radii by stringy silk cement.

Fornecem informações:  “The spider’s web is primarily a trap, mostly for insects; it retains the contacting insect and informs the waiting spider about the location and status of the prey.  Whether it is a static filter or a dynamic net swaying in the wind, the web always relays vibratory signals of considerable complexity.

Geometria: “The great ecological diversity of the potential prey is reflected in the great diversity of web designs.  Of these, the orbicular web has attracted special attention because of its ubiquity, pleasing geometry, obvious functionality and, not least, its apparent structural simplicity.

Manufactura: “At present we do not know the precise mechanisms by which different silk proteins fold and assemble in the ‘spinning ducts’ of the various and diverse spider glands.  Some initial insights have been gained, however, into the silk pathway of one typical spider silk: the dragline silk produced by the major ampullate glands of the golden silk spider

teiadearanha

E agora o mais importante… como é que a teia de aranha evoluiu?

Spider web structures and silks began their co-evolution about 400 million years ago, at first probably as a protein cover to protect the animal’s eggs and young.  Webs then evolved different functions, including acting as a kind of wall-paper for the animal’s burrow and modifying the hole into a simple trap by radiating lines that inform the lurking spider about things beetling around outside. […] The aerial webs of the ‘modern’ spiders began to evolve perhaps 200 million years ago and are superb examples of ‘extended anatomy’.  These webs also nicely illustrate the close interaction of material and behaviour which clearly are two separately encoded yet functionally inter-linked character traits.

Depois de ler esta explicação só fiquei com uma dúvida: como é que a teia de aranha evoluiu?

Viram como tudo fica mais fácil quando se contam histórias tiradas da nossa imaginação? Este é mais um exemplo do grande poder explanatório da teoria da evolução. Evoluiu porque evoluiu. À falta de evidências empíricas, nada como usar a nossa imaginação para explicar os complexos sistemas biológicos dos seres vivos.

Como já disse noutras ocasiões similares, Darwin substituiu a necessidade de evidências científicas inequívocas por adivinhação e imaginação. Não faz mal que não saibas como determinada máquina biológica veio à existência. Basta dizeres “Evoluiu” e tens aberta a possibilidade de escreveres em jornais científicos. Ah, e não te esqueças… quem está no campo da fé são aqueles criacionistas ignorantes.

Para mais “evoluiu porque evoluiu”, ver: Provavelmente evoluiu, provavelmente e A Evolução e a Lei do Aconteceu

Anúncios

24 comentários so far
Deixe um comentário

Já estão disponíveis em diversos formatos para download e para assistir direto as palestras do II Simpósio Darwinismo Hoje no site do Mackenzie.

Link: http://www.mackenzie.br/2_darwinismo_videos.html

Formatos:

– Flash Video – FLV – 640×480 – 640Kbps
– Windows Media – WMV – 320×240 – 320Kbps
– IPhone/iPod touch – MP4 – 320X480

Estão disponíveis as palestras de

– Dr. John Lennox
– Dr. Paul Nelson
– Dr. Marcos Eberlin
– Dr. Aldo Mellender
– Dr. Gustavo Caponi
– Prof. Maurício Tuffani

E o debate na Mesa Redonda.

DIVULGUEM!

Comentar por mackenzie

O hábito darwinista de confundir o público com “estórias” evolutivas já tem teias de aranha.

Comentar por Mats

Mackenzie, obrigado pelo link.

Gostarei mesmo de assistir a essas palestras. =)

Comentar por Fabricio Lovato

Um criacionista a gozar com evolucionistas porque a evolução é “imaginada”… Hilariante.
Quers provas empíricas de evolução? http://www.igc.gulbenkian.pt/groups/gi-h.teotonio/teotonio2002.pdf
e
http://www.sci.uidaho.edu/newton/math501/Fa2007/AdaptiveMutRate_Science07.pdf

Comentar por andré

Mais ainda te desafio. Segundo a tua permissa, os evolucionistas não sabem (ainda) explicar a evolução das teias. Por isso vão tentar perceber como é que ela ocorreu.
Gostaria que tu, em vez de assumir a posição bíblica por default, provasses que as teias não evoluíram. Nota que não estou a pedir-te para provar que foi deus que as criou. Só quero que me mostres que não evoluíram e pronto.

Fico à espera…

Comentar por andré

andré, que “provas empíricas de evolução” é que esses links contêm?

“Gostaria que tu, em vez de assumir a posição bíblica por default, provasses que as teias não evoluíram.”

Ai eu é que tenho de provar que elas não evoluíram? Eu tenho de provar uma coisa que não aconteceu? eheh

Comentar por alogicadosabino

é uma hipótese válida como qualquer outra. Força!

Comentar por andré

E os links são artigos científicos retirados de revistas científicas.

Comentar por andré

Não estou para os ler. Diz que evidências eles apresentam para o evolucionismo. Aposto contigo que: 1) são interpretação evolucionista; 2) podem ser explicados com base em outras cosmovisões.

Eu não tenho de provar negativas. Não estás a ser racional. Olha se eu te pedisse para provares que o meu carro não existe já há 500 biliões de anos noutro universo que não o nosso e que viajou para o meu universo, para a minha garagem e mascarou-se de forma a parecer que foi criado em 1998.

“Responde ao tolo segundo a sua tolice, para que ele não seja sábio aos seus próprios olhos.” (Provérbios 26:5)

Comentar por alogicadosabino

Gostaria que tu, em vez de assumir a posição bíblica por default, provasses que as teias não evoluíram

Andre, e se eu disser que existe uma formiga no lado oculto da lua, e que gostaria que tu provasses que isto é falso, o que é que farias?

Comentar por Mats

Bom, poderia começar a tentar pesquisar bases de dados credíveis com essa informação (já que estamos com exemplos ridículos, digamos que procuraria aqui http://www.google.com/moon/ , mas até o site da NASA poderia dar-me alguma informação).

OU poderia tentar usar a lógica. A lua não tem gravidade suficiente para reter uma atmosfera. Logo, vou perceber se é sequer possível uma formiga passear-se pela lua. Digamos que ponho uma formiga num recepiente e aplico-lhe uma pressão negativa para criar vácuo (ausência de atmosfera). Observo o que acontece.
Excusado será dizer o que acontece…
Com esta experiência posso concluir que é virtualmente impossível haver uma formiga na lua, e a tua hipótese é falsa.

Quod erat demonstrandum.

Comentar por andré

Sabino, e se eu disser que existe um Deus no lado oculto da lua, e que gostaria que tu provasses que isto é falso, o que é que farias?

Comentar por rasputin

Bem vou só deixar uma grande evidência e contribuir para a cultura daqueles que teimam em acreditar em algo tão obsuleto como o criacionismo:

1. contra factos não há argumentos (basta procurarem artigos científicos baseados em evidências científicas que a evolução ocorre e pode ser vista por nós – só se não acreditarem na ciência, mas contra isso já nem me dou ao trabalho de comentar…)

2. os biólogos e cientistas que estudam a evolução como qualquer outra àrea digna de ser explorada porque existe, não excluem a possibilidade de Deus existir e muitos deles são crentes!

Perante estas duias evidências sinceramente não entendo porquê que não aceitam as provas e insistem em discutir algo indiscutível. Ninguém nunca pós em causa a vossa fé! E ambas as ideias não são mutuamente exclusivas.

Um conselho: informem-se melhor antes de falar e encontrem falhas (aceitáveis por favor) no trabalho e provas concretas que existem e são descobertas todos os dias durante décadas!

Sem mais.

Comentar por Stéphanie

“(basta procurarem artigos científicos baseados em evidências científicas que a evolução ocorre e pode ser vista por nós – só se não acreditarem na ciência, mas contra isso já nem me dou ao trabalho de comentar…)”

Evolução de uma ameba para uma sequóia ou adaptação dentro de um mesmo tipo básico?

Comentar por Fabricio Lovato

Esse é o típico pensamento criacionista que pensa que a evolução se dá do tipo ameba -> peixe -> lagarto -> rato -> macaco -> homem. É ridículo…

Adaptação? Se for adaptação não poderá levar a uma evolução da espécie? (não sei o que é “dentro um tipo básico”…)

Comentar por andré

até agora, a única coisa observada está dentro do criacionismo bíblico, que diz que os animais reproduzir-se-ão segundo as suas espécies.

Tu é que estás a boiar na fé.

Comentar por alogicadosabino

@ sabino:
“Não estou para os ler.”
Problema o teu. Apresento-te provas concretas e tu fechas os olhos e metes as mãos nos ouvidos. Revela que pesquisas imenso sobre ambas as partes e consegues formular um pensamento nada indoctrinado…

“Aposto contigo que…”
Estúpidos, esses evolucionistas… Dizem que a evolução se dá só porque sim! Nem sabem ter uma visão imparcial e sem qualquer tipo de teleologia…

“Não estás a ser racional. Olha se eu te pedisse para provares que o meu carro não existe já há 500 biliões de anos noutro universo que não o nosso e que viajou para o meu universo, para a minha garagem e mascarou-se de forma a parecer que foi criado em 1998.”
Se fosse escrito hoje, o génesis não seria diferente desta história “irracional”.

E já que fica sempre tão bem rematar com uma escritura irrelevante e fora de contexto:
“Näo respondas ao tolo segundo a sua tolice, para que também näo te faças semelhante a ele” Provérbios (26:4)

Comentar por andré

“Problema o teu. Apresento-te provas concretas e tu fechas os olhos e metes as mãos nos ouvidos. Revela que pesquisas imenso sobre ambas as partes e consegues formular um pensamento nada indoctrinado…”

O problema é que como quase tenho a certeza de que as “provas” que tu apresentaste já me foram apresentadas por outros evolucionistas, não me dou ao trabalho de ir ver. Pedi-te para resumires (tipo: homologia genética) mesmo por isso. Porque sei que essas “provas” ou são pura interpretação e extrapolação evolucionista ou podem ser explicadas com base noutra hipótese das origens.

“Se fosse escrito hoje, o génesis não seria diferente desta história “irracional”.”

bla bla bla…e refutar a minha hipótese do carro? Prova que isso não aconteceu.

“E já que fica sempre tão bem rematar com uma escritura irrelevante e fora de contexto:
“Näo respondas ao tolo segundo a sua tolice, para que também näo te faças semelhante a ele” Provérbios (26:4)”

Eu resumo essa parte da escritura: tolico responde-se com tolice. Pediste para eu refutar um negativo. Eu também te peço para refutares um negativo

“Estúpidos, esses evolucionistas… Dizem que a evolução se dá só porque sim!”

Olha neste caso das teias de aranha assim foi. Evoluiu porque evoluiu : )

Comentar por alogicadosabino

Sabino, e se eu disser que existe um Deus no lado oculto da lua, e que gostaria que tu provasses que isto é falso, o que é que farias?

…a ver se apanhas a minha mensagem.

Comentar por rasputin

André

Leia o seguinte artigo antes de ficar aí disparatando sobre o Criacionismo:
http://www.outraleitura.com.br/web/artigo.php?artigo=44:O_que_o_criacionismo_nao_e

Comentar por Fabricio Lovato

Todos os detalhes envolvidos nesse texto são-me irrelevantes para o espetáculo degradante que acontece neste blog. Essas fronteiras (escritas por Michelson Borges, seja lá quem for) estão a definir o que é e o que não é entre a fada sininho e os duendes.
Criacionismo envolve uma entidade qualquer divina, e a partir deste pressuposto, seja o criacionista que acredita no génesis ou o criacionista que acredita que a evolução é uma manifestação dessa prórpia entidade, merecem o meu total descrédito.

Vivam felizes…

Comentar por andré

“Criacionismo envolve uma entidade qualquer divina, e a partir deste pressuposto, seja o criacionista que acredita no génesis ou o criacionista que acredita que a evolução é uma manifestação dessa prórpia entidade, merecem o meu total descrédito.”

Esta tua afirmação mostra bem que a verdadeira “luta” não é entre as observações científicas mas entre diferentes filosofias de vida, a partir das quais se olha para as observações.

Comentar por alogicadosabino

rasputin,

“Sabino, e se eu disser que existe um Deus no lado oculto da lua, e que gostaria que tu provasses que isto é falso, o que é que farias?”

Não faria absolutamente nada. Não estou preocupado com aquilo em que acreditas. Tu é que acreditarias que ha um deus no outro lado da lua, tu é que terias de buscar razões para crer nisso, não eu.

Comentar por alogicadosabino




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: