No princípio criou Deus os céus e a Terra


O Dr. Ateu
Dezembro 22, 2008, 9:06 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang, Humor, Multimédia

Vídeo sugerido por um leitor. Escárnio e sarcasmo honesto e de muito bom gosto.

[Youtube=http://www.youtube.com/watch?v=YZ7jQoTD3lo]

Advertisements

9 comentários so far
Deixe um comentário

muito bom! 🙂

Comentar por Fabricio Lovato

hm… o argumento no “acaso” é um bocado mal metido. Esse e o “questionar a ciência”.

Ah, “you fail” quer dizer “tu chumbas”, não “tu falhas”

Comentar por Ska

Pessoalmente acho preferível não ter uma resposta definitiva -a científica- a ter uma má resposta definitiva -as várias respostas religiosas. Estas, faziam sentido enquanto os humanos tinham medo que o sol não nascesse na manhã seguinte. Na actualidade são apenas más respostas de gente endoutrinada religiosamente.
Aliás, suponho que respostas definitivas a esse nível de existência não são para a nossa mortal espécie. Vivo muito bem sem elas uma vez que sei que amanha vai ser outro dia.

Comentar por ji

Pessoalmente acho preferível não ter uma resposta definitiva -a científica- a ter uma má resposta definitiva -as várias respostas religiosas.

Mas há respostas crstãs que são definitivas e que estão certas. O facto de ser “religiosa” não quer dizer que é falsa.

Estas, faziam sentido enquanto os humanos tinham medo que o sol não nascesse na manhã seguinte. Na actualidade são apenas más respostas de gente endoutrinada religiosamente.

Hoje em dia também temos pessoas endoutrinadas religiosamente, mas desta vez é na religião do ateísmo. PArece que essa más respostas não afectam pessoas com certas tendências ideológicas.

Aliás, suponho que respostas definitivas a esse nível de existência não são para a nossa mortal espécie.

A crença de que respostas definitivas a esse nível não são para a nossa mortal espécie, é em si im “resposta definitiva”, ou está sujeita a revisão?

Vivo muito bem sem elas uma vez que sei que amanha vai ser outro dia.

Tens a resposta definitiva que amanhã vai ser um novo dia? Ou é só uma crença religiosa?

Comentar por Mats

Além disso, o video não mostra alguém sem “respostas definitivas”, mas alguém que sabe que Deus não esteve Envolvido na criação do mundo.

Comentar por Mats

“Vivo muito bem sem elas uma vez que sei que amanha vai ser outro dia.”

Estás a pressupor que uma sequência de eventos no futuro (neste caso, “o dia de amanhã”) vai ocorrer como sempre tem ocorrido no passado. Esta pressuposição precisa de justificação, e esta questão expõe de novo o conhecido problema da indução. O método científico depende sempre da indução. Num raciocínio indutivo, alguém tem uma série de observações e baseado nelas infere uma nova conclusão. No teu caso, é que “amanhã vai ser outro dia”. Como justificas a indução? Que razão tens para pensar que “amanhã vai ser outro dia”? Se responderes que tem sido esse o caso no passado, estás a usar exemplos inferiste indutivamente, para justificar a indução, que resulta em circularidade (desviando-te da questão, usando o que tens de justificar, a indução, para justificar a indução). Muitas tentativas foram feitas, na história da filosofia, para justificar a indução, mas apenas a cosmovisão cristã o consegue fazer. O problema da indução pode ser facilmente resolvido pressupondo a existência de um Criador consistente, que criaria um Universo consistente. Tal Criador permitiria estipular que o Universo funcionaria de acordo com leis consistentes, sendo que o Criador não iria criar um Universo que fosse contrário à Sua “natureza”.

Comentar por João Gabriel

Uau. Tu crias uma questão do nada, respondes a essa mesma questão, refutas essa resposta, enxovalhas um bocadinho e rematas com “é deus”.

Bem fez o outro que deixou de te aturar.

O perspectiva está em risco de perder o seu lugar na história…

Comentar por Ska

“Tu crias uma questão do nada”

A questão não surgiu do nada, mas questiona a suposição “sei que amanha vai ser outro dia”.

“respondes a essa mesma questão”

A pessoa aparentemente apresenta-se como “anti-religiosa” e a sua suposição (“sei que amanhã vai ser outro dia”) pressupõe a indução, e eu apenas solicitei uma justificação para a mesma.

“enxovalhas um bocadinho”

Estás a apelar para o ridículo, sem mostrares que é ridículo.

“rematas com “é deus””

Não rematei com “é deus”. A cosmovisão cristã é a única que te permite estipular indutivamente que o Universo vai funcionar consistentemente, sem apelar para a indução para o justificar (evitando assim a circularidade).

Comentar por João Gabriel

Péssimos argumentos nesse video, aaaaafeee, é muita ignorância

Comentar por kiko




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: