No princípio criou Deus os céus e a Terra


Qual a relação entre uma mosca e a Força Aérea?
Fevereiro 22, 2009, 2:26 am
Filed under: Convicções / Fé, Evolução/Big-Bang

Um professor de engenharia mecânica da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos da América, está a desenvolver sensores acústicos em miniatura e técnicas de localização sonora recorrendo aos mecanismos de audição das moscas.

mosca21Estas invenções podem conduzir à criação de veículos aéreos não tripulados aptos a viajar por lugares de difícil acesso, beneficiando a Força Aérea. Poderá, também, resultar na criação de veículos aéreos autodireccionais.

O doutor Miao Yu, responsável pelo projecto, financiado pela Força Aérea, disse que a sua equipa descobriu que a audição das moscas constitui uma estrutura óptima de design natural, sendo possível replicar o seu desempenho.
___________________________________________________________________________

Os seres vivos transpiram design. Até as mais pequenas criaturas, como as moscas, exibem alto nível de tecnologia natural. Os cientistas reconhecem o design nos seres vivos. No entanto, não querem reconhecer o Designer. É como vermos uma pintura muito bela e não querermos reconhecer o trabalho do pintor.
__________________________________________________________________________

Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis” (Romanos 1:20)

Advertisements

10 comentários so far
Deixe um comentário

Este tipo de posts é o pesadelo dos ateus. Evidências destas mostram aquilo que o verso em cimsa citado diz: os Atributos de Deus estão claramente visíveis mas o ateu filosoficamente rejeita-os porque as suas obras (as obras do ateu) são más.
E rejeição das evidências que Deus deixou no universo é uma questão moral e não intelectual. Eles conseguem vêr o design, mas rejeitam as implicações.

Tragédia.

Comentar por Mats

O doutor Miao Yu, responsável pelo projecto, financiado pela Força Aérea, disse que a sua equipa descobriu que a audição das moscas constitui uma estrutura óptima de design natural,

Design natural diferente de designio inteligente!!!

Comentar por hermogenes

Design é design.

Comentar por Mats

Depois de negarem que o ADN tem informação codificada, só falta mesmo começarem a negar o design nos seres vivos eheh

Comentar por alogicadosabino

Sabino,

Enquanto seres inteligentes podemos retirar informação de qualquer coisa. Obviamente também a podemos extrair do ADN. Também podemos codificar a informação que encontramos. Por exemplo, posso descrever um objecto apresentando a sua cor. As letras “azul” representam a cor do céu mas o céu não contém a sua cor codificada desta ou doutra forma. De que maneira então está codificada a informação no ADN, já que dizes que ela existe?

Comentar por Luís

Luis,
“tradução” de informação não é o mesmo que “criar” a informação.

Comentar por Mats

Luis,

ao dizeres que o ceu é azul não estás a codificar nem a descodificar nada. Descodificar significa decifrar, interpretar sinais que constituem um código. Não fazes nada disso a dizer que o céu é azul. Apenas atribuis uma qualidade a algo. Nem compares isso àquilo que se passa com o ADN. No ADN tens enorme quantidade informação codificada. Tanto é que quando foi descoberta a molécula do ADN foi necessario descodificá-la. Por quê? Porque tens informação codificada. E quantos casos de informação codificada que não requereram origem inteligente é que conheces?

Não sei se já viste a resposta que o Mats te dedicou.

Comentar por alogicadosabino

Imaginem que têm um tabuleiro 5×5 e distribuem 5 peças aleatoriamente por essas casas. A partir desse tabuleiro posso escrever a informação do estado do tabuleiro através de um código qualquer (existe outra forma de escrever informação sem usar código?). Por exemplo, atribuindo letras às colunas e números às linhas. Posso então, por exemplo, descrever esse tabuleiro como A1-A3-B2-C2-D5. Isto significa que podemos codificar o tabuleiro. Agora digam-me: esse tabuleiro contém informação codificada? Esse tabuleiro necessita de uma inteligência criadora?
O mesmo que se passa para este modelo hipotético passa-se para o ADN.

Comentar por Luís

Luis,
Repito, tradução não é criação. Tu defines o que as peças significam, mas o ADN já tem informação, quer tu entendas ou não.

Comentar por Mats

O Mats respondeu em jeito de post.

Ó Luís, por que é que GPS nos nossos carros, fibra óptica nos nossos cabos, sensores acústicos nos nossos estúdios é produto de design humano e o mesmo tipo de design nos seres vivos já não é produto de design de alguém?

Há alguma explicação lógica que me possas dar, sem recorrer ao malabarismo verbal?

Comentar por alogicadosabino




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: