No princípio criou Deus os céus e a Terra


Peixes mais frescos não há!
Novembro 4, 2008, 12:10 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Pergunta para 5 mil euros: o que é que tem 2 metros, 250 milhões de anos e esconde-se, actualmente, nas profundezas do rio Rogue, nos Estados Unidos? Se respondeste “esturjão”, acertaste! Agora vamos separar os factos da interpretação. Que o esturjão tem 2 metros e que habita no rio Rogue nós não temos a menor dúvida. Foi observado! Agora… será que tem mesmo 250 milhões de anos?

esturjao1

Vamos conhecer mais peixes que viram os dinossauros a jogar futebol e que sobreviveram para nos contar:

Bichir

Os bichires são peixes de água doce, habitam os mares de África e têm 395 milhões de anos.

othe-bichir

Amia

As amias conseguem estar quase um ano sem se alimentarem, se necessário, em resultado do seu baixo metabolismo. O BI delas apresenta a idade de 213 milhões de anos.

amia

Peixe-agulha

É um peixe com uma aparência incrível. É a armadura dele que o torna interessante à vista. Encontra-se em águas norte-americanas há, pelo menos, 50 milhões de anos. Fósseis das suas escamas foram datados de 110 milhões de anos.

gar

Peixe-bruxa

Não é só o nome deles que é esquisito, a aparência também. Não têm olhos, encontram a sua comida através do olfacto. Tem 550 milhões de anos, sendo muito mais velhos que o celacanto, o “fóssil vivo” mais conhecido.

hagfish

Dipnóico (Lungfish)

São peixes especiais porque conseguem absorver e armazenar oxigénio, conseguindo sobreviver fora de água durante algum tempo. Por esta razão, alguns evolucionistas dizem que é o ancestral dos tetrápodes (animais de 4 patas). No entanto, estes peixes apenas alteram o seu comportamento durante algum tempo, regressando à água ao fim desse tempo. O dipnóico e o morcego têm comportamentos diferentes durante algum período de tempo. O 1º sobrevive fora de água, o 2º hiberna. No entanto, estes dois animais vivem hoje connosco e não os consideramos elos de transição. Ah… os dipnóicos têm 450 milhões de anos.

lungfish

Peixe-espátula

É um peixe bonito. Aparece no registo fóssil 300 a 400 milhões de anos atrás.

_______________________________________________________________________________

O que têm em comum todos estes peixes? Todos tiveram um ancestral… peixe! Todos eles estão hoje connosco e continuam a ser peixes, não obstante o tempo que os evolucionistas dizem ter passado após o seu aparecimento na Terra.

Até quando os evolucionistas vão continuar a ignorar a existência destes “fósseis vivos”?

Anúncios

50 comentários so far
Deixe um comentário

Que queres dizer com “ignorar”? O que é que não percebes na teoria da evolução? Há mutações. Se for uma mutação que confere vantagem competitiva, mantém-se e difunde-se na população. Se for uma mutação que permita ocupar um nicho ecológico disponível, sem afectar directamente o nicho actual, há uma divergência da população.

Lá por os peixes serem antigos, não quer dizer que não estejam devidamente adaptados para o seu ambiente. Tanto estão, que se não estivessem já se tinham extinguido.

Comentar por Ska

A comprovação através dos fosseis vivos por existiram a milhões de anos, não quer dizer que outros não sofreram evolução, e os mesmos não tenham sofrido para adaptar-se.
O mais adaptado sobreviveu, os menos tornaram-se fosseis simplesmente, e outros buscaram adptar-se pelo processo evolutivo.

Comentar por Adalberto

Bem já tens uma granda coleção! hehe

Comentar por Natenine

Adalberto, obrigado pelo comentário submetido.

Ska e Adalberto,

eu não me importo com aquilo que vocês acreditam pela fé… desde que não venham dizer que é ciência.

Comentar por alogicadosabino

“eu não me importo com aquilo que vocês acreditam pela fé… desde que não venham dizer que é ciência.”

Mas já nãote importas de dizer que a biblia é ciência! Hum…interessante!

Comentar por Beowulf

Não. A bíblia não é um livro científico. Apenas digo que quando toca em pontos científicos, ela não está errada.

Comentar por alogicadosabino

“eu não me importo com aquilo que vocês acreditam pela fé… desde que não venham dizer que é ciência.”

mutações
vantagem competitiva
nicho ecológico
divergência da população

Que eu saiba ninguém aqui falou em fé. São coisas que se pode observar cientificamente. Não numa capela, ou num convento, mas geralmente num laboratório. Normalmente é aí que as “cenas científicas” são estudadas.

Juro que acho mesmo ridículo que enchas o peito e fales sobre “ah e tal, isso não é ciência”. Ao menos fazias como o outro que entre tirou da tese de doutoramento que tinha feito, tudo aquilo que ia contra a bíblia. Decidias “ok, eu não acredito na ciência. Acredito num livro que foi escrito não sei por quem, há milhares de anos. Numa língua(s) que não sei falar”.

Aí serias coerente. Pouco inteligente, talvez, mas coerente

Comentar por Ska

“Não. A bíblia não é um livro científico. Apenas digo que quando toca em pontos científicos, ela não está errada.”

Isso é a tua interpretação!

Comentar por Beowulf

Ska,

Mas eu acredito na ciência. E devo à ciência por ter permitido eu ter um computador portátil com ligação à Internet. Agora, no que diz respeito a milagres… só aqueles que vêm na bíblia : P

_________________________________________

Beowulf,

Interpretação? É só ler o que diz a bíblia e ver o nosso mundo. Quem é o dono legítimo?

Comentar por alogicadosabino

Não, isso é a tua interpretação. És tu que decides que aquilo que lá está escrito corresponde a alguma coisa que tu hoje vês. És tu que fazes a analogia a partir de uma alegoria descrita na bíblia. É como ocaso dos animais que se reproduzem de acordo com o seu tipo, e depois dizes que o “tipo” a que a bíblia é diferente do “tipo” que normalmente se considera, e que se tivermos em conta o “tipo” original, então a bíblia está correcta. É a tua interpretação!

Comentar por Beowulf

Claro que é diferente. O conceito “espécie” ou “género” são conceitos humanos… e mal atribuidos em alguns casos. Animais que são classificados como sendo diferentes espécies são vistos a acasalarem e gerarem descendência, mostrando que a “espécie” biblica é diferente da “especie” atribuida pelos homens. Até na definição de espécies de dinossauros esse problema é apontado

Comentar por alogicadosabino

Isso só mostra que tu interpretas as incertezas científicas de forma a que comfirmem a bíblia. Se a ciência comfirma a bíblia nesse caso, então tens que saber definir o que é “tipo” de acordo com a ciência, e depois mostrar que esse “tipo” foi o “tipo” que foi usado como critério durante o dilúvio. Mas o mais curioso nesta argumentação toda tua,é que só te consegues safar se aceitares que os animais efectivamente evoluem. So que trocas para dizer que nunca abandonam o “tipo” (que tu não sabes definir) e apontas o facto de também mais niguém saber o que é esse “tipo”, então a ciência está de acordo com a bíblia. Já agora, esseartigo dos dinossauros o que diz não é bem isso, mas sim que alguns investigadores deram nomes diferentes à mesma coisa (e não a coisas diferentes que depois se chega à conclusão pertencem ao mesmo “tipo”, apesar de terem aparências diferentes). O artigo diz que é pq os investigadores queriam chamar a atenção apra o trabalho deles, mas há outras hipótese bem plausíveis tb, como o facto de não existir um repositório comum onde publicar essas classificações.

Comentar por Beowulf

“O conceito “espécie” ou “género” são conceitos humanos… ”

Esse argumento funciona entre teólogos. Se queres tentar “esclarecer” pessoas iludidas, que não conhecem nada do sobrenatural, honestamente, não é com frases destas que vais lá. São conceitos humanos porque nós somos humanos como as pessoas. E até prova em contrário, é um conceito validíssimo

Comentar por Ska

Beowulf,

“Já agora, esseartigo dos dinossauros o que diz não é bem isso, mas sim que alguns investigadores deram nomes diferentes à mesma coisa”

Mas é o que eu estou a dizer… a definição de espécie é completamente arbitrária e está mal feita, como os dados empíricos nos mostram. Leões e tigres procriam, o que mostra que não são diferentes animais (tipo) segundo a bíblia, já que a biblia diz que os animais se reproduzem de acordo com a sua espécie. Não são diferentes animais. A atribuição cientifica do século XXI é que diz que são diferentes espécies. É a isto que me refiro quando digo que “a classificação de espécie é arbitrária”

“Mas o mais curioso nesta argumentação toda tua,é que só te consegues safar se aceitares que os animais efectivamente evoluem.”

Define a que “evolução” te referes nesta frase.

Comentar por alogicadosabino

Bolas Sabino, o animal é o mesmo, e foram classificados com base no mesmo argumento, só que um não se apercebeu (por negligência ou não) que já outra pessoa tinha visto isso. É como eu agora lembrar-me de classificar o leão com um nome diferente. Mas já te perguntei aqui e noutro lado. Como é que tu defines o tal “tipo”? O resto do teu(s) comentário(s) depende(m) disso!

Comentar por Beowulf

Beowulf

Tipo para o sabino é se um bichito monta outra e dá um bichito, então é do mesmo tipo.

Logo burro, cavalo, e mulassão um só tipo, ou espécie, porque se o um cavalo achar uma burrar jeitosa e lhe saltar em cima, temos uma mula.

Lógica biblica, há alguma melhor.

Pois mas temos um problema: como é que é se um humano emgravidar um chimpanzé ou vice-versa (se isso for possivel, não sei)
Passamos todos a ser chimpazés ou humanos ?

Comentar por Joaquim Coelho

Definir o “tipo” bíblico” não é uma tarefa linear, uma vez que não podemos voltar atrás no tempo. Mas podemos utilizar umas dicas para o efeito. Se dois animais conseguirem gerar descendência, então, muito provavelmente, pertencem ao mesmo “tipo” bíblico.

Este texto do CMI trata esse assunto do “tipo” bíblico.

Comentar por alogicadosabino

“Definir o “tipo” bíblico” não é uma tarefa linear, uma vez que não podemos voltar atrás no tempo.”

Ou seja,se a ciência actual está de acordo com a bíblia neste caso,depende da tua interpretação. Lá está, tudo depende da tua interpretação da bíblia, que não tens forma de defender que é a correcta!

Comentar por Beowulf

Se dois animais conseguirem gerar descendência, então, muito provavelmente, pertencem ao mesmo “tipo” bíblico.

e por tipo bíblico, entende-se espécie? ou seja, animais que gerem descendência, são o “mesmo” animal (ou seja, da mesma espécie)?

É que o exemplo do cavalo e da burra continua válido. Geram descendência na mesma. Só é pena não ser viável, não é?

Comentar por Ska

Não é viável o quê?

Comentar por alogicadosabino

“Não é viável o quê?”

Hihi, cada vez te enterras mais. Por isso é que foges à questão. No Ktreta nem te atreves a responder!

Comentar por Beowulf

Dizias mais se respondesses ao que te perguntei. É que não percebi a que é que te referias. No ktreta nao respondi a k?

Comentar por alogicadosabino

nao é viável= estéril, não pode originar descendencia. Há casos, noutras espécies, de haver viabilidade na primeira geração, mas a segunda geração é estéril

Comentar por Ska

Isso pode acontecer em resultado de detrimento do material genético. Esse assunto é explanado neste artigo do CMI.

” On the other hand, if two species will not hybridize, it does not necessarily prove that they are not originally from the same kind. We all know of couples who cannot have children, but this does not mean they are separate species!

In the case of three species, A, B and C, if A and B can each hybridize with C, then it suggests that all three are of the same created kind—whether or not A and B can hybridize with each other. Breeding barriers can arise through such things as mutations. For example, two forms of ferment flies (Drosophila) produced offspring that could not breed with the parent species.5 That is, they were a new biological ‘species’. This was due to a slight chromosomal rearrangement, not any new genetic information. The new ‘species’ was indistinguishable from the parents and obviously the same kind as the parents, since it came from them. “

Comentar por alogicadosabino

Eu sei disso.

Estou-te a dar um exemplo que não está de acordo com o teu “tipo” bíblico. Apesar de gerarem descendência, não é uma descendência viável, ergo, erro divino 😉

Comentar por Ska

Sabino, define “tipo” e depois diz-me de que forma e que está de acordo com a bíblia! Foi o que te perguntei no ktreta. mas tua ainda não respondeste,passas a vida a esquivar-te!

Comentar por Beowulf

From Genesis 1, the ability to produce offspring, i.e. to breed with one another, defines the original created kinds.

Comentar por alogicadosabino

Ska, mas eu já te respondi a isso. Eu e a minha mulher podemos ter um filho que, mais tarde, se casa e tem um filho… e esse filho (meu neto) pode ser estéril e, por isso, não gerar descendência. Mas isso não quer dizer que ele pertence a outra “espécie”.

Comentar por alogicadosabino

Então quer dizer que,para ti,uma blaiea piloto e um golfinho são do mesmo “tipo” bíblico?

Comentar por Beowulf

Se gerarem descendência, sim. E há, pelo menos, um exemplo conhecida de uma baleia a acasalar com um golfinho. E este “wolphin” já gerou descendência, também. Portanto, o que agora nós chamamos de “baleia” e “golfinho”, enquadram-se no “tipo” bíblico.

Comentar por alogicadosabino

Ok, então se se provar que o homem e o chimpanzé podem dar origem a descendência, eles tb pertecem ao mesmo tipo, cero?

Comentar por Beowulf

Beowulf, desculpa o atraso. Só agora ao ver este texto é que vi que tinha um comentario por responder.

Essa pergunta não faz sentido nenhum. Nunca se viu tal coisa. E já foi tentado por Ilia Ivanov, em vão. Era como estarmos aqui a discutir que língua falará o Big Foot. Nem se sabe se existe.

Comentar por alogicadosabino

Ou como estarmos aqui a discutir os feitos de Deus. Nem se sabe se existe.

Comentar por Luís

Ilia Ivanov nunca chegou sequer a conseguir tentar por uma série de razões. Depois há o famoso Oliver que ninguém sabe se é mesmo um chimpanzé ou não. Finalmente,a minha questão não era essa. A minha questão é, se é essa a definição, então no caso de se provar que é possível o Homem e o Chimpanzé produzrirem descendência, tu terá que aceitar que toda a tua interpretação está errada. Nunca se provou, dirás. Responde, nunca se tentou de forma séria. Espera até ver, mas quando a contece sempre quero ver que treta vais inventar!

Comentar por Beowulf

O Ivanov tentou, mas em vão.

O Oliver é um chimpanzé. Cheguei,em tempos, no blog do Mats, a por-te um artigo da Science a indicar isso. Tu bem querias que ele fosse uma espécie de hibrido… mas não era.

E o facto de um chimpanzé se comportar de maneira diferente dos outros não quer dizer que está a evoluir ou que é parecida com um ser humano. Se esse fosse o caso, também poderiamos dizer que estas pessoas estão a “devoluir” já que andam de 4.

Comentar por alogicadosabino

É o problema de não leres os artigos todos que indicas. O Ivanov nãochegou a tentar. Quanto ao aritgo da Science, podes postar aqui o link outra vez por favor? É que já nãome lembro qual é…

Comentar por Beowulf

The forgotten scandal of the Soviet ape-man

That summer, he and Ivanov made headlines by transplanting a woman’s ovary into a chimp called Nora and then inseminating her with human sperm.

In November, Ivanov returned to Guinea, captured his chimps and with considerable difficulty eventually inseminated three of them.

Stalin’s Army Of Mutant Ape-Men

The leader used a French research station in Guinea for the work, where African women were seized to be impregnated with ape sperm.

No pregnancies resulted but the next stage was to implant human sperm in female gorillas.

Quanto ao Oliver, já não me lembro em que post foi. Quando tiver mais tempo procuro e depois meto o link num post onde estejamos, na altura, a debater.

Comentar por alogicadosabino

Curioso que nenhuma dessas peças refira os verdadeiros resultados das experiências. Era propaganda Sabino, Da mesma forma que todos os chimpanzés que o Ilia apanhou ou eram doentes ou inférteis. Sim,claro! Isso só mostra que Ivanov tinha algo a esconder, talvez um resultado que ele sabia iria mudar a humanidade para sempre.

Fantástico, conheces um paper da Science que trata doOliver e depois não o consegues identificar, Lindo!!! Deixa-me ajudar-te. Nunca nenhum artigo foi publicado na Science que se debruçasse sobre o Oliver. Apenas notícias referentes a um outro artigo publicado no “American Journal of Physical Anthropology” que fez um estudo ridiculamente simples sobre o assunto. Esse estudo, caro amigo, é inconclusivo, e desde então que os donos do Oliver impedem todo e qualquer estudo sobre o animal. Sabino, mais uma vez do alto da sua arrogância ignorante esquece-se que todos os cisnes são brancos, até se encontrar um preto!

Comentar por Beowulf

Então, já passamos do “É o problema de não leres os artigos todos que indicas. O Ivanov não chegou a tentar” ao ““Curioso que nenhuma dessas peças refira os verdadeiros resultados das experiências. Era propaganda Sabino…”? Afinal, quem é que não lê os artigos até ao fim?

Então e que verdadeiros resultados é que a newscientist não mostra?

“Isso só mostra que Ivanov tinha algo a esconder, talvez um resultado que ele sabia iria mudar a humanidade para sempre.

Esta afirmação também é surpreendente. Achas que se ele tivesse conseguido produzir um hibrido, o facto não ia ser revelado? Ainda pra mais, na era do comunismo, doutrina asumidamente anti-cristã. Revelar ao mundo o hibrido entre homem e chimpanze era a 1ª coisa que seria feita. Admito que ainda me continuas a surpreender.

“Fantástico, conheces um paper da Science que trata doOliver e depois não o consegues identificar, Lindo!!!”

Foi este o paper da Science que pus. Eu tinha-te dito que to iria indicar quando tivesse tempo, mas como tu vês maldade em todo o lado… (Tito 1:15)

“Nunca nenhum artigo foi publicado na Science que se debruçasse sobre o Oliver.”

A mim parece-me que ele se debruça sobre o Oliver.

“Apenas notícias referentes a um outro artigo publicado no “American Journal of Physical Anthropology” que fez um estudo ridiculamente simples sobre o assunto.”

Claro… é inconclusivo porque tu querias, a todo o custo, que o Oliver fosse um híbrido entre humano e chimpanzé. A tua frustração é que ele é apenas um chimpanzé. Technical note: Chromosomal and mtDNA analysis of Oliver. Tenta encontrar fotos actuais dele. Gostaria de ver como ele está agora.

Responde-me à outra questão. O facto de aquelas pessoas que te indiquei andarem de 4 significa que estão a regressar às suas origens?

Comentar por alogicadosabino

Sabino, Ivanov fez as suas experiências numlaboratório em França, país que já tinha manifestado as suas preocupações com as implicações éticas da experiência. Na União Soviética, nunca se chegou a ser feita nenhuma experiência. Além disso, todos os documentos a que temos acesso hoje vieram dos arquivos secretos da UniãoSoviética.Ou seja,nós só sabemos aquilo que o Ivanov dizia oficialmente ao partido comunista. Não fazemosa mínima ideia do que realmente se passou nos laboratórios em França. Por isso, opartido comunista apenas financiou o projecto, mas teve muito pouco a ver com a disseminação dos resultados. Aí, foi mais eficaz a influência do governo Francês, que como todos sabemos é um país comunista não é Sabino?! Mas lembra-te, que por exemplo, o directo do programa nuclear Nazi escondeu os resultados que tinha do regime Nazi de forma a impedir que este não criasse a bomba atómica. Nem toda a gente nos regimes autocrático sãomontros sanguinários, e nada te garante que Ivanov não tenhoa escondido algo. A mim, a história parece mal contada, e de certeza que Ivanov tinha algo a esconder.

Quanto ao Oliver, não tens hipótese Sabino,por muito que queiras. Esse artigo não se debruça sobre o Oliver. É uma peça noticiosa datada de 1994 que refere alguns cientistas que queriam fazer testes genéticos,mas não refere nenhuma estudo.Não apresenta métodos nem resultados. De facto, os senhores desse estudo chegarama a fazer a análise mas nunca a publicaram. Limitaram-se a fazer uma declaração em como o Oliver era um chimpanzé e nunca mais falaram no assunto. Novamente,parece-me que têm algo a esconder. Podes ver aqui http://robotics.stanford.edu/~oli/oliver.html. O único artigo foi o tal que tu puseste aí o resumo. Infelizmente para ti, eu li mais do que o resumo. Primeiro, o facto de o Oliver ter DNA mitocondrial igual a um chimpanzé apenas comprova que a mãe do Oliver foi um chimpanzé.So far so good! Por muito que te custe, o teu DNA mitocondrial é igual ao da tua mãe, e diferente do teu pai. Se olharmos apenas parao DNA mitocondrial, não conseguimos saber se o teu pai é mesmo o teu pai! Para fazer isso, é preciso ir ao cromossoma Y, e esse estudo não olhou para o cromossoma Y, que seria o obrigatório para ter a certeza. Ou seja, esse estudo não significa nada, e parece-me mais uma jogada de propaganda, tipo, ah e tal, fizemos umas análises “científicas” e o Oliver não tem nada de humano, por isso esqueçam lá isso e a ver se não se fala mais no assunto. Isto quer dizer que estas pessoas querem esconder algo. E de facto, as análises quecomparam o genoma humano com o chimpanzé indicam que houve sin senhor fluxo genético entre chimpanzés e humanos bem depois de eles se terem separado em linhagens independentes. Por isso Sabino, espera mais um bocadinho e as evidências vão espetar-se na tua cara, e aí quero ver que golpe de vista vais inventar. Talvez aí a a palavra “Bara” comece a significar uma coisa diferente que te seja mais conveniente!

Comentar por Beowulf

Ou seja, como os resultados de ambos os casos discutidos não satisfazem o lado evolucionista, tu achas as histórias mal contadas.

tanto os hibridos de Ivanov como o Oliver eram dois casos que poderiam dar uma grande ajuda ao caso darwinista e tu estás a dizer que os cientistas quiseram esconder algo… pois sim. Se alguma das experiencias do Oliver tivesse dado certa, todo o mundo saberia no dia anterior. Se o Oliver fosse um hibrido, toda a gente saberia no mundo anterior. Normalmente, quem esconde resultados que não suportam a religião evolucionista são os próprios evolucionistas (Eugene Dubois e o Wajdak man).

Isso das histórias estarem mal contadas a mim não pega, Beowulf.

Comentar por alogicadosabino

Não pega porque não te dá jeito. Sabes perfeitamente que aquilo que conhecemos de ambos os estudos não é suficiente para dar uma resposta conclusiva,pelas razões que já te disse antes. Como as evidências apontam para o contrário do que tu queres, lá vens com esses argumentos meio frouxos de, ah e tal, isso a mim não pega. Isso não é argumento,é fugir à questão.O que mostra que tu sabes bem as implicações daquilo que disse, mas não as queres admitir. Mas um di Sabino, um dia a verdade virá ao de cima!

Comentar por Beowulf

lol

Beowulf,

Tu é que estás a alienar-te completamente. Todos os artigos que coloquei sobre o Oliver e o Ivanov dizem aquilo que consegues ler. Tu é que estás praí com teorias de que alguém escondeu os verdadeiros resultados e não sei quê. O alienado aqui és tu.

Se queres acreditar que o Oliver é um hibrido, tudo bem, acredita. Não me importo com aquilo que acreditas pela fé.

Comentar por alogicadosabino

Sabino, senao fosses mentiroso gostavas de ser o quê? Desde quando é que o DNA mitocondrial diz mais do que de onde veio a mãe (e não o pai) de um animal? Mostra lá no tal artigo onde é que os autores analisaram o cromossoma Y? Diz lá onde é que o artigo do Ivanov diz mais sobre os resultados das experiências do que, a grvidez não resultou? Diz lá onde é que ele diz que fez experiências em território Soviético. E Já agora, onde é que eu disse que acreditava que o Oliver é um híbrido? Consegues responder Sabino?

Comentar por Beowulf

Beowulf,

ainda estás aí, meu? Já te disse que não tenho problemas com aquilo que acreditas pela fé.

Comentar por alogicadosabino

Sabino,podes responder às perguntas? Na minhaterra, é extrema má educação não responder a perguntas sinceras.Mas é normal, novamente Sabino recorre ao insulto e ao escárnio para fugir ao que é óbvio, que as fragilidades da sua crença irracional foram desmascaradas. Que afinal, Sabino não lê as referências que cita, e tira conclusões baseadas naquilo que não sabe, nem quer saber. Sabino apregoa a fé no seu Deus baseada nas evidências, mas infelizmente as evidências não suportam esse seu Deus!

Comentar por Beowulf

“as fragilidades da sua crença irracional foram desmascaradas.”

Sim, admito que é mais racional acreditar que eu e as melancias somos parentes afastados.

“Que afinal, Sabino não lê as referências que cita”

Interessante… para quem em comentarios mais acima passou do “É o problema de não leres os artigos todos que indicas. O Ivanov não chegou a tentar” ao “Curioso que nenhuma dessas peças refira os verdadeiros resultados das experiências. Era propaganda Sabino…”?

“mas infelizmente as evidências não suportam esse seu Deus!”

Realmente, nos vemos abiogenese em todo o lado… vemos planetas e estrelas a surgirem, por acaso, em todo o lado… as evidências para a “geração espontanea” são abundantes.

Comentar por alogicadosabino

Blog perfeito, não sei como que tem gente que ainda acredita na maior mentira do mundo: evolução. Porque vai contra a própria biogênese. São apenas teorias atrás de teorias, e valem-se da posição de BIÓLOGOS e CIENTISTAS para afirmarem que é FATO. Vale até desenhar fetos falsos =)

A melhor foi a que vc mandou:

“Bem, os evolucionistas lá dizem que a evolução é um processo muito lento.

Nem sequer chega a acontecer… isso é o quão lento o processo é.”

Parabéns! continue com o blog.

Comentar por M.V.F

bem nao li todos os comentarios e noa sei se ja foi referido o que eu irei dizer.

reparei que se esqueceram que, segundo a aqui tratada num termo geral como ciência, espécie é todo o conjunto de seres vivos que partilham de um mesmo codigo genético( claro que nao 100% igual ne? questao de ser sensato) e sao capazes de gerar descendencia FERTIL, sublinho aqui o fertil, uma vez que o cavalo pode gerar descendencia quando acasala com o burro mas o ser resultante nao é fertil, pelo que nao consegue procriar e transmitir o seu codigo genetico…

Comentar por Carlos

eu acredito nas duas coisas bibliâ e ciencias isso que eu acredito mâis o celacanto ê um peixe extraordinario mais se o mundo continuar do jeito que ta esse peixe se extingue logo ê minha opiniâo .

Comentar por celacanto




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: