No princípio criou Deus os céus e a Terra


Cristianismo – A fé impossível (Parte 3)
Outubro 15, 2008, 5:10 pm
Filed under: Convicções / Fé

Ver Parte 2

___________________________________________________________________

Como não começar uma religião no mundo antigo:

FACTOR 3 – RESSUSCITAR FISICAMENTE! O TIPO ERRADO DE RESSURREIÇÃO

Teria sido suficiente dizer que o corpo de Jesus foi elevado aos céus, como Elias, por exemplo. Isso teria ido de encontro ao que era esperado, e teria sido muito mais fácil “vender” para os Gregos e Romanos, para quem a melhor “evidência” de elevação ao ranking divino era a apoteose – o transporte da alma, após a morte ou mesmo durante a vida, para os reinos celestiais.

Então, para quê tornar o caminho ainda mais difícil, dizendo que o filho de Deus voltou a aparecer na Terra? Há somente uma resposta plausível – eles realmente tinham uma ressurreição para pregar.
_____________________________________________________________________

Ver Ver Parte 4

Anúncios

5 comentários so far
Deixe um comentário

Uma ressurreição no mínimo “estranha”, ninguém reconhecia jesus. E, quando “abriam-se-lhes os olhos”, imediatamente jesus desaparecia.
Será que jesus gostava de brincar de “esconde-esconde” com seus discípulos?
Por que ele não apareceu no Templo ou, mesmo para o governador?

Comentar por Ivan Carlos

“Uma ressurreição no mínimo “estranha”, ninguém reconhecia jesus. E, quando “abriam-se-lhes os olhos”, imediatamente jesus desaparecia.”

Ele apareceu a, pelo menos, 500 pessoas, após a ressurreição. Se ninguém o tivesse visto vivo, com os seus proprios olhos, por que iriam dar a vida por uma mentira? Lê os capítulos finais dos evangelhos e depois diz-me se Jesus imediatamente desaparecia.

“Por que ele não apareceu no Templo ou, mesmo para o governador?”

Não sei. Não diz na bíblia. Mas imagino que o conceito de “fé”, perderia um pouco o sentido, nessa altura.

Nao te esqueças é que não refutas algo apenas por criares uma ideias subjectivas. Dizeres…

1)Se Jesus existisse ele faria X.
2)Jesus não fez X.
3)Portanto, Jesus não existe.

…não refuta nada (até pk a 1ª premissa é inválida). Se assim fosse, eu também podia imaginar uma atitude qualquer a respeito de um antigo qualquer e refutar a sua existencia por ele não ter feito o que eu imaginei que faria, caso existisse.

Comentar por alogicadosabino

Muitas pessoas dão a vida por uma causa em que elas acreditam, e nem sempre revestidas de tanta nobreza. Portanto, esse seu argumento não é válido para fundamentar o mistério da ressurreição.
Com relação a “aparição de Jesus a mais de quinhentas pessoas” que vc se refere, citada por Paulo em I Cor 15,6 e, só por ele… que nem esteve presente aos acontecimentos que envolveram a chamada “paixão de Cristo”, bem como todos os discípulos exceto João, que também abandonaram Jesus naqueles momentos derradeiros. Portanto, ele tomou conhecimento dos fatos por “ouvir falar”, o que não o credencia certamente, para que se credite a ele uma palavra final sobre o assunto.
Suas narrativas sobre as aparições de Jesus, racionalmente analisando, devem que ser consideradas no mínimo controversas. Basta ler suas pregações em Damasco, Antioquia, Chipre, Listra, Derbe, Filipos, Beréia, Atenas e suas cartas às igrejas da síria e Cilícia, todos eventos anteriores a sua chegada em Corinto, para constatarmos que em nenhum deles ele faz referência àquela tão espetacular aparição para 500 pessoas ou mais. E a sua própria experiência com o ressuscitado, também não chega a ser contundente: “E, por último de todos, apareceu a mim como a um aborto” (I Cor 15, 8), essa versão original posteriormente foi alterada para “…como a um abortivo”.
As demais testemunhas do ocorrido, também se referem a “aparição”. E nós sabemos que aparição é uma ilusão; algo que realmente não está presente, mas em que se crê temporariamente devido à imaginação excitada, ou outra causa.

Comentar por Ivan Carlos

Se há assim tantos “problemas”, pk o cristianismo não definhou?

Comentar por alogicadosabino

É só uma questão de tempo. Dois mil anos na história da humanidade, pouco representa.
As verdades estão aparecendo dia-a-dia, e os espaços para os enganos diminuindo.
Hoje, a grande maioria dos cristão não agem como tal; professam da “boca pra fora”. Ou você estaria disposto a dar a sua própria vida por um irmão, tal como Jesus mandou?

Comentar por Ivan Carlos




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: