No princípio criou Deus os céus e a Terra


A loucura dos ateus!
Fevereiro 14, 2008, 7:59 pm
Filed under: Humor

Não acreditam em Deus… mas sentem-se realizados ao dizer mal de Deus. Perdem tempo a ler e a discutir sobre algo que eles SABEM QUE NÃO EXISTE! Como se não fosse suficiente, perdem tempo a criar sites “anti-Deus”, aquele Ser que ELES SABEM QUE NÃO EXISTE!

Discutir ou lutar contra algo que não existe são sintomas de quem não revela uma boa saúde mental!

__________________________________________________________-

Ver também: A loucura dos ateus (2)

Advertisements

41 comentários so far
Deixe um comentário

Uma coisa que eu já li em alguns testemunhos de ex-ateus é que muitos deles dizem que sempre souberam que Deus existia. Sempre souberam que existia Deus, mas não queriam nada haver com Ele.

Comentar por Mats

É, portanto, mau ler as duas versões num qualquer tema. Ou seja, nas tuas palavras, só é bom aquele que lê livros em que se fale em favor da ideia de um Deus.

Na mesma lógica, não faz sentido um blogue anti-Deus mas faz todo o sentido um blogue pró-Deus.

É curioso que é esse tipo de lógica que, aplicado à política, leva a várias formas de totalitarismo. Vê se acordas e começas, pelo menos, a tolerar e a aprender com a existência de aqueles que pensam, dizem e escrevem diferentemente.

Talvez (talvez) não sejas o dono da verdade e possas aprender com todos – eles e os que, como tu, são a favor da existência de Deus.

Comentar por Rui Passos Rocha

“É, portanto, mau ler as duas versões num qualquer tema.”

pelo contrário… é optimo! Quanto mais leio a bíblia e os que a tentam desacreditar mais confio em Deus! No fundo, tenho de agradecer ao Romano por isto!

“Na mesma lógica, não faz sentido um blogue anti-Deus mas faz todo o sentido um blogue pró-Deus.”

não sou eu que discuto por algo que não existe

“É curioso que é esse tipo de lógica que, aplicado à política, leva a várias formas de totalitarismo.

se toda a gente amasse o seu próximo como a si mesmo, como diz a bíblia, isto não aconteceria

“Vê se acordas”

felizmente acordei há algum tempo 😉

“e começas, pelo menos, a tolerar e a aprender com a existência de aqueles que pensam, dizem e escrevem diferentemente.”

ah desculpa… os ateus podem chamar tudo que é nome aos cristãos (Dawkins é um dos que não tem papas na língua) mas eu não posso dizer que “são sintomas de quem não revela uma boa saúde mental!” e já agora, acho que nunca te dei razões para não conseguires conviver comigo!

Comentar por alogicadosabino

«A loucura dos ateus»

De facto, devia estar louco quando emprestei o livro. É que já se passaram quase três meses e ainda não foi devolvido. Ou gostaste muito ou ainda estás a assimilar os argumentos 🙂

Ou então ainda não leste tudo e vou reaver o livro com bocados de migalhas de pão entre as páginas. :S

Comentar por pedroromano

Por falar em livros, tenho um bom pra ti: “O Fim da Fé”. Só to empresto se prometeres que mo dás um mês depois 😉

Comentar por Rui Passos Rocha

ahahah

romano só me faltam dois capítulos do teu livro 😉 Não é a única cena que estou a ler

rui sim estou interessado em lê-lo… se tiver à volta de 300 páginas acho que me chega um mês.

Deus vos abençoe

Comentar por alogicadosabino

O Fim da Fé é um livro escrito pelo ateu Daniel Denett, se não me engano. ele é o mesmo que diz que se os críticos da teoria da evolução não gostam da ciência, então porque é que eles andam de avião, uma vez que foi a ciência que permitiu contruir tais coisas.

O que o Daniel não entende é que a ciência que permite a produção de aviões não é a mesma ciência que fala de um passado (supostamente) remoto, e não-repetível. A ciência que +ermite a criação de aviões envolve coisas do tipo engenharia, matemática, mecânica, e outro tipo de coisas que se podem testar HOJE. A teoria da evolução diz coisas que não podemos testar hoje, muitas das vezes coisas que contradizem o que nós vemos a acontecer hoje.

Portanto, O Daniel Dennet está muito equivocado.

Comentar por Mats

Mats, cala-te.
Sam Harris.

Comentar por Rui Passos Rocha

Rui, tens razão!
O livro é do Sam Harris. Por isso é que tive o cuidado de dizer “se não me engano”.

Comentar por Mats

“Mats, cala-te.
Sam Harris.”

que agressividade

Comentar por alogicadosabino

“Paz”?

Comentar por Rui Passos Rocha

Eu sou ateu. E não passo a vida dizer mal de deus ou a lutar contra deus. Nada disso. Mas para mim, deus é uma fantochada, uma invenção. E faz-me confusão que as pessoas, para serem felizes, para apreciarem o mundo, muitas até para se guiarem na vida, tenham de acreditar numa fantochada.

Da mesma maneira que vocês acham que têm razão e que têm de divulgar a palavra de deus para o mundo ser melhor, eu acho precisamente o contrário. Que vos devo dizer que deus é apenas uma construção mental humana e que é possível viver sem ser numa charada. Eu não vos estou a insultar, até porque eu fui católico durante muitos anos e acreditei nisso. Mas cheguei à conclusão que estava enganado. A questão é que cheguei a essa conclusão com base num melhor conhecimento do mundo proporcionado pela ciência. E acho que se explicar isso às pessoas, pelo menos algumas verão as coisas assim.

Por isso não vos reconheço nenhuma exclusividade do direito a blogs pró-deus.

Comentar por francisco delgado

A lógica dos ateus não pára de me surpreender. É impressionante o quanto as pessoas refutam o seu próprio estado de espírito.
O Francisco disse:

Eu sou ateu. E não passo a vida dizer mal de deus ou a lutar contra deus. Nada disso. Mas para mim, deus é uma fantochada, uma invenção.

Como é que tu sabes que Deus é “uma invenção”? Quem é que inventou “Deus”? A única forma de tu saberes que Deus é uma invenção, é teres todo o conhecimento que existe no universo, a toda a altura, e saberes que Deus não existe em lado nenhum. Ou seja, para sabers que Deus não existe, tinhas que ser Deus! Auto-refutante.

E faz-me confusão que as pessoas, para serem felizes, para apreciarem o mundo, muitas até para se guiarem na vida, tenham de acreditar numa fantochada.

Mas se o ateísmo é verdade, e Deus não existe, quem disse que as pessoas tem que ser felizes?

Da mesma maneira que vocês acham que têm razão e que têm de divulgar a palavra de deus para o mundo ser melhor, eu acho precisamente o contrário. Que vos devo dizer que deus é apenas uma construção mental humana e que é possível viver sem ser numa charada.

Talvez o ateísmo seja também uma construçao mental.

Eu não vos estou a insultar, até porque eu fui católico durante muitos anos e acreditei nisso. Mas cheguei à conclusão que estava enganado. A questão é que cheguei a essa conclusão com base num melhor conhecimento do mundo proporcionado pela ciência.

Não há nada na ciência que possa servir de arma contra a existência de Deus, muito pelo contrário. A ciência só é possível porque Deus existe.
O fundamento da ciência é a uniformidade da natureza, ou seja, que a natureza opera segundo leis lógicas e racionais. Mas se Deus não existe, donde é que essas leis da natureza vieram? Quem é o Legislador Cósmico que implantou as leis neste grandioso sistema chamado de “universo”?
Portanto, londe de ser uma arma contra Deus, a ciência é mais uma das milhentas evidências para a Sua existência.

E acho que se explicar isso às pessoas, pelo menos algumas verão as coisas assim.

Ou não.

Por isso não vos reconheço nenhuma exclusividade do direito a blogs pró-deus.

Huh?!!

Comentar por Mats

Olá…Me chamo Maitê e sou do Rio de Janeiro, Brasil.
Gostaria de propor a discussão dos maiores furos (erros) da teoria da evolção e da seleção natural, tão defendida pelos ateus como sendo a explicação para a origem do universo.

“Deus não existe. Deus é.”

Comentar por Maitê

Maitê… os erros e fraudes evolucionistas estão na lista de espera. Mas podes sempre propor.

Comentar por alogicadosabino

Como é que tu sabes que Deus não é uma invenção?
Porque existe um livro?

Comentar por Tiago

Boa pergunta. Posso apontar algumas razões:

– nós sabemos que nada surge do nada. Mesmo os gases que os físicos dizem ter estado na origem do Universo não poderiam ter surgido do nada. Quando o céptico diz “E quem criou Deus?” está-se a esquecer que a mesma pergunta vale para o Big Bang “E quem criou ou de onde vieram os gases?” Portanto, toda a criação tem de ter alguém que a crie. Aí vejo a existência de um Deus sobrenatural.

– ou consideramos que a bíblia foi uma grande obra ou que é uma grande intrujice. Para mim é muita coincidencia coisas lá escritas serem uma realidade nos dias de hoje só por mero acaso. Ela diz coisas que só nos últimos 200 anos têm vindo a ser constatadas. Que a terra é redonda, que Deus deu peso ao vento, que a terra por baixo é revolvida por fogo, que a terra está suspensa em nada. Estas são as afirmações mais notáveis. Porque é que um livro tão antigo ainda me permite usar versículos para várias situações nos dias de hoje (aqueles posts onde coloco versículos para ilustrar, por vezes?

– A experiência pessoal. Sentir Deus em várias situações da minha vida. E isto é algo que só podes perceber experimentando. Como disse há dias ao Joaquim… se eu já tivesse visto que acreditar e confiar em Deus me fazia mal eu já teria abandonado a fé há muito tempo, pois não sou masoquista.

– Por este andar eu já estou bem justificado no porquê de acreditar que Deus não é uma invenção. Mas posso ainda dizer… se a evolução é um facto garantido porque é que há tanta controvérsia em relação à mesma? Não me quero repetir aqui por isso so vou dar 2 exemplos: camadas sedimentares fora do sitio, “fosseis vivos”. Se a evolução fosse uma realidade as coisas seriam mais fáceis de constatar. E não digas que é por causa dos grupos criacionistas porque não é. Não são eles que mexem na natureza.

– Outras advertências biblicas: “Ninguém de maneira alguma vos engane; porque näo será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdiçäo. (II Tessalonicenses 2:3) e “Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias viräo escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criaçäo. (II Pedro 3:4 e 5)… Desde Darwin fundamentalmente, o que tu vês é uma tendência para a apostasia em relação à crença em Deus. É claro que esta tendência vai aumentar.

– Ao contrário do que dizem, a existência de mal, de cada vez mais doença e miséria, é uma evidência para a existência de Deus.

Mas para mim, o ponto principal, é saber que é muita coincidência, é muita sorte existir toda esta complexidade de vida, em que cada ser parece saber o que fazer e parece estar apto para fazer aquilo que faz, e tudo isto ser resultado de um processo sem propósito.

Comentar por alogicadosabino

Não consegues explicar como é que algo surge então teve que ser Deus? Se toda a gente pensasse assim e não se apurasse a razão verdadeira do funcionamento das coisas provavelmente ainda estariamos a viver em cavernas.

Júlio Vernes também escreveu livros sobre coisas que só nos ultimos 200 anos vieram a concretizar-se e daí? Livros com frases sábias que se podem usar hoje também há muitos. Não vejo porque razão a bíblia é considerada mais importante que outros livros religiosos ou não.

Mas onde é q está escrito que se existem fósseis de uma determinada espécie esta tem que estar extinta em todo o mundo? Se 0,0001% de uma população sobreviver sem necessitar de mutações é possível que se encontrem vivos hoje em dia não?

“Se a evolução fosse uma realidade as coisas seriam mais fáceis de constatar”
Desde quando é que a facildade de constatação de uma coisa tem a ver com o facto de ser real ou não? Para mim não é facil constatar a existência de deus então ele não é real.

é claro que há cada vez menos crença em deus as pessoas têm acesso à informação mais facilmente.

não concordo que exista cada vez mais mal, doença e miséria bem pelo contrário, a única diferença é que agora há mais difusão do que acontece no mundo. mas de certeza que tu vais dizer que o melhoramento das condições também é uma evidência para a existência de deus.

O propósito é a sobrevivência, o meio para sobrevivência é a adaptação, a adaptação é a criação de um equilibrio com todos os factores que actuam sobre um ser, a soma das adaptações é a evolução. Com uma tendência normal para um aumentar da complexidade dos seres.

Comentar por Tiago

Não vejo porque razão a bíblia é considerada mais importante que outros livros religiosos ou não.

a biblia tambem tem varias profecias sobre o nascimento de Jesus… que se cumpriram

“Se 0,0001% de uma população sobreviver sem necessitar de mutações é possível que se encontrem vivos hoje em dia não?”

esta é a tua fé… eu tenho a minha

“é claro que há cada vez menos crença em deus as pessoas têm acesso à informação mais facilmente.”

confirma o que diz a biblia

“O propósito é a sobrevivência, o meio para sobrevivência é a adaptação, a adaptação é a criação de um equilibrio com todos os factores que actuam sobre um ser”

mas isto está na bíblia, logo no capitulo 3 de Genesis. Algo como: “A partir de agora trabalharás a tua própria terra. Comerás dela com o suor do teu rosto”. Sobrevivência e adaptação

Comentar por alogicadosabino

Como saber que ATEUS não são ATEUS ?

Fácil.

Coloca Todos os Ateus em um avião.

Deixa o avisão falhar, e dizer que, se não rezar vão cair.

(rsrsrs)

Comentar por Ricardo Muradas

Se tu chamas profecias cumpridas estar escrito numa parte do livro que vai acontecer uma coisa e mais tarde nesse mesmo livro estar escrito que aconteceu isso, então sim é uma profecia cumprida e todos os livros estão cheias delas.

Jesus é tao real como Sherlock Holmes, nunca existiu a não ser em páginas de papel.

“confirma o que diz a biblia”
Quantos mais bitaites a biblia mandar mais hipoteses tem de acertar.. porque não pegas também nas coisas da biblia que estão erradas?

Gostei da maneira como não citaste a parte da evolução no fim muito conveniente 🙂 A adaptação a que me refiro é também ao nível físico encontra lá uma frasezinha para isto.

Comentar por Tiago

Hummmmmm, Tiago, esta sua afirmação.

“… Jesus jamais existiu…” é algo bem fácil de se desmascarar.

Você poderia dizer assim. Jesus, embora tenha existido, JAMAIS fez milagres.

Aí sim seria uma questão que ninguém poderia provar, porém, dizer que ele não existiu, é algo inverídico 😉

Abs

Comentar por Ricardo Muradas

Jesus é tao real como Sherlock Holmes, nunca existiu a não ser em páginas de papel.
Então porque se incomoda tanto com ele?

Quantos mais bitaites a biblia mandar mais hipoteses tem de acertar.. porque não pegas também nas coisas da biblia que estão erradas?
Ótimo, vamos discutir essas coisas.
É só listar elas aqui.

Comentar por Matheus

A luta do ateu nada mais é que uma extrema e eloqüênte afirmação da existência de Deus. Pelo simples fato dele se afadigar debaixo do sol(metáfora), para provar o que inexiste.Tal labor por si só já é uma exposição da existência daquele que é objeto da sua façanha. Ora, o que não existe, simplesmente não existe. A inexistência não requer análise.

Comentar por José Carlos

LOL Que raio de linguagem é essa? Não é português concerteza. Gostei do “fato” aí no meio, dá um ar mais formal… mas sem qualquer significado.

Preferia ler o comentário de alguém que.. sei lá… soubesse comentar, digo eu!

Comentar por Dário Cardina

é português do brasil Dário… olha que o nosso “facto”, mais dia menos dia, vai passar a escrever-se sem o “c” também :\

Comentar por alogicadosabino

O José Carlos é o de CS?

Comentar por pedroromano

todos os ateus são idiotas
daonde iria existir tantas coisas?
quem iria ter feito tudo isso que existe
as plantas o homem os animais e etc… viaram do ovo?
eu acho q não então acordem pra real!!

Comentar por restrito fagundes

Concordo com o o Restrito Fagundes.

Todo ATEU é idiota, porém todo religioso é INTELIGENTE e BOM.

Um ATEU idiota :
Benjamin Franklin, Thomas A. Edison, Linus Torvalds

E

Um RELIGIOSO Bom : Adolf Hitler, Bill Gates, Apóstolo Waldomiro Santiago

Comentar por Ricardo Muradas

Restrito Fagundes,

Tens razão, aliás universidades como Oxford, Cambridge, Harvard, MIT’se afins estão cheias de idiotas.Mas lembra-te Fagundes, foi graças a esses idiotas que toda a gente agora consegue saber em instantes o quão idiotas tu achas que eles são!!!

Comentar por Beowulf

Ora, o que não existe, simplesmente não existe. A inexistência não requer análise.

Nem mais. Deixemos a treta de deus inexistente de lado e passemos a assuntos mais sérios e existentes, como a ciência 🙂

Comentar por Joaquim Coelho

“Mas lembra-te Fagundes, foi graças a esses idiotas que toda a gente agora consegue saber em instantes o quão idiotas tu achas que eles são!!!”

eheh, outra vez a mistura da ciência experimental com a “ciência” inútil e sujeita a interpretação

Joaquim, tu estás precisamente a fazer aquilo que o autor desse comentário disse que não seria necessário fazer, caso Deus não existisse.

Comentar por alogicadosabino

““Mas lembra-te Fagundes, foi graças a esses idiotas que toda a gente agora consegue saber em instantes o quão idiotas tu achas que eles são!!!”

eheh, outra vez a mistura da ciência experimental com a “ciência” inútil e sujeita a interpretação”

Não Sabino,a questão não era essa. O Fagundes disse:

“todos os ateus são idiotas”

E eu só lhe lembrei que muitos desses “ateus idiotas” são responsáveis por muitos dos avanços tecnológicos dos quais hoje usufruimos.
Foi uma resposta a essa sua afirmação. Quanto à questão que colocas, tb tenho resposta para ti, mas como sei que não estás interessado nela não me vou dar ao trabalho!

Comentar por Beowulf

Claro que debatemos online! Estamos tentando levar um facho de razão em meio à ignorancia! Uma boa Causa deve ser defendiada com garra!

Comentar por BR

“Então porque se incomoda tanto com ele?”

Não me incomodo com ele, e sim con voçe

Comentar por BR

“não sou eu que discuto por algo que não existe”

discutes por algo que tens certeza que existe. Me deu uma idéia para começar um blogue sobre como a grama existe.

Comentar por BR

A Irracionalidade do Ateismo
o ateismo materialista é uma das cosmovisões mais tolas e fáceis de refutar. O “ateu” “crê” que a natureza é tudo o que há. Ele afirma que não existe um Deus que supervisiona e mantém a criação. São crédulos que sua cosmovisão é racional e científica. No entanto, por abraçar o materialismo, o ateu destroi em si próprioa possibilidade do conhecimento, bem como de ciência e tecnologia. Em outras palavras, se o ateismo fosse algo plausível, seria impossível provar qualquer coisa! Eis o porquê: O raciocínio envolve o uso das leis da lógica. Elas incluem a lei da não-contradição, em que você pode ter A e não -A ao mesmo tempo e no mesmo sentido. Qualquer pessoa racional aceitaria essa lei. mas por que ela é verdadeira? Por que deveria existir uma lei da não contradição, ou no que diz respeito ao assunto, quaisquer leis do raciocínio? O Crente pode perfeitamente responder essa pergunta. segundo o Cristão existe um padrão absoluto para o raciocínio; ele molda seus pensamentos em conformidade com os pensamentos de Deus. As leis da lógica refletem a forma divina de pensar. A lei da não contradição não é simplesmentea opinião de uma pessoa sobre como devemos pensar, mas antes, tem sua origem na natureza auto-coerente de Deus. Deus não pode negar a si mesmo (2Tm.2:13), e assim, a forma com que Deus sustenta o universo será necessariamente não-contraditória. As leis da lógica são o padrão do pensamento do único e verdadeiro Deus. Uma vez que deus é um ser imaterial, imutável e soberano, as leis da lógica são necessariamente entidades abstratas, universais e invariáveis. em outras palavras, elas não provêm da matéria – elas se aplicam em todos os lugares e em todas as ocasiões. As prefaladas leis são dependentes da natureza imutável de Deus. E são necessárias para o raciocínio lógico. Portanto, o raciocínio lógico seria impossivel sem o Deus mostrado pelas Escrituras Judaico-Cristãs. O ateu materialista não pode usufluir das leis da lógica, porquanto elas pressupõem a cosmovisão cristã. O ateu “crê” que tudo que existe é material – parte do mundo físico. Mas as leis da lógica não são físicas. As leis da lógica não podem existir no mundo ateista, ainda que o ateu as empregue na tentativa de raciocínar. Isso é inconsistente. Ele está tomando emprestado algo da cosmovisão cristã para argumentar contra ela. A visão do ateu não pode ser racional pois ele emprega as leis da lógica que inexistem debaixo de seu pueril modo de pensar. O debate sobre a existência Deus é num certo sentido como um debate sobre a exist~encia do ar. Poder-se-á imaginar alguém argumentando que o ar de fato não exista ao mesmo tempo que respira? Aparentemente o ateu ofereceria excelentes “provas” contra a existência do ar, ao mesmo tempo respirando e necessitando dele para que ouvíssemos as suas palavras, já que o som é transportado pelo ar. Para ouvirmos e compreendermos a sua alegação, esta estar necessariamente errada. Da mesma forma o ateu, por argumentar que Deus não existe, precisa usar as leis da lógica que apenas fazem sentido se Deus existe. Para ter algum sentido, seu argumento deverá estar profundamente errado. COMO O ATEU PODERIA RESPONDER? O ateu poderia dizer, “Bem, eu posso raciocinar numa boa, e não creio em Deus”. Mais isso não é diferente do crítico do ar dizer, “Bem, eu posso respirar numa ótima, e não creio no ar”. Que belo raciocínio!! racionalao extremo. Respirar requer ar, e não uma profissão de fé no ar. do mesmo modo, raciocínio lógico requer Deus, e não mera profissão de fé nEle. O ateu pode raciocinar, mas dentro da sua própria cosmovisão ele não pode justificar a sua capacidade de raciocinar. O ateu poderia responder, “As leis da lógica não passam de convenções criadas pelo homem”. Mas convenções são (por definição)convencionais. Isto é, todos nós concordamos com elas e assim elas funcionam – como dirigir pelo lado direito da estrada. mas se as leis da lógica fossem convencionais, diferentes culturas poderiam adotar diferentes leis da lógica (como dirigir pelo lado esquerdo da estrada). Assim, em algumas culturas seria perfeitamente adequado se contradizer, chegando aos caos de algumas sociedades a verdade seria plenamente contraditória. Claramente, isso não funcionária. se as leis da lógica são apenas convenções, não seriam leis universais. O debate racional seria uma impossibilidade, seria melhor crer que os cabritos voam e os pássaros dão chifradas. O ateu poderia responder, ” As leis da lógica são materiais – originaram-se de conexões eletroquímicas no célebro”. Mas então as leis da lógica não são universais; elas não se estenderiam para além do cérebro”. Em outras palavras, nós não poderíamos argumentar que contradições não podem ocorrer em marte, pois não há um só cérebro em marte. De fato, se as leis da lógica são meras conexões eletroquímicas no cérebro, elas seriam de algum modo diferentes de pessoa para pessoa, pois cada pessoa possui diferentes conexões em seu célebro. Ocasionalmente um ateu tentaria uma resposta mais pragmática: “Usamos as leis da lógica porque elas funcionam”. Infelizmente para ele, essa não é a questão. Todos nós concordamos que as leis da lógica funcionam; elas funcionam porque são verdadeiras, e são verdadeiras porque procedem de Deus. A questão então é: Por que elas existem em primeiro lugar? Como o ateu poderia justificar a existência de padrões absolutos universais imateriais como as leis da lógica? Como pode coisas não-materiais tais como as prefaladas leis existir se o universo é apenas material? Como derradeiro recurso, o ateu poderia abdicar de sua visão estritamente materialista e concordar que existem leis universais e imateriais. Trata-se de uma enorme concessão; acima de tudo, se uma pessoa está disposta a reconhecer que poderia ser o caso de existir entidades imateriais, universais e imutáveis, ela deveria considerar a possibilidade da existência de Deus. Todavia, nem essa concessão salva a posição atéia. Ela precisa ainda justificar as leis da lógica. Por que elas existem? E qual é o ponto de contato entre o mundo físico material e o mundo imaterial da lógica? Em outras palavras, por que o universo material é compelido a seguir leis imateriais? O ateu não pode responder essas questões. Sua visão do universo não pode ser justificada; ela é arbitráriae, portanto, plena de irracionalidade. Devemos concluir dizendo que o ateismo é uma cosmovisão fictícia, um logro. ele é autorefutável, um assassino de si mesmo, porquanto o ateismo precisa primeiro asumir o oposto daquilo que tenta provar para ser capaz de provar qualquer coisa. Como bem colocou o Dr. Cornelius Van Til, ” O ateismo pressupõe o teismo”. O pensamento racional, a ciência, a razão, o raciocínio e a tecnologia só fazem sentido numa cosmovisão cristã. O Cristão possui um bom fundamento para todas essas coisas; já o ateu não; ele é um aborto.

Comentar por José Carlos

A Irracionalidade do Ateismo?

“O ateismo materialista é uma das cosmovisões mais tolas e fáceis de refutar.”
Tão fácil de refutar que até hoje existem ateus, nem todos materialistas, e o número deles vem aumentando cada vez mais…

“O “ateu” “crê” que a natureza é tudo o que há.”
Não é verdade, ateus crêem em amor, em amizade, em valores éticos e mais um montão de coisas não exatamente materiais e se esse recurso de colocar as palavras ATEU e CRÊ entre aspas tem intenção de ironia falha terrivelmente, ser ateu é não crer em deus, não é a mesma coisa que não crer em nada. Percebe a diferença?

“Se o ateismo fosse algo plausível, seria impossível provar qualquer coisa!”
De onde você tirou essa ideia?

“O Crente pode perfeitamente responder essa pergunta.”
Pode responder mas não pode convencer. Respostas erradas também são respostas, e o crente acha que deus é a única resposta possível para tudo, o que não é verdade.

“As leis da lógica são o padrão do pensamento do único e verdadeiro Deus.”
Quem disse isso? Só pra os que creem em deus isso pode fazer algum sentido, aliás, crêem em um deus que é totalmente ilógico! Estranho, não?

“As leis da lógica são necessariamente entidades abstratas, universais e invariáveis. Em outras palavras, elas não provem da matéria – elas se aplicam em todos os lugares e em todas as ocasiões.”
Não é verdade, algumas leis da lógica são multiinterpretativas e refutáveis com outras leis da lógica, isso acontece principalmente quando se aplicam a conceitos abstratos, a filosofia está cheia de explicações lógicas refutadas com outras explicações lógicas que são, por sua vez, refutadas com outra explicação lógica, e assim vai. Lógica refutando lógica é praticamente a definição de filosofia.

“O raciocínio lógico seria impossível sem o Deus mostrado pelas Escrituras Judaico-Cristãs.”
Por que seria? E por que seria justamente o deus judaico-cristão e não Alá, por exemplo? A afirmação é só sua opinião e não vejo nenhuma lógica irrefutável que respalde isso. Desculpe, não convence mesmo.

“O ateu materialista não pode usufruir das leis da lógica, porquanto elas pressupõem a cosmovisão cristã.”
Que absurdo mais sem pé nem cabeça! Não pressupõe cosmovisão judaico-cristã nenhuma, aliás, a cosmovisão judaico-cristã está cheia de afirmações, crenças e dogmas que de lógicos não tem nada.

“O ateu “crê” que tudo que existe é material – parte do mundo físico.”
Já disse algo sobre isso lá em cima… Sou ateia e aceito a possibilidade de algo não material; aceito porque não tenho a pretensão de saber tudo, essa pretensão em geral quem a tem são os cristãos. Só não aceito como lógico e possível que esse algo não material, se existiu ou existe, tenha que obrigatoriamente ser o deus judaico-cristão. Aceitar essa “verdade” me parece algo totalmente ilógico.

“Leis da lógica não podem existir no mundo ateista, ainda que o ateu as empregue na tentativa de raciocinar.”
Engraçado: não podem existir mas existem… vá entender, né?

“Ele está tomando emprestado algo da cosmovisão cristã para argumentar contra ela.”
Então antes do cristianismo ninguém raciocinava? Esse complexo de superioridade não é nada lógico.

“A visão do ateu não pode ser racional pois ele emprega as leis da lógica que inexistem debaixo de seu pueril modo de pensar.”
Mais afirmações vazias… onde está a prova dessa afirmação? Isso não é argumento, é opinião.

“O debate sobre a existência de Deus é num certo sentido como um debate sobre a existência do ar.”
Nada a ver, o ar é matéria, vocês mesmos dizem que deus não é matéria.

“Da mesma forma o ateu, por argumentar que Deus não existe, precisa usar as leis da lógica que apenas fazem sentido se Deus existe.”
Não é verdade! Só na cabeça do crente as coisas todas tem que ser destituídas de sentido se o sentido não for o seu deus.

“O ateu poderia dizer, “Bem, eu posso raciocinar numa boa, e não creio em Deus”. Mais isso não é diferente do crítico do ar dizer, “Bem, eu posso respirar numa ótima, e não creio no ar”.”
Você está relacionando coisas totalmente diferentes como se fossem iguais, argumento que, aliás, contraria totalmente as próprias leis da lógica que você afirma que provém de deus. Por que deus então não te inspira uma “lógica” mais aceitável?

“Raciocínio lógico requer Deus”
Não é verdade! E menos ainda o deus judaico-cristão.

“Ele não pode justificar a sua capacidade de raciocinar.”
Só mesmo na cabeça do cristão cabe essa lógica absurda de que só porque não se pode explicar uma coisa a única explicação possível para essa coisa tem que ser deus, e mais, o deus cristão. E, espantosamente, eles não enxergam o absurdo disso!

“Se as leis da lógica fossem convencionais, diferentes culturas poderiam adotar diferentes leis da lógica”
E adotam! Um exemplo: Pergunte sobre a lógica de matar crianças que nascem com defeitos, muitas culturas tem ou tiveram explicações lógicas para que isso seja prática comum, e muitos de nós tem explicações lógicas para que isso NÃO seja feito.

“Em algumas culturas seria perfeitamente adequado se contradizer, chegando aos caos de algumas sociedades a verdade seria plenamente contraditória.”
Mas é justamente isso que acontece! Muitas das guerras e conflitos internacionais atuais e antigos tem justamente essa causa.

“Se as leis da lógica são apenas convenções, não seriam leis universais.”
E não são, pelo menos não são tão universais a ponto de não permitirem diferenças e discordâncias.

“O debate racional seria uma impossibilidade”
Por que seria? Não há nenhuma obrigatoriedade disso, as lógicas, ou as maneiras de interpretá-las, podem variar, e podem inclusive mudar, é por isso que pessoas mudam de ideia.

“Seria melhor crer que os cabritos voam e os pássaros dão chifradas.”
Que absurdo! Você está falando de coisas observáveis em paralelo com coisas não observáveis. Relacionar coisas diferentes como semelhantes não é lógica, é falácia.

“Nós não poderíamos argumentar que contradições não podem ocorrer em marte.”
E não podemos; ou você acha que podemos?

“Se as leis da lógica são meras conexões eletroquímicas no cérebro, elas seriam de algum modo diferentes de pessoa para pessoa, pois cada pessoa possui diferentes conexões em seu cérebro.”
Diferentes sim, e até são, mas precisariam mesmo ser tão diferentes? As pessoas não são assim tão diferentes das outras como se pretendem, é justamente por isso que conseguimos conversar, nos relacionar, ter amigos, etc.

“As leis da lógica funcionam porque são verdadeiras, e são verdadeiras porque procedem de Deus.”
Que conclusão mais sem lógica! Uma afirmação dessas, sem nenhum respaldo lógico não faz nenhum sentido quando se fala em lógica.

“Como o ateu poderia justificar a existência de padrões absolutos universais imateriais como as leis da lógica?”
Nem são tão absolutos e universais assim e nem precisa ter como única explicação o deus judaico-cristão.

“Como pode coisas não-materiais tais como as prefaladas leis existir se o universo é apenas material?”
Não tenho certeza se o universo é apenas material, e acho que muitos ateus pensam como eu, a diferença é que o não material não tem que obrigatoriamente ser o deus judaico-cristão. Essa necessidade é que não encontra nenhum respaldo em nenhuma lógica.

“O ateu poderia abdicar de sua visão estritamente materialista”
Nem todo ateu tem visão estritamente materialista, isso é afirmação sua.

“Se uma pessoa está disposta a reconhecer que poderia ser o caso de existir entidades imateriais, universais e imutáveis, ela deveria considerar a possibilidade da existência de Deus.”
Por quê? Não há possibilidade de algo imaterial não ser universal, não ser imutável e não ser sequer entidade? Novamente o cristão vem com a sua insistência em colocar deus, e só o SEU deus, como única resposta para todas as perguntas.

“O ateu não pode responder essas questões.”
Só porque tem questões que o ateu não pode responder a resposta tem que ser deus? Desde quando?

“Sua visão do universo é arbitrária e, portanto, plena de irracionalidade.”
E onde está a racionalidade de explicar tudo com uma entidade cuja existência não se pode provar?

“O ateismo é uma cosmovisão fictícia, um logro.”
Afirmação totalmente especulativa.

“Ele é autorefutável”
Não. Não é!

“O ateismo pressupõe o teísmo”
Quem disse isso não sabe o que é ateísmo.

“O pensamento racional, a ciência, a razão, o raciocínio e a tecnologia só fazem sentido numa cosmovisão cristã.”
É mesmo, como? Por quê? Quando? Só porque é a sua opinião?

“O Cristão possui um bom fundamento para todas essas coisas”
Que bom fundamento? Um deus que criou o mal mas não criou o mal? Um deus cuja existência só faz sentido para os “iluminados” pela fé? Não percebo onde é que está esse “bom” fundamento.

“O ateu é um aborto.”
Criado por deus, de acordo com o cristão que diz que deus criou TUDO. Seríamos um aborto de deus? Um deus perfeito faz aborto? Onde a lógica disso?

Comentar por Divina

foi Deus que inspirou Benjamim Franklin, THOMAS EDSON,dentre outros sabios deste mundo.Entenda podemos senti-lo dentro dos nossos coraçoes,como as folhas das arvores se mexem ao vento e nao podemos ver o vento, e sabemos que certamente um dia o Veremos face a face.

Comentar por renato/RIBEIRAO PRETO

Bem as palavras realmente sao uma excelente explicaçao ,um otimo argumento, mas sao so palavra escritas.Olha eu faço um convite agora. ajoelhe-se O ADORE,chore neste momento, sinta a paz que vira deste momento precioso, depois faça um comentario sincero com vc mesmo. obrigado pela atençao.

Comentar por renato/RIBEIRAO PRETO

Encontrei o blog por acaso, muito bom, alto nível, boas argumentações, respeito recíproco, parabéns aos participantes. Creio Em Deus absolutamente mas realmente fora essa questão as demais ainda estou em formação de opinião e visitarei mais vezes o blog. Sou brasileiro e meu blog é o ed-arte.blogspot.com. Um abraço a todos!!!

Comentar por EDVALTER NEVES (@edvalter)




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: