No princípio criou Deus os céus e a Terra


A liberdade
Maio 15, 2008, 8:29 pm
Filed under: Convicções / Fé

A: Se Deus existe como é que tantas crianças inocentes podem morrer à fome?
B: Eu perguntaria assim: Se a comida existe porque é que crianças inocentes morrem à fome?
A: Ora, porque a comida não é distribuída devidamente.
B: E é Deus o responsável pela partilha da comida?
A: Não, mas a bem pensar existem sítios mais propícios à existência de alimento que outros…
B: Na verdade o clima já foi bem diferente em toda terra. É exactamente por causa da mesma pessoa que não distribui os alimentos que isto ficou assim, já sabes que estou a falar de nós humanos.
A: Mas então e as mortes de pessoas inocentes?
B: Insisto: Quem é que mata?
A: Já sei os Homens, mas Deus permite.
B: Sim, a única coisa que te podes queixar é que Deus deu liberdade ao Homem, no entanto para te queixares da liberdade, precisas de liberdade! Estás a serrar o ramo onde estás assentado.
A: Isso não deve ser bem assim. Deus poderia condicionar a liberdade!
B: Liberdade condicionada…ehheh. Gosto desse termo, só não percebo o que é que isso tem de liberdade, se há coisas que não posso fazer, já não sou livre.
A: Mas ouve lá, nós temos liberdade condicionada a respeito das funcionalidades do nosso corpo.
B: Sim, de facto Deus permite-te fazer tudo mas não de todas as maneiras.
A: Explica-me isso…
B: Tens liberdade para chegar a todas as sensações, todos os sentimentos, fazer tudo o que pensares, porém não da forma que queres. Pudemos chegar à Lua, mas não via teletransporte.
A: Mas Porquê?
B: Bem, liberdade não é poder fazer tudo! Poder fazer tudo é Omnipotência! Liberdade é poderes fazer tudo com as capacidade que tens à tua disposição, usando-as em toda a sua extensão.
A: Desisto, mas não desarmo.
B: Enfim, liberdade.
_________________________________________________________________________

Transcrito de N9

Advertisements

23 comentários so far
Deixe um comentário

Gostei muito desta grande verdade
É uma benção pois desconstroi todas as ideias erradas e mitos que o Homem cria em volta do Senhor e ajuda as pessoas a reflectir, pensar e a compreenderem como é que realmente se deve interpretar os fenómenos sociais que ocorrem na sociedade relativamente ao Senhor..
****

Comentar por Borboleta

Nota que se Deus nos criou, então os nossos instintos violentos são da sua responsabilidade. Somos violentos porque queremos, mas foi ele que nos criou de forma a que quisessemos ser violentos. Aqueles que nascem sem determinadas hormonas são muito menos violentos do que aqueles que nascem com elas. Estes posts são a súmula da ignorância.

Comentar por Pedro Guedes

o teu comentário é a súmula da ignorância da mensagem bíblica. Não deves conhecer a parte onde o pecado do homem fez com que a criação original de Deus se degenerasse e o mal entrasse no mundo.

Comentar por alogicadosabino

Marcos, e porque é que o homem pecou? Porque nasceu com uma predisposição para isso. Se Deus tivesse criado o homem de forma diferente, ele não teria pecado. Deus é o único ser que pune as suas criações por causa da incompetência do criador.

E refira-se que se Deus é omnisciente nem fazia sentido esperar outra coisa do homem, porque ele sabia de antemão que ele iria pecar (ele prevê o futuro). Além de incompetente, é esquizofrénico 😀

Comentar por Pedro Guedes

Pedro,

Marcos, e porque é que o homem pecou?

Porque rejeitou aquilo que Deus disee, e acreditou na mentira de satanás.

Porque nasceu com uma predisposição para isso.

O homem não foi criado com predisposição para pecar.

Se Deus tivesse criado o homem de forma diferente, ele não teria pecado.

Mas o homem não peca porque foi criado. Ele peca porque escolheu ignorar o que Deus diz.

Deus é o único ser que pune as suas criações por causa da incompetência do criador.

A incompetência não-existente.

E refira-se que se Deus é omnisciente nem fazia sentido esperar outra coisa do homem, porque ele sabia de antemão que ele iria pecar (ele prevê o futuro). Além de incompetente, é esquizofrénico

O facto de saber o futuro não quer dizer que Deus queria que o homem pecasse. Os pais sabem que mais cedo ou mais tarde os seus filhos vão morrer, mas isso nãoquer dizer que eles não queiram ter filhos.

Comentar por Mats

Mats, mas afinal Deus é omnipotente ou não?

Comentar por Beowulf

Beowulf:

“mas afinal Deus é omnipotente ou não?”

Sim, e?

Pedro Guedes:

Aquilo que tu dizes é precisamente sobre o que este post fala. Tu querias que Deus criasse robots? Para amar, é preciso saber o que é odiar. Para eu decidir fazer isto tenho de ter poder de escolha, tenho de saber que tenho também a opção de não fazer isto. Deus deu liberdade. Não criou cyborgs sem liberdade racional.

Mas sem duvida que essa é uma questão que nós, enquanto seres limitados, não poderemos responder.

Comentar por alogicadosabino

Mats,

“Porque rejeitou aquilo que Deus disee, e acreditou na mentira de satanás.”

Rejeitou porque foi criado de uma forma tal que permite essa rejeição. Leia alguma coisa sobre a perspectiva compatibilista, que concilia o determinismo com a noção de livre arbítrio.

“Mas o homem não peca porque foi criado. Ele peca porque escolheu ignorar o que Deus diz.”

E ignora porque foi criado de uma forma tal que permite esse ignorar. Se tivesse sido dotado de padrões mentais diferentes não se sentiria tentado pelo pecado.

“O facto de saber o futuro não quer dizer que Deus queria que o homem pecasse”

Mas nesse caso será um bocado ignorante. Criar um ser humano, saber que vai pecar, tentar ainda assim tentar fazer com que não peque e depois ficar surpreendido com o resultado é um bocado pateta.

Marcos,

“Para eu decidir fazer isto tenho de ter poder de escolha, tenho de saber que tenho também a opção de não fazer isto. Deus deu liberdade. Não criou cyborgs sem liberdade racional.”

Bastava diminuir a concentração de uma certa hormona e a tendência para a violência ficava praticamente anulada. É isto que fazem os anti-depressivos.

Agora, recomendo apenas que tenha cuidado quando tomar o próximo analgésico. Não queira transformar-se num cyborgue 😉

Comentar por Pedro Guedes

Quando estiver frente a frente com Deus diga-lhe que poderia ter criado cyborgs em vez de humanos

Comentar por alogicadosabino

Sabino, se Deus é omnipotente então não faz sentido nenhum ter criado um ser com inclinação para o pecado para a desobediência, e depois castigá-lo como se fosse uma grande surpresa. É que não fez isso só uma vez, fez várias. Como explicas isso? Só há uma forma, se Deus existe ele não é como tu apregoas, infinitamente bom e o catano. É um ser desprezível, mesquinho, vingativo, com um problema de atitude, e que se diverte a criar seres imperfeitos para depois se divertir a castigá-los de formas diversas, todas elas violentas. E esse Deus, é um Deus que ninguém deveria idolatrar. É um pouco como idolatrar Hitler!

Comentar por Beowulf

Marcos, essa resposta é digna de um menino mimado chateado por ter perdido uma discussão. Vai ter de ler coisas um bocado mais complexas do que o creationwiki se quer discutir livre arbítrio.

Comentar por Pedro Guedes

“Vai ter de ler coisas um bocado mais complexas do que o creationwiki se quer discutir livre arbítrio.”

tipo que? evolutionwiki?

Comentar por alogicadosabino

Marcos, está mesmo interessado em bibliografia ou essa pergunta é retórica? Se está de facto com desejo de alargar horizontes, posso recomendar Simon BlackBurn (“Pense”), Daniel Dennett (“Consciousness explained”), Kant (“Crítica da Razão Pura”), por exemplo. O primeiro, particularmente, é uma boa introdução às questões do livre-arbítrio.

Comentar por Pedro Guedes

Bem como escritor do texto só quero esclarecer um ponto, mas não quero entrar aqui na discussão, pois o texto esta no meu blog e é lá que o defendo.

Uns dizem Deus criou um Homem com a possível inclinação à falha, outros dizem não ele apenas deu livre arbítrio, estão a discordar e dizem a mesma coisa. Se tem livre arbítrio tem de ter possibilidade de falhar, tal como de acertar, porém tem uma coisa, escolha.
De facto esta questão da origem do mal é aquilo que os ateus mais vêm como calcanhar de Aquiles do cristianismo, mas nem por isso. O facto de Deus permitir o mal diz uma coisa mais excelente do que parece:
Deus criou o homem com a capacidade de cair no mal, para mostrar de tal maneira o seu grande amor, na sua máxima plenitude, amar o traidor foi o objectivo de Deus, simplesmente as pessoas aceitam o seu amor ou não.
Posso porventura explicar isto melhor, vão espreitando o meu blog, passo a propaganda, abraços! 😉

Comentar por natenine

“estão a discordar e dizem a mesma coisa. Se tem livre arbítrio tem de ter possibilidade de falhar, tal como de acertar, porém tem uma coisa, escolha.”

é por isso que desisti de comentar os comentários deles. Comentam algo que o próprio texto que estão a comentar refere.

Comentar por alogicadosabino

Marcos, eu vou pôr as coisas simples para compreender, então. Considera que quando se dá um anti-depressivo se está a tirar o livre arbítrio a uma pessoa?

Comentar por Pedro Guedes

Se usares de coacção sim.

Quero acrescentar que o ponto fulcral deste post é dizer que Adão foi “projectado” com vontade própria. Ele teve opção de escolha. E desobedeceu precisamente por ter tido essa opção.

Comentar por alogicadosabino

Então quer dizer que a desobediência da moral faz parte do plano de Deus. Então, a tua tentativa de converter toda a gente é contra o plano de Deus.

Comentar por Beowulf

Beowulf… Tito 3:9-10

Comentar por alogicadosabino

Marcos, Adão foi projectado com o livre-arbítrio, certo. Mas o que ele quer é produto daquilo que é, e aquilo que é é produto da forma como foi criado.

Vou tentar explicar melhor. Eu estou a escrever no teu blogue porque quero. Ninguém me está a coagir. Sou livre de o fazer e a minha liberdade exprime-se no facto de ter consciência de que, se quisesse, poderia fazer outra coisa.

Mas o facto é que não quero. Tenho estes gostos. Alguns nasceram comigo, outros adquiri-os. Aquilo que eu decido depende daquilo que eu sou. Se fosse diferente escolheria coisas diferentes. Se eu tivesse tido um criador, poderia ter sido criado de forma diferente, tendo gostos e preferÊncias diferentes e, ainda assim, ser igualmente livre.

Ou seja, Adão poderia ser completamente livre e ainda assim não ter tendência nenhuma para pecar. Repara que tanto tu como Hitler são livres, mas tu não crias campos de concentração. Não porque não tens essa possibilidade de escolhas mas apenas porque és diferente dele.

Não sei se me fiz entender. Quando Deus criou Adão, criou-o de tal forma que ele desejava pecar. Ele tinha a liberdade de pecar, mas os seus desejos diziam-lhe para pecar, e quem o criou de tal forma que ele tivesse esses desejos foi Deus.

E o mais ridiculo é que, como é omnisciente, sabia à partida que, criando-o como o havia criado, ele haveria de pecar. Isto é absurdo como teoria, e seria mesquinhice se fosse verdade.

Isto compreende-se bem recorrendo à teoria dos sistemas. Para mim, eu sou um sistema aberto e dinâmico. O meu futuro depende de mim.

Mas para uma entidade omnisciente, o meu futuro está determinado, porque essa entidade conhece todos os factores dos quais dependem as minhas escolhas. Para Deus, a acção humana é um sistema fechado e perfeitamente determinístico.

Ou seja: para mim, o meu livre arbítrio reside no facto de não saber ainda o que vou fazer. Delibero para decidir com base em pensamentos que estão a ser feitos. Para Deus, o meu livre arbítrio resume-se à minha auto-consciência. Porque ele sabe como hão-de decorrer todos os pensamentos que conduzem à decisão final.

Mais uma vez, volto a recomendar que leias alguma coisa relacionada com o livre arbítrio e compatibilismo.

Comentar por Pedro Guedes

Sabino, acusar os outros de heresia quando eles nos põe em cheque e nos apanham em contradição é típico de um fundamentalista religiosos e desonesto. Mas o Pedro tocou no ponto fulcral:

“Repara que tanto tu como Hitler são livres, mas tu não crias campos de concentração. Não porque não tens essa possibilidade de escolhas mas apenas porque és diferente dele.”

O problema é que o Sabino se pudesse criava campos de concentração onde punha toda a gente que discorda dele, ou que é segundo o critério dele “herege”. Só não põe porque há leis que o impedem, e então tenta usar um livro de contos de fada para justificar toda a sua intolerância e desrespeito pela lógica válida dos outros. O Sabino é uma pessoa perigosa! É como o Mats que quando lhe disse que depois de ser agredido era fácil perceber porque não deveríamos agredir outro não percebeu. Claro que não percebeu. São ambos pessoas sem sentimentos, incapazes de sentir as emoções dos outros, e como tal extremamente intolerantes e manipuladores. Cuidado com estes meninos, porque por eles lá vinha a santa inquisição outra ve!!!

Comentar por Beowulf

“para justificar toda a sua intolerância e desrespeito pela lógica válida dos outros.”

Se eu faço isto, então tu também o fazes. Se eu estou a desrespeitar a tua lógica válida, tu também estás a desrespeitar a minha lógica válida.

Comentar por alogicadosabino

Pedro Guedes, creio que não estás a entender na perfeição aquilo que é pecado. Não sei se já reparaste que todos os factores que te inclinam para uma coisa má são bons. Na verdade o exagero, a maneira errada ou a altura errada de fazer uma coisa boa é que torna algo mau.

Deus criou o Homem com a possibilidade de escolha e tudo o que pôs à sua disposição eram coisas boas, acontece que Adão utilizou uma coisa boa de maneira errada, comeu, aquela árvore não servia para comer, ela não era má, Adão escolheu e a única coisa que usou foram bons atributos, como a vontade e a liberdade, porém rejeitou a ordem de Deus por isso é que pecou.

Na verdade um violador comete um acto errado, mas o acto sexual é mau? Não antes pelo contrário, é bom! Porém utilizou-o da forma errada.

Comentar por natenine




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: