No princípio criou Deus os céus e a Terra


Soprar as velas para Darwin
Fevereiro 12, 2009, 9:54 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Faz hoje 200 anos que aquele grande teólogo de nome Charles Darwin sugeriu a ideia de que os seres humanos são primos dos maracujás e das orquídeas. Charles Darwin foi um dos responsáveis por substituir a necessidade de evidências científicas inequívocas por imaginação e adivinhação (Ver: Provavelmente evoluiu, provavelmente…). Hoje Darwin sabe que estava errado e desejaria nunca ter avançado com essa ideia. Infelizmente para ele, é tarde demais.

Charles Darwin foi o principal responsável por sérios danos cerebrais dentro da comunidade científica. Danos esses que podem levar a pessoa a negar que o ADN tem informação codificada, a atribuir as magníficas características de design nos seres vivos ao acaso e ao erro genético, negar o argumento de senso comum que nos diz que coisas criadas implicam alguém que as tenha criado, etc.

Hoje a TVI passou imagens de um grupo de alunos da escola primária a soprar as velas a Darwin. Isto de se soprar as velas a um tipo que está morto há 200 anos simboliza algo mais do que apenas o “grande génio de Darwin”. Ninguém sopra velas a Newton pela sua grande contribuição na Física. Ninguém sopra velas a Copérnico pela sua grande contribuição para a Astronomia (a celebração dos 400 anos do telescópio deve ter passado ao lado de muitas pessoas). Ninguém sopra velas a Pasteur pela sua grande contribuição na Química e na Medicina. Por quê?

Ninguém sopra velas a estes cientistas porque as descobertas deles não colocavam em causa a existência de Deus. Já as histórias de Darwin servem de desculpa para a não aceitação de Deus. Como diz o evolucionista Richard Dawkins: “Darwin tornou possível ser-se um ateu intelectualmente realizado“. Darwin foi um grande génio não pelas ideias fabulosas que propôs (como uma vaca transformar-se em baleia) mas porque as suas ideias serviram de desculpa para rejeitar a ideia de um Deus criador. Foi isso que o mundo hoje celebrou.

Contudo, apesar dos 150 anos que decorreram desde a publicação de “A Origem das Espécies”, ainda há um longo caminho a percorrer. Os defensores das ideias de Darwin ainda têm que encontrar os fósseis que mostram a evolução na base da “árvore da vida” (Hum… nem sei se devia utilizar este termo já que ele, segundo os evolucionistas, deveria ser enterrado), descobrir como surgiu a vida, explicar passo a passo como máquinas biológicas como os cílios primários poderiam ter-se desenvolvido gradualmente, encontrar processos naturais capazes de criar informação, entre outras coisas.

Enquanto eles lutam para explicar o impossível, muita gente vai caminhando para a perdição eterna. Só espero que não sejas uma das pessoas que deixa o cérebro no altar de Darwin.

darwin

Anúncios

4 comentários so far
Deixe um comentário

omo diz o evolucionista Richard Dawkins: “Darwin tornou possível ser-se um ateu intelectualmente realizado“.

Sim, sem dúvida, mas ele pecou por defeito. É que ler os teus posts aqui, e as parvoíces que contêm, também tem o mesmo efeito…

Comentar por Raúl

Raúl,

Sim, sem dúvida, mas ele pecou por defeito. É que ler os teus posts aqui, e as parvoíces que contêm, também tem o mesmo efeito…

A sério? Então mostrar-se como a teoria da evolução está contra a ciência faz de ti mais ateu?

Comentar por Mats

Essa discussão não tem fim – A busca da verdade implica em ter coragem para questionar as teorias científicas ou a existência de Deus.
Não é para qualquer um.
Praticamente todos os animais domésticos e os alimentos em geral sofreram modificação genética para atender às necessidades comerciais do homem.
Isso parece não ter a menor importância para os detratores de Darwin.
Grande piada.
Só a vacina da varíola salvou mais vidas em um ano do que todos os milagres de todos os santos somados.
Um cidadão médio consegue ser mais poderoso hoje do que todos os deuses do passado, inclusive o cristão.
Com todo o respeito, o Deus antropomórfico que tem raiva e se compadece é coisa de outra época.
O encanto pela descoberta e pelo conhecimento fazem a ciência e a verdadeira religião se convergirem.

Comentar por Paulo Andrade

Hoje Darwin sabe que estava errado e desejaria nunca ter avançado com essa ideia. Infelizmente para ele, é tarde demais.

Oi? Mas o gajo está morto! Não é o facto de ter uma teoria certa ou errada que o trás de volta à vida. A não ser que seja uma teoria sobre a ressureição…

Comentar por Ska




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: