No princípio criou Deus os céus e a Terra


Estudo relaciona descrença religiosa a QI alto
Julho 28, 2008, 11:00 pm
Filed under: Estupidez/Fanatismo/Ignorância ateísta, Personalidades

A 25 de Junho de 2008, surgiu esta notícia:
_________________________________________________________________________

Um artigo de pesquisadores europeus, que será publicado na revista acadêmica Intelligence em setembro, defende a tese de que pessoas com QI (Quociente de Inteligência) mais alto são menos propensas a ter crenças religiosas.

Uma das hipóteses que o estudo levanta para tentar explicar a correlação entre QI e religiosidade é a teoria de que pessoas mais inteligentes são mais propensas a questionar dogmas religiosos “irracionais”.
_________________________________________________________________________

Depois de teres lido estes 2 parágrafos que separei da notícia… considera os seguintes nomes:

  • Isaac Newton
  • James Maxwell
  • Michael Faraday
  • Louis Pasteur
  • Gregor Mendel
  • Nicolaus Copernicus
  • Johannes Kepler
  • Blaise Pascal

entre outros…. todos com QI provavelmente baixo! Imagina agora o que eles poderiam ter feito se não acreditassem em Deus, não é verdade? Se calhar já poderíamos estar a conduzir carros que voam ou a viajar através de teletransportadores…

(Ver também: Nenhum cientista credível acredita na Criação? Não é bem assim!)

___________________________________________________________________________

Modificado a partir do original RAzevedoBorges“Estudo” relaciona descrença religiosa a QI alto!

Anúncios

11 comentários so far
Deixe um comentário

A estatística costuma dar-se mal com casos particulares…

Comentar por pedroromano

Não sei porquê, mas tenho quase a certeza que sou capaz de adivinhar a posição filosófica dos pesquisadores que levaram a cabo este projecto.

Comentar por Mats

O mais engraçado é que a fé em Deus (ou a falata de fé) não tem nada a ver com a inteligência, mas com a moralidade.
Um bom estudo para isto seria:

Quais dos dois grupos à frente citados está mais propenso a prácticas auto-destrutivas (fumar, drogas, promiscuidade sexual, etc): os evolucionistas ou os criacionistas da Terra Jovem (CTJ)?

Comentar por Mats

“O mais engraçado é que a fé em Deus (ou a falata de fé) não tem nada a ver com a inteligência, mas com a moralidade.”
Ou seja, um genio com moralidade dificilmente seria ateu. Isso nos mostra porque mais da metade dos evolucionistas, apesar de um grau de conhecimento maior ainda creem num Deus criador.

Comentar por Anderson du Lustoza

Nossa … que originalidade … é hilario…

nao seria melhor uma rinha de galo?

savants vs dislexos hehehe

Comentar por Jimmy

“Quais dos dois grupos à frente citados está mais propenso a prácticas auto-destrutivas (fumar, drogas, promiscuidade sexual, etc): os evolucionistas ou os criacionistas da Terra Jovem (CTJ)?”

Depende. E se o evolucionista for cristão?Por acaso um crente acreditar que no período devoniano existiam peixes de 10 m com dentes de serrote(artródiros)vai fazê-lo se drogar?
O probema é que muitos relacionam evolução com ateísmo.Essa relação é errada, por incrível que pareça. Que eu saiba os cienitstas aí citados eram evolucionistas, então…

Paz para todos!

Comentar por Rodrigo Henrique gomes

Rodrigo Henrique, obrigado pelos comentários submetidos.

Se a evolução não significa ateísmo por que é que a maioria dos evolucionistas utiliza os descobrimentos da ciência das origens para afirmar que não foi preciso Deus para nada?

Leia este meu outro post -> Cristãos evolucionistas? Que mais irão inventar?

Comentar por alogicadosabino

Deve ter sido complicado achar essa lista de exceções. Por isso que a pesquisa diz “A MAIORIA” e não “TODOS”. Agora achar uma lista de pessoas que todos consideram inteligentes que não são teistas é muito mais facil pq os numeros sao maiores 🙂

Comentar por Roberto Sanchez

“Deve ter sido complicado achar essa lista de exceções.”

São nos ombros dessas exceções que acreditavam em Deus que os não-teísta estão apoiados 🙂

Que engraçado…

Comentar por JeremiasMezenga

Sabino, a paz!

Há uma grande confusão que se faz com relação a essa questão (ateísmo e evolução), pois “os que utilizam os descobrimentos da ciência das origens para afirmar que não foi preciso Deus para nada” são os chamados NATURALISTAS. O naturalismo sim é que tem por objetivo atacar a crença em um Deus Criador (ou melhor, qualquer tipo de crença), e qual é a justificativa que se é comumente utilizada pelos naturalistas? A evolução biológica.

Aliás, é isso que venho tentando te explicar a tanto tempo, porém antes eu estava desenvolvendo ainda minha posição no assunto, que atualmente está bem firmada. Se você for as postagens recentes do meu blog, por exemplo, vai notar que o nível delas melhorou muito, mas é assim que vamos indo: prosseguindo em conhecer mais a Deus. Não que eu saiba de tudo, mas pelo menos nas questões relativas ás origens estou bem esclarecido…

Mas voltando. Acontece que todos os erros de argumentação advindas dos CTJ, que existem infelizmente, são oriundos do pensamento de que “evolução só faz sentido se for ateísta”. E é exatamente isso que os naturalistas querem passar para as pessoas, e eles usam até a mídia para isso (seria isso estratégia do “outro”? Particularmente creio que sim). Aliás, a mídia é muito usada para atacar os evangélicos (vc é jornalista, sabe do que estou falando…). Agora, isso não quer dizer que a evolução é uma tese ateísta. Ou seja, se faz uma confusão ENORME com naturalismo e evolução, como se fossem sinônimos (e não são). A Geocronologia, então, muito menos é sinônimo de naturalismo.

Isso quer dizer também que, de qualquer forma, o foco principal do seu site na realidade não é atacar a evolução: é atacar o naturalismo (e não tem nada de errado nisso, muito pelo contrário…)

Estou com pouco tempo para postar agora, mas tem um artigo bem complexo num site que tem tudo a ver com o que acabei de dizer. Dê uma olhada:
http://www.apologia.com.br/?p=132

Ah, e mais uma coisa: curiosamente esse artigo que você postou, Sabino(o do estudo) tem estrita relação com isso. Certamente foram naturalistas que conduziram esse (estranho) estudo.

paz!!

Comentar por Rodrigo Henrique Gomes

Rodrigo,

Desculpe em falar, mas parece que o raciocínio seu se resume mais ou menos assim:

Atacar o naturalismo: válido.
Atacar a evolução: não válido, pois é um fato.
Com os dois itens acima tentar desviar para o naturalismo (ao qual a evolução se apoia) para não atacar a evolução.
A evolução não nega a Deus (até parece que não nega).
Criacionistas CTJ estão errados (talvez sempre, né?).
Criacionistas fazem confusão (pelo jeito não andou vendo esse blog direito, como se o objetivo dele fosse só atacar o naturalismo).

e etc.

Ah, Rodrigo, me desculpe, mas você, sempre com essas tentativas (me desculpe, mas inúteis) de tentar conciliar evolução de Darwin com criação.

Comentar por Adalberto Felipe




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: