No princípio criou Deus os céus e a Terra


A ilusão dos fósseis intermédios
Março 27, 2008, 10:48 pm
Filed under: Evolução/Big-Bang

Um dos argumentos mais usados pelos evolucionistas é dizer que o registo fóssil comprova a hipótese da evolução. Isto está longe de ser verdade! De facto, o registo fóssil constitui uma forte evidência de que a Evolução (entenda-se macro-evolução) nunca aconteceu. Então como é que os evolucionistas conseguem convencer a audiência precisamente do contrário do que mostra o registo fóssil? Reparem que sempre que um evolucionista aparece com um suposto fóssil transitório ele apresenta, todas as vezes sem excepção, o fóssil de um vertebrado.

Os complexos invertebrados constituem a maior fatia do registo fóssil, mais de 95%. Já foram catalogadas diferentes milhões de diferentes espécies destas criaturas tão complexas. Além disso, existem fósseis inteiros, não apenas partes espalhadas aqui e ali. Até ver, nesta rica e completa porção do registo fóssil não existe um único sinal de Evolução.

Se a Evolução tivesse ocorrido, o registo fóssil deveria presentear-nos com exemplos incontáveis de diferentes transições que levaram a estes milhões de espécies complexas. Contudo, não existe um único exemplo! Nem um! O facto de a maioria dos fósseis de invertebrados serem encontrados completos impede os evolucionistas de “cozinhar” os seus fósseis transitórios uma vez que a especulação não é tão fácil quando estamos na presença de espécies inteiras. Não existe o trabalho artístico da mente como acontece com muitos fósseis de vertebrados: “um dente aqui, um braço ali, uma perna acolá” (como se pode constatar em obras de arte como o Piltdown man ou o Nebraska man). Para piorar a situação, muitas das espécies invertebradas que surgem sem qualquer sinal de Evolução aparecem com órgãos extremamente complexos, caso do olho do polvo, por exemplo.

O problema não fica por aqui. Para além de não existirem sinais de Evolução que conduzam a estes complexos invertebrados, também não existem fósseis que preencham a ponte entre os invertebrados e os vertebrados. A transformação de invertebrados em vertebrados teria sido um grande evento na história da Evolução da terra. Não obstante, o registo fóssil não apresenta evidências satisfatórias desta transformação (os exemplos apresentados são altamente controversos e baralham as contas da Evolução).

O coelho no fundo da cartola

Sendo assim, tudo o que resta é uma pequena percentagem de fósseis de vertebrados. Para o evolucionista, isto é como que o coelho no fundo da cartola. Outra coisa que importa salientar é o estado em que são descobertos a maioria destes fósseis. Cerca de 95% surge apenas com um osso! No entanto, é aqui que o evolucionista concentra todos os seus esforços para mostrar à audiência que o registo fóssil confirma a hipótese da Evolução. A audiência desconhece por completo que os exemplos representam a ínfima percentagem do registo fóssil, muitas vezes encontrados incompletos. Os evolucionistas esquecem-se de mostrar a parte que representa 95% do registo fóssil, que não mostra qualquer sinal de Evolução!

O bioquímico Duane Gish explica: “Todos os complexos invertebrados surgem perfeitamente formados, sem um rasto de antepassados ou formas transitórias. Se a evolução fosse uma realidade, as rochas deveriam conter biliões de fósseis de antepassados destes complexos invertebrados. Contudo, nem um foi encontrado! Outra coisa inexplicável é a total ausência de intermediários entre invertebrados e peixes. É impossível após milhões de anos de Evolução, uma grande variedade de espécies de peixes ter aparecido sem deixar rasto. A evidência dos fósseis mostra claramente que a hipótese da evolução nunca aconteceu!”

Até aos anos 50, sensivelmente, os evolucionistas poderiam dizer que organismos moles não tendem a fossilizar pois facilmente se desfazem devido à erosão do vento e das águas. Contudo, a descoberta de fósseis de invertebrados nas Colinas de Ediacara, na Austrália, mostrou que esse argumento não é válido. Os fósseis aparecem bem conservados. Actualmente, existem outros exemplos de fósseis de organismos “soft-bodied” bem conservados, como estes.

Quando um amigo te disser que o registo fóssil prova que houve Evolução pergunta-lhe por que razão os evolucionistas apenas apresentam fósseis que correspondem a uma microscópica fatia do registo. Pergunta-lhe porque é que ele não mostra exemplos de Evolução em fósseis que representam mais de 95% do registo, uma porção onde os fósseis são mais robustos e completos.

Anúncios

25 comentários so far
Deixe um comentário

É uma das grandes ilusões da teoria da evolução. Existem literalmente imensos fósseis de invertebrados, que nem são polémicos, nem nada. No entanto, os evolucionistas usam ossitos altamente incompletos para suportarem a teoria. Algo está mal no reino de Darwin.

Comentar por Mats

Estupidez/Fanatismo/Ignorância ateísta

Devias mudar este tag para Estupidez/Fanatismo/Ignorância Fundamentalista Religiosa
Aliás bem comprovada pelo que acabas de escrever que revela a maior ignorância sobre fosséis e fossilização.

Existem imensos fósseis de invertebrados. Só no baixo Mondego existem estes: http://fossil.uc.pt/pags/grups.dwt

E contrariamente ao que dizes tudo pode fossilizar, até mesmo os restos orgânicos mais delicados e perecíveis. Contudo, a preservação de matéria orgânica ou de restos esqueléticos delicados, uma vez que estes se decompoem e são destruídos rapidamente, requer condições de fossilização fora do comum que, por serem especiais, ocorrem na natureza mais raramente. Daí que fósseis de restos destes tipos não sejam frequentes.
Isto explica o porquê da dificuldade (não impossibilidade) de obter registo de animais que não tenham nenuma estrutura rigida. É fácil de verificares: coloca uma lesma morta e um pardal lado a lado e vê passadas alumas semanas o que resta.
Além disso os compostos orgânicos fossilizados foram substituidos por outros elemntos quimicos mais estaveis (excpto nos fosseis de ambar) pelo o que resta é a forma do animal dificultando estudos mais profundos sobre o animal. Pelo contrário ossos e estruturas como conchas e ficando perfeitamente preservadas fácil estudá-los. ‘Et voilá facile, non ?’

Fósseis de transição existem bastantes. Claro que nunca chegam para os criacionistas. A transição dos membros superiores de um pequeno dinossauro com ossos ocos para uma asa apresenta pelo menos quatro fósseis de transição em diferentes estádios perfeitamente estudados.

PS. A Evolução não tem nada a ver com ateu ou crente. A maioria dos evolucionistas são religiosos. Não são é protestantes fundamentalistas. Por isso a tag ateu é treta.
Desculpa lá mas este tag intolerante irrita-me.

Comentar por Joaquim Coelho

Não seja tolo, por favor. Condições “fora do comum” nada, a rocha dos fósseis são comuns como todas as outras.

Comentar por JeremiasMezenga

Do dinossauro às aves. Verdade ou mentira ?
Façam a vossa escolha …

Finalmente, na década de 90, foram achados vários fósseis que fornecem provas conclusivas à teoria de que as aves descendem dos dinossauros. Estas descobertas foram feitas na província de Liaoning, no Nordeste da China. Nesta região o sedimento que assentou sobre dinossauros e insectos mortos há milhões de anos atrás era tão fino, que preservou até as asas de borboletas ancestrais. Nesta zona têm sido desenterrados inúmeros fósseis, com mais de 120 milhões de anos, de dinossauros terópodes com penas. Estes fósseis são autênticos elos de ligação entre os dois grupos e sustentam a hipótese de que as aves são dinossauros alados.

Algumas espécies descobertas em Liaoning:

– Archaeoraptor liaoningensis é um verdadeiro elo perdido na complexa cadeia que liga os dinossauros às aves. Mostrava uma combinação de características físicas impressionante: já possuía penas e a estrutura do ombro, os ossos do peito e o grande esterno são semelhantes aos das aves, indicando que o animal era um excelente voador. Porém, a sua cauda é surpreendentemente similar à da família dos dinossauros terópodes conhecidos como dromaeosáurios, que inclui os “raptores” do Parque Jurássico. Esta mistura de características modernas e primitivas é exactamente o que os cientistas esperavam encontrar nos primeiros dinossauros que experimentaram voar;

– Sinornithosaurus millenii era também um dromaeossáurio com braços compridos, apresentava um farto casaco de penas e ossos do peito e dos ombros semelhantes aos das aves;

– Beipiaosaurus inexpectus era um terópode com pescoço e garras compridas, tinha cerca de 2 metros de comprimento, sendo o maior dinossauro com penas jamais encontrado. O fóssil apresentava penas rijas e estreitas. O Beipiaosaurus não voava, mas provavelmente usava as penas para se aquecer quando se expunha ao sol;

– Protarchaeopteryx robusta possuía penas simétricas, sugerindo que ainda não era capaz de voar. Poderia ter o mesmo aspecto que os antepassados do Archaeopteryx;

– Caudipteryx zoui era um corredor veloz, cujo corpo estava coberto por penas primitivas, insuficientemente aerodinâmicas para permitir o voo.

Estes dinossauros, entre outros, vieram apoiar a hipótese de que as penas primitivas evoluíram para o isolamento térmico ou para exibição, em vez de serem usadas para voar. De entre os animais homeotérmicos (de sangue quente), aqueles cujo corpo se encontra coberto por penas ou pêlos são também os que apresentam as maiores taxas metabólicas. Sendo assim, a descoberta destes fósseis dá mais peso à hipótese de que estes dinossauros eram homeotérmicos.

Comentar por Joaquim Coelho

“E contrariamente ao que dizes tudo pode fossilizar, até mesmo os restos orgânicos mais delicados e perecíveis.”

– Eu não digo nada. Era o que evolucionistas diziam até descobrirem, na década de 50, fósseis de organismos “soft-bodied”. Se foi por eu dizer “até há bem pouco tempo” peço desculpa. Eu emendo. Mas enquadrando na linha de tempo do Universo até é bem pouco tempo 
_______________________________________

“Fósseis de transição existem bastantes. Claro que nunca chegam para os criacionistas.”

– É que sabes, os criacionistas têm de estar sempre muito reticentes porque já apareceu cada um, que eles agora têm medo de confiar nos evolucionistas.
_______________________________________

“A transição dos membros superiores de um pequeno dinossauro com ossos ocos para uma asa apresenta pelo menos quatro fósseis de transição em diferentes estádios perfeitamente estudados.”

– É sempre um problema tentar supor coisas que nunca se vão poder confirmar. Mas Deus até dá alguns exemplos para os criacionistas estarem sempre alerta. Também se desenvolveu uma teoria muito bonita sobre o celacanto, alegado fóssil transitório de peixe para anfíbio. Os evolucionistas tomaram a liberdade de desenhar a árvore da vida do celacanto, de dizer que eles tiveram pulmões primitivos, diferentes dos peixes de hoje, etc. O fóssil rodou vários museus durante 30 anos, em exposição. O problema foi quando encontraram uma colónia de celacantos a nadarem. Portanto, é melhor estar sempre alerta 😉
________________________________________

“Por isso a tag ateu é treta. Desculpa lá mas este tag intolerante irrita-me.”

– Estou na ignorância. A que é que te estás a referir? E não é ironia, não sei mesmo.
_________________________________________

“Finalmente, na década de 90, foram achados vários fósseis que fornecem provas conclusivas à teoria de que as aves descendem dos dinossauros.”

– Acho que quando alguém encontra um alegado fóssil transitório dizem “Finalmente, bla bla bla”. Pelo menos eu já li isso 3 vezes.
________________________________________

“Archaeoraptor liaoningensis é um verdadeiro elo perdido na complexa cadeia que liga os dinossauros às aves.”

– Ahahahahah… desculpa mas não me posso deixar de rir disto. Tu que até aparentas saber de fósseis melhor que ninguém deverias saber que o Archaeraptor é uma FRAUDE!!!! Entre dizer que o Sol está a milhões de anos luz de distância da Terra e apresentar um fóssil fraudulento como prova de evolução não sei qual o pior 😀 Axo que o site onde foste tirar essa informação desses fósseis está desactualizado…

– Sobre os outros fósseis que apresentaste se não te importas prefiro comentar sobre eles num post… acho que é um bom tema e não queria que ficasse esquecido na caixa de comentários. No máximo 2 semanas falo neles num post, pode ser?

– Deixa-me, no entanto, lembrar-te que as interpretações feitas derivam das pressuposições a priori de cada cientista. Muitos dos fósseis encontrados acabam por ser uma dor de cabeça pois vão contra a escala de tempo evolucionista. Um exemplo fresco AQUI .

– Para o evolucionista… o fóssil de uma galinha iria ser considerado um dinossauro com penas.

Comentar por alogicadosabino

Sabino

Reconheço que me apanhaste neste caso
Tirei daqui http://www.naturlink.pt/canais/Artigo.asp?iArtigo=4289&iLingua=1

Um site naturalista mas não cientifico. Reconheço que apenas li de enviesado e que não validei nada.
Vou validar os outros. No entanto os quatro estágios de que falei estão estudaos e foram colocados por um astrofisiso bastante credivel Hubert Reeves.

De qualquer forma ser enagano por uma fraude não é assim tão grave.
Agora um criacionista dizer que uma estrela e logo o Sol está a milhões de anos é grave: primeiro reconhece que o UNIVERSO TEM MILHÕES DE ANOS. Segundo é um facto elementar e de fácil constatação: o calor e a luz não conseguriam cá chegar com a intensidade que sentes. Ele dista cerca de 8 minutos.

Bom mas ganhaste o dia, a fraude é grave e é desprestigiante para a ciência e até desacritatória desta. Mas como os cientistas são humanos e as luzes da ribalta tentam qualquer um ..
Mas como vês foi a prória ciência que a descob´riu a fraude. A ciência tenta questionar constantemente tudoé só aquilo que passa sempre é que é tido como provavel (nunca uma certeza absoluta)

“Por isso a tag ateu é treta. Desculpa lá mas este tag intolerante irrita-me.”

– Estou na ignorância. A que é que te estás a referir? E não é ironia, não sei mesmo.

O que me irita é esta tag: Estupidez/Fanatismo/Ignorância ateísta

Primeiro porque é muito pouco humilde e generaliza estudipez, fanatismo e ignorância a todos os ateus. O que é falso, nenhum desses atributos é generalizavel. A ateus ou a religiosos. Existem nos dois lados.

Depois porque evolucionismo não é sinonimo de ateismo. Há religiosos evolucionistas e provavelmente existem ateus que desconhecem a evolução e até alguns que não sendo criacionistas rejeitam a teoria.

Comentar por Joaquim Coelho

“Bom mas ganhaste o dia, a fraude é grave e é desprestigiante para a ciência e até desacritatória desta. Mas como os cientistas são humanos e as luzes da ribalta tentam qualquer um ..”

– A minha intenção não é apanhar ninguém. Eu não sou contra a ciência como mostro neste post . Agora quanto à ciência das origens, para mim, estas fraudes e erros representam um alerta de Deus, que me mostra o enviesamento dos evolucionistas na interpretação dos factos. Muita coisa se dizia do celacanto até que apareceu vivo. Repara… se nunca aparecesse este peixe a nadar, ainda hoje se pensaria e se afirmaria que ele tinha sido uma transição. O mesmo para a falsificação de fósseis. Ok, a ciência é muito critica e ela mesma descobre os erros. Mas nota que o fóssil de piltodown só ao fim de 41 anos é que foi destronado. E acredito que se não fosse a pressão dos grupos criacionistas muita coisa errada ainda sobreviveria hoje como certa. Agora, como é óbvio, eu não posso aceitar que digam que estes erros e fraudes não são graves. Se se erra hoje, pode-se já ter errado ontem e pode-se muito bem voltar a errar amanhã.
________________________________________

“Primeiro porque é muito pouco humilde e generaliza estudipez, fanatismo e ignorância a todos os ateus. O que é falso, nenhum desses atributos é generalizavel. A ateus ou a religiosos. Existem nos dois lados.”

– Ya tens razão. Posso estar a ser injusto. Mas é que já ouvi tanta coisa e já me disseram tanta coisa insultuosa que também fico chateado por haver ateus que também generalizam tudo. Encontro muito poucos ateus que sabem discutir sem insultar, nos sítios por onde ando. Eles não têm problemas, então cheguei a um ponto de também não ter problemas. Irrita-te a ti eu generalizar mas é o mesmo sentimento que sinto quando vejo ateus também a generalizarem. Mas quando eu anexo um post a essa tag é a falar especificamente das pessoas desse post em particular.

Comentar por alogicadosabino

Eu sou ateu “praticante”, mas gostei do seu blog e os textos são bem interessantes. Posso deixar um link pra ele no meu próprio blog?

Quanto a esse texto especificamente, preciso lê-lo de novo com mais calma. Depois faço outro comentário a respeito.

Inté+

Comentar por Barros

Esqueci de dizer que iniciei meu blog há apenas 3 dias. Se puder dar uma olhada lá e fazer algumas críticas, eu agradeceria muito.
http://www.deusilusao.wordpress.com

Comentar por Barros

Barros, obrigado pelo comentário submetido.

Já dei uma vista de olhos pelo teu blog. Notei que tu adoptas o pensamento do “A religião é má”. Juntas todas as crenças no saco “Religião” e dizes que todas são más.

Esqueces-te, porém, de referir que regimes ateístas mataram muitas mais pessoas do que em todas as guerras com motivos religiosos.

Não é pelos actos dos militantes que se vê se determinado sistema é mau ou bom. Culpo as agendas políticas e não os motivos religiosos.

Comentar por alogicadosabino

“A fé é a certeza de fósseis que se esperam; a convicção de elos que não se veem.”
Arnold Lunn

Comentar por Fabricio Lovato

“Esqueces-te, porém, de referir que regimes ateístas mataram muitas mais pessoas do que em todas as guerras com motivos religiosos.”

De novo uma mentirota, mas repetir uma mentira não a torna verdade.
Até porque só podes comparar isto:

Esqueces-te, porém, de referir que regimes ateístas mataram muitas mais pessoas do regimes religisos
E aqui já dúvido porque terias de incluir todos os regimes que acreditam em Deus de todas as épocas e dúvido que os ateus conquistaseem este inglorioso podium.

Ou então podes comparar isto:

Esqueces-te, porém, de referir que todas as guerras com motivos ateistas mataram muitas mais pessoas do que em todas as guerras com motivos religiosos
E aqui ainda ficas pior, pois não conheço nenhuma guerra por motivos ateistas
E as mortes por motivos ateistas são relativamente poucas em relação aos motivos ideológicos, politcos e estratégicos.

Mesmo no asqueroso regime de Estaline a maioria dos morots não o foi por serem ou não religiosos.

Aliás não esquçamos que Estaline matou bastantes ateus, o mais famoso foi Trostky.

E vê o outro lado: Pinochet, Franco, Mussolini, todos os ditadores da américa latina e o excravel lider croata que matou centenas de milhares de sérvios ortodoxos por que não se converteram ao cristianismo.

Estas conversas de isto porque é ateu , aquilo porque é teista cheiram sempre mal e são sempre esmagadoramente falsas na essencia dos problemas.

Uma grande parte dos assassinados pelo papa Papa Alexandre VI (o Bórgia) não o foram por ser ateus nem por motivosa religiosos mas por ciumes, cobiça, vingança, poder, etc.

Podemos então incluir estes mortos nos mortos por responsabilidade católica ?

Claro que não e não há dúvidas que o Papa era católico.

Comentar por Joaquim Coelho

Eu acho que o Joaquium se enquadra bem nos ateus intelectualmente realizados…

Comentar por MVR

MVR

Obrigado pelo elogio 🙂

Sou feliz como ateu, como porventura poeria ser como religioso.
A religião em si não me chateia nem incomoda.
O que me incomoda é quando se transforma em fanatismos com consequências dramáticas, como o terrorismo ou o simples deixar morrer pessoas por não poderem levar sangue, ou a submissão absoluta e absurda dos hamish a regras.

É obvio que extremismos e fanatismos levados a cabo por ateus também me incomodam (muito mais que os feitos por religiosos)

Neste blog e no do Mats o que me irrita é o ataque sistemático, demagogo, “ignorante” de forma intencional, a tudo o que tenha a ver com evolução ou ciência que contradiga as crenças biblicas.

Sem provas, sem evidências, sem nada.

A única prova é: não pode ser porque contraria a biblia.

Comentar por Joaquim Coelho

É e os elos perdidos continuam perdidos mesmo, depois são os crentes que tem amiguinhos imaginarios, a evolução precisa de saltos de fé gigantescos, para mim a unica evidencia que poderia ter o evolucionismo seriam nos fosseis, mas os fosseis desapontam os evolucionistas e apoiam mais o criacionismo, para mim uma boa evidencia seria uma cadeia de fosseis finamente graduada desde a especie mais simples até a mais complexa, quando digo finamente graduada digo que teriam que existir mudanças quase que imperceptiveis, por exemplo:

Um dinosssauro de 140 toneladas de peso não surge do nada ele precisa de uma causa e um inicio bem simples, então uma boa evidencia de que ele evoluiu seria as mudanças quase que imperceptiveis de uma celula até a criatura mais complexa documentada no registro fossil.

Supondo que cada pontinho desse (.) representasse a especie mais simples de vida e uma mudança bem simples em seu organismo(se bem que não existe “especies simples de vida”, a informação contida no dna de uma ameba daria pra preencher 8 enciclopedias)

E os numeros e letras representassem mudanças radicais e complexas (adjfad46) pois bem olhe só como seria uma cadeia de fosseis finamente graduada.

.(surge a especie mais simples de vida)
..(apresenta uma pequena mudança)
…(outra mudança quase que imperceptivel)

E assim vai até se chegar em outra especie, de uma celula até um tiranossauro rex por exemplo, é claro que se precisariam de milhares desses pontinhos até chegar em outra especie, e isso teria que estar documentado nos fosseis,a quantidade de fosseis que teria de se encontrar para comprovar isso como dizia Darwin “teria que ser absurdamente grande”

Mas aonde estão essas especies que mostram uma transição finamente graduada no registro fossil?

Simplesmente não existem.

Olhe só como se encontra o registro fossil atual.

.(especie simples)
457899797979 (especie plenamente formada e complexa sem nenhum elo intermediario com mudanças extremamente)

Isso mostra que todas as especies são distintas sem nenhuma relação com as outras.

Por isso que eu digo que a religião evolucionista e ateia requer muita fé.

Comentar por Bispo Valdomiro Santiago

[2]“A fé é a certeza de fósseis que se esperam; a convicção de elos que não se veem.”
Arnold Lunn

Comentar por Fabricio Lovato

“A fé é a certeza de fósseis que se esperam; a convicção de elos que não se veem.”
Arnold Lunn

Fabricio,

Muito boa, esta do Arnold.
Imagino como ficaria a versão evolucionista de Hebreus 11 ( a galeria da fé). “Pela fé Darwin…, pela fé Dawkins…”

Comentar por Darjo

“Imagino como ficaria a versão evolucionista de Hebreus 11 ( a galeria da fé). “Pela fé Darwin…, pela fé Dawkins…””

AHAHAHAH… deste-me uma ideia para um post 😀

Comentar por alogicadosabino

[2]“A fé é a certeza de fósseis que se esperam; a convicção de elos que não se veem.” [3]

Eles poderiam escrever uma biblia só com os artigos de fé no darwinismo.

Darwin é o maior profeta do evolucionismo junto com Richard Dawkins porem suas profecias nunca se cumprem, sempre que profetizam sobre algum elo perdido encontrado logo depois suas profecias se mostram falsas.

Pq ssta escrito na biblia de Darwin:

“Caso existam tais fosseis sua quantidade tem de ser absurdamente grande”

Essa profecia nunca se cumpre, assim fica dificil ter fé na religião evolucionista.

Eu sou um ateu em relação ao evolucionismo minha fé não é tão grande assim.

Comentar por Bispo Valdomiro Santiago

Sabino.
Anseio pelo post.
Só de imaginar, já rio sozinho. 😀

Comentar por Fabricio Lovato

AInda aguardo resposta às questões das testemunhas de jeová

Comentar por Joaquim Coelho

que tens as TJ?

Comentar por Fabricio Lovato

que tens as TJ?

Questão colocada em post errado, e que o Bispo Valdomiro já respondeu.

Isto são tantas janelas abertas em simultaneo que vou comentando que deu asneira 🙂

Comentar por Joaquim Coelho

OK. 🙂

Comentar por Fabricio Lovato

“Sou feliz como ateu, como porventura poeria ser como religioso.”

Há quem seja feliz fazendo coisas que nem quero escrever aqui.

“O que me incomoda é quando se transforma em fanatismos com consequências dramáticas, como o terrorismo ou o simples deixar morrer pessoas por não poderem levar sangue, ou a submissão absoluta e absurda dos hamish a regras.”

Hum, pois fica sabendo que eu sou perigoso se virar fundamentalista cristão… Vou perdoar as pessoas e dejesar o bem para elas! Cuidado comigo!

“Neste blog e no do Mats o que me irrita é o ataque sistemático, demagogo, “ignorante” de forma intencional, a tudo o que tenha a ver com evolução ou ciência que contradiga as crenças biblicas.”

Evolução apenas. Evolução não é ciência. E as razões tu mesmo já sabes:

“Sem provas, sem evidências, sem nada.”

Viu?

“A única prova é: não pode ser porque contraria a biblia.”

Não apenas, contraria o bom-senso de quem escuta até o fim… Contraria a própria realidade em que estamos.

Especiação não contradiz a bíblia.

Comentar por MVR




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: