No princípio criou Deus os céus e a Terra


A semana que passou – 13 de Abril
Abril 13, 2008, 6:42 pm
Filed under: Descobertas recentes

Cientistas descobriram, no Egipto, fósseis de seis novas espécies de morcego, datados de 35 milhões de anos. Os cientistas ficaram surpresos com o facto de estas novas espécies serem semelhantes a alguns micro-morcegos modernos. Greg Gunnel, da Universidade de Michigan, disse: “Geralmente, neste período do registo fóssil, o normal é encontrar morcegos arcaicos mas nada muito moderno […] mas estes animais são membros de famílias vivas“. Porque será?

ew6
___________________________________________________

Foi descoberto um pequeno sapo, em Borneo, que apresenta uma característica que o torna único – não tem pulmões. Este sapo recebe todo o oxigénio a partir da sua pele. É mais um exemplo de um animal que perdeu alguma característica. Estas constatações não ajudam em nada a hipótese da evolução, já que a mesma afirma que os animais ganharam coisas que não tinham. James Collins, da International Union for the Conservation of Nature’s Amphibian Specialist Group, disse o seguinte: “Estas novas descobertas têm a capacidade de nos fornecer um conhecimento mais rico e profundo sobre a evolução na Terra“. Concordo com ele… se calhar, por razões diferentes.

bcvbc

___________________________________________________

Os cavalos sabem contar! É a conclusão de um estudo levado a cabo por cientistas da Universidade de Essex, na Inglaterra. Os investigadores constataram que, quando lhes era oferecido uma escolha, os cavalos optavam pelo recipiente que continha mais maçãs. Claudia Uller referiu: “Os nossos resultados mostram que, ao contrário do que se pensava, não são só os primatas que sabem contar. Os cavalos também“. “Isto mostra-nos que os cavalos são mais inteligentes do que nós pensávamos“, acrescentou. Que mania horrível a do ser humano… de pensar que só o bicho homem e o seu “antepassado” têm inteligência. A cientista conclui dizendo que “esta pode ser uma nova peça do puzzle que explica as origens evolutivas da nossa capacidade para contar“. Eu arrisco-me a dizer que pode ser uma peça que constata diferentes origens.

fwefwe
___________________________________________________

A ScienceDaily puxa novamente o assunto do mistério por detrás da construção das pirâmides do Egipto. Os egípcios começaram no “negócio” das pirâmides por volta de 2700 anos antes do nascimento de Cristo, tendo atingido o seu exponente máximo em 1700 A.C.. Curiosamente ou não, precisamente no tempo em que os israelitas estiveram cativos no Egipto, segundo a cronologia bíblica. É realmente um mistério como construções tão majestosas foram erigidas em tempos remotos. Uns apontaram para a ajuda de extraterrestres, outros afirmaram que os egípcios talvez tivessem utilizado uma tecnologia que se perdeu, ao longo dos tempos. Eu quase que apostava a minha guitarra que esta tecnologia perdida foi uma grande quantidade de mão-de-obra gratuita.

jukyktu

Advertisements

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Mais uma vez a ciência põe mais uns pregos no caixão do darwinismo.

Comentar por Mats




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: