No princípio criou Deus os céus e a Terra


Eu e ele somos de Jesus. E tu?
Agosto 18, 2008, 11:35 pm
Filed under: Convicções / Fé, Multimédia

vcsw

Anúncios

16 comentários so far
Deixe um comentário

O Káká é dos poucos que se diz cristão e mostra isso pela vida que leva. Ao contrário do Cristiano Ronaldo, que tem uma mulher diferente todos os meses, este jovem mantém-se firme na escolha que fez.

É uma lufada de ar fresco na escuridão que envolve a vida pública europeia.

Comentar por Mats

Então?! Já não percebo nada! Pensava que o que interessava não era aquilo que fazíamos nesta vida, pois nesta vida todos somospecadores de alguma forma. Pensava que o que interessava era se nos arrependíamos sinceramente dos nossos pecados e aceitávamos Jesusno nosso coração. Como tal, o Káká de certeza que é um pecador, e por isso não é melhor que os outros, e que o Cristiano Ronaldo pode andar com as mulheres que quiser, desde que se arrependa dos seus pecados! Afinal já há comportamentos correcto e errados? Pensava que o único comportament correcto e digno de nos levar ao paraíso e nos salvar do fogo eterno era o arrependimento!!!!

Comentar por Beowulf

O problema que as religiões, em geral, têm com o sexo e o prazer é espantoso.

Se uma pessoa encontra outra de quem gosta e com quem se sente bem, não sentindo necessidade de outras relações, óptimo.

Se tal não acontece e as relações acabam rápido, qual o problema ?
Não vai deixar de usufruir do sexo, prazer e da passagem de mutuos bons momentos, só porque uma qualquer lei religiosa estúpida diz que sexo fora do casamento é mau. Não é, é bom.

Comentar por Joaquim Coelho

Beowulf,

Então?! Já não percebo nada!

Pois, isso dá para vêr.

Pensava que o que interessava não era aquilo que fazíamos nesta vida, pois nesta vida todos somos pecadores de alguma forma. Pensava que o que interessava era se nos arrependíamos sinceramente dos nossos pecados e aceitávamos Jesusno nosso coração.

Ao aceitar Jesus como nosso Salvador não nos tornamos em pessoas que não pecam, mas sim pessoas cujos pecados já estão pagps na cruz. No entanto, se verdadeiramente aceitamos qwue Jesus é quem manda na nossa vida, nós vamos fugir do pcado com todas as nossas forças. O Káká peca, como todo o ser humano. A diferença é que o Káká sabe que é pecador e que como tal já deu a sua vida a Cristo. Outros pensam que não são pecadores, e que podem fazer o que bem quiserem. No entanto, 5 segundos depois da morte ficam a saber o erro que fizeram.

O problema que as religiões, em geral, têm com o sexo e o prazer é espantoso.

Deus não tem problemas com o sexo. Ele é Quem criou a sexualidade, lembras-te? Mas Ele, melhor do que nós, sabe como é que podemos usufrui ao máximo da actividade sexual, da msma forma quem fêz o Windows XP sabe como é que nós podemos usufruir melhor dele.
Deus tem problemas, sim, com a pornografia, com a pedofilia, com a homosexualidade, com o lesbianismo, e com a o tipo de vida tipo Cristiano Ronaldo. E porquê? Porque Deus sabe que isso é mau para ñós. Isso é facimente visível no facto de que pessoas que estão envolvidas em esses tipos de vida nunca estão plenamen~te realizadas, e andam sempre à procura da próxima “conquista”.

Se uma pessoa encontra outra de quem gosta e com quem se sente bem, não sentindo necessidade de outras relações, óptimo.

Se tal não acontece e as relações acabam rápido, qual o problema ?

Para além do facto de que não foi para isso que Deus criou a sexualidade, mas sim para o casamento monogâmico heterosexual?

Não vai deixar de usufruir do sexo, prazer e da passagem de mutuos bons momentos, só porque uma qualquer lei religiosa estúpida diz que sexo fora do casamento é mau. Não é, é bom.

Mas isso é o que tu dizes. É a tua lei moral, e a tua definição de “bom” e “mau”. Uma vez que tu não és o Criador, as tuas decisõesm orais não são absolutas. São apeans aquilo que tu pensas.

Comentar por Mats

Quando uma pessoa se arrepende, no seu íntimo já não quer mais cometer o acto do qual se arrependeu. Parece-me bastante óbvio.

Comentar por natenine

Só tretas Matts.
O que é que Deus tem a ver com as berlaitadas que eu dou ? Manda em tudo o que faço ?

Depois voltas ao ataque com a treta de que o que fazemos na vida não conta para o “julgamento final”. Ora é exactamente isso que conta para o julgamento que interessa: o que fizemos com a vida, para nós e para os outros.
Pois o resto é treta. Depois da vida morte, e acabou-se. Mais uns atomos disponiveis …

Comentar por Joaquim Coelho

Não posso deixar de colocar aqui um poema que me faz sempre rir, a propósito de sexo e religião.

Resposta de Natália Correia em 1982 (então deputada do PSD) ao deputado João Morgado (CDS), na sequência de um “eloquente” discurso deste: “A igreja Católica proíbe o aborto porque entende que o acto sexual é para se ver o nascimento de um filho”.

Em resposta recita Natália Correia:
“Já que o coito diz Morgado
tem como fim cristalino,
preciso e imaculado
fazer menino ou menina
e cada vez que o varão
sexual petisco manduca,
temos na procriação
prova de que houve truca truca,
sendo só pai de um rebento,
lógica é a conclusão
de que o viril instrumento
só usou parca ração! uma vez.
E se a função faz o órgão diz o ditado
consumado essa excepção,
ficou capado o Morgado.”

Nota: retirado de http://de4maos.blogspot.com/2007/02/natlia-deputada-poeta-e-morgado-o.html

Comentar por Joaquim Coelho

O acto sexual não é só para procriar, obviamente. Mais uma erro, ou false presopusição tua.

Comentar por Mats

Matts
O acto sexual não é só para procriar, obviamente. Mais uma erro, ou false presopusição tua.

Minha não, do católico João Morgado (CDS) que na sequência de um “eloquente” discurso disse: “A igreja Católica proíbe o aborto porque entende que o acto sexual é para se ver o nascimento de um filho”.

Ora eu como não tenho filhos, segundo a lógica deste senhor nunca teria manducado e seguindo a lógica da saudosa Natália correia estaria tramado..
🙂

Comentar por Joaquim Coelho

Beowulf,

Pelos vistos tens muitas dúvidas em relação às questões da Salvação… o Mats já expôs aqui qual o plano da Salvação.

Dissiparei as tuas dúvidas brevemente, segundo a bíblia

Comentar por alogicadosabino

Joaquim,
O facto de que o Morgado disse o que disse não torna isso num facto, do mesmo modo que tu não aceitas que um evolucionista esteja a dizer a verdade quando diz que a evolução nunca foi observada.

1. Não sou católico, portanto o que quer que os católicos dizem não é prescritivo para mim.

2. A Bíblia não diz que sexualidade é *só* para procriação.

Só tretas Matts.
O que é que Deus tem a ver com as berlaitadas que eu dou ? Manda em tudo o que faço ?

Uma vez que vives no mundo que Deus criou, tens que te sujeitar às suas leis. Ele sabe o que é melhor para nós.

Depois voltas ao ataque com a treta de que o que fazemos na vida não conta para o “julgamento final”.

Eu disse isso? Onde?

Ora é exactamente isso que conta para o julgamento que interessa: o que fizemos com a vida, para nós e para os outros.
Pois o resto é treta. Depois da vida morte, e acabou-se. Mais uns atomos disponiveis …

Isso é o que tu acreditas, mas as evidências claramente mostram que á realidade para além do mundo natural.

Portanto, não fugindo do assunto, o Káká é um exemplo para a juventude, enquanto que o Cristiano é um exemplo a não seguir.

Comentar por Mats

Sempre de palas postas Matts.

Eu decido por mim e acabou-se. Não tenho de obedecer a deuses inexistentes.

As evidências de vida depois da morte são sonhos ou delirios com tanto valor como as quecas das pelas americanas com extraterrestres. (Já devem representar quase 1% das mulheres americanas).

Para acreditar nisso também tenho de acreditar em fantasmas e ovnis e ets e e e e

Tretas.

provas, provas conferiveis e em que se possam observar os efeitos.

Não através da boca de uma pessoa.

Comentar por Joaquim Coelho

Joaquim,

o facto de existirem muitas coisas falsas não quer dizer que as verdadeiras não existem.

Comentar por alogicadosabino

o facto de existirem muitas coisas falsas não quer dizer que as verdadeiras não existem>

Pois, pois, pelo facto de existirem muitos gordos, não quer dizer que não hajam magros 🙂

Só que os magros são magros enquanto não engordam e vice-versa.

OU seja enquanto não existirem provas tudo não passa de conjecturas cuja porbalilidade de passarem a verdade é tendencialmente nula.

Claro que se um ET der uma entrevista na RTP (ou evidencia semelhante) passo a acreditar em ETs na Terra.
Até lá, nicles.

Comentar por Joaquim Coelho

E se a entrevista fôr a SIC?

Comentar por Mats

Argumentativo Joaquim

Sempre de palas postas Matts.
Eu decido por mim e acabou-se. Não tenho de obedecer a deuses inexistentes.

Eu também não obedeço a “deuses inexistentes”. Eu obedeço ao Deus Existente.

As evidências de vida depois da morte são sonhos ou delirios com tanto valor como as quecas das pelas americanas com extraterrestres. (Já devem representar quase 1% das mulheres americanas).

Mas és tu que defines uma coisa ao mesmo nível da outra. Porquê? Só porque uma coisa é falsa, não quer dizer que a outra também é.

Para acreditar nisso também tenho de acreditar em fantasmas e ovnis e ets e e e e

Não necessariamente. Eu acredito em Deus, mas não acredito que haja vida em outros lugares do universo.

Tretas.
provas, provas conferiveis e em que se possam observar os efeitos.
Não através da boca de uma pessoa.

Interessante que queres provas “conferíveis” neste ponto, mas no que toca à magia de um dinossauro converter-se numa áve não queres “provas conferíveis”. O diz-que-disse dos darwinistas é suficiente para ti, certo?

Comentar por Mats




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: