No princípio criou Deus os céus e a Terra


“Os dinossauros cresciam rapidamente e procriavam sendo ainda novos”
Agosto 29, 2008, 8:30 pm
Filed under: Convicções / Fé

Investigadores descobriram tecidos fossilizados responsáveis pelo fabrico de ovos em duas fêmeas jovens – Allosaurus e Tenontosaurus. A partir dos anéis de crescimento dentro dos ossos da perna dos dinossauros, os cientistas calcularam que as duas espécies teriam cerca de 8 e 10 anos, respectivamente – muito jovens para estas espécies, que vivam cerca de 30 anos. Os investigadores chegaram à conclusão que estes dinossauros procriavam muito antes de atingirem o estado de adulto.

Outros estudos (Ex: AQUI e AQUI) têm vindo a mostrar que os dinossauros, ao contrário dos restantes répteis, não tinham um ritmo de crescimento constante. Isto é, eles pouco cresciam durante os primeiros anos da sua vida, dando depois um grande salto em poucos anos, voltando a estabilizar o ritmo do seu crescimento.

E isto vem a propósito de quê?

Há cépticos que troçam do relato bíblico da arca de Noé, dizendo que seria impossível Noé colocar os dinossauros gigantes dentro da arca. Primeiro, a arca não era um cubículo… segundo, uma vez que foi Deus que escolheu que animais entrariam na arca (Génesis 6:20), os dinossauros escolhidos não teriam de ser aqueles com maior altura. Uma vez que eles se podiam reproduzir na juventude, antes de atingirem a maturidade, os dinossauros que entraram na arca poderiam ser jovens.

Não haveria o problema da reprodução, após o desembarque, com o propósito de dar continuidade à espécie (Ver gráfico para melhor compreensão).

Advertisements

4 comentários so far
Deixe um comentário

Caro Marcos Sabino,

Estou interessado em saber o que tem a dizer sobre outras questões menos frequentes (mas não menos interessantes) sobre a história do dilúvio, nomeadamente:

1. Como couberam todos os animais na arca?
Quanto a esta tenho umas notas a fazer:
A arca teria 13.5 m de altura por 135 m de comprimento e 22.5 m de largura o que dá um volume de 41006.25 m3.
Faça o seguinte exercício:
a) Diga quantas espécies acha que Noé teria de levar na arca;
b) Multiplique esse número por 2;
c) Divida os 41006.25 m3 pelo número resultante e ficará com a média de espaço reservado a cada animal.

2. Como sobreviveram os animais durante esses 150 dias?
Tenha em especial atenção aos animais com um curto período de vida, por exemplo a maioria dos insectos.

3. O que aconteceu aos animais depois do dilúvio?
a) Como sobreviveram tantas espécies, havendo apenas 2 pares de cada e havendo várias espécies que se alimentam das outras?
b) Se a arca pousou num dado local como foram parar certos animais às ilhas onde hoje existem?

4. Por que várias versões de um dilúvio em diferentes culturas espalhadas pelo mundo?
Muita gente aponta esse facto como prova que o dilúvio de facto ocorreu. Mas eu posso usá-lo ao contrário. Se os únicos humanos sobreviventes eram a família de Noé, porquê tantas versões diferentes?

Cumprimentos,

Comentar por Luís

Luis, obrigado pelo comentário submetido.

Fique a saber que as perguntas que você colocou são excelentes questões e não podem ser completamente dissecadas em forma de comentário. Vou tentar ir respondendo, por meio de posts, consoante a disponibilidade que tiver.

Abraço

Comentar por alogicadosabino

Marcos,

Compreendo perfeitamente e estava mesmo à espera que abordasse estes tópicos em posts posteriores.

Qualquer pergunta poderia ser respondida com um simples “Deus encolheu os animais”, “Deus tornou todos temporáriamente imortais” ou “Deus tele-transportou o canguro para a Austrália”. Como deve perceber esse tipo de respostas é completamente insatisfatório e tão ridículo quanto parece.
Espero respostas cientificamente bem fundamentadas.

Abraço

Comentar por Luís

Luis colocou o problema de espaço muito bem.
A arca com seus 130 ou 150 metros de comprimento, já seria pequena demais para acomodar os casais de animais terrestres atuais. Colocar não apenas dinossauros, mas toda a fauna pré-histórica, das mais diferentes eras e períodos, seria demais para o barco.

Comentar por Adauto Tonon




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: