No princípio criou Deus os céus e a Terra


Fazer festa por uma história da carochinha
Dezembro 20, 2008, 5:41 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Um dos blogues ateístas que frequento deitou muitos foguetes devido a um artigo sobre o mais antigo ancestral comum universal, o LUCA. O estudo foi publicado na Nature.

Uma das teorias é de que esses organismos eram compostos pelo ARN e não pelo ADN, que faz parte dos seres vivos hoje em dia. O RNA, no entanto, é sensível ao calor e não poderia viver nas altas temperaturas que caracterizavam a Terra no início.

Agora peguem num balde de pipocas, apaguem a luz, sentem-se no sofá ou na cama e disfrutem o filme [meu destacado]:
_______________________________________________________

Segundo os cientistas, LUCA teria encontrado um microclima mais ameno para se desenvolver. “Somente depois os descendentes desse organismo descobriram o DNA, que eles provavelmente adquiriam de vírus, e o utilizaram para substituir o frágil RNA”, explicou Lartillot. “Isso os possibilitou sair desse microclima, se desenvolver e se diversificar em uma variedade de organismos mais sofisticados capazes de tolerar melhor o calor.
_______________________________________________________

The end. Acabou o filme. Foi uma curta-metragem. Agora quero o dinheiro do meu bilhete de volta.

Quanto de ciência e quanto de especulação há neste cenário? Ah e tal… há muito muito tempo, muito muito longe daqui, um organismo chamado LUCA, se calhar, encontrou um ambiente favorável ao seu desenvolvimento. Depois disso, um tipo chamado ADN apareceu de algum lado e, se calhar, o LUCA apropriou-se dele e juntos fizeram uma equipa do caraças.

Estas historinhas, que de vez em quando aparecem na comunicação social, servem apenas para manter os ingénuos a pensarem que a ciência que trata das origens está a fazer um grande progresso na explicação de como a vida apareceu e foi evoluindo. No final, ganha quem tiver o melhor enredo, o melhor personagem principal e os melhores cenários.

luca

Um dos autores do estudo, Nicolas Lartillot, bioinformático da Universidade de Montreal disse [meu sublinhado]: “Até agora a comunidade científica acreditava que o LUCA era um organismo ‘hipertermofílico’, que vivia a temperaturas acima dos 90ºC […] Mas os dados que coletamos sugerem que o LUCA era, na realidade, bastante sensível ao calor e vivia em climas onde a temperatura era abaixo dos 50ºC“.

Vejamos a evolução do conteúdo de um blogue evolucionista:
_____________________________________________________

No passado – “Cientistas descobriram que o mais antigo ancestral comum universal vivia a temperaturas acima dos 90ºC. Ahahah, quero ver agora esses criacionistas burros a refutarem esta descoberta científica!

No presente – “Cientistas descobriram que o mais antigo ancestral comum universal vivia a temperaturas abaixo dos 50ºC. Ahahah, cadê os criacionistas burros para refutarem mais esta descoberta da ciência?
____________________________________________________

Para o criacionista, ainda bem que a ciência das origens se está sempre a actualizar. Assim, é só esperar algum tempo para que os próprios argumentos lançados por evolucionistas sejam refutados.

Anúncios

3 comentários so far
Deixe um comentário

Tu sabes sequer o que é o RNA, ou estás só a citar de ouvido?

Comentar por Ska

“Até agora a comunidade científica acreditava que o LUCA era um organismo ‘hipertermofílico’, que vivia a temperaturas acima dos 90ºC”…

E eu acredito que Jeová é o Criador do Universo e de tudo o que nele existe.
Amigo Sabino, parabéns pelo blog.
Abraços do amigo brasileiro! 🙂

Comentar por Fabricio Lovato

Humanidade, religiões deus atual e deuses antigos
Artigo elaborado por Walter Manocchi
Com a participação de pequeno tópicos retirado do Google
Na antiguidade os povos eram incultos e ignoravam totalmente o que acontecia no mundo ao seu redor. Como pessoalmente não tinham poderes para enfrentar as vicissitudes dos fenômenos naturais, criavam deuses para que os protegerem. Isto acontecia com todas as nações da terra. Normalmente cada povos criavam nos seus próprios deuses, de acordo com as suas conveniências (deus do amor, da guerra, da morte etc. Os lideres ou reis daquela época se personificavam como legítimos representantes dos deuses. E essa incrível presunção de poderes celestiais se arrasta até os dias de hoje em conseqüência ainda da ignorância dos povos e a sua fraqueza em não poder lutar contra supostas crendices populares, como mandingas, feitiços, pecados etc., alem dos poderes da natureza. Ainda hoje, podemos constatar que papas, pastores e outros lideres religiosos, tem a petulância de se julgarem representantes divinos de deus. A criatura divina é uma forma de chegar mais rápido ao nada, é a construção de algo invisível, é o nascimento de alguém que não foi concebido. Várias religiões confeccionaram diferentes deuses, adequando-os aos seus costumes, mas sempre com o intuito de manipular os crentes, forçando-os, consciente ou inconscientemente, a fazer atos diversos para a obtenção de qualquer espécie de benefício, desde a agregação de novos territórios até o extermínio de mentes divergentes. Ainda podemos verificar deuses e religiões diferentes em toda partes do mundo, como: Cristianismo: 2.1 bilhões; Hinduísmo 851.291.000; Budismo 500 milhões; Africanas 500 milhões; Evangélicos 500 milhões; Espiritismo 15 milhões. Isto tudo se resume numa verdadeira salada de frutas, cada uma achando que a sua religião é a melhor e mais verdadeira do que a outra, acabando em deboches, insultos e provacações uma das outras. Desde os povos mais antigo, ou até mesmo na pre-historia ja haviam rusgas entre os povos que culminavam em guerras, e passados milenios, ainda hoje temos genocidios em massa com guerras absurdas. Alem de guerras, temos crimes hediondos, pais matando e filhos matando pais, temos violencias domestica em filhos, abandono de crianças recem nascidas, estupro e morte dessas criançãs e outras violencias intoleraveis para a cabeça do ser humano. E o piorde tudo é queparte dessas violências contra ascrianças, são praticadas por ditos representantes de Deus, como padres, bispos, pastores etc, sem dizer que Papas da antiguidade, tinham meninas de 12, 13,14, 15 e 16 anos como suas amantes dentro do Vaticano. Tudo isto com a complacencia e os olhares passivos de deus? Ora! Se esse deus é bondoso e poderoso, como pode assistir tragedias e mais tragedia e ficar de mãos cruzadas e absolutamente sem fazer nada ou esboçar um ato de piedade, para interromper o sofrimento e morte de seres humanos nestas tragedias? Esse Deus é tão devasso e promiscuo que aceita essa situação? Vi na televisão por diversas vezes pessoas atribuindo a cura de suas “enfermidades” à intervenção divina. Senti-me enojado, pois, à medida que os pobres ingênuos narravam seus casos fantásticos, um “missionário” hipócrita sorria com descaramento, deixando escapar em suas feições um espírito de deboche e descaso revoltante. Porém, contraditoriamente, os “curados” só faziam agradecer ao “missionário” e ao Deus todo-poderoso. Além de estarem garantindo o certificado de ignorância-mor, esses fiéis acabam simultaneamente subestimando-se, diminuindo o poder de suas mentes a um tamanho infinitesimal tornando-se uns ZUMBIS nas mãos desses manipuladores. Talvez tudo o que esses coitados necessitam é um pouco de auto-estima, e não um ente imaginário. Por que numa situação adversa, em um caso de morte iminente, sempre recorremos a Deus? Porque fomos ensinados assim. Se a cultura eclesiástica tivesse adotado um animal, como o tigre branco, para ser o todo-poderoso, oraríamos “ó, tigre branco, salvai-me desta situação horrível!”, e, caso fôssemos salvos, atribuiríamos a salvação ao magnífico e piedoso tigre branco. Isso, a meu ver, chama-se indução coletiva de pensamento, ou se quiserem lavagem cerebral. Um fato é repetido tantas e tantas vezes que acaba sendo incorporado como normal, crível, impassível de correções, “divino”. Se toda noite, antes de dormir, você ouvir a mesma música, você ficará sempre com ela em seu pré-consciente. Caso a música seja trocada por uma oração, uma crença, você acabará acreditando, pois a sua mente acabará perdendo a batalha e cederá espaço para essa nova realidade, mesmo que ludibriosa. Se pesquisar bem a vida ¨ suposto ¨ Moises (pois não há provas de sua existência), veremos que ele diz que no inicio da sua vida junto ao Faraó ele era bem considerado, porem com o passar dos tempos, o faraó começou a deixar-lo de lado. Foi neste estado de coisas, e que Moises, vendo que se criavam deuses a torto e a direito muito facilmente, e depois de após diversas indisposições com o Faraó ele teria supostamente ¨ conversado com Deus ¨ e o povo ignorante ao seu favor não teve duvidas em seguir-lo. Novamente é bom lembrar, que os povos daquela época, eram totalmente incultos na sua totalidade e eles transmitiam lendas e mitos oralmente. Pois tinha escritas muito rudimentares ou quase nenhuma escrita. Eles adoravam alem dos deuses egípcios e gregos os povos acreditavam também no deus sol, deus lua, deus raio, deus trovão etc., numa prova inegável de suas ignorâncias. Uma das mais vergonha mentiras é que deus lhes enviariam para a terra prometida. Pois bem, em tempo algum os judeus se fixaram nesta dita ¨ cidade prometida ¨, tanto é que os judeus estão espalhados pelo mundo todo. Dai se faz necessário uma pergunta: Deus teria dado a terra inteira toda para eles, como terra prometida? É bom que se diga que, os judeus sempre foram nômades errantes e nunca se fixaram em lugar algum por muito tempo,e essa mentira do êxodo foi posta por terra,quando paleontólogos, geólogos e antropólogos, estudarão o caminho onde a bíblia diz que ouve o êxodo. Pois bem, depois de muitas pesquisas, não foi encontrados nenhum vestígio de passagem de humanos naqueles locais, como cacos de cerâmicas, carvão para fogueiras, restos roupas, sandálias etc.,provando que o êxodo não passa de outra vergonhosa mentira da bíblia. Você quer algo para crer? Creia em você mesmo e em suas qualidades e capacidades, ao invés de seguir idéias pré-estabelecidas, e se tornando uns ZUMBIS das religiões. Ao menos se você não obtiver sucesso em tudo o que faz, saberá que foi por suas próprias limitações, e não pela vontade de um ser imaginário. Até os meus 22 anos, por sempre ver minha mãe uma católica espírita fervorosa, segui, sem fanatismo, seus passos, porem após essa idade, comecei a ler artigos de estudos científicos de diversas ciências, e foi ai que me apercebi quanto estúpido e ignorante da vivencia do ser humano e do mundo mundo eu fui. Deus não existe, e eu consigo conviver tranqüilamente com a verdade. Não preciso de Deus para ser um humano bom, caritativo, honesto e procurar ser sempre justo Minha verdadeira esperança é que as pessoas abram os olhos e consigam separar o real do mito. Até lá, Deus vai continuar vagando nas conversas, nas igrejas e nas guerras. Meu azar é que, como diz o dito popular, “um mito nunca morre ou quase nunca morre”. Para mostrar as facilidades de como se criavam deuses, abaixo transcrevo alguns para provar que se faziam deuses como se faz pipocas hoje;
Deus atual; que dizem ser bondoso e poderoso, mas que se omite, fecha os olhos dasdesgaças do munddo Adônis.(Grego) O Deus das vegetações, dos ciclos e padrões, da ressurreição, Aéticos. (Grego) .O Deus da inteligência, do bom julgamento, da honestidade, das negociações. Apolo. (Grego/Romano) O Deus da profecia, do sol, da luz, da verdade, da medicina, da poesia e das belas-artes. Ares. (Grego) O Deus da vitoria, agressividade, personidificação da gerra. Asclepio. (Grego) O Deus da cura, medicina e saúde. Dionisio. (Grego) O Deus do vinho, da vegetacao, indulgencia, felicidade, destruicao, insanidade, renascimento, auto-sacrificio. Diários. (Romano) O Deus da fertilidade e das florestas fechadas. Cupido. (Romano)conhecido como Dionísio; O Deus do amor, da saúde e do relacionamento com sua.
Baco. (Romano) O Deus do vinho, da vegetacao, da indulgencia, felicidadade, destruicao e insanidade. Agem. (Hindu) O Deus do fogo, da encarnação das plantas, da fertilidade e vitalidade masculinas. Brahma. (Hindu) O Deus que favorece sua condição com seu lado feminino. Chanfra. (Hindu) O Deus que protege a vegetação, a fertilidade e da concepção; NUN-egipcio .Personificava o abismo líquido ou as águas primordiais, ATUN, egipcio; Uma das manifestações do deus sol, especialmente ao entardecer; AMON egipcio; O deus-carneiro de Tebas, rei dos deuses e patrono dos faraós, RÁ ( ou Rê),egípcio; o criador dos deuses e da ordem divina, SHU,egipcio é o deus do ar e da luz, personificação da atmosfera diurna que sustenta o céu. TEFNUT egipcio, considerada a deusa da umidade vivificante, m a tarefa de trazer Rá, o deus Sol NUT egipcio, deusa do céu que acolhe os mortos no seu império, GEB egipcio, o deus da Terra é irmão e marido de Nut OSÍRIS egipicio, irmão e marido de Isis, pai de Hórus. A origem de Osíris ÍSIS egipcio, é a mais popular de todas as deusas egípcias, considerada a deusa da família, SETH egipcio, personifica a ambição e o mal. Considerado o deus da guerra e Senhor do Alto Egito NÉFTIS egipcio, é a esposa de Seth, mas quando este trai e assassina Osíris, por quem era apaixonada HÓRUS egípcio; filho de Isis e Osíris, Horus teve uma infância difícil, ANÚBIS egipcio, filho de Seth e Néftis, é o mestre dos cemitérios e o patrono dos embalsamares TOTH egipcio, divindade à qual era atribuída a revelação ao homem de quase todas as disciplinas intelectuais, a escrita, a aritmética, as ciências em geral e a magia ÁPIS egipcio, o boi sagrado que os antigos egípcios consideravam como a expressão mais completa da divindade; BABUINO egipcio ou cinocéfalo é um grande macaco africano, cuja cabeça oferece alguma semelhança com os cães; IBIS egipcio, uma ave pernalta de bico longo e recurvado. íbis sagrado, que era considerado pelos egípcios como encarnação do deus Thoth. APOFISE, egípcio; a serpente que habitava o além-túmulo, representava as tempestades e as trevas.

Comentar por WALTER MANOCCHI




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: