No princípio criou Deus os céus e a Terra


A evolução do pensamento evolucionista e os órgãos vestigiais
Janeiro 14, 2009, 12:49 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Para além de usarem falsas evidências para suportar a sua teoria, os evolucionistas são peritos em alterar as regras do jogo, para não perderem o argumento. Nos comentários do post O preconceito evolucionista e o Homem de neandertal vemos um religioso darwinista a afirmar que os evolucionistas nunca tiveram dúvidas de que o Homem de neandertal sempre foi um humano como eu e tu. Isto, quando as primeiras caricaturas que se fizeram do neandertal, nos momentos após a descoberta dos seus fósseis, serem claramente de alguém que ainda está em vias de se tornar um humano. Não se admirem que daqui a 50 anos os evolucionistas venham dizer que nunca tiveram dúvidas de que o Homo Erectus sempre foi um ser humano como eu e tu e que os criacionistas é que não percebem nada do que dizem.

Outro dos argumentos evolucionistas que evoluiu diz respeito aos “órgãos vestigiais”. Até sensivelmente meados dos anos 80, os evolucionistas referiam-se a órgãos vestigiais como órgãos que não têm nenhuma função presente mas que desempenharam funções no ancestral evolutivo. Todas as publicações evolucionistas utilizavam essa definição de “órgão vestigial”. Alguns exemplos:

Living creatures, including man, are virtual museums of structures that have no useful function but which represent the remains of organs that once had some use” (Asimov, I., Words of Science, Signet Reference Books, New York, p. 30, 1959.)

A vestigial organ is a structure which has lost its function in the course of evolution, and is usually much reduced in size” (Gamlin, L. and Vines, G., The Evolution of Life, Oxford University Press, New York, 1987.)

O zoólogo evolucionista Steven Scadding publicou um paper em 1981 dizendo que o argumento dos órgãos vestigiais não poderia ser utilizado como evidência de evolução, pois não se pode saber se determinado órgão tem ou não alguma função. Todos os autores que ele cita usavam o argumento da existência de órgãos vestigiais como evidência de evolução, uma vez que esses órgãos não tinham nenhuma função aparente.

A lista de órgãos sem função tinha mais de 100 nomes, entre os quais as amígdalas, a tireóide, o apêndice e o coccyx. Com os avanços da Medicina e da Fisiologia, a lista foi sendo reduzida até chegar a praticamente zero. Então… como o evolucionista pode salvar o argumento dos órgãos vestigiais?

vestigial1

O bailado evolucionista e a nova definição de órgão vestigial

A maneira encontrada foi redefinir “órgão vestigial”. Actualmente, um evolucionista dir-te-á que “um orgão vestigial é assim designado por comparação com estruturas semelhantes noutros animais próximos (ou semelhantes) mas cujas estruturas se encontram mais desenvolvidas e com uma função mais relevante”.

No entanto, segundo esta nova definição, temos órgãos vestigiais por todo o lado. As nossas mandíbulas são menores (menos desenvolvidas) do que a dos nossos antepassados neandertais. O mesmo para o crânio. O mesmo para as narinas. O mesmo para praticamente tudo o resto que se situa na cabeça. Isto torna a nova definição inútil.

Por outro lado, há uma grande falha evolucionista relativamente a este assunto dos órgãos vestigiais. Por razões óbvias, não se pode comparar os órgãos dos animais e seres humanos modernos com os órgãos dos animais e seres humanos ancestrais. Então, o que se faz é comparar as estruturas do ser humano moderno com as dos animais modernos e depois concluir que X órgão é vestigial porque tem funções diferentes (reduzidas, segundo eles) e é menor em tamanho.

Por exemplo, o apêndice humano é denominado vestigial por ser menor do que o apêndice de alguns animais herbívoros e por ter outras funções. No entanto, para se ser rigoroso, aquilo que deveria ser comparado era o apêndice do ser humano moderno com o apêndice dos nossos antepassados.

CONCLUSÃO

Amigos cristãos, não se esqueçam do conselho de Salomão:

Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia; para que também não te faças semelhante a ele.” (Provérbios 26:4)

Não deixes que o evolucionista mude as regras do jogo sempre que bem entenda.
____________________________________________________________________

Mais sobre isto AQUI

Advertisements

9 comentários so far
Deixe um comentário

Ó Sabino, lá estás tu a exigir que os evolucionistas sejam consistentes. Claro que a definiçao de evolução evolui. Tudo evolui, amigo. Até a crença que tudo evolui, evolui!
A teoria da evolução é tão malevável que aceita todas as observações, independentemente de serem mutuamente exclusivas.

Comentar por Mats

O que é um ser humano? É um animal da espécie Homo sapiens? É um animal de qualquer espécie do género Homo? Não é um “animal”, como o sugere tanta gente? O que é, Sabino, na tua opinião, por exemplo, um ser humano?

Como tratarias tu, Sabino, os homens de Neanderthal, se ainda existissem? Como resolverias esse dilema? Teriam sido ambos moldados do barro? Qual foi moldado primeiro? Adão, era branco ou negro? Como surgiram as diferentes culturas e etnias da Terra?

Dilemas… dúvidas… desafios…

Há uns 300-400 anos, na comunidade cristã decorria o debate sobre o estatuto humano ou não dos povos autóctones de África e do Brasil. Uns diziam que sim, que o eram, outros afirmavam o contrário.

A questão era saber se tinham alma, se valia a pena evangelizá-los ou se se deveriam exterminar pura e simplesmente, como a uma praga. E muitos foram mortos, classificados como “simples animais” desprovidos de alma.

Dúvidas… dilemas… desafios…

O que é um “ser humano”, mais que um tema evolucionista é ums questão filosófica. A Teoria da Evolução tenta explicar a origem da humanidade. O que define um “ser humano” é tema da Filosofia. Seria Hitler um ser humano ou uma aberração? Seria Torquemada um ser humano ou uma monstro sádico? Estariam eles ética e moralmente mais próximos do comportamento do Homo sapiens ou do Homo erectus?

Comentar por Gabriel

Gabriel, obrigado pelo comentário submetido.

“O que é, Sabino, na tua opinião, por exemplo, um ser humano?”

Um ser criado à imagem e semelhança de Deus.

“Como tratarias tu, Sabino, os homens de Neanderthal, se ainda existissem?”

Como trato qualquer ser humano, seja preto, seja branco, seja amarelo, seja vermelho, saiba o que é uma playstation, não saiba o que é uma playstation, …

“Qual foi moldado primeiro?”

Adão.

“Adão, era branco ou negro?”

Provavelmente, mulato.

“Como surgiram as diferentes culturas e etnias da Terra?”

Como surgiram as diferentes “raças” (desde Adão e Eva) ? (Parte 1) e Parte 2

“Há uns 300-400 anos, na comunidade cristã decorria o debate sobre o estatuto humano ou não dos povos autóctones de África e do Brasil. Uns diziam que sim, que o eram, outros afirmavam o contrário.

A questão era saber se tinham alma, se valia a pena evangelizá-los ou se se deveriam exterminar pura e simplesmente, como a uma praga. E muitos foram mortos, classificados como “simples animais” desprovidos de alma.”

E em que passagens bíblicas é que se baseavam aqueles que diziam que os indios não tinham almas?

Comentar por alogicadosabino

Citando:

“Um ser criado à imagem e semelhança de Deus.”

Excelente definição. Contudo… Daqui se depreende que a mulher não é um ser humano, pois só o Homem foi criado à semelhança de Deus… A mulher, que eu saiba, foi criada a partir de Adão.

Comentar por Gabriel

Gabriel,

Genesis 1:27 E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.

Comentar por Mats

Excelente definição, definir algo pelo seu produtor… sendo que ninguém sabe o que é o produtor.

As definições, para definirem realamente algo, devem cingir-se ao definido, não ao que não são ou o que as criou ou o que delas poderá advir.

“Then God said, “Let us make man in our image, after our likeness; (…) 27 So God created man in his own image, in the image of God he created him; male and female he created them.”

Daqui decorre que apenas o homem foi criado à imagem de deus. “in the image of God he created him”. Não é afirmado que deus criou a mulher à sua imagem, apenas que a criou. Daí que todas as representações de deus sejam de um homem. Nunca vi uma representação do deus dos cristãos como mulher. Daí que Jesus seja um homem. Passaria pela cabeça de algum critão que “O Salvador” pudesse ser uma mulher?

Comentar por Gabriel

Gabriel,
O primeiro termo de “homem” em Genesis 1:27 refere-se à humanidade. O “homem” e “mulher” refere-se à distinção sexual existente na humanidade.

Um pouco de estudo Bíblico faz maravilhas, Gabriel.

Comentar por Mats

“in the image of God he created him”

Julgo que se “him” se refere à humanidade, deveria ser escrito “it”.

Digo eu…

Comentar por xavier pita

Todavia, nem o homem é sem a mulher, nem a mulher sem o homem, no Senhor.
Porque, como a mulher provém do homem, assim também o homem provém da mulher, mas tudo vem de Deus.
1 Corintios 1:11-12

Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Efésios 5:28

A tese da seleção natural e seleção sexual é apresentada nesta obra e junto com a exposição das teses se observa um conjunto de afirmações racistas e sexistas. Eis apenas um exemplo que nosso espaço permite:
“A distinção principal nos poderes mentais dos dois sexos reside no fato de que o homem chega antes que a mulher em toda ação que empreenda, requeira ela um pensamento profundo ou então razão, imaginação, ou simplesmente o uso das mãos e dos sentidos. Se houvesse dois grupos de homens e mulheres que mais sobressaíssem na poesia, na pintura, na escultura, na música (trate-se da composição ou da execução), na história, nas ciências e filosofia, não poderia haver termos de comparação. Baseados na lei do desvio da média, tão bem ilustrada por Galton em seu livro Hereditary Genius, podemos também concluir que, se em muitas disciplinas os homens são decididamente superiores às mulheres, o poder mental médio do homem é superior àquele destas últimas” (Darwin, 1974, p. 649).
http://www.espacoacademico.com.br/095/95esp_viana.htm

Comentar por Isaias S. Oliveira




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: