No princípio criou Deus os céus e a Terra


Jesus é evolucionista?
Setembro 30, 2008, 6:03 pm
Filed under: Convicções / Fé, Evolução/Big-Bang

Há quem acredite que é possível conciliar a teoria da Evolução com a Bíblia, sem nenhum problema. Na realidade, só quem não conhece a Bíblia é que não vê problemas neste “matrimónio”. A nova geração de cristãos diz que o Génesis não é para ser interpretado literalmente (saliente-se que ler “literalmente” é ler e interpretar um texto de acordo com o seu género literário), e quem ainda interpreta o Génesis literalmente só pode ser um fanático religioso. Ao escrever este post, parto do princípio que esta nova geração de cristãos acredita que Jesus é o Filho de Deus e que ressuscitou. Pois bem, quem é a pessoa indicada para nos dar uma dica sobre o Génesis? Jesus, o filho de Deus.

Como Jesus interpretou os relatos do Génesis? Tratou-os como se fossem uma alegoria ou um mito ou, antes, considerou-os relatos verdadeiros?

Adão e Eva:

Respondeu-lhe Jesus: Não tendes lido que o Criador os fez desde o princípio homem e mulher, e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne?(Mateus 19:4 e 5, referindo-se a Génesis 1:27 e Génesis 2:24)

Mas desde o princípio da criação, Deus os fez homem e mulher.” (Marcos 10:6, referindo-se a Génesis 1:27)

Abel:

Desde o sangue de Abel, até o sangue de Zacarias…” (Lucas 11:51, referindo-se a Génesis 4:2)

Noé e o dilúvio:

Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos; assim será também a vinda do Filho do homem.” (Mateus 24:37 a 39, referindo-se aos capítulos 6, 7, 8 e 9 de Génesis)

Também em Lucas 17:26 e 27

Jonas e o grande peixe:

Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.” (Mateus 12:40, referindo-se a Jonas 1:17)

Ora, se Jesus mencionou estes acontecimentos como sendo acontecimentos históricos, por que razão os cristãos evolucionistas dizem que é errado ler Génesis de forma literal? Não é o que a bíblia e o próprio Jesus nos dizem. Essa ideia de o Génesis ser uma alegoria ou um mito vem de fora da bíblia, vem do homem. Como tal, os cristãos evolucionistas estão a dar ouvidos ao que os homens dizem e não ao que a Palavra de Deus diz.

Os episódios da Criação e do Dilúvio são mencionados também pelos apóstolos (II Pedro 3:6, Hebreus 11:7), como que antecipando dúvidas a respeito disto.

E o que interessa o que Jesus disse?

Recordem-se que eu assumi que estava a falar para cristãos que acreditam que Jesus é o filho de Deus. Jesus comparou o Seu regresso ao dilúvio de Noé, mas… se o dilúvio de Noé é apenas um mito, algo que nunca aconteceu, Jesus está a dizer que o Seu regresso nunca vai acontecer?

Não foi por acaso que eu incluí o episódio de Jonas e do grande peixe. Jesus comparou a Sua morte e ressurreição ao episódio de Jonas, mas… se o episódio de Jonas é apenas uma alegoria, algo que nunca aconteceu, isso quer dizer que a morte e ressureição de Jesus também nunca aconteceram e, por consequência, é vã a nossa fé (tal como Paulo salientou: “E, se Cristo não foi ressuscitado, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé“, em I Coríntios 15:14).

Para pensar…

Por esta altura, um cristão evolucionista consciente e honesto consigo mesmo já se apercebeu que algo não bate certo. Quem determina o que é mito ou o que não é mito? Jesus ou os homens? Às vezes podemos pensar que estamos a tornar a nossa fé “mais fácil” por conciliarmos as duas coisas mas, se formos honestos, vemos que algo não bate certo.

Podemos instalar dois anti-vírus diferentes no nosso computador, pensando que ficaremos mais bem protegidos. No entanto, eles podem entrar em conflito, produzindo um desempenho menos eficaz do que se apenas um anti-vírus estivesse instalado.

Anúncios

44 comentários so far
Deixe um comentário

Acho fascinante que alguém use citações, vindas de um livro cheio de contradições, de um homem que nascia de uma virgem, transformava água em vinho e ressuscitava, como se este fosse alguma autoridade em Ciências.

Comentar por Luís

Pronto, esta ai a prova que jesus é um mito. Uma prova afirmada por um cristão.

Comentar por Kibom33

Acho também engraçado que tenhas feito uma analogia com anti-vírus. Aqui vai outra: a ciência é como um anti-vírus que se vai actualizando, a religião é um anti-vírus que não se actualiza, só parece funcionar porque vê todos os programas mais recentes que ele como se fossem vírus.

Comentar por Luís

Certamente Paulo tinha razão: é vã a vossa fé.

Comentar por Fabiane

Luís, o que é realmente fascinante é não se acreditar nas palavras de um homem que realmente nasceu de uma virgem, transformava água em vinho e ressuscitava os mortos. Porque até hoje nenhum houve igual, penso que pelos seus actos é digno de crédito.

Comentar por natenine

Eh eh

Este blog é dos mais divertidos que conheço.

Sempre achei a maluqice divertida

🙂 🙂

Comentar por Joaquim Coelho

Luis,

“vindas de um livro cheio de contradições”

Contradições, ou coisas que tu, segundo aquilo que vês operar no século XXI, simplesmente não consegues compreender?

Comentar por alogicadosabino

Como o dia hoje esta calmo por aqui, vamos a algumas “tijoladas”.

Sabino.

“Contradições, ou coisas que tu, segundo aquilo que vês operar no século XXI, simplesmente não consegues compreender?”

Um livro inspirado por um deus deveria prever tudo isso, e se deus fosse verdadeiro não faria um livro que apenas 1/3 da humanidade acredita nele.

E esse que 1/3 ainda que crê não o entendeu, precisa ir a cultos e escolas para decifra-lo.

E ainda que faça tudo isso, precisa ter fé para aceita-lo.

Grande deus!

Comentar por Kibom33

Kibom33,

“e se deus fosse verdadeiro não faria um livro que apenas 1/3 da humanidade acredita nele.”

De facto, eu ficaria preocupado era se quase toda a gente acreditasse nele, uma vez que esse livro diz que haverá apostasia nos ultimos tempos.

“E esse que 1/3 ainda que crê não o entendeu, precisa ir a cultos e escolas para decifra-lo.”

E vê lá tu que, mesmo assim, há coisas que não sabemos. Quanto mais aqueles que não vão aos cultos para aprender desse livro e dizem que ele está cheio de contradições 🙂

Comentar por alogicadosabino

Boa maneira de deus se manifestar.

Comentar por Kibom33

Sabino,

Só a título de exemplo, em Mateus 1:16 está escrito que José era filho de Jacob e em Lucas 3:23 diz que este era filho de Heli.
Agora diz lá em que século é que isto não é contradição.

Comentar por Luís

Natenine,

Onde está a prova de que Jesus fez alguma dessas coisas de facto a não ser os relatos do tal livro tão contraditório?

Comentar por Luís

Luís,
aquilo que foi escrito acerca de Jesus pelas pessoas que conviveram com ele foram agrupados naquilo que hoje chamamos o novo testamento, se mais alguma coisa fosse escrita de valor, seria certamente agrupada também. É dificil encontrares relatos sobre o que Jesus fez fora do novo testamento, porque o próprio novo testamento é isso.
Já agora que conhecimento tens acerca da Bíblia? só para perceber que tipo de contradições te referes (é que variam consoante o conhecimento).

Comentar por natenine

Natenine!

“Se mais alguma coisa fosse escrita de valor, seria certamente agrupada também”.

Errado! Existiam muitos mais livros escritos da época e foram descartados, fala-se até em 27. Será que não eram de valor?

Sem contar com os historiadores da época que não mencionaram esse fato que seria o maior da humanidade.

As citações de Flávio Josefo, volta a informar, se fossem verdadeiros ele teria se tornado um discípulo, e não continuado no judaísmo.

Comentar por Kibom33

Natenine,

Existe contradição quando duas (ou mais) pessoas relatam coisas diferentes sobre o mesmo facto ou acontecimento. E esta regra é válida para todo e qualquer livro da Bíblia.

Comentar por Luís

Luis,

Existe contradição quando duas (ou mais) pessoas relatam coisas diferentes sobre o mesmo facto ou acontecimento. E esta regra é válida para todo e qualquer livro da Bíblia.

Se Deus não existe, se calahr essa regra só se aplica a umas pessoas e não a outras, tal como a moral, certo? Se não, então como é que se explica a existência de leis da lógica absolutas para toda a humanidade? Porque é que químicos que se formaram pro acaso, como aqueles que estão no cérebro humano, tem todos que obedecer as mesmas leis de pensamento?

Comentar por Mats

Luís,
Esses livros a que te referes são da seita de nag hammadi e são do século 2, não se baseiam em factos observados, são evangelhos gnósticos, um deles é o evangelho de Judas (que não foi escrito por judas) por exemplo.
Historiadores da época falaram de Jesus existem algumas fontes, das quais tácito e josefo, já pedi a quem disse que josefo escreveu fraudulências a respeito de jesus que me mostre os seus textos fidedignos, pois nesses fidedignos vão ouvir pelo menos sobre tiago irmão de jesus, e do próprio jesus.
Que historiadores da época não falaram de Jesus? Eu posso citar fontes extra canónicas de historiadores que falaram de jesus.

Quanto às contradições, contar coisas diferentes sobre o mesmo acontecimento não é uma contradição, contradição seria se dissessem coisas opostas. Pois pode um dizer: “estava uma pessoa” e o outro diz “estavam três pessoas”, contradição seria “Só estava uma pessoa” e o outro dissesse “estavam três”.

Comentar por natenine

Matts

Se eu me converter prometes parar de dizer coisas tão estúpidas ao ponto de fazer doer a alma ?

Comentar por Joaquim Coelho

Boa tarde Luís,

“Só a título de exemplo, em Mateus 1:16 está escrito que José era filho de Jacob e em Lucas 3:23 diz que este era filho de Heli.
Agora diz lá em que século é que isto não é contradição.”

O Mateus não estava a dar uma geneologia detalhada. Basta ver em Mateus 1:1 logo, onde ele diz: ” Livro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão.”

Repare que ele corta muitos nomes. Só mencionou algumas das pessoas mais importantes do AT. E no versículo 2 ele começa a dar a genealogia a partir de Abraão, que não foi o 1º homem da terra.

Comentar por alogicadosabino

Mats,

O significado de contradição é diferente para si ou alguém que conheça?

Sabino,

Talvez não tenha sido um exemplo muito bom, por isso coloco aqui mais dois:

No evangelho de João este afirma textualmente que os seguidores de Jesus ficaram surpresos com o facto dele não ter nascido em Belém.
Já Mateus afirma que Jesus terá nascido em Belém, onde a sua família estaria desde sempre, tendo a só mudado para Nazaré depois do nascimento.
Lucas também afirma que Jesus terá nascido em Belém mas a sua família só estava lá “de passagem”, tendo voltado para Nazaré, de onde vieram.

Outro exemplo é o facto de Mateus dizer que a transfiguração de Jesus ocorreu 6 dias após a profecia, enquanto Lucas afirma que foram 8 dias depois da profecia.

Comentar por Luís

Luís,
quando se fala de uma contradição convém citar os textos para se poder investigar, quanto à primeira tens mesmo de por os textos, quanto à segunda conheço os textos e vou elucidar-te.

Em primeiro lugar lucas não diz oito dias, diz quase oito dias, quase oito dias significa serem menos de 8 (menos de oito pode ser sete, certamente, mas também pode ser 6). Lucas não está a queres dar uma descrição concisa. Seria algo do género eu hoje dizer “foi quase uma semana” quando foi só de segunda de manhã até sexta de noite.

Comentar por natenine

Adoro estes anjinhos criacionistas.
Criam sites a dizer asneiras sobre evolucionismo e depois ofendem-se por levaram na pá …

Caros anjinhos, eu não crio sites a criticar o criaccionismo nem comento em sites dedicados á temática religioso (excepto se em ataques descabidos aos não religiosos).
Mas em locais que o objectivo principal é o ataque baixo ao evolucionismo e ao ateismo não me peçam que venha com falinhas mansas ou que respeite as vossas ideias e crenças.

A única coisa que respeito é cada um de vocês individualmente.

O resto é a partir sem salamaleques ou pseudo-cavalheirismo.

Comentar por Joaquim Coelho

Joaquim,

Mas em locais que o objectivo principal é o ataque baixo ao evolucionismo e ao ateismo não me peçam que venha com falinhas mansas ou que respeite as vossas ideias e crenças.

“Ataque baixo” = usar a ciência contra o evolucionismo e contra o ateísmo.

Comentar por Mats

Sim Luís, convem citar os textos.
—————————————–

como é que um post que é dirigido a cristãos acaba com tantos comentários de cépticos… lol

Comentar por alogicadosabino

Sabino e Natenine,

Seja feita a vossa vontade:

“Não diz a Escritura que o Cristo vem da descendência de Davi, e de Belém, da aldeia de onde era Davi?”
João 7:42

“E chegou, e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno.”
Mateus 2:22

“E subiu também José da Galileia, da cidade de Nazaré, à Judeia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi),”
Lucas 2:4

Comentar por Luís

Luís,

Não há nada de contraditório, Jesus nasceu em Belém porque naquela altura o império romano mandou fazer um alistamento, e cada pessoa tinha de se registar na sua terra natal, José e Maria foram para Belém e Maria estava a grávida e depois é a história que tu sabes, Jesus teve de nascer numa manjedoura.
Depois José foi para o Egito mais a sua mulher e Jesus porque O Rei Herodes na altura decretou que todas as crianças até 2 anos deveriam morrer, depois de morrer Herodes José Maria e Jesus Voltaram para Israel particularmente para Nazaré.
(está aqui o resumo do capitulo dois das biografias de Jesus Cristo escritas por Lucas e Mateus.)

Comentar por natenine

Na realidade existe uma miscelânea de argumentações na bíblia tentando buscar o cristo profético. Para isso procuraram adaptar os evangelhos fazendo dele o messias.
Como toda mentira mal contada faz-se remendos, e remendo deixam vestígios de sua farsa.

Comentar por Kibom33

Natenine

Em outro post você me pediu as originais de Flávio Joséfo.

“Jovem Gafanhoto”, eu não disse que as tinha, nem sei se elas existem.

O que eu disse é se aquele texto realmente fosse escrito por ele, o mesmo teria se tornado um cristão, o que não ocorreu.

Não peça por provas quando o que esta sendo discutido é o fato e o texto em si.

Se você ler o texto o qual ele se refere a jesus, abruptamente ele muda a narrativa sobre seu tema, narra a paixão, e em seguida volta ao tema original.

Comentar por Kibom33

a referência que conheço de josefo a jesus não menciona a sua paixão, mensiona a sua morte sobre crucificação e refere-se ao irmão de jesus chamado tiago. Mas posso falar de mais evidências históricas posso falar de Tácito o qual faz referências à morte de Jesus e de cristãos em Roma. Luciano de Samósata um escritor satírico que escreveu sem respeito acerca de Jesus, ainda justino mártir, suetónio entre outros.

Comentar por natenine

“O que eu disse é se aquele texto realmente fosse escrito por ele, o mesmo teria se tornado um cristão, o que não ocorreu.”

Outra vez este argumento parvo?

tantos judeus presenciaram os milagres de Jesus e não o seguiram. Até Judas que conviveu de perto com Jesus decidiu não o seguir. O facto de os judeus não terem aceite Jesus como o Messias só confirmou as profecias.

Comentar por alogicadosabino

Luis,

O significado de contradição é diferente para si ou alguém que conheça?

Isso não responde à minha pergunta. Eu disse:

Se Deus não existe, se calhar essa regra só se aplica a umas pessoas e não a outras, tal como a moral, certo? Se não, então como é que se explica a existência de leis da lógica absolutas para toda a humanidade? Porque é que químicos que se formaram por acaso, como aqueles que estão no cérebro humano, tem todos que obedecer as mesmas leis de pensamento?

Tu e eu sabemos instintivamente que dois opostos não podem ser ambos válidos no mesmo contexto e na mesma forma. A minha pergunta é porque é que tu e eu assumimos que as leis da lógica que operam nas nossas cabelas também operam nas cabeças dos outros?
Com Deus, a resposta é fácil: fomos todos criados à Imagem do Mesmo Deus, e a nossa mente reflete a forma como Deus espera que nós pensemos. A lógica reflete a Natureza de Deus.

Tu assumes a universalidade e a natureza absoluta das leis da lógica (como a lei da não-contradição) mas negas o Fundamento dessa lei (Deus).

Como é que o ateísmo explica a expectação humana do carácter absoluta das leis da lógica?

Comentar por Mats

Sabino, todos que não pensam como você, deve acreditar que são parvo.

A diferença entre Joséfo e os demais que não aceitaram jesus é muito grande, ele narra que havia encontrado o cristo.

Mas, não espero que entenda.

Comentar por Kibom33

“so he assembled the sanhedrim of
judges, and brought before them the brother of Jesus, who was
called Christ, whose name was James”
Antiguidades Capitulo 9:1 Flávio Josefo

Está aí uma referência a jesus Cristo e a seu irmão.

Comentar por natenine

Natenine

Temos várias versões de seu relato, algumas delas diz que ele havia encontrado o cristo.

A que você citou é somente uma delas.

Qual seria a verdadeira, se é que existe alguma.

Comentar por Kibom33

Flávio Josefo é um historiador do povo judeu não vejo razões para duvidar do seu testemunho, Jesus Cristo é citado algumas vezes no seu livro Antiguidades dos Judeus, uma delas eu citei, mas existem outras.
Este é um dos casos que é preciso mais fé para descrer do que para crer, para mim é por demais evidente.
Josefo escreveu muitas coisas é um historiador aceite, começar a duvidar de historiadores do passado é apagar a nossa própria história, menos base histórica e arqueológica têm outras pessoas, como Sócrates, Alexandre o Grande, no entanto nunca vi um céptico por estas pessoas em causa.

Comentar por natenine

Natenine

O argumento em favor de Flávio Josefo já foi refutado, é o caso de aceitar ou não.

Comentar por Kibom33

Kibom, faz o favor de refutar. Prova-me que o livro “antigudiades dos judeus” é uma fraude

Comentar por natenine

Natenine

Existem vários relatos atribuidos a Flavio Josefo, o livro de antiguidades cita:

“Havia neste tempo Jesus, um homem sábio, se é lícito chama-lo de homem, porque ele foi o autor de coisas admiráveis, um professor tal que fazia os homens receberem a verdade com prazer. Ele fez seguidores tanto entre os judeus como entre os gentios. Ele era o Cristo. E quando Pilatos, seguindo a sugestão dos principais entre nós, condenou-o à cruz, os que o amaram no princípio não o esqueceram; porque ele apareceu a eles vivo novamente no terceiro dia; como os divinos profetas tinham previsto estas e milhares de outras coisas maravilhosas a respeito dele. E a tribo dos cristãos, assim chamados por causa dele, não está extinta até hoje.”

Você acredita mesmo que quem escreveu isso teria continuado judeu? Se você quer uma prova maior que essa, é somente verificar o que jesus realmente deixou de concreto.
Uma evidência bem clara que não deixa nenhuma duvida entre cristãos e céticos.

“Jovem gafanhoto”, pense o que faria deus enviar um salvador para a humanidade, onde até hoje o mundo ainda não o conheceu. Não faria sentido para com os demais que morreram nesses 2000 anos sem ter o previlégio de ter conhecido o salvador da humanidade.

O Sabino já respondeu isso dizendo que é o papel o qual ele, vocês, hoje estão desempenhando, mas quanto aos que já se foram, em um mundo sem imprensa, e sem contato.

Comentar por Kibom33

Só para constar, não acho gênesis alegoria coisa nenhuma; eu embora aceite a evolução e Pré-história, não sou nem de longe evolucionista teísta, que acha que Gênesis é só um mito com moral…
As palavras, todas as palavras de Jesus são verdadeiras. Ora, se Jesus citou Adão e Eva como pessoas reais, então FORAM REAIS, assim como o Sabino citou. Dessa vez ele tá certíssimo.
Pra mim as duas coisas se encaixam (a evolução e o RELATO de Gênesis). Como se encaixam? Precisaria de muitos posts pra explicar!
Paz do Senhor á todos!

Comentar por Rodrigo Henrique Gomes

“eu embora aceite a evolução e Pré-história, não sou nem de longe evolucionista teísta, que acha que Gênesis é só um mito com moral…”

És ateu e não te contaram ainda.

“As palavras, todas as palavras de Jesus são verdadeiras. Ora, se Jesus citou Adão e Eva como pessoas reais, então FORAM REAIS, assim como o Sabino citou. Dessa vez ele tá certíssimo.”

E Deus? Tu o chamas de mentiroso se aceitas a evolução do homem, ou milhões de anos!

E agora, como tu sai dessa?

Ateu.

Comentar por MVR

Já não se fazem céticos como antigamente. Eles hoje aceitam fazer até mesmo este tipo de coisa (Fingir-se cristão para tentar jogar terra na palavra de Deus “pelo lado de dentro”)

Vergonha. Quanto mais tenho conhecimento dos céticos, mais me dá orgulho em ser cristão e conhecer a verdade. E é mais uma prova de que a verdade liberta as pessoas.

Vamos ver qual o próximo argumento do Rodrigo – O ateu enrustido – sobre a evolução e os milhões de anos.

Comentar por MVR

É acho que não é só a evolução que está errada não! A botanica também:

“Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.”

Aceitar a evolução depois de ter exaustivamente analisado as evidências a favor e as supostas evidências contrárias a ela não tornou minha fé “mais facil”. Muito pelo contrário. De resto, Jesus nunca tencionou ser professor de biologia! Ele sempre ensinou e fez coisas muito mais importantes.

Paz de Cristo

Comentar por Emiliano M

Olha filho Deus não vai perder o tempo que ele fez tentando introjectar na pequena mente de um ser limitado a Terra e até mesmo amo seu bairro e cidade alguma coisa que preste. O deber de Deus são com os que o aceitam.

E como meu amigo “Emiliano M” mesmo disse: Ele tem coisas mais importantes para fazer.

Comentar por Itamar

Olha filho Deus não vai perder o tempo que ele fez tentando introjectar alguma coisa na pequena mente de um ser limitado a Terra e até mesmo ao seu bairro e cidade. O dever de Deus são com os que acreditam Nele.
A teoria da evolução foi elaborada “anos luz” depois da criação por um homem descontente que estudava plantas e teve a burrice associar a mutação “evolutiva” de plantas com Seres Humanos.

Acho que Darwin estava infeliz na família e decidiu ferrar a sua mente com a Teoria da evolução. O engraçado é que essa teoria é tão incompleta que não saem mais seres humanos evoluídos de macacos ou chipanzés das florestas africanas. O engreçado é que os chipanzés pararam em 97% na semelhança com seres humanos por que o Homem é criação exclusiva de Deus.

Filhos, parem de agir como um chipanzés97 e venham para Jesus.

E como meu amigo “Emiliano M” mesmo disse: Ele tem coisas mais importantes para fazer.

Deus não perde tempo com ateus sem contrato.

Nesse momento a Fé está rindo da Ciência!

Comentar por Itamar




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: