No princípio criou Deus os céus e a Terra


Quem criou Deus?
Setembro 26, 2008, 4:09 pm
Filed under: Convicções / Fé

É outra das perguntas mais lançadas pelos ateus, sendo, também, outro exemplo de dualidade de critérios. Isto é, se tudo apareceu espontaneamente, segundo o critério do ateu, por que é que Deus não poderia aparecer também do mesmo modo? Se as coisas não precisaram de um criador, porque é que Deus precisaria? Isto representa apenas mais uma contraposição dos argumentos do ateu.

Pretender que Deus tivesse de ser criado por alguém constitui uma dualidade de pensamento que atraiçoa qualquer lógica de raciocínio correcto. Se todas as coisas aparecem (ou apareceram) espontaneamente, segundo o conceito naturalista, como podem os ateus perguntar quem criou Deus? (Ver também: “Provas” – dois pesos, duas medidas)

A nossa experiência empírica diz que não há coisas criadas sem um criador. Por outro lado, a Ciência afirma através de Lavoisier que na Natureza nada se perde, nada se cria; tudo se transforma. Isto implica haver alguém que, de início, tenha criado todas as coisas. Para um dado sistema entrar em funcionamento, a Lógica exige um impulso inicial dado por alguém que esteja fora e para além desse sistema. Quer dizer, a lógica normal exigiria alguém que iniciasse o processo, mas não a lógica naturalista.

Há duas maneiras de responder à pergunta “Quem criou Deus“. A maneira que mostra ao ateu a sua incongruência e a maneira verdadeira. Na minha óptica, se o ateu coloca a pergunta com desdém, como quem diz: “E quem criou Deus, crente estúpido?”… o cristão deve usar a resposta que mostra ao ateu a sua incongruência. Se a pergunta parece ser colocada de forma sincera (ou, pelo menos, sem manifesto desdém), o cristão deve dar a resposta verdadeira.

Resposta que mostra ao ateu a sua incongruência

“Deus foi criado pelas mesmas forças naturais e misteriosas que criaram o Universo”.

Resposta verdadeira

A Bíblia diz que Deus é eterno, sempre existiu, não foi criado por ninguém. Génesis 1:1 começa logo por afirmar peremptoriamente que “No princípio criou Deus os céus e a terra“. João 1:1 diz que “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus“, sendo que tudo foi criado pela poder da Sua Palavra. Tudo o que tem um início (começa a existir) tem uma causa. O Universo teve um início. Portanto, o Universo tem uma causa, causa essa que está para além do mesmo. Essa causa está explícita no 1º versículo do 1º capítulo da Bíblia.

Anúncios

46 comentários so far
Deixe um comentário

Desculpa lá mas estes posts começam a rair a imbecilidade mórbida.

Comentar por pedroromano

bom amigo pense bem quem e voce em que corpo esta por acaso foi voce que criou ele? nao logo entao esse corpo nao e seu neh e do propio deus. voce ou seja sua consciencia o seu pensar voce e uma criacao do pai que e o propio deus
deus nunca teve um filho com uma mulher ele criou a sua alma que mora no corpo de deus ok pense nisso

Comentar por washington

Eu não vou criticar a sua lógica, mesmo porque ela é irreal e baseada em crença. Agora o que me admira é querer buscar um consenso para os cristãos em suas respostas para que sejam uniformes. É a mais clara evidência de explicar o inexistente, porque se algo é real é provado e pronto.

Comentar por Kibom33

desculpa, mas o que disseste está muito errado.. o que é real é provado? entao diz-me a criaçao do universo foi devido a que? big bang? por amor de deus.. uma teoria que se baseia numa explosao que fez o universo? um explosao (inexistente) mas que a ciençia acredita ;D

Comentar por Paulo

bom amigo pense bem quem e voce em que corpo esta por acaso foi voce que criou ele? nao logo entao esse corpo nao e seu neh e do propio deus. voce ou seja sua consciencia o seu pensar voce e uma criacao do pai que e o propio deus
deus nunca teve um filho com uma mulher ele criou a sua alma que mora no corpo de deus ok pense nisso

Comentar por washington

“Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem – aventurados (felizes) os que não viram e creram.” João 20:29

Comentar por Ellen

Argumento circular. Sabino, ao invés de escrever várias postagens durante a semana, escreva uma mais elaborada porque isso tá beirando o ridículo.

A pergunta persiste. Se tudo necessita de um criador, quem criou Iave?

Comentar por AmadeusXIII

Parei de ler em “se tudo apareceu espontaneamente”.

Vá ler “Uma breve história do tempo”, do Stephen Hawking antes de dizer qualquer coisa, ó parvo!

Comentar por Fabiane

O ser humano é muito criativo mesmo né? Criou até um deus, um não, milhares, e há quem duvide que ele possa chegar a marte.

Comentar por Kibom33

bom amigo pense bem quem e voce em que corpo esta por acaso foi voce que criou ele? nao logo entao esse corpo nao e seu neh e do propio deus. voce ou seja sua consciencia o seu pensar voce e uma criacao do pai que e o propio deus
deus nunca teve um filho com uma mulher ele criou a sua alma que mora no corpo de deus ok pense nisso
o homen nao cria nada amigo ele foi criado para dar gloria a deus o verdadeiro criador qando voce faz qlqer invencao pense bem nao foi voce foi deus pois o homem que e a alma esta mesmo que mora nesse corpo que voce esta sentindo agora nao pode fazer nada sem deus por acaso se voce fosse um cachorro criaria algo deus cria e o homen nada pode fazer sem deus

Comentar por washington

Muito bom post, está aí um argumento consistente. A lei da causalidade é algo que está dentro das matrizes: espaço e tempo, Deus está além e antes do espaço e do tempo logo Ele não carece de causa.

Comentar por natenine

Extraordinário

Deus não precisa de explicação para surgir, mas o Universo sim.

Um exemplo de extrema coerencia.

Comentar por Joaquim Coelho

Muito bom post, está aí um argumento consistente. A lei da causalidade é algo que está dentro das matrizes: espaço e tempo, Deus está além e antes do espaço e do tempo logo Ele não carece de causa.

Que lixo de lógica. Isso aí deve ser um fake do Sabino.

Comentar por AmadeusXIII

Amadeus,

“A pergunta persiste. Se tudo necessita de um criador, quem criou Iave?”

Quem é que diz que tudo precisou de criador? O que eu disse é que tudo que tem um início, tem uma causa. O Universo teve um inicio, o universo tem uma causa, causa essa que tem de estar para além desse Universo criado. Deus não teve um inicio.
_________________________________________

Fabiane,

“Parei de ler em “se tudo apareceu espontaneamente”.”

Então de onde é que veio a materia e a energia?
___________________________________________

Joaquim,

“Deus não precisa de explicação para surgir, mas o Universo sim.

Um exemplo de extrema coerencia.”

Se o Universo teve um inicio, o que te faz querer que ele nao precisou de uma causa?

Comentar por alogicadosabino

Eis o Argumento Cosmológico de Kalam
1. Tudo que tem um início tem uma causa.
2. O universo começou a existir.
3. Portanto, o universo tem uma causa.

A premissa 2 tem base científica e filosófica muito forte.
A permissa 1 parece muito mais plausível que a sua negação.

Comentar por natenine

Sabino
Essa questão não se coloca na actual fase de conhecimento da ciência e não sei se se colocará alguma fez.

Se não existisse Universo qual era a causa ?

E essa é uma questão que vocês não podem colocar porque faz ricochete e:

Qual a cuasa que originou Deus ?

E não vale Deus sempre existiu porque essa encaixa também em O universo sempre existiu (embora de forma diferente do que conhecemos após o Big-Bang).

Comentar por Joaquim Coelho

Joaquim,

“E não vale Deus sempre existiu porque essa encaixa também em O universo sempre existiu (embora de forma diferente do que conhecemos após o Big-Bang).”

Joaquim, o Universo não pode ter sempre existido e nem precisamos de apelar a radiações cósmicas de fundo. Se sempre tivesse existido, já tinhamos chegado àquilo que os cientistas chamam de “morte de calor”.

E se o universo sempre existiu, mesmo sendo diferente do que conhecemos apos o big bang, tu nunca estarias a falar comigo. Por quê? Porque ainda não tinhamos chegado a este tempo, uma vez que há tempo infinito para trás.

Tu exiges que Deus também tenha de ter sido criado mas não faz sentido. Se Deus criou o nosso tempo, achas que Ele está sujeito a ele também? É como criares qualquer coisa e não teres poder sobre essa coisa criada.

Comentar por alogicadosabino

Sabino
Se sempre tivesse existido, já tinhamos chegado àquilo que os cientistas chamam de “morte de calor”.

Que ridiculo. O universo de que eu falo, gerado pelo Big-Bang, aquando do BigBang o Universo não tinha nada a ver com o que existe hoje. Concentrava-se todo num ponto de dimensão infinitesial e ainda não existiam as particulas que constituem hoje o nosso universo.
Esse ponto infinitesimal pode ter existido sempre.

A do calor já é desconhecimento. Desde o big-bang que o Universo está a arrefecer e continua. Apesar de haver enorme produção de calor ele dissipa-se no espaço. E como o universo está em franca expansão desde o inicio há muito mais espaço para o calor se dissipar.
Assim enquanto o Universo se expandir pelo menos à velocidade actual não corres o risco de morrer queimado devido á temperatura do Universo.

A segunda parte não percebo nada. É que não sou dado a coisas transcendentais e essa de ainda não ter chegado não percebo.
As regras do actual Universo iniciaram-se no Big Bang: forças, matéria (particulas) e tempo. O que há para trás não interessa do ponto de vista da teoria do big bang

O terceiro ponto já está respondido no comentario anterior.

Comentar por Joaquim Coelho

“Concentrava-se todo num ponto de dimensão infinitesial e ainda não existiam as particulas que constituem hoje o nosso universo.
Esse ponto infinitesimal pode ter existido sempre.”

O que o ateu sugere para não admitir que Deus pode ter criado tudo…

Ok… nessa afirmação consideras o infinito… então por que te faz impressão eu dizer que Deus é infinito no tempo e no espaço?

Como é que esse ponto infinitesimal chegou aí em 1º lugar? De onde surgiu?

“O que há para trás não interessa do ponto de vista da teoria do big bang”

De onde apareceu o “que há para trás”?

Acho que o ponto que não percebeste é fácil de entender mas eu explico. Se eu disser que daqui a um tempo infinito vou-te dar um chocolate, tu nunca vais chegar a ter esse chocolate, uma vez que o tempo infinito não tem fim. De igual forma, se o universo ou o pre-universo que te estás a referir tivesse sempre existido, o tempo presente nunca teria chegado e não estariamos aqui a falar. O que nos leva a concluir que existe um começo.

Comentar por alogicadosabino

Desculpa Sabino mas esse teu chocolate é amargo 🙂

Não sei se sabes mas há uma coisa chama -infinito e +infinito De um ao outro há uma coisa chamada 0 (neste caso o big bang) . Entre um e outro existem inumeraveis pontos todos atingiveis.
Nunca antinges é o +/- infinito. Só que a contagem começa sempre num ponto finito (para trás ou para a frente). Percebeste ?
Assim podemos falar de um Universo infinito antes do big bang sem quebra de qualuer regra ou paradoxo á mistura.

Sim existe um começo para o Universo na forma que o conheços. Antes, não sabemos.
E o espaço-tempo é uma coisa estranha e complexa para ser misturado com chocolate 🙂

E le qualquer coisinha sobre o Big Bang, podes começar na Wiki embora te aconselhes a validares o que leres em locais mais fidignos, lendo por exemplo Hubert Reeves

http://pt.wikipedia.org/wiki/Big_Bang

Assim já não dizes tolices como esta O que o ateu sugere para não admitir que Deus pode ter criado tudo…
Pois um dos primeiros promotores da teoria do Big bang era cristão praticante. (bem devia ser já que era padre 🙂

Comentar por Joaquim Coelho

Joaquim,

E o que é o menos infinito e o mais infinito? Onde começa o menos infinito e onde termina o mais infinito? Ou isso são apenas conceitos que utilizamos por nos serem convenientes?

Repara que tu também estás a colocar a hipótese do infinito… apenas não a “atrelas” a Deus.

“Pois um dos primeiros promotores da teoria do Big bang era cristão praticante. (bem devia ser já que era padre “

Não sabia disso. Mas também, não tenho muita esperança nos padres, já que eles são os primeiros a dizer que nao é para acreditar na biblia.

Comentar por alogicadosabino

Fabiane,

“Parei de ler em “se tudo apareceu espontaneamente”.”

Então de onde é que veio a materia e a energia?

Continuo insistindo para que leia “Uma breve história do tempo”.

Comentar por Fabiane

Sim Sabino – e + Infinito sao conceitos que permitem exprimir grandezas a que não se “conhece” a dimensão por ser tão grandes ou tão pequenas.
Por exemplo podemos dizer que PI é um número de ‘dimensão’ infinita porque não se consegue achar um ponto onde a divisão dê 0. Portanto tanto quanto foi possivel saber é que PI ´3,14.. seguido de um nunemro infinito de casas decimais.

Isso não nos impede de usar o PI, e ele dá muito jeito 🙂

E o que é o menos infinito e o mais infinito? Onde começa o menos infinito e onde termina o mais infinito?
Esta pergunta não faz sentido. Infinito é usado para designar aquilo que não conseguimos atingir, logo não tem começo nem fim,

Por exemplo o conjunto dos numeros inteiro vai de -infinito a + infinito porque é sempre possivel acrescentar um digito. Por isso nunca saberas qual o numero que corresponde a +infinito.

Repara que tu também estás a colocar a hipótese do infinito… apenas não a “atrelas” a Deus.
É raro mas por vezes dizes umas coisas meio acertadas 🙂
Exacto, a ciencia nunca precisou de Deus para explicar nada. Porque necessitaria dele para explicar o infinito.
Se não sabe a explicação diz que não sabe.
Nem tudo tem de ser explicado. A ciencia procura explicações mas nem sempre as encontra. Eventualmente no futuro haverá essa explicação.

Não é preciso é sempre que não consigo explicar uma coisa vir com deus.

Comentar por Joaquim Coelho

A pergunta persiste. Se tudo necessita de um criador, quem criou Iave?

Nem tudo necessita de um criador, mas apenas aquilo que tem um início de existência. O silogismo funciona assim:
1. Tudo o que tem um princípio tem uma causa adequada.
2. O universo tem um princípio.
3. O universo tem uma Causa Adequada.

Pelas propriedades do universo (tempo, espaço, matéria) podemos dizer que Quem criou o universo não é Limitado pelo espaço, nem pelo tempo e nem pela matéria.

Imaterial, Eterno e Omnipresente. hmmmm….. Faz-te lembrar Alguém?

Comentar por Mats

Matts

Prova lá o ponto, para começar
Mas sem filosofias da treta e pro a+b, tomando como ponto de partida o ponto de dimensões infinitesimais que despoletou o Universo tal como o conhecemos hoje.
Portanto a questão é: por motivo esse ponto teve de ter uma causa ?

Comentar por Joaquim Coelho

Joaquim

Prova lá o ponto, para começar
Mas sem filosofias da treta e pro a+b, tomando como ponto de partida o ponto de dimensões infinitesimais que despoletou o Universo tal como o conhecemos hoje.
Portanto a questão é: por motivo esse ponto teve de ter uma causa ?

É plenamente aceite por criacionistas e ateus que o universo teve um início de existência. Se assim é então deve ter uma causa, uma vez que tudo aquilo que nós vêmos a começar a existir hoje em dia tem uma causa.

Comentar por Mats

Matts, para variar não disseste nada.

Não é aceite por todos que a singularidade que originou o Universo teve uma causa. E o que tens de responder é: porque motivo essa singualridade que originou o Universo teve uma causa?

Porque a resposta para a causa da existencia do Universo já sabemos: a expansão dessa singularidade naquilo que conhecemos como Big-Bang
Portanto não tentes baralhar, o que está aqui em jogo não é a causa (conhecida) do Universo de hoje, mas sim da singularidade que o originou.

A ciência não faz a minima ideia de como surgiu ou se sempre existiu essa singularidade. Só tem respostas para alguns milionésimos de segundo após aquilo a que se convencionou chamar “explosão” (mas não foi nenhuma explosão no sentido que atribuimos a essa palavra).

Portanto para a causa da origem do Universo temos resposta, para o que a precedeu não. E tanto por haver uma causa como a singularidade ter sempre existido sem qualquer causa.
Não há um único cientista que afirme de forma cientifica o contrário.
É evidente que muitos cientistas cristão colocam nessa singularidade a mão de deus (eu não acredito mas não vejo mal em que o façam, já que o faxem por crença e não questionam nada da ciência daí para a frente). O mesmo já não se pode dizer dos lunáticos do criaccionismo da Terra jovem.

Comentar por Joaquim Coelho

Joaquim,

Não é aceite por todos que a singularidade que originou o Universo teve uma causa.

É aceite por todos que o universo não é eterno. Desde logo, teve um início de existência, e então uma causa.

E o que tens de responder é: porque motivo essa singualridade que originou o Universo teve uma causa?

O que tu estás a dizer que a causa do universo é a hipotética “singularidade”. Mas isto apenas puxa o problema mais para trás. Essa singularidade, se é material, então tem um causa uma vez que a matéria não tem capacidade para se criar a si própria.

Porque a resposta para a causa da existencia do Universo já sabemos: a expansão dessa singularidade naquilo que conhecemos como Big-Bang

Não é aceite por todos os cientistas que a causa do universo é a expansão da misteriosa “singularidade”. Portanto, não uses aquilo que ainda não foi confirmado (nem é confirmável) como evidência.

Portanto não tentes baralhar, o que está aqui em jogo não é a causa (conhecida) do Universo de hoje, mas sim da singularidade que o originou.

A causa naturalista para a origem do universe não é conhecida porque ela não existe.
A singularidade é uma invenção baseada na fé. Não evidêndência nenhuma para a sua existência.
Mas mesmo que tivesse existido tinha que ter uma causa, se é material.

A ciência não faz a minima ideia de como surgiu ou se sempre existiu essa singularidade.

A ciência ou o naturalismo?
Deixa-me traduzir o que escreveste:
“O naturalismo não faz a mínima ideia de como surgiu a mística singularidade, para a qual não há evidencias nenhuma para além de palavras vazias.”

Só tem respostas para alguns milionésimos de segundo após aquilo a que se convencionou chamar “explosão” (mas não foi nenhuma explosão no sentido que atribuimos a essa palavra).

Invenções.

Portanto para a causa da origem do Universo temos resposta, para o que a precedeu não.

Não tem resposta nem para um nem para o outro, e isso é perfeitamente verificável na quantidade de cisntistas que negam o chamado big bang.

E tanto por haver uma causa como a singularidade ter sempre existido sem qualquer causa.

OU então o universo pode ter sido criado completamente funcional, sem necessidade de “singularidades” não cientificas.

Não há um único cientista que afirme de forma cientifica o contrário.

Depende do que defines por “cientista”, e o que defines por “forma científica”.

É evidente que muitos cientistas cristão colocam nessa singularidade a mão de deus (eu não acredito mas não vejo mal em que o façam, já que o faxem por crença e não questionam nada da ciência daí para a frente). O mesmo já não se pode dizer dos lunáticos do criaccionismo da Terra jovem.

Lunáticos tipo Isaac Newtom.

Comentar por Mats

Fabiane,

Então de onde é que veio a materia e a energia?

“Continuo insistindo para que leia “Uma breve história do tempo”.”

É uma forma prática de evitar o debate…

Comentar por alogicadosabino

Joaquim,

“Infinito é usado para designar aquilo que não conseguimos atingir, logo não tem começo nem fim,”

É uma das características de Deus. (“Ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus, seja honra e glória para todo o sempre.” – I Timóteo 1:17)

“tomando como ponto de partida o ponto de dimensões infinitesimais que despoletou o Universo tal como o conhecemos hoje.”

Aqui eu perguntaria: “E como surgiu esse ponto de dimensões infinitesimais? Qual a sua causa?”

A partir do momento em que admites a hipótese de algo ter existido desde sempre, debates posteriores vão bater sempre no mesmo. Tu admites que algo possa ter existido desde sempre, apenas não atribuis o mesmo atributo do “infinito” ou “eterno” a Deus.

E uma coisa não pode ter existido sempre porque, como já disse, se existiu desde sempre o tempo presente nunca chegaria pois, para trás, existe um tempo infinito. Portanto, recuando no tempo, temos de chegar a um eventual início de tudo, início esse que tem que ter uma causa e, logicamente, essa causa está para além das propriedades que vieram a existir.

Comentar por alogicadosabino

Sabino
O ultimo paragrafo é uma parvoice, que já te expliquei.

Quanto ao resto é a treta do costume já sobejamente comentada e que voces teimam em repetir. Inútil repetir argumentos lógicos

Matts,
agora não tenho tempo para delirios, repetições e parvoices como as que debitaste. Le os comentarios anteriores e está lá tudo.

Comentar por Joaquim Coelho

Claro que está, Joaquim. Tudo está “lá”.

Comentar por Mats

@Sabino

Fabiane,

Então de onde é que veio a materia e a energia?

“Continuo insistindo para que leia “Uma breve história do tempo”.”

É uma forma prática de evitar o debate…

Não estou evitando o debate. Estou dizendo para que leia uma obra de um cientista que é considerado sucessor de Newton, e que explica com muito mais exatidão que eu. Lá estão as respostas que você busca. O seu livro mágico eu já li, já guiei minha vida por ele, e já perdi muito tempo acreditando nele. Por que não dá uma chance a Hawkings, um dos grandes cérebros de nosso tempo?

Comentar por Fabiane

[…] Quem criou Deus? É outra das perguntas mais lançadas pelos ateus, sendo, também, outro exemplo de dualidade de critérios. Isto é, […] […]

Pingback por Os melhores post´s de hoje! « ATer criacao de sites (11) 2527-3032

Assim como a fé é […] […]

Comentar por Kibom33

“Fabiane,

Então de onde é que veio a materia e a energia?

“Continuo insistindo para que leia “Uma breve história do tempo”.”

É uma forma prática de evitar o debate…”

Sabino,para quem evitou discutir a questão dos cromossomas XY não tens grande moral para usar esse argumento. Porque quem parece que foge à questão constantemente és tu Sabino!

Comentar por Beowulf

Romanos 1:19
Porquanto, o que de Deus se pode conhecer, neles se manifesta, porque Deus lho manifestou.

Romanos 1:20
Pois os seus atributos invisíveis, o seu eterno poder e divindade, são claramente vistos desde a criação do mundo, sendo percebidos mediante as coisas criadas, de modo que eles são inescusáveis;

Romanos 1:21
porquanto, tendo conhecido a Deus, contudo não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes nas suas especulações se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu.

Romanos 1:22
Dizendo-se sábios, tornaram-se estultos,

Comentar por Igor Marcel

Na minha opinião isto é um mistério inesplicavel, nossa mente é muito limitada e não temos capacidade de entender os mistérios de Deus, isto está alem da imaginação.
Creio eu que tem coisas que Deus não permite que no saibamos.
Na biblia diz que Deus é eterno, isto é, sempre existiu e sempre existirá.
Deus não é como nós que temos inicio e fim, pois Deus não teve inicio, nunca nasceu, não terá fim e nunca morrera.
Isto não é para entender e sim aceitar.
Tudo foi Criado por Deus, ele é o criador de todo o universo.

Comentar por bruno ricardo

Primeiramente, quem é Deus?

Se ele é considerado um ser superior e bondoso, por que existe o bem e o mal, o descriminação?

Se ele quem julga quem ta certo ou errado, se ele quem traz o bem para todos, se ele quem pune quem está errado,por que existem pessoas más, descriminação, etc…?

Ja que que ele veio antes de tudo, como ele foi criado, quem te deu nome ?

Comentar por Henrique

Obrigado pelo comentário submetido Henrique.

“Se ele é considerado um ser superior e bondoso, por que existe o bem e o mal, o descriminação?

Se ele quem julga quem ta certo ou errado, se ele quem traz o bem para todos, se ele quem pune quem está errado,por que existem pessoas más, descriminação, etc…?”

É precisamente por Deus existir que tu consegues distinguir entre comportamentos bons e comportamentos maus. Se o ateísmo fosse verdadeiro, não tinhas razão nenhuma para denunciar comportamentos desviantes como a pedofilia, uma vez que a moralidade era o que cada um escolhia.

Respondendo directamente à questão… o mal existe porque o Homem decidiu que não precisava de Deus na sua vida. O mal não é um estado que subsiste por si próprio. O mal é um estado do bem, neste caso a ausência do mesmo.

“Ja que que ele veio antes de tudo, como ele foi criado, quem te deu nome ?”

Vê: Quem criou Deus? e É possível ter uma fé racional?.

Comentar por alogicadosabino

Pois é!Para ñ delongar o assunto vou logo ao objetivo: “Deus não leva em conta o tempo da ignorância”. Mas, vai aqui um aviso para vc que é um(a) ateu: se vc se arrepender de suas blasfêmias Deus lhe dará o perdão, caso contrário, no dia que vc dormir (morrer) então aí veras a realidade. Tarde demais!

Comentar por Leonel Cheira

O importante é saber que os homens e Deus existem, porque tudo que é criado por alguém, vem a existir. O problema é saber se Deus criou o homem para se curar do seu tédio, ou se o homem criou Deus, para suprir sua incapacidade de lidar com a falta de respostas para certas perguntas. Na minha opinião, não importa a resposta, todas cairão em contradição.

Comentar por Éder

tem logica sim senhor no que o nosso amigo escreveu

Comentar por elias creio em deus

e ah quando jesus fala eu sou o alfa e o omega quer dizer que ele ou seja o corpo dele eo principio e o fim pois jesus eo filho de deus e nao o propio deus bom isso eo que eu acho.
e quando ele fala nao ve que eu estou no pai e que o pai esta em min qer dizer que ele jesus ou seja a alma que foi criada pelo corpo que e de deus .mora no deus que e o criador de todas as coisas ou seja qndo voce morre amigo o seu corpo nada mais existe pois o corpo que e po e ao mesmo tempo do criador que e deus se foi e sem esse corpo nada existira para voce nem mais nunguem imagine se todas as pessoas morressem existiria ceu e inferno pos nao existe inferno nem ceu para animais nao e e ?de se pensar pois isso que estou falando de alguma maneira ate eu as vezes penso

Comentar por washington

por um acaso, pode se criar algo através de uma explosão?…
pense comigo, se eu jogar uma dinamite em um prédio, ou até mesmo em algum lugar que ñ utiliza-se de gravidade, o resultado disso será algo criado?- acho que não. É algo lógico, uma explosão não pode criar nada, é ridiculo acreditar que somos obras do acaso, olhe para o seu corpo, os vasos sanguineos como são bem distribuidos, e os orgãos como cada um tem uma função distinta mas como trabalham bem em conjunto, sem falar no cérebro, quão admirável é, nunca ninguém com todo avanço da ciência, a técnologia e conhecimento que o ser humano hoje pode adquirir consegue clonar algo tão maravilhoso. Agora me diz, todas essas coisas evoluiram com o tempo? por acaso pode um ser humano viver bem com um cérebro em má formação??? ou primeiro se formou um atomo, depois uma ameba, logo após uma membrana e só assim um órgão ou sei lá o quê, pra depois varios orgãos depois pele osso… impossivel…
NO PRINCIPIO CRIOU DEUS… e pronto
Genesis 2:7 pra todos vocês que diz: ” E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou- lhe nas narinas o fôlego da vida ; e o homem tornou-se alma vivente.” A ELE toda honra e toda a glória e louvor para todo o sempre. Amém!!!

Comentar por rafha




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: