No princípio criou Deus os céus e a Terra


Mentiras que duram – “O apêndice é um órgão vestigial”
Dezembro 28, 2008, 3:48 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

A teoria da Evolução sobrevive à base de mentiras e definição vaga de conceitos. Já todos sabemos isso. Uma das mentiras que se tem arrastado ao longo dos tempos tem a ver com a alegada função vestigial do apêndice humano. Antes de mais, é presunção dizer que determinado órgão é vestigial. Não se pode, simplesmente, assumir a função do órgão, colocarmo-nos no lugar do órgão e vermos se ele tem ou não uma função. O que se tem visto é que as funções dos alegados órgãos vestigiais têm sido descobertas com o passar dos anos.

O apêndice é um dos órgãos que os evolucionistas diziam que não tinha aparente função (bem, na verdade alguns ainda dizem), resultado do percurso evolutivo do ser humano. Na minha última semana em Lisboa, quando estive a estagiar na TV Ciência, almocei com uma colega minha que está no 3º ano de Medicina. A certa altura da conversa, perguntei-lhe se lhe tinham ensinado que o apêndice é um órgão vestigial. Respondeu-me com ar natural: “Sim, o apêndice é um órgão vestigial“.

Em 1999, um professor de Fisiologia disse na Scientific American: “Durante anos, pensava-se que o apêndice tinha uma função fisiológica muito pequena. Contudo, hoje sabemos que o apêndice desempenha uma função importante no feto e em jovens adultos“. O apêndice desempenha importantes funções no crescimento do feto e faz parte do sistema imunitário de uma pessoa adulta.

Em 2007, um estudo revelou que o apêndice serve de “casa de segurança” para as bactérias necessárias na digestão da comida. O apêndice dá cobertura a estas bactérias, para que não sejam eliminadas por doenças como a cólera ou a disenteria (inflamação intestinal).(Em português)

As minhas questões são:
1) Por que é que tem de ser um aspirante a jornalista a dizer a uma estudante do 3º ano de Medicina que o apêndice está lá por uma razão, e não é apenas um vestígio de evolução humana?
2) Por que é que as falsas evidências não são substituídas?
3) Se a Evolução é um facto, por que razão se tem de utilizar falsas evidências para suportar a teoria?

Fico preocupado por estarem a ensinar a futuros médicos que um órgão que tenho no meu corpo não tem função quando, na realidade, desempenha funções importantes. Por outro lado, é triste constatar que uma teoria que se diz científica – a Evolução – seja um obstáculo ao verdadeiro conhecimento.

appendix-cartoon

“ESPECIAL – 2 pelo preço de 1 – Remova qualquer um dos mais de 150 órgãos sem função”

Anúncios

38 comentários so far
Deixe um comentário

O link para o artigo não está válido. Corrige isso sff

Comentar por Ska

A questão é se o apêndice existe por causa dessas razões ou se essas “razões” existem por que o apêndice está lá, ou seja, não passam de efeitos secundários (benéficos) da simples existência do apêndice, que podem apesar de tudo ser descartados.

Comentar por Luís

Tinha pensado nisso mesmo; porém, sem ler o artigo original (um paper do NIH, sim senhora) nem posso comentar sequer

Comentar por Ska

Os evolucionistas é que pensavam que havia orgãos “vestigiais” no corpo humano. A ciência, no entanto, tem descoberto funções para os orgãos que os evolucionistas pensavam ser “vestigiais”.

Comentar por Mats

Quando o Sabino tiver uma apendicite vai virar-se para o médico e dizer “Alto e paira o baile!!! Amim ninguém me tira o apendice que preciso dele. O senhor doutor aí que não sabe nada de apêndices faça favor de arranjar uma cura melhor!”

Este está cada vez melhor!!!

Comentar por Beowulf

Ska,

O link está correcto. A página é que ficou offline. Vou deixar tar na mesma porque pode voltar a dar.
__________________________________________

Luis,

“A questão é se o apêndice existe por causa dessas razões ou se essas “razões” existem por que o apêndice está lá, ou seja, não passam de efeitos secundários (benéficos) da simples existência do apêndice, que podem apesar de tudo ser descartados.”

Este teu comentário era para confirmar aquilo que eu disse no post? Que o apêndice desempenha funções importantes?

Ainda bem que ninguém descartava os mais de 150 orgaos vestigiais… ficaria um bocado vazio por dentro.
_______________________________________

Beowulf,

“Quando o Sabino tiver uma apendicite vai virar-se para o médico e dizer “Alto e paira o baile!!! Amim ninguém me tira o apendice que preciso dele. O senhor doutor aí que não sabe nada de apêndices faça favor de arranjar uma cura melhor!””

Que comentário ridículo. Também há quem tenha de amputar pernas… portanto, elas são vestigiais?

Comentar por alogicadosabino

E as minhas 3 questões ficaram sem ser respondidas 😦

Comentar por alogicadosabino

“Que comentário ridículo. Também há quem tenha de amputar pernas… portanto, elas são vestigiais?”

E viva o sentido de humor cristão!!!! Se eu fosse um cristão extremista agora citava Tito, não era…

Comentar por Beowulf

ya ya… devia ser a brincar…

Comentar por alogicadosabino

Segundo a lógica darwinista (se é que tal coisa existe) se um ser humano pode viver sem X, então quer dizer que X é “vestigial”.
Semelhantemente, para o evolucionista o facto de não se saber a função de um orgão é “evidência” que o orgão não tem função.

Em nenhuma outra área da ciência este tipo de “lógica” seria aceite excepto no que toca as nossas origens.

Comentar por Mats

O link está correcto. A página é que ficou offline. Vou deixar tar na mesma porque pode voltar a dar.

Como assim? Os artigos submetidos no pubmed não “ficam offline”. Lembras-te do nome do paper ou dos autores? Faz uma busca no pubmed e deixa o link actualizado aqui. Estou curioso para saber o que diz, se bem que estou inclinado para que seja qualquer coisa como diz o Luís Dezembro.

1-Porque o aspirante a jornalista diz o que quiser. Estamos num estado livre. O aspirante a jornalista também pode dizer a uma estudante de medicina que houve um parto virginal, baseado nos relatos do amigo da própria criança.

As outras duas perguntas baseiam-se no ponto de vista de que TU estás correcto e sabes tudo que é verdade no mundo mundial. Todas as coisas que não estão de acordo contigo são “evidências falsas”. As evidências não são verdadeiras nem falsas. São evidências. As interpretações que lhes damos é que variam

Comentar por Ska

Sim, é isso mesmo… Tito é quem eu iria citar.

Sabino, a resposta que tu procuras está aqui:

cronicasdebeowulf.blogspot.com

O outro comentário era humor!

Comentar por Beowulf

O apêndice humano era rotineiramente removido em cirurgias pelos médicos, porque ele parecia não ter utilidade e freqüentemente causava problemas. Agora já se sabe que ele faz parte do sistema imunológico. Realmente acontecem casos de doença no apêndice e, quando ele se infecciona, precisa ser removido. Entretanto, uma pessoa estará melhor se ficar com seu apêndice.

Será que as vértebras caudais fusionadas (cóccix) do homem são inúteis? Atualmente, esta pequena estrutura tem uma função muito importante como ponto de ligação para os músculos que permitem que fiquemos de pé (e que também fornecem amortecimento quando nos sentamos). De modo algum elas podem ser consideradas vestigiais. A via embriológica que produz uma cauda em outros mamíferos produz em nós uma estrutura muito importante. Será que isso ocorreu pela evolução, ou foi projetado por um Criador?

Os músculos segmentares no abdômen são importantes para curvarem o nosso corpo e para manter o tônus da parede abdominal. Que estes músculos tenham vindo de um ancestral é pura conjectura, e não evidência pró ou contra a evolução ou a criação.

Por que existem músculos ligados à nossas orelhas? Alguns desejam chamá-los de vestígios genuínos, enquanto que outros dizem que eles dão forma a nossa cabeça ou sustentam nossas orelhas. São necessárias mais informações para que se possa decidir.

Os membros posteriores das baleias são ossos isolados que estão imersos no tecido. Eles são considerados pelos evolucionistas como vestígios de órgãos posteriores verdadeiros que existiam nos ancestrais terrestres da baleia. Porém , eles têm uma função definida: são o ponto de ligação de músculos do sistema reprodutor. Os criacionistas podem argumentar que Deus modificou as instruções genéticas de membros posteriores para produzir estas estruturas que servem para uma função única.

Fonte:http://origins.swau.edu/papers/language/portuguese/index.html

Comentar por Fabricio Lovato

Ska,

“Como assim? Os artigos submetidos no pubmed não “ficam offline”. Lembras-te do nome do paper ou dos autores? Faz uma busca no pubmed e deixa o link actualizado aqui. Estou curioso para saber o que diz, se bem que estou inclinado para que seja qualquer coisa como diz o Luís Dezembro.”

Se queres ter acesso à publicação toda é só pagares. Tens aqui o abstract também.

Lamento que o apêndice tenha funçoes importantes, ao contrário do que os evolucionistas apregoavam. A culpa não é minha… sabes… é que ele está lá mesmo por alguma razão.

De qualquer forma, a nova função descoberta é apenas mais um prego no caixao do apendice como orgao vestigial, já que, como referi, ja se reconhecem funções para esse orgão ha muitos anos.

Lamento pelos evolucionistas.

Comentar por alogicadosabino

Sabino, volto a repetir.Vem aqui (cronicasdebeowulf.blogspot.com) ver a definição de orgão vestigial. Vais ficar surpreendido!!!

Comentar por Beowulf

EntãoSabino, já percebeste quaiso so disparates que andas a dizer sobre os orgãos vestigiais?!

Comentar por Beowulf

Não sabino. Para acederes ao que quer que seja no pubmed não tens de pagar rigorosamente nada.

Portanto, o que tu dizes é que a prova que o apendice foi desenhado, é que há bactérias o usam como “safe house”. Tal como podes afirmar que uma gruta abandonada foi desenhada, porque é usada por animais para se abrigarem.

Se calhar foi ao contrário, não? Se calhar o apendice deixou de ter qualquer tipo de necessidade, passando os comensais a ocupar esse nicho ecológico vago.

Comentar por Ska

ó meu zeca, mesmo que ignores que o apendice serve de protecçãom para as bacterias que ajudam na digestão, o apendice desempenha funções no desenvolvimento do feto. Porra que vocês não estão contentes com nada. Primeiro naõ tinha função, depois passa-se a saber as funções do apendice e, mesmo assim, parece que não chega. Vai mas é trabalhar.

Comentar por alogicadosabino

Sabino,continuas a ignorar as informações que já te dei, nomeadamente a de que o próprio Darwin nunca disse que um orgão vestigial não tinha função. Eu sei que ficas nervoso quando demonstram a tua desonestidade, mas vê lá tem cuidado com a pressão sanguínea, e olha que “Porra” e “vai mas é trabalhar” não sãoexpressões muito cristãs!!!

Comentar por Beowulf

por quê que “porra” e “vai mas é trabalhar” não são expressões muito cristãs?

Comentar por alogicadosabino

Porque é que ignoras o facto de o próprio Darwin nunca ter dito que orgãos vestigiais podem adquirir funções secundárias?

Comentar por Beowulf

“Porra que vocês não estão contentes com nada. Primeiro naõ tinha função, depois passa-se a saber as funções do apendice e, mesmo assim, parece que não chega. Vai mas é trabalhar.”

Uou, calma. Fica lá com a bicicleta a cores, não te chateies.

Esse argumento é de menino birrento.

Tens um órgão no sistema digestivo cuja função não se relaciona com o sistema digestivo, mas sim com o sistema imune. Seria de esperar que um criador fosse mais organizado ao fazer as coisas, não?

Comentar por Ska

Mas o apêndice ajuda o sistema digestivo. Serve de protecção para as bactérias que ajudam na digestão. Quantas vezes será preciso dizer isto? Desisto.

Comentar por alogicadosabino

Sabino, não te zangues, olha a pressão arterial!!!
E já agora, quantas vezes será preciso dizer que nem o próprio Darwin dizia que orgãos vestigiais não tinham função, mas que podiam adquirir funções secundárias?!

Comentar por Beowulf

Ska,

Tens um órgão no sistema digestivo cuja função não se relaciona com o sistema digestivo, mas sim com o sistema imune. Seria de esperar que um criador fosse mais organizado ao fazer as coisas, não?

Isso assume que todos os orgãos presentes num determinado lugar anatómico tem que operar para benefício do orgão ou o sistema mais próximo. Não dizes o porquê desta crença.

Comentar por Mats

Porque ele acha que deve ser assim.

Comentar por alogicadosabino

Crença de quê? De que o criador seria organizado?

Comentar por Ska

Ai Ska…arneiro!!!

Comentar por João Gabriel

Será que Deus tem o mesmo conceito de organização do que a gente?
“Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.
Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos”
(Isaías 55:08 e 09)

Comentar por H

H,

discutir isso com ele é em vão. O apêndice tem função no sistema digestivo. Dar letra é estar a dar pérolas a porcos, aquilo que Jesus disse para não fazermos (Mateus 7:6).

Comentar por alogicadosabino

“Será que Deus tem o mesmo conceito de organização do que a gente?”

Deus fez a gente à sua imagem e semelhante.

Bino, Jesus não se decide muito, pois não? Tão depressa quer convencer e salver toda a gente, como de repente já quer poupar as pérolas dos porcos.

Porque é que se há de guardar as pérolas? Não são sinais de ostensão e riqueza (como sapatos prada dum senhor que a gente conhece)?

Comentar por Ska

Perdão meu caro, este post foi d ignorancia extrema, peço que por fazer estude anatomia compara, e depois venha discutir sobre o conceito de orgãos vestigias!!! Varias caracteristicas de nosso corpo nos levam a creer que o ser humano ser tornaria cada vez mais herbivoro com o passar da vida, o crescimento tardio dos dentes do siso PROVAM isso! A região do apêndice de vários outros animais é muito mais desenvolvida do que a do ser humano, em animais herbívoros é nessa região que se alojam bactérias que ajudam na digestão da celulose, como o homem tem comido menos e menos vegetais ao longo do tempo tornando o apêndice cada vez menor… Sério, já que é um aspirante de jornalismo, passe a pesquizar dados sobre anatomia comparada antes de escrever textos deste tipo!

Comentar por krysynha

“Perdão meu caro, este post foi d ignorancia extrema, peço que por fazer estude anatomia compara”

E eu peço que leia livros de Fisionomia que não estejam presos à filosofia evolucionista.

Transcrevo deste post:

“há uma grande falha evolucionista relativamente a este assunto dos órgãos vestigiais. Por razões óbvias, não se pode comparar os órgãos dos animais e seres humanos modernos com os órgãos dos animais e seres humanos ancestrais. Então, o que se faz é comparar as estruturas do ser humano moderno com as dos animais modernos e depois concluir que X órgão é vestigial porque tem funções diferentes (reduzidas, segundo eles) e é menor em tamanho.

Por exemplo, o apêndice humano é denominado vestigial por ser menor do que o apêndice de alguns animais herbívoros e por ter outras funções. No entanto, para se ser rigoroso, aquilo que deveria ser comparado era o apêndice do ser humano moderno com o apêndice dos nossos antepassados.”

“o crescimento tardio dos dentes do siso PROVAM isso!”

O crescimento dos sisos mostram que o ser humano já foi mais robusto no passado, como se depreende pelo relato biblico do homem antigo, e ao contrário do que mostra a parada humana de seres inferiores a tornarem-se cada vez mais robustos.

Comentar por alogicadosabino

“E eu peço que leia livros de Fisionomia que não estejam presos à filosofia evolucionista.”
…….
Para SABINO esses tais livros estariam todos na B.I.B.L.I.A. !

Comentar por ROMANO LIMA AROS

Quando vc quiser escrever um texto atacando a Teoria da Evolução, tente algo mais completo. É muita insensatez da sua parte achar que esta teoria é inconsistente só por causa do apêndice humano, órgãos vestigiais são só uma pequena e nem tão considerável parte das várias evidências que sustentam este teoria! Aliás, o que é consistente pra você? O que a bíblia diz? Que “Deus” criou o homem do barro e depois a mulher da costela do homem? Aaaaaah faça-me o favor amiguinho! É muita fé viu, e haja fé, e tome fé!!!

Comentar por Raquel

“A teoria da Evolução sobrevive à base de mentiras e definição vaga de conceitos. Já todos sabemos isso.”

Este artigo foi escrito há 3 anos e as frases iniciais continuam, a meu ver, hediondas e capciosas hoje.

A ciência evolui dessa forma, observando, propondo teorias, testando-as, corrigindo erros e encontrando soluções.

A maior parte do criacionismo parece que segue o oposto. Basicamente a estratégia é atacar, atacar e atacar a ciência. Sem propor nada que seja produtivo, ou pelo menos crível.

Algumas antigas “religiões” e/ou “ciências” casam quase que perfeitamente com modelos atuais de se entender o mundo: Toltecas, Maias, Druidas e Hunas são alguns exemplos.

É uma pena que o nosso conhecimento destes sistemas e povos tão valiosos, que quase se extinguiram devido a perseguição pelos cristãos através dos séculos, é tão pouca em comparação ao que poderia ser.

Comentar por Vitto

CRIACIONISMO
Por que é que as falsas evidências não são substituídas?
teoria das hidro-placas
argumento do crescimento do sol implicando numa terra jovem
esqueletos de supostos gigantes
pegadas do rio paluxy
Homo diluvii testis

Se o CRIACIONISMO é um facto, por que razão se tem de utilizar falsas evidências para suportar a teoria?

Comentar por Anderson du Lustoza

EXTRA, EXTRA…
especialistas criacionistas não gostam de discutir com especialistas evolucionistas
O programa Vejam Só, da emissora evangelica RIT TV é famoso por apresentar especialistas defendendo lados diferentes de uma mesma questão.
Muitos convidados famosos já estiveram no programa, como o teologo adventista Leandro Quadros, o ateu Daniel Soto Maior, e varios especialistas em diversos asssuntos, sejam teologos, pastores, padres, politicos ou médicos.
O interressante no entanto é que um dos unicos programas em que apenas um especialista foi convidado foi justamente o programa sobre o tema criacionismo.
Então o programa que apresentava diferentes posiçoes agora defende apenas o criacionismo.
O programa ja apresentou outros temas como “diluvio local ou global” e “criação em 7 dias ou 7 eras” onde existem dois convidados com opiniões distintas. Mas este programa foi diferente.
O “prof.” Adauto Lourenço de forma tediosa, dogmatica e sem fontes confiaveis fala bobagens sem parar.
Onde estava o convidado a defender o evolucionismo, seja ele quem for?

http://www.youtube.com/watch?v=FkQBZCZ_zuE
http://kerygmadidake.blogspot.com/2012/01/adauto-lourenco-na-rit-tv-programa.html

Ou voce pode conferir outro programa com o michelson borges no Vejam Só:

Com isso não quero desmerecer o programa ou emissora que na verdade ate promove o evolucionismo!
isso mesmo, varias reportagens do tele-jornalismo da RIT TV defendem por exemplo a antiguidade dos dinossauros ou evolução dos dinossauros para aves!

Comentar por Anderson du Lustoza




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: